1. Spirit Fanfics >
  2. Euphoria of love- jikook >
  3. Three

História Euphoria of love- jikook - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


desculpa qualquer erro de ortografia, boa leitura.

Capítulo 3 - Three


18:01

Park Jimin P.O.V

- O que você ta fazendo aqui?- pergunto ao maior.

- Vi- sinto ser empurrado e caio no chão.

- O que você quer aqui?!- pergunta meu pai raivoso.

- Primeiro você sabe que bater no filho é crime né?- meu pai fecha o punho com força- olha senhor Park eu não tenho medo de te denuncia, então se continuar com isso eu não vou exitar. Bom Jimin que tal a gente sair e chamar os meninos?- ele me olha com um sorriso no rosto mostrando suas covinhas.

- Sim!- me levanto rapidamente.

- NÃO! PARK JIMIN, você não vai a lugar nenhum!- ele segura em meu pulso o apertando fortemente.

- P-pai.. só dessa vez! eu volto as 23:00! pode ser? sei que o senhor prefere que eu fique fora!- eu fala com um pouco de medo.

- Eu prefiro que você suma e nunca mais volte! mas se eu fizer isso você sabe o que acontece né? 

- S-sei- falo já lacrimejando.

- Senhor Park... os nossos pais se conhecem a tempos! eles não sabem o que você faz ao Jimin, não gostaria que eu contasse a eles né? e eu sou confiável deixe ele comigo.

- Vá logo!- ele me solta e eu subo pegando uma blusa de frio, desço e sou parado- Jimin, se alguém além dele souberem o que passa aqui, você ta fodido! ta me ouvindo porra?!- ele grita.

- Ta..- sou em porrado por ele e Nam me segura, ouço a porta se bater e então abraço Namjoon já chorando- obrigado..

- De nada pequeno, agora vamos- ele coloca seu braço em volta de meu pescoço e andamos.

- Para onde vamos?

- Ver se os meninos podem vir junto, to pensando em ir a sorveteria.

- Mas as sorveterias normalmente fecham esse horário de semana!

- Jimin... não se preocupa.. 

- Ta bom- andamos mais e paramos na frente da casa de Jin. Tocamos  a campainha e então pouco tempo depois somos atendidos por Jin- oi hyung!

- O que estão fazendo aqui?- Nam explica tudo- ah... posso sim, pera vou pegar uma blusa- ele vai para o seu quarto e volta colocando a blusa- voltando! eu sei onde o Tae e o Jeon moram, é aqui perto.

- Como você sabe?- pergunto vendo ele fechar e trancar a porta.

- Lembra que eu o Tae e o Hobi fomos tomar sorvete naquela sorveteria perto da escola? 

- Verdade né.

- Quer tomar sorvete de novo?

- Só vamo!- andamos conversando e então Jin para- aqui!- ele toca a campainha e somos atendidos por um cara alto, cabelos encuros e pele clara, deve ser o pai dos meninos- oi desculpa incomodar! quero falar com o Jeon Jungkook e Kim Taehyung! somos amigos deles.

- Eles estão no quarto deles, querem entrar? fiquem a vontade!- ele fala dando passagem para nós.

- Não queremos incomodar- pronuncia Namjoon.

- Não! entrem eles provavelmente vão demorar como sempre! entrem por favor!- Jin entra dando sinal de respeito e logo depois eu e o Nam entramos fazendo a mesma coisa- Taehyung! Jungkook! seus amigos estão aqui! licença qual o nome de vocês?

- Park Jimin- falo.

- Kim Namjoon.

- Kim Seokjin.

- São o Jimin, Seokjin e Namjoon!- ouço portas sendo abertas.

- Que?!- os dois falam juntos e então eles descem rápidos pela escada.

- O que estão fazendo aqui?- pergunta Taehyug, o pai deles já avisa saído de perto de nós, então Namjoon explica novamente e logo depois pergunta.

- Eles podem senhor Jeon?- pergunta o Nam.

- Hmm- ele fica pensativo.

- A mãe não vai saber e vamos lavar a louça toda por uma semana!- fala Tae.

- Ta só dessa vez.

- Obrigadooo!!- os dois sobem e descem com blusas.

- Por favor tenham cuidado.

Voltamos a andar em direção na casa de Hoseok, vejo ao meu lado e Jeon parece tristonho.

