1. Spirit Fanfics >
  2. Eucalyptus - Nosh >
  3. Capítulo Seis.

História Eucalyptus - Nosh - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Capítulo Seis.


Fanfic / Fanfiction Eucalyptus - Nosh - Capítulo 6 - Capítulo Seis.

Hoje Noah não conseguia parar de sorrir. Ele completava suas primeiras duas semanas sendo um ômega de casa, e Josh acabará de lhe entregar oitocentos dólares, e lhe agradeceu. A casa estava impecável, e o alfa todos os dias tomava um maravilhoso, e reforçado café pela manhã, tinha também almoços saudáveis, e os mais dignos de um alfa e deliciosos jantares, além de lanches. Josh fazia questão de dizer ao seu lindo ômega repetidamente o quanto ele amava toda a comida que ele fazia. O fato de que Noah podia fazer com que os vegetais tivessem gosto bom, era incrível. Josh estava feliz de estufar o peito. 

-Então eu estava pensando, já que é sua primeira semana completa, podemos comemorar. Meu irmão Bailey e minha irmã Sabina querem se juntar a nós para o jantar, assim vocês podem finalmente se conhecer. - Josh sugeriu com um enorme sorriso no rosto. - Oh! Bailey vai trazer seu ômega Krystian com ele. Eles estão casados ​​por cerca de um ano agora, ele é um enfermeiro.

-Eu realmente adoraria isso. O que devo preparar? - Perguntou Noah, olhando na geladeira para ver o que ele tinha disponível. 

-Você tem certeza de que não se importa de cozinhar? Porque eu gostaria de me gabar de suas habilidades culinárias. - O alfa admitiu sorrindo levemente, esfregando a parte de trás do pescoço. 

Noah passou a amar esse gesto, sabendo que o alfa apenas o fazia quando se sentia tímido. O fato de Josh ter amado e falado sobre sua culinária fez Noah se sentir querido e aquecido por dentro. Ele não conseguia evitar isso perto o grande alfa. 

-Claro que não!

-Ótimo. Uhm, Bay mencionou que estariam aqui por volta das seis, ainda estou esperando a Sabi confirmar. - Josh disse a ele antes de se mudar para a sala de estar para brincar com Harry, que começou a saltar em sua cadeirinha assim que viu o alfa. - Hey, amigão! - Josh começou a brincar com o filhotinho enquanto Noah assistia a cena, sorrindo.

Sempre que o alfa estava em casa ele brincava com Harry por horas. Em apenas duas curtas semanas, o ômega encontrou o alfa e seu filhote apagados juntos no sofá algumas vezes. Ele havia encontrando Josh adormecido esparramado no grande sofá com Harry adormecido em seu peito, com a cabeça enfiada no pescoço do alfa, enquanto uma das grandes mãos de Josh segurava o filhote, e sua própria cabeça descansava em seu outro braço. O mais recente havia sido ontem. Noah tinha deixado alfa e filhote assistindo desenhos animados na TV na sala de estar, e tinham ido lavar roupa no porão, quando ele voltou, ele os encontrou nessa posição. O ômega aproveitou a oportunidade para pegar sua câmera fotográfica analógica e tirou uma foto ou duas. 

O resto do filme era preenchido por fotos de Harry, mas agora ele teria algumas de Josh também, e poderia apreciá-las secretamente. Ele tinha uma caixa de sapatos meio cheia de rolos de filmes usados que não foram revelados. Ele nunca teve dinheiro para isso, no entanto, agora ele poderia começar um álbum de fotos, e ele poderia incluir Josh sem que ninguém soubesse. Noah descobriu que tinha três filetes de filé mignon e dois filetes de salmão de sobra. Ele teria que fazer compras para casa em breve. 

-Eu tenho três bifes e dois filés de peixe.

-Os três bifes, pra mim, meu irmão e irmã, Krys vai querer salmão, assim como você. - Josh voltou para sala de estar e Noah não pôde deixar de sorrir. O alfa foi rápido em pegar suas preferências, assim como ele foi com as do alfa. 

