1. Spirit Fanfics >
  2. Every magic has its price >
  3. "Mills. Regina Mills."

História Every magic has its price - Capítulo 54


Escrita por:


Notas do Autor


Gente desculpa por demorar. Eu estava sem inspiração e tempo. E agora que eu consegui terminar todos os capítulos. Obrigada por tudo e espero que gostem...

Capítulo 54 - "Mills. Regina Mills."


Pov Emma

  Acordei aquela manhã, me sentindo mais leve. Tomei banho e chamei Lara, que começou a se arrumar. Desci para fazer o café.

- Mãe? Você tá bem? -perguntou Lara entrando na cozinha me vendo cantarolar.

- Tô sim. Por quê? -perguntei desligando o fogo.

- Você está cantarolando. Eu não lembro a última vez que a senhora, fez isso. -falou sentando nos bancos da ilha.

- Só estou feliz. -falei lhe servindo o café.

- Bom dia, meu amores! -falaram minhas mães entrando na cozinha.

- Bom dia, mães. -falei pegando seus pratos.

- Bom dia, vós. -falou Lara. - A mamãe está doida. -sussurou pra eu não ouvi, mas não funcionou.

- Eu ouvi, Lara. -respondi sentando na cadeira.

- Eu vou sentir saudades dessas manhãs. - falou Arizona.

- Por que vocês tem que morar tão longe? - perguntou Lara.

- Nem tenta, Lara. Eu já fiz a mesma pergunta. -falei.

- Porque lá é um lugar melhor para trabalhar. No que nós trabalhamos. - respondeu Callie.

- Mas aqui tem o Grey Sloan. -falou Lara.

- Nós trabalhamos lá. Desde que era Seattle Grace. -falou Arizona.

- Eu sinto muita falta de vocês. E a mamãe, a madrinha, a Ruby. -falou Lara.

- Vamos, Lara. Está na hora de ir pra escola. -cortei o assunto, antes de me fazer chorar. Levantei e peguei minha bolsa. - Não esqueça a mochila. -a avisei saindo pra garagem.

Levei até a escola e a deizei na porta.

- Tchau, mamãe. -falou descendo do carro.

- Boa aula, coelhinha. -falei puxando a porta. Esperei ela entrar e segui meu caminho. Passei primeiro no Starbucks e depois pra empresa.

- Bom dia, Elsa. -falei sorrindo pra ela.

- Bom dia, Emma. -falou me seguindo pra dentro da sala.

- Projetos novos? -perguntei colocando minha bolsa na cadeira de frente pra minha mesa e tirando o sobretudo.

- Dois. -falou me entregando a papelada. - Um é para um apartamento e o outro é um prédio de 4 andares simples. -falou.

- Obrigada, Elsa. -falei quando a vi indo em direção da porta.- Ah, e me avise toda vez que alguém for entrar na minha sala. -falei antes dela fechar a porta.

- Claro, Emma. -respondeu fechando a porta.

  Trabalhei nesse projetos o dia inteiro.

Pov Regina

  Acordei, me sentindo mais... feliz. Fiz minhas higienes e chamei Ruby. Desci e fiz o café.

- Mãe? -chamou.

- Oi? -perguntei me virando.

- Me ajuda com meu cabelo? -sorri assim que ouvi isso. Ela raramente pedia para pentear seu cabelo.

- Claro. -respondei desligando o fogo e pegando a escova de cabelo. - Uma trança embutida? -perguntei penteando seu cabelo e ela confirmou com a cabeça.


  Depois de pentear o cabelo dela, tomamos café e saímos. Fui ao trabalho.


  Quando entrei, a minha secretária estava com meu café na mão.

- Bom dia, sra. Mills. -falou me entregando o café.

-  Bom dia, Srta. Frech. Alguma reunião importante? -perguntei entrando na minha sala e sendo seguida por ela.

- Só uma. -falou me dando uma pasta.

- Resuma. -falei tirando o sobretudo e me sentando na cadeira atrás da mesa.

- É sobre a nova linha de produtos com aroma de girassóis. -falou.

- Ok. Alguma reunião na parte da tarde? -perguntei abrindo a pasta.

- Humm... Não. -falou olhando minha agenda. - Devo marcar algo? -perguntou.

- Não. Sairei antes do meio-dia. E anuncie toda vez que alguém for entrar na minha sala. -falei e ela já ia saindo.

- Ok, sra. Mills. -falou.

- E me consiga o cardápio do restaurante daqui do lado. E o número. -falei.

- Ok. Com licença, sra. Mills. -falou saindo.

  Estudei a palta da reunião, e consegui fechar o contrato com a fazenda de girassóis. Liguei pro restaurante, mas não tinha o que eu queria. Fui pra casa, mas passei antes no mercado.


  Cozinhei, e coloquei em vasilhas. Peguei talheres e coloquei em uma sacola reutilizável. E sai, fui pra empresa que Emma trabalha. Entrei e todos me olharam com aquele olhar estranho, como se nunca tivessem me visto, talvez eu tenha mudado. Não sei.

