1. Spirit Fanfics >
  2. Every Breath You Take - Imagine Baekhyun (EXO) >
  3. "Sentiu Minha Falta?"

História Every Breath You Take - Imagine Baekhyun (EXO) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem! 😘♥️

Trailer do imagine: [💌]
https://youtu.be/p-8CEepSNAU

Capítulo 1 - "Sentiu Minha Falta?"


Fanfic / Fanfiction Every Breath You Take - Imagine Baekhyun (EXO) - Capítulo 1 - "Sentiu Minha Falta?"

LIGAÇÃO ON

S/n: Oi... Sim... Eu já disse que não vai dar pra mim ir hoje aí... Tô indo pro trabalho agora... Tchau... Vou assim que puder...

LIGAÇÃO OFF

S/n: Aish, pelo visto minha mãe não sabe ouvir um não... [Falo enquanto pego minha bolsa]

Chamei um Kakao Táxi e desci do meu apartamento para esperar o mesmo...

XX: Bom dia S/n! 

S/n: Bom dia porteiro!

Entro no Táxi...

Olá, me chamo S/n. Sou uma garota comum de 25 anos que mora na Coréia do Sul, trabalho em uma padaria com meus amigos Luhan, Tao e Kris... Minha mãe e minha vó também moram na Coréia, só que não moramos juntas. Quem me vê sempre feliz, acha que tenho uma vida perfeita... Porém, sempre há algo no passado que nos deixa confusos em relação a quem somos de verdade...

(...)

Cheguei no trabalho, paguei o táxi e desci do carro, logo fui para dentro da padaria...

Luhan: Olha quem chegou [o mesmo me abraça e eu retribuo]

Kris: Será que dá pra vocês pararem com essa graça toda? Daqui a pouco os clientes chegam...

Tao: S/n, você tá atrasada [fala enquanto olha para o seu relógio de pulso]

S/n: Aish! Só atrasei cinco minutos Tao

Luhan: É Tao dá um desconto pra ela...

Tao: Aish! Para de ser puxa saco Luhan! [Fala irritado]

Kris: É Luhan, a S/n nunca chega atrasada... O que houve? O cara te largou no meio da transa ontem? 

S/n: Claro que não! Não levo qualquer um para o meu apartamento [cruzo os braços]

Luhan: Gente, vamos parar de graça e trabalhar logo [fala enquanto me abraça]

Tao: Aigoo! São tão próximos, por que não transam logo? 

Luhan e S/n: Aigoo! [Eu e Luhan falamos juntos]

Depois de termos terminado de arrumar a loja, colocamos o uniforme e começamos a trabalhar... Não demorou muito pra padaria se encher de gente... 

(...)

Fizemos uma boa venda hoje, porém estávamos muito cansados... 

Kris: A venda de hoje me deixou exausto... [Se senta na cadeira] Ainda bem que falei com o patrão pra mim ir embora cedo hoje [sorri]

Tao: Também fiz isso, acho que vai sobrar pra S/n e pro Luhan a última entrega...

Luhan: Que? Não vai rolar tenho que ir a uma festa hoje, vai sobrar pra S/n...

S/n: Aigoo! Vocês são tão reclamões! É só uma última entrega, vão embora seus preguiçosos deixem que eu fecho a loja [sorrio]

Luhan: É por isso que eu te amo princesa... [Dá um beijo em meu rosto]

S/n: E chega de melação Luhan, antes que eu mude de idéia! 

Luhan: Aigoo! Já vou indo gente... [Fala enquanto se retira]

Tao: Ei me espera, também quero ir nessa festa... [Fala enquanto corre atrás de Luhan]

Kris também se retira com os mesmos só que em silêncio...

S/n: Aigoo! Sobrou pra mim... [Falo enquanto vou preparar o último pedido]

(...)

Depois de eu ter preparado o último pedido, liguei para a dona do pedido para avisar que ele estava pronto, não demorou muito tempo para ele vim buscá-lo...

