História Ever After Hihg: A Maior Injustiça de Todas - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ever After High, Once Upon a Time
Personagens Alistar Wonderland, Apple White, Baba Yaga, Blondie Lockes, Brooke Page, Bunny Blanc, C.A. Cupid, Daring Charming, Darling Charming, Kitty Cheshire, Lizzie Hearts, Madeline Hatter, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Personagens Originais, Raven Queen, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Apple, Aventura, Escola, Ever After High, Harem, Madline, Oswalds, Rave
Visualizações 24
Palavras 4.939
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


bem galera, eu voltei e estou pronto agora que as ferias chegaram e eu tenho mais tempo para escrever, vi que a fic estava indo super bem e obrigado pelo apoio, sem mais delongas vamos ao capitulo, espero que gostem
P.s: sei que alguns vão ignorar esse aviso, mas o capitulo de hoje e realmente mais 18, então leia por conta e risco

Capítulo 23 - Homecoming Parte 1


Fanfic / Fanfiction Ever After Hihg: A Maior Injustiça de Todas - Capítulo 23 - Homecoming Parte 1

Narradores P. O. V ON

Narrador

Brooke acho melhor você ir para o seu quarto, digamos que esse capitulo não e apropriado para crianças de sua idade

Brooke

Pai assim eu fico constrangida e além disso eu já sou maior de idade

Narradora

Nos ainda queremos preservar a sua inocência

Brooke

Que inocência?

Narrador

Falou algo?

Brooke

Vamos continuar a historia

Narradores P. O. V OFF

Oswald Neverland P. O. V ON

Eu estava sozinho no meu quarto, era a minha última noite em Wonderland e logo meus amigos e eu voltaríamos para Ever After com o objetivo de impedir a minha mãe, eu ainda tinha que ter uma conversa muito seria com a Raven, se deveríamos continuar juntos, mas eu não conseguiria não ficar com ela seria muito doloroso, o que eu faço e ainda tinha de cumprir a promessa que fiz a Madeline, desde quando a minha vida se tornou esse caos?

-garoto to entrando melhor você estar vestido- falou a Kitty entrando no quarto, sorte que ela ao menos usou a porta, geralmente ela só usaria os poderes

-Kitty tenho algo a lhe perguntar- falei

-pode falar, eu estou a todo ouvidos- disse ela me encarando

-você tem mais experiência nesse tipo de assunto do que eu, Madeline está querendo avançar em nosso relacionamento se e que me entende- falei meio envergonhado e ela me encarou um pouco confusa até que pareceu entender e me lançar um sorriso malicioso

-você está querendo dicas para dar prazer a Madeline? - perguntou Kitty com um olhar travesso, por já ter dormido com outras garotas ela deve saber como eu deveria fazer com a Madeline

-sim- falei de forma tímida e ela riu

-bem vejamos eu tenho algumas dicas para você, primeiro seja carinhoso com ela, segundo demonstre confiança e terceiro se ela pedir para você ir mais rápido vá mais rápido- falou Kitty me encarando com um sorriso malicioso, mas seu sorriso de uma hora para outra sumiu

-o que houve? - perguntei me colocando de frente para ela que soltou uma risada amarga

-quando nós formos embora, a Lizzie vai ficar- disse ela tristemente e eu fiquei surpreso

-mas por que? - pergunto e ela me encara seria

-a Rainha de Copas acha que aqui e o melhor lugar para a filha dela ficar, visto que a maldição da Rainha Má irá atingir Ever After, a Floresta Encantada, Neverland e o Bosque das Aventuras- disse Kitty, realmente o poder de alcance da minha mãe e do meu irmão chega a superar esse nível, então por que ficar apenas nessas partes?