- Oi. Com licença. Posso falar com a srta. Robbins-Torres? -perguntei ao ver sua secretária, que continuava a mesma.

- Quem? -ela perguntou confusa.

- Srta. Robbins-Torres? -repeti e ela ainda parecia não entender. - Oh, srta. Swan. - falei me lembrando que ela só usava o último nome.

- Emma Swan? -perguntou e eu confirmei. - E quem seria a senhora? -perguntou me olhando.

- Mills. Regina Mills. -falei.

- A dona da Snow? -perguntou.

- Eu mesma. -falei.

- Só um momento, eu vou anunciar. -falou pegando o interfone.

- Você não lembra de mim? Eu sou a ex-noiva de Emma. No caso agora sou a namorada. -falei.

- Ah, você é a mãe da Ruby. -falou me reconhecendo.

- Isso. Eu só trouxe o almoço pra ela. Já que ela não almoça se não a lembrarem. - falei mostrando a sacola.

- Ah, claro. Pode entrar então, sra. Mills. - falou.

- Obrigada, srta. Arendelle. -falei entrando.

Pov Emma

  Estava eu atrás da minha mesa. Me concentrando no último projeto, quando ouço a porta abrir.

- Elsa, se for sobre o almoço, eu só estou terminando esse projeto. E irei pra casa. - falei sem levantar a cabeça.

- Ah, srta. Swan. Que pena, eu fiz seu almoço. Só pra você. -falou sendo irônica e logo reconheci a voz.

- Regina, pode entrar. -falei levantando. - Você fez o almoço? -perguntei lhe dando um selinho.

- Sim, Emma. - falou andando até a minha mesa. - Macarrão com queijo e suco de laranja. -completou me beijando. - E de sobremesa... torta de chocolate. -completou tirando as vasilhas de dentro da sacola.

- Você é incrível. -falei a abraçando. - E você já almoçou? -perguntei puxando a cadeira pra ela e me sentei ao seu lado.

- Não. -respondeu abrindo a vasilha.

- Regina, eu já avisei a você pra não ficar sem almoçar. -falei e ela ficou me encarando. - Eu só estava terminando esse projeto e já ia pra casa. -completei pegando o garfo.

- Tá bom? -perguntou me vendo comer.

- Tá muito bom. -falei com a boca cheia. E dei um selinho nela. - Tudo que você faz é bom. -completei.

- Obrigada. -falou sendo sarcástica. - Pra quem disse que eu não sei cozinhar. -falou.

- Oh, tadinha dela. -falei lhe dando um beijo na bochecha.

  Almoçamos juntas e a ajudei a arrumar as coisas dentro da sacola.

- Você terminou o projeto? -perguntou.

- Só falta terminar o orçamento. -falei ligando o computador. - Uns 10 minutos e acabo. -falei começando a digitar.

- Vou te esperar, então. -falou sentando na cadeira de frente pra minha.


  Demorei um tempo, finalizando o relatório e o orçamento. Depois desliguei o computador, e saímos.

- Bom final de semana, Emma. -falou Elsa.

- Pra você também, Elsa. -falei.

- Tchau, srta. Arendelle. -falou Regina segurando minha mão.

- Tchau, sra. Mills. -falou parecendo ter medo de Regina.

   Descemos e fomos pro carro.

- Parece que a Elsa tem medo, de você. - falei tirando o carro.

- E deveria mesmo. -falou meio fria.

- Por quê? -perguntei.

- Você tem muita intimidade com ela. Ela me conhece como a mãe da Ruby. -falou.

- Ela trabalha pra mim, tem mais de 10 anos. -me defendi. - E a Ruby já foi lá. Assim como a Lara, a Spencer, a Blair, minhas mães e todas as minhas amigas. - falei parando num ainal vermelho.

- Sei... -falou somente.

- Quer passar no parque pra tomar sorvete? -perguntei quebrando o silêncio.

- Quero. -falou sendo fofa.

- O seu desejo é uma ordem, minha rainha. -falei virando o quarto pra esquerda.


Fomos pro parque e fui à sorveteira comprar nossos sorvetes.

- Oi, Ingrid. -falei.

- Emma! -falou me abraçando. - Deixa eu adivinhar... Menta com chocolate e morango? -perguntou.

- Sempre... -falei quando ela me deu os copinhos com os sorvetes. - Obrigada, Ingrid. -disse e paguei pelos sorvetes.

- Tchau, Emma. -falou.

- Tchau, Ingrid. -falei me afastando.

  Me aproximei do nosso banco. Regina estava olhando o celular da empresa.

- Trabalho? -perguntei sentando do sru lado.

- Só a secretária avisando que tenho uma vídeo conferência hoje a noite. -falou guardando o celular na bolsa.

- Ah, aqui o seu. -falei entregando o sorvete dela.

- Obrigada, minha namorada. -falou me dando um beijo na bochecha.

  Terminamos e fomos pra minha casa. Jantamos com minhas mães e as meninas. Regina subiu pra fazer a conferência. E eu fui logo depois de colocar as meninas pra dormir.


Notas Finais


Obrigada por tudo mesmo. Beijinhos😘...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...