Os sons de Harry rindo como louco atingiram os ouvidos do ômega e ele saiu da cozinha para ver o que estava acontecendo. Ele encontrou Josh deitado de costas no meio do tapete de jogos, enquanto segurava Harry como se estivesse voando. O filhotinho sorria e olhava ao redor com seus grandes olhos verdes, e sorriu mais ainda quando o alfa o puxou para baixo rapidamente, para beijar o nariz do filhotinho. Em seguida, voltou a esticar os braço para mantê-lo no ar. Josh repetiu o movimento uma e outra vez. Noah não conseguiu desviar o olhar porque Josh tratava Harry como se ele fosse seu próprio filhote, e isso fez as borboletas no estômago do ômega vibrarem. 


(…)


A comida estava pronta. Noah decidiu fazer batatas assadas crocantes ao molho de alho, que caiam super bem tanto com o salmão, quanto com o filé mignon. Ele tomou um banho rápido e se trocou, colocando um jeans skinny escuro e uma blusa azul claro. O ômega também já havia decidido que iria comprar roupas novas amanhã. 

-Hey, Sabi ligou só pra avisar que ela não será capaz de vir. - Josh  se desculpou quando entrou na cozinha com Harry em seus braços. Noah estava inclinado olhando para dentro do forno, e Josh estava grato que Harry ainda fosse muito jovem pra perceber ele olhando para a bunda de sua Mama. 

-Tudo bem, eu vou usar seu filé mignon para fazer uma salada de bife para o seu almoço de amanhã. -  Noah decidiu quando ele se levantou e olhou para Josh com um pequeno sorriso, e se aproximou do alfa. Josh parou de respirar. Ele soltou um suspiro lento e discreto, tão discretamente quanto podia quando Noah se inclinou para Harry, salpicando o rosto do filhote de beijinhos.

-Ótimo! -Noah olhou para aqueles olhos azuis hipnotizantes, intensos e selvagens, o fitando. 

Ele não podia evitar o pequeno rubor que enfeitava suas bochechas. Harry estava ronronando enquanto chupava sua chupeta, prestando atenção principalmente a pequena presilha nos cabelos de sua Mama.A campainha tocou, interrompendo o momento. Josh sorriu para ele e se virou para ir atender a porta. 

Noah recostou-se contra a geladeira, tentando deixar seu coração acelerado se acalmar. Estar tão perto do alfa era difícil. O cheiro de Josh de pinheiros e madeira misturados com maçãs picantes faziam seu interior formigar. Especialmente quando tudo o que ele irradiava era segurança. Noah sorriu quando ele se permitiu admitir que tinha um pouco de inveja de seu filhotinho, por estar sempre nos grandes, e fortes braços do alfa.

 O ômega repreendeu-se. Ele precisava acabar com todos esses sentimentos e pensamentos. Josh era seu amigo, seu patrão alfa, e o grande homem eventualmente encontraria um ômega e companheiro. Se Noah quisesse ter alguma chance de continuar naquela casa, ele teria que parar de sentir essas coisas antes que elas o condenassem.O som da risada de Josh de repente preencheu toda a casa fazendo com que ele fechasse os olhos com força. O alfa merecia alguém digno. Noah não era esse alguém. Ele tinha que aceitar isso e se manter sob controle. 


(…)


Conhecer Bailey e Krystian foi divertido e um pouco emocionante para o ômega. Ele e Krys se deram muito bem instantaneamente. Ele usava um colar azul com 'RN' e 'B.Beauchamp' bordados sobre ele. Ele repetidamente o elogiou pela comida, os dois acabaram trocando receitas e fizeram planos para fazer compras de roupas juntos. Isso aconteceu depois que Noah mencionou que ele precisava de roupas novas. O lindo ômega de cabelos negros não o tratou de forma diferente quando ficou claro que esta era sua nova profissão, e fez questão de lhe dizer que os Beauchamp eram bons alfas. Ele ficou completamente apaixonado por Harry, enquanto o filhote estava plenamente feliz em torno de toda a atenção que estava recebendo dos quatro adultos. Bailey era ainda maior do que Josh. Noah precisou levar alguns minutos para se sentir seguro, mas depois que Harry sorriu para o grande alfa, que começou a brincar de esconde-esconde com ele, Bailey rapidamente ganhou a confiança de Noah porque Harry era um grande juiz de caráter. 