- Jungkook? aconteceu alguma coisa?- ele me olha e da um sorriso.

- Só to pensativo...

- E no que pensa?

- Me lembrei da minha antiga escola e to feliz que em dois dias tenho ótimos amigos uma pessoa que confio, e sempre que tudo ta ficando tão bom algo sempre da muito ruim e não quero que algo tão ruim aconteça...

- Uma perguntinha... vocês foram expulsos da última escola né?

- Sim.

- Como? tipo como entraram?

- Bom... nossas notas sempre foram boas, então entramos!

- E como foram expulsos?

- Eu e o Tae brigamos com uns alunos e ai saímos!

- Tendi... a chegamos.

- Que merda seis ta fazendo aqui?- pergunta Hoseok, nossa nem tinha percebido que já tínhamos chegado!- novamente o Nam explica e sem espera ele corre pro quarto dele, voltando com uma blusa e saia.

Sinto que tem algo errado mas não sei o que ta errado. Namjoon anda na frente nos guiando e então chegamos. Eu reconheço esse lugar.

- Lembra Jimin?- Namjoon me pergunta.

- Sim! e muito bem...- ele coloca seu braço em volta de meu pescoço e me abraça.

Entramos e ficamos conversando bastante, pedimos os sorvetes. Nessa sorveteria o local fica aberto até a uma da manhã, pois aqui é sorveteria mas também é tipo um bar, tem sorvetes e bebidas com álcool. 

- O Tae! vamos apostar?- pergunta Hoseok.

- Ta bom o que?

- Quem tomar o sorvete mais rápido ganha, o perdedor tem que fazer o que quiser pro ganhador, por um dia todo, vinte e quatro horas completas!

- Claro!- se passou pouco tempo e os sorvetes chegaram.

- Três..- falamos todos juntos exceto Tae e Hobi.

- Dois..

- Um..

- JÁ!- eles começam a tomar os sorvetes.

- Acabei!- fala Hoseok batendo na mesa, Taehyung coloca a cabeça na mesa e logo depois levanta os braços falando.

- NÃÃÃOO!! 

- Então Tae... gente vamos embora! agora!- todos se entre olham e olho para minha esquerda e vejo ninguém mais ninguém menos que Min Yoongi e Hyun aquele menino que me levou... nem gosto de lembrar..

- Vamos - fala Taehyung.

- Não! vamos ficar! não podemos fugir dele para sempre Taehyung!- fala Jungkook.

- Jungkook eu não quero!

- Taehyung, eu to aqui pra te proteger! e todos os nossos amigos também!

- T-ta..- nos sentamos novamente e conversamos, Tae parecia ainda aflito então vou até ele o abraço- obrigado baixinho.

- De nada! o gente vamos pedir outro sorvete?

- ta bom.

Pedimos novamente porém eu, Jungkook, Hoseok e Taehyung pedimos com álcool.

- Gente, só um desse ta? por que é forte ok?- fala Nmajoon

- ta bom!- falamos juntos.

 

pouco tempo depois

 

- E depois disso ele caiu!- todos começam a rir.

- Mas eu me machuquei!- reclama Taehyung.

- Aqui senhores- o garçom coloca nossos sorvetes em nossa mesa- e pra você..- ele da um papel para o Namjoon, o garçom da uma piscada pra Nam e sai.

- Caralho Namjoon!- Jin fala.

- Nossa Jonnie!- falo.

- Alguém quer? eu não quero brigado- ele fala.

- Por que?- pergunta Jungkook.

- Ele é gato pra caramba!- fala Tae.

- Não quero gente só isso!- ele fala- agora tomem os sorvetes antes que derretam!

Começo a tomar e já sinto o gosto bom de whusky.

- O gente depois vamos pro andar de cima?- pergunto.

- Tem outro andar?!- pergunta Jin.

- Sim lá é tipo uma balada, mas por ser quarta lá não vai estar tão agitado.

- Pode ser!