-então ela não tem fé em nossa missão? - pergunto seriamente sem deixar minha raiva a mostra

-e basicamente isso- falou a felina sem demonstrar como estava se sentindo realmente, mas eu podia ver nos olhos da minha melhor amiga, ela estava triste

-eu irei conversar com a Rainha de Copas- falei me levantando dali e a Kitty me encara

-o que você irá falar com ela exatamente? - pergunta Kitty seriamente- que cinco jovens podem derrotar a Rainha Má e o Senhor das Trevas, apenas por que pensam que podem? - perguntou novamente, mas dessa vez com um ar de sarcasmo e eu tive uma ideia

-Kitty, você pode falar com a Brooke não e mesmo? - pergunto e ela me encara com um ar duvidoso

-sim, mas por que? - pergunta

-quero que você pergunte a ela se existe alguma maneira de nos pedirmos ajuda ao Brogoth, ele e um excelente estrategista e pode muito bem vencer a minha mãe e o meu irmão- falei confiante e o sorriso da felina reapareceu

Kitty Cheshire P. O. V ON

Quando eu ia tentar falar com os narradores a Brooke logo me interrompeu

-isso e impossível- disse ela em alto e bom som

-o que por que? - pergunto no mesmo tom

-o Brogoth como eu disse antes e o único Advanced cujos poderes o impedem de ser rastreado, eu não sei onde ele está- falou a Brooke

-e além disso ele já interferiu demais, não era nem para ele ter mostrado a face ou dito o nome verdadeiro dele- fala o Narrador e eu lembro do Brogoth ter mencionado que o chamavam de Traveler

-desde pequeno ele sempre foi uma criança problemática- falou a Narradora

-ei vocês dois querem parar de falar mal dele- disse Brooke irritada- talvez aja um jeito dele vir ao seu chamado- falou com um ar misterioso

-como? - perguntei animada

-o Livro das Lendas, talvez se vocês ameaçarem de destruí-lo, ele venha interferir, afinal preservar os artefatos dos Advanceds e muito importante para o Brogoth- disse a Brooke agora seriamente e eu confirmei com a cabeça

-então o que eles disseram? - pergunta Neverland

-temos que destruir o Livro das Lendas- falei seria e o Neverland me encara com um ar de quem iria questionar, mas a porta e logo aberta pelos guardas da Rainha apareceram no quarto

-a Rainha de Copas deseja vê-los- disseram nos obrigando a ir até a Rainha de Copas que passou a nos encarar de forma fria

-Madeline Hatter, Kitty Cheshire e Oswald Neverland Pan- pronunciou a ruiva calmamente de olhos fechados- essa será a última noite de vocês aqui em Wonderland, amanhã de manhã que que vocês três juntamente de Darling Charming se encaminhem para Ever After e cumpram sua missão- falou e depois fez sinal para nós retiramos e quando nós íamos saindo Neverland ficou para trás

-eu adoraria ir, mas não sem a Lizzie- falou ele com um olhar determinante

-como ousa dizer que minha filha ira com vocês em uma missão suicida? - pergunta a Rainha com um olhar de superioridade

-Lizzie e minha amiga e futura namorada da Kitty e também uma das pessoas mais fortes que eu já conheci, não irei sair dessa terra maluca sem ela e nem os outros- falou o Neverland e então por um milésimo de segundo eu consegui desviar o curso do ataque da Alice Wonderland que tentou golpear Oswald usando sua espada

-Neverland, você não pode falar assim com a Rainha- disse Alice ainda tentando atingir o meu amigo

-você não vai machucar o meu amigo enquanto eu estiver aqui- falei seriamente

-eu poderia me defender sozinho- disse Oswald me encarando e eu simplesmente soltei um sorriso

-claro, que não- falo sinceramente

-quero ordem na minha sala, Lizzie ira ficar aqui, essa e minha decisão final- disse a Rainha de Copas e então o Neverland me encara e eu soube o que ele estava pensando

-nos desafiamos os seus melhores guerreiros para um combate em dupla se eles vencerem, Lizzie fica, se não nos vamos embora de Wonderland e nunca mais voltamos- falei de cabeça baixa e a Rainha soltou uma risada

-não topo esse acordo e muito simples- falou com o seu típico sorriso

-então eu lhe darei o mapa para a Terra do Nunca- falou Oswald seriamente, apenas as fadas e os Pans sabiam como chegar em Neverland, Peter Pan nunca confiou em ninguém mais essa informação, pois teme que alguém a use da forma errada, tudo o que se sabe e que se uma criança desejar poderá ir para Neverland em seus sonhos

-está blefando- disse a Rainha seriamente

-você conhece o meu pai, ele já blefou em algum desafio? - perguntou e eu vi o olhar da Rainha brilhar

-não nunca, Peter Pan e realmente alguém que não se deve subestimar e devo dizer você também não, pois bem aceito o seu desafio e meus guerreiros serão Alice e- antes que a Rainha terminasse vimos um sorriso descer do teto e ir até o chão se formando aos poucos na aparência de minha mãe