XX: Obrigada querida... [Fala enquanto pega o pedido da minha mão]

S/n: Não precisa agradecer senhora, volte sempre [sorrio]

A mesma me dá as costas e sai andando, depois eu volto a caminhar para fechar a loja e escuto passos...

S/n: Olá? [Olho ao redor] tem alguém aí? [Me aproximo de um local]

Eu vi um cara completamente de preto, porém não consegui indentificar seu rosto... O mesmo sumiu sem deixar barulho ou rastro algum, eu voltei correndo para a loja...

(...)

Mesmo depois do que havia acontecido, eu nao tinha ficado com medo de sair. Pra falar a verdade, eu não me importei muito... Fui para a casa da minha vó e da minha mãe

S/v(sua vó): Tem certeza que não sabe que é o doador? Ele deve ser alguém muito gentil, por causa dele eu ainda estou viva [sorri]

S/n: Pode ter sido uma doadora também vovó...

S/v: Como assim? Você a conhece? Eu quero muito agradecê-la...

S/n: Não vovó, não a conheço... Quer saber? Vamos esquecer o passado e se importar um pouco mais com o presente

S/v: É, você tem razão...

S/n: Eu sempre tenho razão...

Eu minha vó começamos a rir do meu comentário...

S/m(sua mãe): Então S/n, já está ficando tarde... Tá na hora de você ir para casa

S/n: Sim mamãe, você tem razão. Me acompanhe até a porta...

Me despedi da minha vó e minha mãe né acompanhou até a porta...

S/m: Então S/n, eu quero que você seja sincera comigo... [Fica em silêncio por um tempo] Você conhece a doadora?

S/n: Não mamãe, eu não tenho idéia de quem seja... Eu preciso ir agora, hum?

Me despeço da minha mãe e vou descendo as escadas perdida nos meus pensamentos...

Ai, aí... Se elas soubessem o que foi preciso fazer pra mim conseguir aquele dinheiro... [Penso]

FLASHBACK ON

XX: Você não vai sair disso S/n! Não estou louco de te deixar escapar assim!

S/n: Eu já fiz o que era preciso fazer, agora me deixa sair disso! [Falo chorando]

XX: Você achou mesmo que seria tão fácil? [Grita]

O mesmo me pega pelos braços e me levanta...

S/n: Me deixa em paz! [Falo chorando]

FLASHBACK OFF

Fico arrepiada só de pensar nesse dia... Enquanto caminho perdida nos meu pensamentos, alguém coloca a mão na minha boca...

S/n: Socorro! [Falo com dificuldade]

Ninguém iria conseguir me ouvir desse jeito...

O homem colocou uma venda nos meus olhos e me colocou dentro do porta malas de um carro, eu apenas ouvia a voz dele, mas não o reconhecia... E pelo visto, não era só um homem que estava ali...

XX: O que vamos fazer agora?

XX: Vamos levar ela pro chefe...

O carro começou a se movimentar, eu não via absolutamente nada...

(...)

Depois de um tempo, chegamos a um local, eu ainda estava com a venda nos olhos...

S/n: Onde eu tô? Me tirem daqui! [Falo alto]

XX: Calma princesinha, se você se comportar... Nós vamos ser bonzinhos com você [fala enquanto me amarra em uma cadeira]

S/n: Aish! 

XX: Não aperta muito seu tonto! O patrão não quer que ela se machuque...

O homem tira a venda dos meus olhos e eu continuava sem reconhecê-los... Eu estava em um lugar escuro e frio, com apenas alguns homens

Começo a escutar barulhos de passos e olho ao redor para ver de onde o barulho tava vindo...

Quando vejo quem era, fico completamente assustada...

XX: Sentiu minha falta? [Me olha sarcasticamente]

Eu não sabia como e o por quê de ele estar fazendo aquilo, mas eu sabia que a minha vida nunca mais seria como antes...





Notas Finais


Quem será que é? 😲

Meu canal no YouTube: [💌]
https://www.youtube.com/channel/UCHHzBTpqpJPLp2Y70k283Kw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...