1. Spirit Fanfics >
  2. Euphoria - Jeon jungkook >
  3. Cap-13 - noite de jogos

História Euphoria - Jeon jungkook - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


LEIAM MODERADAMENTE
Desculpa!!! Era pra me ter postado o capítulo ontem como prometido!!!
Por favor aproveitem a leitura

Capítulo 13 - Cap-13 - noite de jogos


Fanfic / Fanfiction Euphoria - Jeon jungkook - Capítulo 13 - Cap-13 - noite de jogos

{Eu acordo, ainda meio sonolenta passo a mão no meu rosto, me sento na cama eu tinha chorado tanto que peguei no sono, de repente vejo uma sombra olho para o lado e vejo jeon jungkook sentado na poltrona ao lado da cama }

-- como ta se sentindo? Você não devia ter visto aquilo.  

{ eu puxo o edredom para me cobrir novamente e então me encolho em minhas pernas, jeon se levanta e se senta ao meu lado, passa uma de suas mãos afastando meu cabelo do meu ombro, passa a mão em meu cabelo e deslisa seu dedo polegar em minha bochecha me acariciando, eu movimento minha cabeça para o lado rejeitando o carinho dele.} 

-- ele mereceu S/N, ele machucou crianças e traiu a família. Eu não perdoou isso 

{ eu o encarei por alguns segundos, e fechei os olhos novamente tive o mesmo flashback da noite passada, ele me abraça e coloca seu queixo em cima da minha cabeça, por que essa aproximação? Porque ele estava tão gentil nem parece que há dois meses atrás estava apontando uma arma em minha cabeça} 

-- jeon 

-- oque ? 

-- por que está tão carinhoso ? 

{ ele estava passando a mão em meu cabelo, bom  até eu falar aquilo, ele se levantou e ficou me olhando por alguns minutos }

-- quero cuidar de você, eu não sou tão ruim assim S/N.

-- você me sequestrou

-- mais nunca te machuquei, não sou um monstro 

-- não quer dizer que não tenha tentado 

-- eu vou deixar você ir embora 

{ por segundos me enchi de esperanças que sairia dali, quem diria que ele tem um coração}

-- você não está mentindo está? 

-- eu não minto S/N, confie em mim. Eu falei com o seu pai e propus um acordo 

-- qual ? 

-- seu pai teria que renunciar tudo, de empresas a mansões tudo, só então eu lhe entregaria a ele 

{ e então me enganei que coração que ele não tem,  que tipo de acordo era aquele. Meu pai realizou o sonho da minha mãe conquistando tudo que ele tem hoje,por que jeon queria destruir meu pai ao ponto de deixá-lo sem nada? } 

-- meu pai demorou muito tempo para conquistar tudo oque tem hoje, porque está  fazendo isso ? 

-- seu pai vai perder tudo que tem, assim como ele fez comigo. Ele tem sorte que eu não tiro você dele junto com toda a fortuna 

-- oque meu pai fez pra você?

-- isso são assuntos meu e dele, não quero que se envolva 

-- eu já estou envolvida dês que você me sequestrou

-- arrume -se, jantaremos fora está noite 

-- você me trata como se eu fosse um saco de batatas que pode me levar pra qualquer lugar 

-- não pelo contrário sacos de batata sería mais suportáveis, não faria tantas perguntas como você faz 

{ele saiu do quarto, eu ainda tinha o dia todo antes de ter que me arrumar para o jantar como hoje era sábado eu não tinha aula com professor jimin, infelizmente porque teria que passar o dia procurando algo para fazer, eu fui tomar um banho e escovar os dentes, demorei uns 20minutos para acabar tudo. Fui até o jardim e quando passo pela porta de vidro me lembro novamente da noite passada eu precisava tirar aquela cena da minha cabeça, e nada melhor do que deparar com o jeon é aquela ajudante de cozinha, ela estava servindo café para ele no jardim apostó que ela se serviría também de aperitivo, eu olho e reviro meus olhos, dou meia volta mais escuto jeon me chamar olho para trás e ele faz um gesto com a mão me chamando, vou até ele} 

-- você quer café? Jiysun pode colocar pra você 

{ sério jiysun esse era o nome da vagaba, ela poderia pelo menos ter um nome decente, ela me olha e sorri, eu sorrio com deboche } 

-- ela está aqui pra servir você não a mim, então não obrigada 

{ jeon da um olhar para a garota ela compreende e sai } 

-- você tem um olhar específico para tudo ? Imagino que tenha o da hora de fuder com o chefe também 

-- se quiser posso te ensinar 

{ ele toma um gole de café e me olha sorrindo não qualquer sorriso aquele sorriso cheio de malícia é brincalhão, eu não consigo evitar e começo a rir da cara dele} 

-- você é um idiota 

-- e você está com ciúmes da jiysun 

-- eu ? Porque eu teria ciúmes dela, deixa de ser convencido 

-- você me deseja, só não assume 

{ jeon se levanta e se aproxima de mim, coloca sua  mão em minha cintura e afasta meu cabelo dos meus ombros colocando para trás, chega bem perto da minha boca e diz} 

-- o botão do seu short tá aberto 

-- que? 