-majestade se me permite, eu gostaria de ir nesse desafio, quero ver o quanto minha filha e o amigo dela evoluíram em seu treinamento, se eles não passarem em minhas perspectivas eu irei acabar com ambos- disse minha mãe com um sorriso e um ar desafiador, eu encarei Oswald e este estava com um sorriso no rosto

-pois bem, vocês têm 2:00 para se prepararem- falou a rainha de Copas nos encarando

-Oswald, essa e a sua chance com a Madeline, precisamos estar bem motivados a ganhar- falei sorrindo para ele e o empurrando para cima da chapeleira

Oswald Neverland Pan P. O. V ON

Eu estava em meu quarto juntamente com a Madeline, ela me encarava sorrindo

-fico feliz em ver que você lutou pela Lizzie- disse a Madeline me encarando

-a Lizzie e minha amiga e eu sempre lutarei pelos meus amigos- falei seriamente encarando a Hatter- Madeline, sabe quando uma fada deixa de sua pureza? - perguntei sem encara-la

-não, quando? - pergunta ela

-quando elas se apaixonam, quando eu me apaixonei pela Raven, pela Apple e também pala Darling eu senti desejo, mas com você e diferente eu quero estar o tempo todo com você, pois você e a melhor parte de mim refletida em alguém, eu te amo- falei e quando menos percebi eu estava recebendo um beijo da chapeleira, um beijo cheio de paixão e luxuria

-eu também te amo- falou após o beijo e ofegando um pouco, ela me empurrou para cama e começou a tirar minha camisa de forma rápida e começou a dar leves chupões em meu pescoço

-ei quem disse que você ficara no comando? - pergunto ficando por cima dela, invertendo as nossas posições e encarando aqueles olhos azuis brilhantes de forma intensa- depois disso não terá volta- falei serio

-eu sei, quero ser sua, totalmente sua- falou com aquele sorriso que somente ela sabe dar e eu comecei a tirar o seu vestido e quando terminei eu fiquei encarando o corpo dela ainda coberto pela languerie azul com detalhes roxos- por favor não encare tanto- falou a Hatter corada e virando o rosto

-por que não, você e tão linda- falo começando a dar leves mordidas no pescoço dela enquanto tentava desabotoar a alça do sutiã dela

-está com dificuldades ai?- pergunta Madeline entre suspiros e também com um sorriso irônico em seu rosto e me ajudando a tirar o seu sutiã e eu passei a encarar os seus seio e logo comecei a massagear o esquerdo e dar leves chupadas no direito, Madeline começou a dar leves gemidos- não e justo apenas você se divertir- disse ela com um sorriso sapeca e me empurrando, voltando a ficar por cima de mim e dessa vez foi em direção as minhas calças e logo em seguida a minha cueca e em uma fração de segundos ela arregalou os olhos- nossa e muito maior do que eu imaginava- falou com uma pontada de desejo em sua voz e começou a fazer movimentos de vai e vem em meu membro enquanto eu encarava a sua calcinha que estava muito molhada e eu comecei a fazer uma pequena massagem naquele local, logo ouvindo os baixos gemidos de minha chapeleira que começou a acelerar os movimentos que fazia em meu membro e eu comecei a soltar leves gemidos também

-Madeline eu estou perto- falei e logo sinto a boca da Madeline sobre o meu membro e ela começa a chupa-lo de forma intensa até eu me despejar na boca dela que depois me encara com o seu melhor sorriso

-isso seria ótimo no meu chá- disse ela rindo um pouco e eu a interrompo com um beijo a fazendo se arrepiar, logo vou retirando as suas últimas peças de roupa de forma vagarosa até ela ficar completamente despida e logo eu me posiciono na sua intimidade e a encaro nos olhos

-tem certeza de que quer continuar- antes que eu pudesse terminar a minha frase ela me beija intensamente e me puxa fazendo com que eu entrasse de uma vez, nesse momento eu a vejo soltar uma pequena lagrima e um pouco de sangue escorrer por sua intimidade

-você estava demorando demais- falou ela segurando a voz um pouco

-quando você se sentir mais à vontade me avise- falei e percebo que ela já começava a se mover por conta própria