Ele era médico, muito humilde, e adorava envergonhar Josh com suas horríveis histórias de infância. Bay tinha feitos todos na mesa rir enquanto Josh resmungava. Noah estava rindo e sorrindo. Tudo isso parecia surreal. Sentado aqui, seguro, feliz e rindo com o que ele ousava dizer, seus amigos... Ele nunca teve amigos antes. Na verdade, ele não conseguiu impedir o sorriso que estampava seu rosto enquanto assistia Josh e Bay contar histórias loucas. Ambos tentando envergonhar um ao outro na frente dele e de Krys. Dois alfas enormes e patetas. Noah levantou-se e começou a juntar os pratos vazios. 

-Nono estava delicioso, como sempre. - Josh se gabou. 

-Obrigado Josh! -O ômega respondeu timidamente. 

-Sim, isso estava realmente bom, seu bife é uma perfeição. - Bailey concordou e o elogiou com toda a sinceridade. 

-Ele é bem exigente sobre como seus bifes são preparados, então, parabéns. - Krystian acrescentou quando Bailey se inclinou para beijá-la docemente. 

-Eu fiz sobremesa, quadradinhos de maçã caramelizados, alguém gostaria de experimentar algum? - Noah perguntou antes de entrar na cozinha. 

-Meu Deus! Eles são fantásticos Bailey, você deve provar pelo menos um. - Josh disse, todo sorridente fazendo com que o estômago de Noah se agitasse. Ele não notou que Krys o observava com um grande sorriso. 

-Eu adoraria Noah - O ômega disse docemente.

-Eu também Noah - Bailey gritou, enquanto Noah já sabia que Josh queria pelo menos uns dois com leite. 

-Eu já volto! - O ômega desapareceu na cozinha. 

-Hey amigão! - Bailey e Krys observaram toda a atenção de Josh voltada apenas para filhote. Harry estava conversando com Josh, bem, balbuciando murmúrios enquanto Josh acentia e concordava como se ele o entendesse. Ele limpou o queixo do filhotinho que estava coberto de pudim de ameixa. 

-Eu acho que nunca vi você tão relaxado e feliz antes. - A cabeça de Josh girou para olhar para o irmão e seu companheiro, e olhou de volta para Harry, que ainda falava com ele. 

-Sim... Harry é extremamente inteligente... e Noah… - Josh não conseguiu explicar como ele se sentia, não sem parecer um alfa apaixonado. Bailey sorriu para ele consciente do que se passava com o irmão. 

-Noah é incrível, Josh.

-Eu gosto dele. E vocês dois obviamente também gostam um do outro. - Krys entrou na conversa e Josh olhou para o cunhado, uma expressão atordoada atravessou seu rosto e ele mordeu o lábio inferior. 

-Eu só… - Josh não sabia como explicar que a última coisa que ele queria fazer era assustar Noah. Ou de alguma forma acabar o forçando a qualquer coisa com ele. Ele não queria que Noah pensasse que ele deveria estar com Josh, não queria que ele sentisse que tinha alguma obrigação com ele apenas porque trabalhava e morava em sua casa. -Eu não posso… - Josh gemeu. 

Ele queria o ômega, seu irmão e Krys não eram estúpidos, mas também sabiam que Josh tinha suas restrições por causa de seu segredo. Ele queria proteger Noah. O alfa sentia que aquilo era o certo. Ele não queria fazer o ômega se sentir enganado ou usado novamente. Por essas razões, ele mantinha seus sentimentos e desejos sob controle. Noah voltou para a sala de jantar com uma travessa repleta dos quadradinhos de maça caramelizados e um copo cheio de leite para Dean. 

