1. Spirit Fanfics >
  2. Everything comes back. >
  3. Chapter One.

História Everything comes back. - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Chapter One.


Fanfic / Fanfiction Everything comes back. - Capítulo 1 - Chapter One.

-Nós vamos casar. 


Vejo o garoto que tanto amava ,após falar isso segurar a mão da minha melhor amiga, ele sorria feliz e ela também,mesmo que um pouco encomodada por eu saber da grande notícia. 

Eu deixei meu copo com achocolatado cair no chão da cafeteria por conta da notícia,enguli o seco que pareceu rasgar minha garganta,meus olhos vagavam perdidos pelas alianças e em minha cabeça se passava um trem descontrolado. 


- S/n você está bem? 


Ele pergunta preocupado e eu logo o olho sorrindo. 


- Eu estou bem sim. Essa notícia foi bem repentina... Não imaginaria que isso fosse acontecer. 

- Mas porquê não? Eu e a Su , já estamos juntos a dois anos. -olho para a garota que desvia o rosto. 

- Dois anos? 


Ele sorri sem graça e eu forço ainda mais meu sorriso, minha mão estava apertando tanto as chaves do carro que parecia que ela poderia se quebrar, mesmo sendo de ferro. 


- Su queria manter segredo, ela não queria que você se sentisse sozinha após ela começar a namorar. -Dou uma risada abafada e passo a mão no cabelo que caiu sobre meus olhos. 

- Ela sempre foi bem atenciosa, não é Su? 


A garota me olha ,abaixa a cabeça e confirma. Eu não estava acreditando que a pessoa que considerei como uma irmã, tinha me traido de forma tão suja, escondendo de mim e fingindo ser oque não era por dois anos. Ela sempre soube que eu gostava do Hee, deis do primeiro ano, e eu vivi em uma mentira no segundo até o terceiro, só agora que terminamos a escola, ela vem se revelar de verdade. 


- Eu espero que sejam felizes. 


Me levanto da cadeira e pego minha bolsa, Hee me olha sem entender. 


-Aonde vai S/n? 

-Tenho um compromisso na empresa. 


Eu ia andando mas Sunmi segurou meu braço , olhei para ela e finalmente ela teve a decência de me olhar nos olhos. 


- S/n... Eu sinto muito! -vejo seus olhos lacrimejando. 

- Sente pelo oque? -pergunto fingindo não saber oque ela falava. 

- Eu não sabia como te contar-

-Isso não importa mais. Assim como eu disse antes, desejo felicidades ao lindo e verdadeiro casal. 


Tiro sua mão do meu braço e saio da loja. 


- Que dramático. 


Olho para o lado e vejo uma pessoa toda de preto com boné e máscara , escorada na parede. 


- Oque você quer? -pergunto seca , ele se afasta da parede e pega a chave da minha mão. 

- Quero ir a um lugar. -ele sai andando ,destranca meu carro e me olha- Vamos princesa? 


Suspiro fundo e ando até o lado do passageiro, entro e coloco o cinto. O rapaz faz o mesmo que eu e liga o carro, logo saindo do local. 


- Não vai perguntar porque estou aqui? 

- Não.

- Não ta curiosa para saber dos outros meninos? 

- Também não. 

- Não seja assim com a estrela Jung Hoseok. 


Olho para o lado de fora do vidro e escoro minha cabeça que tinha milhares de flashback. Eu, Su e Hee tínhamos uma relação tão boa e eu fui tão idiota, fui magoada pelas duas pessoas que mais gostava. 


- Isso dói. 

- Eu sei. -Hoseok responde. 


Após um tempo em silêncio, ele para o carro e logo descemos. Era um campo aberto bem gramado, tinha várias arquibancadas e luzes iluminado o local. 


- Vamos? 


Ele apareceu com um saco cheio de bolas e sorriu para mim. Eu tirei o salto plataforma que usava e dobrei a barra da calça, logo fui acompanhando o mesmo até pararmos em frente ao gol, coloquei o salto no chão e olhei o mais velho que tirava as bolas e as coloca em distâncias variadas do gol. 