-você tem que aprender uma coisa sobre mim- disse ela ficando por cima de mim e depois me encarando- eu não sou uma garotinha frágil falou com o sorriso de sempre e depois eu comecei a me movimentar também

-bem já que você quer assim, assim será- falei começando a me mover mais rapidamente e sentia o meu membro ser cada vê mais apertado pela intimidade da Madeline e ela tinha uma expressão de prazer em seu rosto- acho que estou indo bem- falei com um sorriso fazer amor com a minha chapeleira estava sendo bastante prazeroso

-você está indo chapelasticamente bem- falou enquanto eu começava a dar uma leve massagem em seus seios e lhe dava um beijo

Oswald Neverland P. O. V OFF

Kitty Cheshire P. O. V ON

Eu estava em meu quarto tentando descansar para os próximos eventos, mas alguém bate em minha porta

-olha Oswald se for você pedindo por mais conselhos sobre como dar prazer a sua garota eu irei eu mesma fazer esse trabalho por você- falei abrindo a porta e me arrependendo amargamente de ter proferido essas palavras

-não era essa a recepção que eu esperava- falou a Lizzie me encarando com um sorriso fraco e depois me encara nos olhos- posso entrar? - pergunta e eu saio de meu transe para lhe dar passagem e ela logo entra em meu quarto- acho que temos assuntos a tratar- falou ela enquanto se sentava na minha cama

-que tipo de assuntos? - perguntei tremendo um pouco

-eu ouvi a conversa de vocês com a minha mãe, especialmente a parte em que o Neverland disse que eu seria a sua futura namorada- falou ela seriamente

-bem ele só estava brincando- falei tentando soltar uma risada, mas essa se perdeu em minha garganta quando a ruiva começou a se aproximar de forma sensual até mim

-eu só estou esperando o pedido- falou me dando um beijo na bochecha- se você vencer terá uma recompensa ainda maior- fala saindo com um sorriso malicioso, eu tenho que vencer, pensei com um grande sorriso

Kitty Cheshire P. O. V OFF

Oswald Neverland P. O. V ON

A Madeline parecia estar apreciando cada momento

-eu estou a vir, Madeline- falei já um pouco esgotado e está me segura

-ainda não eu estou quase, por favor segura mais um pouco- disse ela e logo eu sinto que ela já avia atingido o seu prazer total e eu me retiro de dentro dela para soltar um jato em cima da barriga dela- nossa isso foi incrível- falou com os olhos fechados e com um sorriso, nesse momento nós ouvimos alguém batendo na porta

-Neverland, vamos logo já está mais do que na hora de vocês dois saírem desse quarto- ouvi a voz da Kitty e então comecei a me arrumar, mas antes de sair do quarto a Madeline me puxa pela gola da camisa e ela me dá um beijo intenso

-boa sorte, My Fary Boy- disse ela sorrindo e então eu saio do quarto vendo uma Kitty me encarar com um olhar malicioso

-então como foi, estou sentindo um cheiro de sexo vindo de você- disse ela e então eu corei ao extremo

-cala a boca, não temos tempo para esse tipo de coisa- falei dando um murro em seu braço e ela ri

-nem acredito que meu amiguinho inocente perdeu a virgindade- fala ela e então eu decido dar o troco

-nem acredito que a Lizzie lhe deu uma chance- falo e a gata me encara

-como você sabe? - perguntou e então eu aponto para a sua bochecha

-ainda tem marca de batom ai- falo e então nós vamos até a arena do castelo

-escuta Neverland, nos queremos ganhar, me ouviu? - disse Cheshire então eu assinto encarando as nossas oponentes

-vou lhes dar uma chance de desistirem- disse Alice e então a Kitty e eu soltamos uma risada

-sabe os Neverlands nunca desistem de uma batalha- falei

-e os Cheshire nunca voltam atras em um desafio- fala a Kitty

-ok, as regras do combate são simples aqueles que saírem do campo perdem, se desmaiar no meio da luta perde, nada de mortes por favor- falou a Rainha de Copas e então ela toca um sino iniciando a batalha

-Kitty a melhor defesa- falei indo para cima da Alice enquanto a Kitty ia em direção a mãe dela

-e o ataque- fala a gata e nesse momento nos dois trocamos o alvo de forma rápida fazendo ambas ficarem surpresas e baixarem as guardas