-Achei que seria mais fácil trazer a fornada toda. Alguém mais gostaria de leite ou algo para beber? - Perguntou, colocando o copo na frente de Josh. 

-Estou bem, isso se parece com o céu! - Krystian disse, pegando um quadrado e gemendo enquanto mordia e saboreava a sobremesa. 

Bailey também recusou a bebida, ainda tendo seu copo de água do jantar. Ele mordeu um dos quadradinhos e Noah observou enquanto seus olhos ficaram mais amplos e olharam para ele. Sua boca recheada com a sobremesa. 

-Muito bom!

Noah sorriu alegremente enquanto Josh sorria orgulhoso. O alfa abocanhou praticamente um quadrado todo de uma só vez, fazendo com que o ômega resmungasse pela falta de modos. Harry já estava procurando seu próprio pedaço quando viu uma grande migalha nos lábios de Josh. Ele esticou-se no colo de Josh para alcançá-la, e o alfa se inclinou para permitir que o filhote pegasse a migalha grande com suas mãos pequenas. Aqueles grandes olhos verdes olharam pra ele, depois para sua Mama que também estava sorrindo pela cena, e Harry parou para sorrir de volta, antes de enfiar seu pedaço de sobremesa na boca. 

-Este filhote é muito fofo! - Disse Krys, fazendo Noah ficar radiante. Bailey começou a rir e os dois ômegas olharam para ele, quando ele apontou para Josh. Krys e Noah olharam para encontrar Josh e Harry, ambos com as bocas lambuzadas e cheias de quadradinhos de maçã caramelizados. E também, ambos com bigodes de leite depois que Josh deu um gole de seu copo para Harry. 

-O que? - Perguntou Josh, fazendo com que todos rissem. 

Josh e o filhote olharam para eles com olhos do cachorrinho arregalados e rostos inocentes, os dois com expressões exatamente iguais. Esta foi uma das melhores noites da vida de Noah, e ele  guardaria em seu coração. Ele fez novos, e grandes amigos em Bailey e Krystian. E viu o quanto Harry estava satisfeito e confortável com todos. Josh o fazia se sentir quente por dentro. O alfa claramente amava o filhote, e Harry por sua vez, era um filhote muito feliz.


(…)


Josh estava cheirando o dedo que havia mergulhado na salada de bife que Noah tinha feito para seu almoço. A salada tinha abacate, pepino, cranberry, tomate picado, espinafre e vinagrete caseiro. Ele não tinha idéia de como o ômega chamava aquela mistura.

-Onde você conseguiu isso? - Cole Trenton perguntou quando entrou no escritório de Josh. Any havia saído para almoçar dez minutos antes.

-Meu ômega que fez! - Ele respondeu e, enquanto falava, olhou para a caixa de seu almoço e encontrou dois quadradinhos de maçã caramelizados envoltos em papel alumínio para sua sobremesa.

-Ah, Sim! - Cole tentou espiar mais de perto. -Uau parece incrível, e eu nunca pensei que fosse testemunhar você comendo uma salada. - Josh o afastou lhe dando uma amigável saudação com o dedo do meio.

-Você queria alguma coisa? - Ele perguntou irritado.

-Procurando por Gabrielly.

-Ela foi almoçar. - Assim que Josh engoliu a última garfada de seu almoço, seu rádio ressoou para a vida.

-10-78 (pedido de ajuda) temos um 10-16 em andamento - O alfa clicou em seu rádio. 

-Vá para Beauchamp! - Ele ficou de pé e pegou a sacola de seu almoço, não confiando no oficial Trenton que poderia muito bem tentar roubar sua sobremesa, e apressou-se em sair de sua sala para encarar o frio da rua.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...