{ mas como o botão do meu short estava aberto lembro de ter fechado, meu Deus que vergonha. } 

-- oque foi S/N por um minuto achou que eu ia te beijar ? 

-- não, que loucura!

-- você ia deixar não ia ? 

-- obvio que não, seu idiota 

{ o empurro e saio do jardim, jeon me deixava brava ele era um completo idiota, me veio o flashback dele hoje pela manhã me abraçando e de agora se aproximando de mim, por alguns estantes com aquela a proximidade jurava que jeon iria me beijar, eu deixaria ele me beijar ? } 

-------------//-----------//------

-- você não desistiu mesmo de procurá-la não é ? 

{ eu estava com uma papelada na mão que tinha nome de todas as garotas supostamente enviadas para o tráfico de mulheres e eram muitas, nenhuma parecida com S/N. já se passou dois meses e nenhuma pista ela não poderia ter sumido do mapa }

-- é revoltante vê que tantas mulheres são traficadas e não fazem nada a respeito 

-- o mundo é assim yoongi  não podemos comprar briga com esses caras, mas não quer dizer que os apoiamos 

-- tenho muita papelada ainda pra analisar, quer me ajudar ? 

-- você passou o dia no quarto e ainda não acabou?, vou te ajudar por que ainda falta muito mas antes nosso pai está te chamando no escritório 

-- tá me espera aqui 

{ segui em direção ao escritório senhor carter ele estava no computador, ele me olha rapidamente e volta atenção ao computador }

-- sente-se filho, me dê um minuto 

{ ele digita algo no computador por alguns segundos, logo depois tira os óculos e se levanta coloca uísque em dois copos, senta-se novamente e acende um charuto} 

-- cómo se chama mesmo a garota que você está atrás 

-- S/N

-- bom ótimo, peço para que enquanto foca em encontrar S/N, também preste atenção estamos em guerra com os tattaglia eles podem tentar retaliar novamente, já avisei seus irmãos mais estou lhe avisando já que você é o membro mais novo. Sei que serviu na guerra isso é bom mostra que tem bastante experiência com batalhas } 

-- estou atento a qualquer retaliação, e preparado para retaliar se for preciso 

-- ótimo, e sobre as buscas pela garota?

-- nenhum resultado ainda

-- nenhuma das garotas eram ela ? 

-- não, ainda falta muitos papéis para revisar 

-- você vai encontrá-la, só mais uma coisa antes de você ir gostaria que soubesse que o contrato  está tudo certo chegará essa semana ainda

{  eu dou um gole no copo de uísque, eu e o senhor carter ficamos conversando por um bom tempo, senhor carter e eu tínhamos se aproximado bastante, ele podia parecer sério é perigoso no começo mas é um homem gentil e brincalhão 

Passamos quase uma hora conversando e bebendo que esqueci totalmente que deixei Tae sozinho para olhar a papelada, peço licença ao senhor carter e vou para meu quarto Tae estava quase terminando tudo, ele me olha com uma cara feia que me faz soltar um sorriso } 

-- fica rindo aí, me deixou aqui sozinho por uma hora e meia yoongi 

-- e você ainda não acabou ? 

-- engraçadinho, vem me ajuda falta dez papéis ainda 

{ eu olho os papéis bem rápido com Tae, nenhum era S/N. Tae olha pra mim e sorri} 

-- pelo menos acabamos a papelada 

-- e, mas nenhuma era S/N 

-- olhe pelo lado bom ela não foi vendida 

-- você tem razão 

-- não perca a esperança, lembra quando estávamos na guerra. Você me falava isso eu esperava que aquilo acabasse o quanto antes 

-- não demorou muito para acabar 

-- apenas uns quatro anos, você fica relembrando algo ainda ? 

-- todas as noites eu acordo no meio da noite com o barulho dos tiros e sinto como entrasse uma bala perfurando meu peito 

-- me lembro aquela bala foi difícil de tirar. Você é forte yoongi 

-- vamos ao cassino hoje ? 

-- vamos

{ eu estava me arrumando coloquei um vestido azul escuro, saltos preto, sequei meu cabelo e os deixei solto, fiz uma maquiagem combinando com meu vestido me olhei no espelho e eu estava perfeita, pra finalizar passei  um batom vermelho.