-no nosso caso ataques sincronizados- falei dando um chute na mãe da Kitty enquanto a Alice recebia um murro na cara

-muito esperto, mas esse tipo de truque não ira funcionar novamente- falou a Cheshire mais velha rindo e depois desaparecendo

-ei ficar invisível e trapaça- falei tentando achar a mãe da Kitty até que sinto algo me acertando e me jogando até quase os limites da arena

-trapacear e o que eu faço meu bem- fala a voz da mãe da Kitty e antes de eu levar outro golpe a Kitty intervém nessa luta

-acho melhor nos trocarmos de oponentes- disse Kitty e nesse momento eu seguro a espada da Alice antes que está a atingisse

-ok, eu cuidarei da Wonderland- falei dando um chute na Alice a mandando para longe- sabe meu pai sempre falou bem de você, acho até que bem demais- falei seriamente

-eu e seu pai temos um passado- fala ela com um sorriso

-espero que não queira inserir o Alistair na minha lista interminável de irmão desconhecidos- falei com uma gota na cabeça e começando a reunir energia magica em minhas mãos

-não seja tolo o Pan não faz o meu tipo e além disso o pai do Alistair e muito mais forte que o Peter- falou a Alice se pondo em posição de combate

-Magic Bomb- falei lançando uma pequena energia na direção da Alice que simplesmente a partiu em duas com sua espada fazendo ambas as partes explodirem e formarem uma enorme nuvem de fumaça- ok, ora de acabar com você- falo flutuando e ficando bem em cima da nuvem de fumaça- não quero me estender nesse combate então- falo começando a girar minha foice na direção em que Alice estava- Magic Storm- falei fazendo um furacão magico ser lançado em direção a Alice, mas enquanto o meu golpe se seguia e a nuvem de fumaça se dissipava eu via que ela estava usando a sua espada como um escudo o girando rapidamente na frente do meu golpe- você e realmente forte, mas eu não irei desistir- falo sorridente e continuando o meu ataque

-você não pode contra mim seu garotinho tolo- fala a Alice e então eu tento a atacar novamente indo em direção a ela com minha foice, mas nossas habilidades estavam empatadas ou seja ninguém conseguia atingir ninguém

-Alice Wonderland, eu vou mostrar quem e o melhor- falei conseguindo parar a sua espada e lhe dar um chute e logo vou para cima dela novamente e preparando um soco, mas está se defende e me joga para um pouco longe da arena

-faça um favor para nos dois e caia de uma vez- falou Alice ao longe e eu a encaro seriamente

-você não sabe do que eu sou capaz- falei andando em direção a Alice que me encara com uma feição seria- eu sou Oswald Neverland Pan Queen- falo agora frente a frente a general do exército da Rainha de Copas- filho do Peter Pan e da Rainha Má, criado pela fada Sininho, então não venha me dizer que você e a mais forte, pois eu ainda não lhe mostrei minhas verdadeiras habilidades- falo de cabeça baixa

-seu moleque impertinente- disse ela tentando me acertar um murro, mas eu coloco a minha mão na frente antes que ela me acertasse e lhe dou um chute ainda segurando a sua mão a fazendo se manter por perto, me desculpe Alistair, mas vou ter que ensinar a sua mãe a não me subestimar, pensei a encarando

-já disse para não me subestimar- falei agora começando uma luta seria contra ela, agora com os meus punhos cercados de energia luminosa

-eu não irei perder- disse a Wonderland revidando os meus golpes, mas eu me desviava de todos eles de forma épica

-infelizmente para você as chances contra mim são zero- falei criando um portal atras dela e a empurrando para ele que cai fora do campo

-Alice Wonderland fora- disse a Rainha de Copas

Oswald Neverland P. O. V OFF

Kitty Cheshire P. O. V ON

Eu encarava a minha mãe de forma sorridente

-o que foi mãe? - perguntei me inclinando um pouco para frente com o meu indicador nos lábios- está com medo de me enfrentar? - pergunto agora com um ar pensativo e logo a gata risonha vem para cima de mim com suas garras amostra- nem pense nisso- falei me desviando de seus golpes, que estavam até que simples demais para alguém como ela

-sabe filha você e o Neverland parecem ter uma amizade bastante solida- disse a minha mãe me encarando

-sim, ele e o meu melhor amigo e eu sou sua melhor amiga, mas o que isso tem haver? - perguntei e ela solta uma gargalhada