- Ao longo de cada chute no gol , você vai falar oque te deixou frustada. 

- Hoseok eu não estou com animo. 


Eu ia dando meia volta. 


- Vai sempre deixar que os outros levem oque você gosta? -parei no lugar e me virei olhando o moreno- Que tal por um fim nisso agora? 


Eu suspirei e fechei os olhos, tudo que eu queria ela vingança por ter sido traída, ter sido trouxa, covarde e idiota. Peguei uma xuxinha que estava no bolso da calça e prendi o cabelo, olhei para Hoseok que se afastou e fui em direção a primeira bola que entrou certeiro no gol. 


- Fui uma covarde! -a segunda bola em seguida- Fui enganada por quem mais confiei! -a terceira- Eles me machucaram!


Ao longo em que as bolas eram jogadas no gol, eu me sentia mais leve, mas um pouco machucada. Isso não seria curado por bolas sendo chutadas no gol,isso iria levar um tempinho ou horas. 

Enfim a última bola foi chutada e eu respirei um pouco cansada.


- Eu vou me vingar.


Hoseok veio até mim e me entregou uma garrafinha de água,junto a uma toalha para o rosto,bebi o liquido e enxuguei meu meu suor. 


- Porque fez isso por mim ? Nós sempre estamos brigando,como cão e gato.-perguntei me sentando no chão e ele olhou para o nada.

- Não sei. Talvez seja porque não tem graça te pertubar quando esta triste.


Levantei meu olhar para o mais velho e sorri abafado,ele me olhou e sorriu também.


- Vai fazer quanto anos que nôs conhecemos ,Hoseok ? 

- Hum... Quatro anos ,quase cinco.

- Lembra a primeira vez que eu encontrei com você? 

- Como eu iria esquecer ? Foi no dia da competição de dança. Eu estava fazendo uma visita ao colegio e vi você caçando encrenca com suas superiores,eu entrei no meio ,junto com o Taehyung para acabar com aquilo e você me deu um murro no rosto para eu sair da frente.


Acabo rindo por lembrar da cena do mais velho de 1,77 caindo no chão por causa de uma menina de 1,56.


- Depois eu fui ver as apresentações e vi você dançando Hip-Hop. 

- Eu estava com tanto medo e errar algum passo.-me levanto e passo a mão para limpar a calça. 

- Mas no final você foi a melhor e ganhou. Depois participou do torneio estadual entre escolas,ganhou de novo,e enfim o mundial.

- Onde eu perdi.-ele me olhou e fez um carinho nos meus cabelos.

- Você teve um ferimento sério no tornozelo que precisou de cirurgia urgente. Isso não foi culpa sua,você não sabia que ia acontecer.

- As vezes eu acho que a vida gosta de me fazer falhar.

- Somos dois então.

- Ah nem vem ! Você é famoso mundialmente,tem varios fãs que te amam de coração,dança super bem ,é bonito e tem uma voz linda.

- Você me acha bonito ? -olho para ele e faço uma cara de pensativa.

- Só um pouquinho.


Faço o gesto diminutivo para o mais velho que bateu no meu ombro de leve.


- Eu sou lindo ! 

- Convencido.


Eu olhei em seus olhos e ele nos meus.


- Obrigado Hobi.

- Ver você triste é a última coisa que desejo no mundo.


Eu é Hoseok temos uma relação complicada,vivemos brigando mas quando estamos em apuros,ajudamos um ao outro. E depois que consegui assumir o trabalho do meu pai na emprsa do meu tio , virei coreografa do Bangtan,nossa relação virou uma montanha russa. Ele empre soube que eu gostava do Hee,afinal,eles já foram amigos,mas algo atrapalhou e eles se afastaram e decidiram cada um seguir seu caminho sem manter contato algum um com o outro.

  

Ajudei Hoseok a pegar as bolas e depois fomos para o carro,ele deu partita e teve uma idéia.


- Vamos ao Happy Hold ? -ele me pergunta animado.

-Aquela balada do lado Norte de Seul ? 

- Uhum ! Vai ser legal.

- Tudo bem.