Desço para a sala eu já estava pronta, vejo jeon vestindo um  esmoquin preto, ele estava muito bonito, ele se virou para mim e ficou me olhando me deixando um pouco com vergonha, no final da escada ele me deu sua mão e me fez da uma volta} 

-- você está linda, realmente de tirar o fôlego 

-- você também não tá nada mal 

-- eu não vou poder lhe levar hoje, sinto muito não avisar antes 

-- não vamos sair pra jantar ? 

-- eu vou ao casino, você não poderá ir comigo. Se eu chegar cedo jantamos, se eu demorar você pede para a senhora yin algo para jantar 

{ jeon me fez de idiota, me fez eu me arrumar para me dizer isso, eu estava zangada ele poderia muito bem me levar ou não me fazer de idiota. Perdí todo o meu apetite, eu simplesmente não respondo nada e subo novamente para o meu quarto, fecho  a porta e tiro meu vestido, jeon abre a porta eu estava apenas de lingerie e então tento me cobrir com minhas mãos } 

-- sai daqui agora, anda sai

{ ele me olha, morde o lábio e sorri, aquele sorriso de canto travesso } 

-- sai daqui jeon ! 

-- não há nada que eu já tenha visto 

-- eu mandei sair 

-- vai fazer oque se eu não sair? 

{ jeon se aproxima eu estava com tanta raiva meu sangue fervia, eu taco meu salto na canela dele e puxo o cabelo dele inclinando a cabeça dele pra trás ainda segurando o cabelo dele eu olho nos olhos dele e digo } 

-- mandei você sair jungkook 

-- se você quer sexo selvagem é só me pedir 

{ eu o largo e ele rir, me olha novamente de baixo pra cima e sai, aquele homem me dava nos nervos eu tranco a porta e vou tomar um banho } 

                (no cassino )

-- por onde vamos começar suga? 

-- vamos jogar na roleta ? 

-- ótimo, só não vai perder dinheiro 

-- vai vê, vamos sair daqui com muita grana 

{ o cassino era repleto de jogos e apostadores, muitos homens ricos sem ter onde gastar tanto dinheiro, eu poderia tirar aproveito e conseguir muita grana, eu e tae tivemos que esperar umas das roletas acabar as rodadas para começar, demorou em cerca de vinte e cinco minutos tempo que eu e tae dávamos uma volta, o cassino tinha ótima bebidas e mulheres bonitas vestida todas com o mesmo uniforme vestido verde decotado. 

Tae não se atrasou muito e já foi conquistando algumas garotas, eu fui no bar e bebi um drink quando olhei a roleta estava desocupada então aproveitei para começar, eu e tae fomos jogar. Eu Estáva ganhando todas as rodadas oque era bom, tae ainda estava tentando entender o jogo. 

O jogo estava muito fácil então decidi ir em outro }

-- quando eu ia começar você desistiu 

{ olho pra trás um homem alto de esmoquin preto estava próximo a roleta, eu certamente não o conhecia} 

-- eu não desisti, só estava cansado de ganhar 

-- ótimo por que eu adoraria te fazer perder 

{ ele era bem convencido, adoraria tirar aquele sorriso da cara dele } 

-- vamos ve, quem vai perder 

{ a moça nos entrega os dados} 

-- quanto ? 

-- o dobro de cada jogador 

{ ele era um apostador confiante perder bilhões me surpreende, eu apostei metade do que eu tinha ganhado, jogamos e ele era realmente um jogador forte, gostei do modo competitivo dele, os outros jogadores na roda estavam perdendo bastante grana para nós dois 

Faltava uma rodada estávamos empatados se eu ganhasse essa partida já poderia me aposentar com tantos bilhões investidos, ele joga e acaba perdendo, mas eu também não acerto. } 

-- ganhei!!! Caramba yoongi consegui eu ganhei 

{ como pode? Tae ganhou! Isso foi totalmente pura sorte, como diz esses jogos de sorte e azar não poderia confiar apenas nas minhas habilidades, confesso que gostei de jogar com o homem ele joga bem} 

-- é parece que nenhum de nós ganhou, mas quem sabe na próxima 

-- na próxima, eu não vou ficar empatado 

-- qual seu nome ? 

-- min  yoongi, e o seu ? 

-- jeon jungkook 

-- foi um prazer jogar com você 

{ eu e tae saímos e andamos um pouco pelo local, tae tinha ganhado eu estava ainda surpreendido com aquilo} 

-- você é o jeon jungkook jogam muito, mas no final foi eu que ganhei 

-- não fique se gabando, na próxima pegarei todo seu dinheiro 

-- competir contra você seria o fim, quero continuar bilionário, ganhei dois bilhões, não se preocupe vou dividir com você 

-- bom mesmo, por que se não vou atirar em você 

-- tenho certeza que já vi aquele cara em algum lugar 

-- quem ? 

-- o jeon jungkook, eu com certeza  já o vi 

-- devem ter se visto pelas ruas ou na boate 

-- é deve ser 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...