-antes de ser a maior vilã já conhecida a mãe dele era minha melhor amiga, mas então ela se afastou se tornou maléfica- disse minha mãe e então eu percebi onde ela queria chegar

-Oswald não e igual a mãe dele, ele e bom- falei seriamente tentando atingir a minha mãe que se desvia de meu ataque e me dá um chute

-claro e sempre se abria com você? - perguntou e eu assenti- já arriscou sua vida por você? - perguntou novamente e eu novamente assenti- igualzinho a mãe, escute o que eu lhe falo Kitty, nunca confie demais em um Queen, eles são como cobras- falou minha mãe me atingindo e ela quase me tirou da arena, mas sinto minhas costas serem seguradas por mãos firmes e quando eu olho para o lado vejo Oswald um pouco machucado

-cuidado felina você quase que teve um tombo feio- disse ele rindo e eu o encarei novamente- vamos eu te ajudo contra a sua mãe- fala ele agora me soltando e encarando a minha mãe

-Oswald se lembra de quando nós começamos a treinar juntos? - perguntei de forma misteriosa e esse me encara

-qual delas você quer usar? - perguntou ele já entendendo o meu recado

-o que vocês tanto cochicham ai? - pergunta a minha mãe começando a flutuar para cima de nós e preparar uma esfera negra em nossa direção

-estratégia 12 agora- falo segurando as mãos do Neverland que me lança em direção a minha mãe, mas antes que eu pudesse atingi-la eu sumo de sua vista

-que tipo de ataque e esse? - pergunta minha mãe se desconcentrando do golpe

-um golpe combinado- fala o Neverland se atirando em cima da minha mãe e pegando o braço dela enquanto eu apareço atras e seguro o outro

-agora já era e xeque e por acaso xeque-mate- falei enquanto segurava minha mãe com todas as forças que eu tinha e o Neverland nos lançava em direção a um de seus portais nos jogando para fora da arena

-Oswald e o vencedor- disse a Rainha de Copas encarando o meu amigo que sorria de forma triunfante- filha você pode ir com eles se quiser- disse a Rainha encarando a filha e está me encarou

-mãe, eu te amo, mas meu lugar e com eles, eles me ajudaram quando eu precisei e agora tenho de retribuir o favor- falou a Lizzie animada e vindo dar um abraço em mim e em Oswald- vocês dois são os melhores amigos que uma pessoa poderia pedir- disse a ruiva sorridente

-calma ai, se não a Madeline irá lhe fritar apenas com a visão- disse Oswald rindo e apontando para a Chapeleira que mantinha um olhar furioso para a minha ruiva enquanto está ainda estava no abraço coletivo, o mais estranho era que a Darling também a olhava furiosa, depois eu esclareço essa história com o garoto agora precisávamos de uma carona para casa- bem acho que já está mais do que na hora de nos irmos- disse Oswald agora sério e todos assentimos

-espere se minha filha vai com vocês quero que levem um guerreiro a mais, Chase- chama a Rainha de Copas e logo o cavaleiro vermelho aparece- quero que acompanhe esses jovens para derrotar a Rainha Má- ordenou a rainha e o jovem fez uma reverencia e se juntou a nos

-bem todos prontos? - pergunta Neverland para a Lizzie, Madeline, Darling, Chase e eu

-quer fazer logo esse maldito portal ainda tenho assuntos importantes para resolver- falei apressando ele e encarando a Lizzie que ganhou um rubor nas bochechas

-ok- disse Neverland fazendo um portal magico em direção a Ever After- nossa primeira tarefa ao chegarmos la e pegar o Livro das Lendas e depois pensamos no resto- falou o Neverland e todos cruzamos o portal juntos e assim que chegamos la vemos que a Rainha Má já estava nos esperando

-ora que surpresa o meu filho, uma de suas namoradas, a filha do Charming, a princesa de Wonderland, a filha da minha ex-melhor amiga e quem e você mesmo? - perguntou apontando para o Chase que ergue a sua espada

-sou o filho da Rainha Vermelha- respondeu bravamente

-bem isso não importa tanto, Oswald filho você não pode me derrotar, então por que não se junta a sua mãe como a sua versão alternativa faria? - pergunta a roxeada encarando o Neverland que solta uma risada