-Sério?! 

- Claro.


Fomos para casa e eu me arrumei,vesti um conjunto de saia e cropped preto ,uma jaqueta jens e um tenis FILA branco,passei uma maquiagem composta por; batom vermelho, olho de gatinho e rímel. Quando eu sai do meu quarto,vi a cara de surpresa do mais velho ao me ver.


-Para de me olhar assim !-ele sorri e vem até mim.

- Você está linda.-o olho- Normalmente você sempre esta usando roupas folgadas por causa dos ensaios e porque seu corpo não é o padrão daqui. Mas para mim ,o seu padrão é lindo.

- ...Hoseok.

-Ta na hora de você ser você mesma. 


Sorrio com seu comentário e ele passa a mão sobre minha bochecha.


-Vamos princesa ? -ele fala brincando e eu pego em sua mão que estava entendida.

-Vamos estrela.


O restente dos meninos já estava no local,então era só eu e Hoseok chegar para fazer bagunça. No caminho eu e ele fomos conversando,eu sabia que tudo que ele estava fazendo era para me ajudar a esquecer as coisas de mais cedo,e eu ficava feliz em ver ele demonstar esse afeto. Quando chegamos no local e saimos do carro,ele segurou na minha mão e fomos até a portaria,ele mostrou um cartão para o recepcionista que colocou duas pulseiras verde neon em nossos braços,então fomos decendo as escadas ,já que era no subsolo a boate.


- Você ja veio aqui mais vezes né? 

-Como sabe ? -ele para no meio do caminho e pergunta.

-Era só uma brincadeira,mas agora sei que sim.-ele ri sem graça- Não conta para o Bang hyung,por favor ! 

- Então quando eu não achava você e os meninos,eram porque vocês estavam aqui ? 

- Eh bem isso.

- Seu desgraçado! -chuto sua canela ele reclama- Você sabe quantas vezes eu ja entrei em problemas por causa de vocês?! Eu quase fui espulsa por causa do sumiço de vocês ! 

- Foi mal ,S/n.

-Foi mal o cacete! Eu tive que menti um monte de vezes para meu tio por não saber onde vocês iam de noite,eu falava que ja estavam dormindo ou tinham saido para comer .

- Você não esta errada.- dou outro chute em sua canela e ele pede desculpas.- Foi mal.

- Vocês vão me pagar caro por isso.

- Você tem que parar de ser pavio curto.


Faço menção que daria outro chute e ele se afasta,fazendo gesto de rendição. Andamos mais um pouco e logo a musica eletrônica fazia presença,entramos pela porta de madeira e eu vi varias pessoas dançando,bebendo,se pegando,tudo bem estilo adolescente sem preocupação com a vida. Sorri de canto com isso e fui sendo guiada por Hoseok ,várias pessoas prestaram atenção em mim,como sou estrangeira ,chamo muita atenção ,e tirando o fato de estar bem diferente do habitual,logo pude ver os meninos bebendo e rindo com alguma coisa,assim que eles me viram,fizeram a mesma expressão de Hoseok quando estava em casa.


- Que gata!! -Jimin grita por conta do som alto e vêm ate mim- Oi princesa,esta perfeita ! 


Sorriu com aquilo e me junto aos outros que sorriam ao me ver sendo eu mesma,me vestindo como antes,e sendo a "eu" de antes,brincando e sendo doida. Nós estavamos recendo muitos olhares,talvez por eles serem o BTS e ter uma mulher um pouco diferente do lado,agindo e forma super íntima e natural,como se fossem amigos de longas datas... Mas literalmente era isso,os meninos me tratavam como um irmã sem juizo e pertubada,por isso me chamavam de "princesa",afinal,eu era a unica mulher que morava com eles e os conheciam bem o suficiente sem segredos.


Eu me afastei deles e fui ate o bar,uma bargirl veio e me atendeu,pedi um shot de vodka e logo ela me entregou o copo médio,voltei para os meninos que me olhavam voltar,eles estavam falando algo pois quando cheguei se calaram,olhei para cada um ali. 


- O que estavam falando ? -pergunto dando um gole no álcool.