 

pouco tempo depois

 

Terminamos os sorvetes e então subimos, lá a música não estava tão agitada era até que calma, tinha algumas pessoas lá, os meninos se sentaram no sofá e eu fui para o terraço, fecho os olhos e sinto o vento gélido em meu rosto, me recordo de tudo que aconteceu hoje e em todos os dias anteriores. Antes de eu me assumir não era tão diferente só piorou, pois meus pais sempre acharam que dinheiro resolvia tudo, eles sempre me davam o que eu queria mas eu só queria o amor e carinho deles, porém quando eu me assumi a eles, os mesmo pioraram. Meu pai começou a me bater, minha mãe não olha mais direito na minha cara e nem se importa de me ver sofrendo. Me lembro de alguns anos atrás... eu estava em minha casa, meus tios estavam almoçando lá, os meus pais saíram e me deixaram sozinho lá, com eles. Eu estava em meu quarto, ouvi a porta sendo aberta, olhei para a direção dela e vejo meu tio, ele entrou calmamente e falou.

- Jimin.. sabia que.. você é muito bonito?- ele se aproximou e se sentou do pé de minha cama.

- Ah! obrigado tio!- eu me sentei e dei um sorriso.

- As suas coxas são bem grandes... sua bunda..- ele começou a acariciar minhas pernas.

- Tio.. por favor para.

- Por que Jimin?

- O senhor e-esta me assustando- ele chegou perto de meu rosto e começou a beijar meu pescoço, eu estava muito assustado então fiquei imóvel, ele foi descendo e tirou minha blusa, depois a minha calça e então ele tirou a roupa dele- tio.. por favor não! não!- sem espera ele me bateu e depois ele começou a me penetrar.

Começo a chorar me lembrando disso.

- Jimin? o que aconteceu?- ouço a voz de Taehyung e eu só o abraço- ei baixinho, olha aqui, me fala o que aconteceu... para de chorar..- ele limpa minhas lágrimas e acaricia o meu rosto- agora me fala.

- E-eu só me lembrei de uma coisa que aconteceu comigo a alguns anos... nada de mais!- forço um sorriso.

- Não quero te ver chorar...- o abraço mais forte colocando meu rosto em seu peito- vamos lá pra dentro- eu assento com a cabeça e fomos para lá, mal entramos e já vejo Hoseok brigando com uma garota, eu e Taehyung andamos até lá.

- Como isso começou?- pergunto a os meninos.

- A menina começou a xingar ele e ele começou a xingar el.. eta porra!- quando olhamos os dois estavam puxando os cabelos de um e do outro.

- Separa eles!- fala o Jin.

- Não! essa treta ai ta ótima- Taehyung fala.

- Ma- 

- Shiii só vê!- fala Jungkook.

- SUA DESGRAÇADA! 

- SEU GAY DO CARALHO! VAI TOMAR NO CU!

- VAI VOCÊ!- a menina da um tapa em Hoseok- SUA VAGABUNDA!- ele começa a bater nela e então ela cai no chão, Hoseok sai de lá e vai para o terraço.

- Acho que foi a melhor treta que o Hoseok fez!- falo indo atras dele junto aos outros.

- Se machucou?- pergunta Jin

- Não..- ele responde.

- Vou ir comprar uma bebida pra mim- falo.

- Vou também- fala Hoseok- vamo Minnie!- ele me puxa fazendo meu tornozelo doer.

- Ai pera Hoseok ai..- eu me agacho no chão passando a mão nele.

- Jimin, desculpa... eu não sabia que ainda tava machucado.

- Jimin o que a enfermeira te falou?

- Que eu só não podia fazer aquela aula, nada de mais- olho para cima e vejo os meninos se aproximando.

- Jimiiin! não menti pra gente!- fala Jin.

- Ta bom.. a enfermeira falou que eu tinha que ficar na minha casa e me deu o atestado, mas eu odeio ficar na minha casa! não quero ficar preso la com a minha mãe!- me levanto.

- Ah Jimin... mas por que fez a aula de educação física no outro dia?- pergunta Taehyung.

- Porque... eu achei que estaria melhor então eu fiz e não senti tanta dor!

- Jimin eu vi você tomando remédio! e ele é muito forte! você não pode continuar a fazer isso..- Jungkook fala preocopado.

- Gente não se preocupa ta? eu sei o que eu to fazendo! então vamos logo to com sede!

- Na verdade vamos voltar já são 22:27- fala Namjoon.

- Já?- todos falamos exceto Nam.

- Vamos gente.

Fomos para o andar de baixo, pagamos a conta e saímos, andamos pelas ruas e então a famosa e maravilhosa filha da puta da chuva começou, a casa mais próxima é a de Namjoon, então resolvemos ficar lá.

- Gente avisem os seus pais parece que a chuva só vai piorar- fala Jonnie.

