1. Spirit Fanfics >
  2. Everyone deserves a second chance (filha de Kakashi Hatake) >
  3. Cap. 23 origens...

História Everyone deserves a second chance (filha de Kakashi Hatake) - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii boa leitura!

Capítulo 23 - Cap. 23 origens...


“Kara” “Kara”, ouço uma voz em forma de sussurro vindo só além. Que lugar é esse? onde estou? “Kara” ouço a voz novamente. Oq é isso?


É um lugar escuro tudo preto, não vejo nada a não ser eu mesma. Parece que o lugar não tem fim, não tem chão não tem paredes não tem teto não tem nada. 


Nesse momento eu começo a cair em uma velocidade como se estivesse caindo de um penhasco ou sei lá, acabo desmaiando e ficando inconsciente enquanto caia. 


Abro os olhos e me lembro do que ouve antes de eu ficar inconsciente, olho para o ao redor e vejo que estou em um lugar como o outro porém branco com várias portas diferentes. Vou até uma porta azul e tento a abrir porém ela está trancada, olho para trás e vejo uma porta roxa se abrindo lentamente, corro até ela e passo pela mesma. 


Acabo saindo em um lugar todo de cristais diamantes e outras pedras preciosas roxas, é um lugar lindo. Ando um pouco e vejo uma árvore de de diamantes porém azul com um rio brilhante ao seu redor. Suas margens eram cheias de cristais em um tom azul marinho lindos, ando em direção da árvore e vejo um caminho de cristais se formar em minha frente , ando pelo caminho e chego na árvore. Uma ponte de diamantes se forma sobre o Rio, passo pela mesma e assim que piso no chão perto da árvore ouço novamente as vozes me chamando e nesse momento eu olho a árvore e me lembro de uma vez quando tinha doze anos e vi uma árvore idêntica a essa na floresta... más espera não está escrito Dayamondo como última vez, está escrito “corra! cuidado em quem

 confia!” mais o que isso significa? 


A árvore começa a rachar e a se quebrar, os cristais já não eram mais roxos/azuis e encantadores, eram negros e sombrios. Corro para o lugar onde estava antes de vir aqui porém acabo tropeçando e caindo, olho para trás e vejo uma escuridão, um sombra preta que tampava tudo oq tocava. Me levanto e corro o mais rápido o possível e acabo voltando para o lugar branco, vejo que a porta estava com uma chave a fecho e tranco rapidamente. 


Olho para o lado e vejo um porta com cristais negros que também estava com a chave, vou até a mesma destranco e passo por ela. Assim que passo por ela vejo um lugar lindo com árvores de cristais era tudo perfeito e encantador, seria assim o paraíso? 


Começo a caminhar e vejo várias borboletas lindas de cristal, flores, diamantes era tudo encantador. Vejo um lago lindo como o Rio anterior, porém suas águas eram num tom azul mais escuro más as águas também brilhavam lindamente. Ando em direção ao mesmo e ouço mais uma vez uma a voz “Kara” “Kara” “Corra!” dizia a voz... mais oq é isso? estou sonhando? é um pesadelo? uma visão? uma ilusão? 


?? – não é nenhum e nem outro 


Ouço uma voz feminina linda calma e doce, olho para a direção de onde a voz vinha e vejo uma linda mulher, seus olhos eram roxos assim como minha Kekkei Genkai, ela usava uma roupa bordô comum da cor azul escuro e uma linda coroa de cristais violeta sobre sua cabeça, ela era branca pálida e seu cabelo era branco assim como sua pele, ela não usava sapatos estava descalço, uma linda mulher devo confessar.. mais sei que não devo confiar nela... talvez isso seja um aviso. 


– quem é você? 


A mulher caminhava lentamente em minha direção e seus cabelos voavam com o vento, isso só servia para a deixar mais linda, seus olhar é frio e seu rosto não tem expressão. 


Karina – sou Dayamondo Karina, sou o espírito dos cristais, a Deusa da noite 


Diz a mulher que caminhava em minha direção. Ela é muito bonita e só agora que reparei que em suas mãos tem o símbolo da Lua, o menos símbolo do Shigaisen. 


– Karina? 


Karina – isso mesmo, não se preocupe eu sou do bem 


– como posso ter certeza? 


Karina – Kara, você é uma garota muito esperta e eu esperei muito por esse momento


– mais que momento? 


Karina – o momento em que eu me manifestaria em você 


– do que esta faltando? 


Karina – veja bem 


Uma porta aparece ao seu lado, ela era de cristais azuis escuros assim como os meus. A mulher que se diz Deusa abre a porta faz um gesto para que eu entre, passo pela porta e ela imediatamente se fecha. 


Vejo um cenário horrível de sangue e mais sangue, um massacre literalmente, vejo uma mulher de cabelos loiros e um homem de cabelos negros lutando contra algumas pessoas, mais oq é isso? vejo o tempo passar sobre meus olhos e acabo indo parar em um lugar diferente. A mesma mulher de antes parecia estar em trabalho de.. parto, ela logo dá a luz a duas lindas garotas, as duas de cabelos no tom castanho

 claro e os olhos verdes, eram lindas. 


?? – são duas lindas garotas


Diz uma mulher de cabelo azul. acho que a parteira, “são lindas” diz o mesmo homen que estava com a mulher antes, “nossas pequenas Kimari e Akira” espera são minha mãe e minha tia? não pode ser, será eles os meus avós? 


Vejo mais uma vez o tempo passar sobre meus olhos, eu vi minha tia e minha mãe crescerem em questão de milésimos, depois disso eu vejo a vida de meu pai, eu vi quando ele achou o pai morto em casa, quando o Obito foi esmagado pela Rocha, quando a Rin morreu, até mesmo quando meu pai e minha mãe se conheceram. Vi tudo em apenas um milésimo, depois disso eu vi a minha vida passar sobre meus olhos, isso é tudo tão estranho. 


Só em pensar que eu vi minha vida passar em meus olhos... olho para o lado e vejo a porta por qual eu avia passado agora pouco e volto para o lugar onde Karina estava. 


– oq é isso? oq foi isso? 


Karina – essa foi a sua vida até agoea Kara, não adianta fingir que esta tudo bem quando não está


– oq quer dizer com isso Karina? 


Karina – você tem um grande poder em sua alma Kara, e agora que eu me manifestei você irá ficar cada vez mais forte


– será que você pode me explicar oq está acontecendo? quem é você afinal? 


Karina – sou o espírito da Deusa que foi selado pelo mal em sua avó


– hãn? 


Karina – demorou um pouco para eu encontrar o erdeiro de meu poder, mais vejo que já achei 


– e-eu? 


Karina – sim Kara, você. A partir de agora eu irei te ajudar, e quando precisar de mim.. eu estarei lá 


Assim eu ela diz, ela meio que... some ou sla oq ouve com ela. Olho para o lado e vejo novamente a escuridão, corro até a porta e a tranco o mais rápido o possível. a escuridão começa a tomar conta do local branco e as portas somem, as paredes começam a se fechar, “Kara, corra cuidado!” ouço de novo a voz fecho os olhos e... 



























– AIIIIIIII - caio de cara da cama no chão - 


Suzuki – KSKSKSKSKS A KARA CAIU DA CAMA! 


– OVO TI MATA SEU ARROMBADO






Notas Finais


Oq será q foi isso? Quem é Karina? Teorias?

Agora eu vou aprofundar um pouco mais a história hehe

Xalau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...