- Nada de mais.-Hoseok responde bebendo de sua cerveja.

-Hoseok estava falando como você esta linda com essa roupa.-Yoongi fala com Jimin em seu colo e Hoseok se engasga. 

-Verdade ,Hobi ? -olho o moreno que sorri .

- Disponha.


Acabo rindo e ele também,os meninos olharam para nós dois e sorriram. Já estava dando 2:00 AM e parecia que o povo tinha ficado mais energético,e eu não estava diferente deles,eu ja tinha tirado a jaqueta por conta do calor que sentia .Eu estava dançando ao som do Trap -I'm on fire- que fazia a dançar ser sensual. Jimin,Jungkook,Taehyung, estavam dançando comigo enquanto Namjoon,Jin,Yoongi e Hoseok olhavam a gente.

Sinto alguém pegar em minha cintura ,por reflexo me viro rapidamente e encaro o garoto que sorriu sensual para mim.


- Me fazeria compainha na minha bebida ? 


Olho o copo com um líquido azul e sorriu,pego o mesmo e viro garganta abaixo,não demorou para eu sentir meu corpo ficar quente e sensivel,eu estava ficando um pouco,voltei a dançar com o rapaz agarrado a mim ,mas que  durou pouco pois senti alguém me puxar e me segurar firme pela cintura,olhei para cima e vi que era Hoseok com cara fechada,ele mandou o garoto ir embora e me olhou.


-Você tem merda na cabeça? -ele me pergunta e eu riu.

-Meu corpo ta quente.-reclamo coçando perto do meus seios.

-Oque você bebeu? 

- Um monte de coisa...Vamos dançar ,Oppa? 

-Oppa? -ele pergunta. 


Puxo ele e me viro de costas,começo a fazer movimentos colado a seu corpo e sinto ele apertar minha cintura,solto um suspiro e logo ele me coloca sobre seu ombro.


- Vai me sequestrar,Oppa ? -pergunto rindo- Eu gosto dessa idéia.


Ele vai até os meninos e pega minha jaqueta e coloca sobre minha bunda,ele se despede dos garotos e vai saindo comigo.


- Ah socorro! -falo rindo- Esse homem ta me sequetrando,eu juro que não estou gostando disso.

- Cala boca ,S/n ! 


Sinto minha coxa ser mordida ,bato em sua nuca e ele reclama,as pessoas que passavam pela rua achava graça ao ver nós dois. Sinto ser colocada no bando de couro e o sinto ser passado por mim.


- Você é um sequestrador educado,em moço.


Hoseok acaba rindo e fecha a porta,ele entra do outro lado e coloca o sinto também,o carro é ligado e saimos do local. 


-Ei Senhor sequetrador.-ele me olha- Você é tão lindo.

- Você ta muido louca.-ele comeca a rir.

-Louca por você,seu gostoso.


Ele para no sinal fechado e eu solto meu sinto,me aproximo de seu rosto e o beijo,ele se assustou mas retribuiu o ato.O sinal abre e eu paro o beijo.


-Você beija muito bom ,Senhor sequetrador.

  

Passo o dedo sobre meus lábios e jogo o cabelo para tráz,Hoseok segue com o carro até em casa e me tira do mesmo,me coloca  sobre o ombro e vai comigo até meu quarto.


- Você é um cavalheiro.-ele me joga na cama e escora a porta,me levanto da cama e começo a tirar minha roupa.

-Oque ta fazendo sua pertubada ? -o olho sem entender.

-Ué... Não é agora que você abusa de mim ,Senhor sequestrador ?

-Que ?! 

- Para de enrolar.


Tiro minha saia e fico com a calcinha de elastico cor vinho,Hoseok fica me olhando atentamente,tiro o tecido que cobria meus seios e ele me olhar curioso.


-Deis de quanto tem pircieng ai ? -sorriu e vou andando até ele que engole o seco.

- A um tempinho.-colo meu corpo no seu e levo minha mão até a porta e a tranco.

- S/n ,não podemos fazer isso.

- Eu gosto de arriscar minha sorte.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...