-por favor não me compare ao Queen, ele era mal e eu não e agora nós estamos na vantagem de seis contra um- falou Oswald com um sorriso no rosto

-acho que você não sabe contar direito Neverland- disseram ambas as irmãs Gancho aparecendo no lugar

-vocês duas, fala sério, não cansam de perder não? - pergunta Neverland em deboche

-podemos ate perder algumas vezes, mas nada ira tirar a gloria desse futuro sucesso, Neverland você irá perder e nos termos o nosso pai de volta falaram ambas as gêmeas e então Oswald riu

-ele está preso, na maior prisão de Neverland e a chave da cela dele está com o meu pai, que perdeu ela, então sinto muito, mas o Capitão Gancho não será libertado tão cedo- disse Oswald ainda rindo

-minha maldição irá atingir boa parte de Neverland e isso inclui a casa dos seus pais, o lar das sereias e claro a prisão de Neverland- disse a Rainha Má com um sorriso

-bem eu não irei deixar- falou Oswald se pondo em posição de combate

-ai e que esta Oswald, você não tem que deixar, você não pode impedir, isso irá mudar os nossos mundos e para melhor-falou uma voz que todos ali conheciam muito bem

-Raven o que fizeram com você? - pergunta o Neverland encarando a Queen que vestia roupas mais sombrias que o seu habitual, um vestido preto com detalhes roxos juntamente com uma tirara prateada, isso a estava deixando um tanto assustadora

-nada que eu não quisesse, agora vamos parar de falatório essa e a parte onde você se rende, não tem como você derrotar a nós todos, entenda que isso e para o nosso bem a mamãe está certa- disse ela nos encarando

-bem ai que esta, eu não preciso lhe enfrentar ainda, Kitty distração- falou Oswald e então eu coloquei um pouco de magia em minhas mãos

-Bomba de Fumaça- falo jogando a energia no chão e fazendo a situação perfeita para podermos bater em retirada, com Oswald fazendo um portal até o Livro das Lendas

-bem aqui estamos- disse a Madeline encarando o grande livro que regia os nossos destinos

-Brogoth, eu sei que você está me escutando, então se você não aparecer aqui e agora eu irei destruir esse livro- disse o Neverland apontando uma grande esfera de energia para o livro, mas antes que ele pudesse atirar nos ouvimos um som metálico de algo chegando e der repente uma espécie de cabine apareceu na frente do livro e de la apareceu o Brogoth juntamente com uma garota loira estranha

-ora se não e o meu velho amigo Neverland- disse o Brogoth nos encarando com um sorriso

-quem e essa? - perguntei apontando para a loira que mantinha um sorriso no rosto

-socorro, esse louco me sequestrou e está me forçando a viajar com ele- disse a garota e eu ergo a sobrancelha em direção ao Advanced

-ela só está brincando, pessoal essa daqui e Nui Harime, minha companheira, geralmente quando um Advanced viaja por muito tempo sozinho ele busca por alguém que possa diverti-lo e até mesmo ajuda-lo durante sua viajem- explicou e então nos entendemos- ela e uma versão alternativa sua Kitty por isso o senso de humor dela- falou soltando um suspiro

-bem voltando ao assunto principal, Brogoth, queremos a sua ajuda para determos a minha mãe- falou Neverland seriamente e o Advanced soltou um suspiro

-eu não posso lhes ajudar, infelizmente estão sozinhos nessa- disse ele

E agora?

Kitty Cheshire P. O. V OFF

Narradores P. O. V ON

Narrador

Brogoth você tem muita coisa para responder

Narradora

Você está muito encrencado mocinho

Brogoth

E bom ver vocês também e antes de mais nada, eu senti sua falta Brooke

Brooke

Também senti a sua

Brogoth

E sem mais delongas até o próximo capitulo

Narradores P. O. V OFF

Continua???


Notas Finais


desculpem se o hentai não foi bom, ainda estou aprendendo
galera eu tive a ideia de fazer como a DC nas suas series quando tem um cross over então o próximo capitulo sera colocado na Fanfic do Brogoth, para não ter que postar a mesma coisa em duas historias isso fica chato, então ate mais
Fic do Brogoth: https://www.spiritfanfiction.com/historia/adventures-in-the-time-and-in-the-muitiverse-10105716
comentem o que vocês acharam do capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...