- Ta bom- falos juntos e entramos na casa dele, é exatamente como eu me lembrava... quando eu e o Namjoon namorava era muito bom... pois ele sempre foi carinhoso, compreensivo, protetor tudo que alguém quer.. alem de ele ser lindo e sexy, mas por meus pais não aceitarem e os dele também não gostavam muito ele foi obrigado a falar que não me amava e beijar uma menina em minha frente, quando isso aconteceu eu não via mais sentido em... estar vivo o Namjoon era o meu mundo! ele ainda é um pouco.. mas.. por causa que nos afastamos eu consegui aguentar. Todos os meninos pegam os seus celulares menos eu e Namjoon.

- Jimin não vai avisar seus pais?- pergunta Nam se sentando no sofá e logo depois eu.

- Eles não vão se importar.

- Hm 

Depois de alguns minutos a chuva piorou ficando muito forte. Para nos distrair resolvemos ver filme.

- NÃO! NÃO! ele não pode morrer! não nãoo!!!- falo quase chorando. A luz se apaga e todos nós damos um grito. Sou abraçado por alguém- quem ta me abraçando?- falo.

- Jeon Jungkook- ele me responde.

- Ninguém entra em panico!- fala Nam

- AAAAAAAH QUEM FEZ ISSO?!- grita o Hoseok.

- Fui eu- responde Tae.

- Meu ouvido..- fala Jin.

- Liguem a lanterna do celular- fala Jungkook e todos ligamos.

- Droga a minha bateria ta acabando!- comenta Taehyung.

- A gente não sabe até quando vai ficar sem luz e uma hora a bateria vai acabar- falo e todos me olham.

- Hmm temos duas opções, usar até acabar ou desligarmos o celular e ficar sem luz do mesmo jeito- fala Nam.

- Se de qualquer jeito vamos ficar sem luz... desligar o celular pra depois termos um pouco de bateria- fala Seokjin.

- Ok- todos nós desligamos e ficamos no total escuro.

- Vamos tentar dormir- comento. Jin, Tae e Hoseok estão no sofá cama e eu Nam e Jungkook estamos deitados em colchões. Cada um tem o seu cobertor, a noite esta fria, se passa algum tempo e eu caiu no sono.

Acordo e nenhum de meus amigos estão, me sento assustado.

- Gente? onde vocês estão?- olho para os lados e esta tudo escuro- g-gente por favor.. 

- Jimin..

- Gente?! onde vocês estão?- eu me levanto rapidamente.

- Jimin... você é um idiota! ingenuo, realmente achou que gostamos de você? há! você não passa de um gay fracotinho!

- Não, não! eu não sou! 

Abro meus olhos e vejo Jungkook com uma feição extremamente preocupada, toco em meu rosto e percebo que estou chorando, Jeon me abraça forte.

- Jimin... o que você sonhou?- ele se soltou do abraço e segurou minhas mãos.

- Q-que vocês.. estavam falando.. que nunca gostaram de mim, que sou um idiota ingenuo- eu começo a chorar e ele me abraça novamente.

- Jimin... todos nós somos seus amigos! e se a gente não gostasse de você por qual motivo a gente fingiria ser os seus amigos! por que a gente fingiria se importar com você? por favor não pense que não gostamos de você..- ele me olha no fundo dos meus olhos, e pudo ver a confiança nele. 

- Eu confio em você Jungkook- dou um sorriso sem mostrar os dentes ele ficou vidrado em mim, e depois me devolve um sorriso envergonhado, ele abaixa a cabeça a mexer um pouco em seu cabelo- você parece um coelhinho..

- Vão dormir porra! parem de ficar de melação e vão dormir caralho!- fala Hoseok, eu e Kook nos olhamos olhamos pro Hobi e rimos, nos deitamos e fecho os olhos, sinto Jeon acariciar meu cabelo e durmo.

 

alguns dias depois

 

- Park Jimin devolve a minha caneta!- fala Taehyung.

- É.. não!

- Eu só tenho essa!

- To Tae pega essa- Jeon a caneta pro Tae.

- Obrigado maninho!

O sinal toca e saímos da sala.

- Gente já volto- falo e saio. Ando até meu armário porém sou puxado para dentro de uma sala de aula- aah!

-  Shiii não vai querer que te escutem né?

- O que você quer?

- Você!

continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...