1. Spirit Fanfics >
  2. Everything for love (itamada x madaita) >
  3. Mentiras e mais mentiras

História Everything for love (itamada x madaita) - Capítulo 20


Escrita por: oliver1889 e Kurokozinho-kun

Notas do Autor


Olá meus amores,me desculpem pelo atraso.

Boa leitura ✨

Capítulo 20 - Mentiras e mais mentiras


(Itachi)

Acordei durante a madrugada com as minhas costas um tanto doloridas. Olhei para os lados e vi Madara e izuna deitados em cima das almofadas, percebi que ainda estávamos na sala, a televisão ainda ligada mesmo não passando nada e no relógio marcavam duas da manhã, quando foi que dormimos? Me levantei passando com cuidado para não tropeçar em Madara e izuna, porém quando dei atenção ao corpo de izuna pude reparar uma mancha um tanto roxa em sua barriga já que sua camiseta estava levantada. Me abaixei perto de si e ergui um pouco mais sua camisa revelando o ematoma em seu abdomen, passei a mão e o ouvi resmungar.

- Izuna. - chamei baixinho para não assusta-lo - Meu amor, acorda.

- Itachi? - levantou assustado - Itachi você está bem, aconteceu alguma coisa?

- Calma, está tudo bem, eu não queria te acordar, mas fiquei preocupado.

- Com o que?

- Com isso.- Erqui a camisa mostrando o hematoma roxo em sua barriga, mas ele rapidamente baixou a camisa de volta.

- Não é nada, não precisa se preocupar.

- Se meteu em briga com alguém?

- Mais ou menos, mas já está tudo bem.

- Acho melhor você ir dormir no quarto.

- Não, eu quero ficar aqui com você e com Madara, venha deite aqui.

- Hum... Tá bom - Me aconcheguei no abraço de Izuna - Eu não quero que você fique se machucando, Izuna. Sabe, você não precisa mais disso, nem você e nem Madara precisam disso, não quero ver mais ninguém machucado.

- Não vamos mais nos machucar e nem você. - Senti os lábios de izuna encostarem na minha testa fazendo um leve carinho ali, acabado por pegar no sono novamente. Quando acordei,  eu estava sozinho, a claridade já invadia a sala, a televisão estava desligada e haviam vozes sussurando na cozinha. Me levantei devagar ainda meio inebriado pelo sono, fui até a cozinha sem fazer barulho, olhei rapidamente e vi que Madara estava sério de mais e izuna parecia confuso, por esse motivo fiquei atrás da única parede que nos separava, afim de poder escutar.

- Eu falei que era pra você ter ido dormir no quarto!

- Eu acabei pegando no sono com vocês, não mostrei o machucado porque eu quis, Madara.

- O que você disse pra ele?

- Ele acha que foi só uma briga, o que é uma meia verdade.

- Vamos deixar do jeito que está, quero que Itachi seja menos envolvido nisso já que você não quer que eu ensine nada a ele.

- Meus planos sempre foram deixar Itachi o menos envolvido possível, eu não entendo porque ele teve que voltar, eu não consigo pensar bem.

- Você sabe o que tiveram no passado e sabe, principalmente,  que ele não bate bem da cabeça, o importante é você não se envolver mais ainda e deixar Itachi de lado, não podemos deixar que ele descubra informações sobre Itachi, porque não vai ser só ele que vai correr riscos assim.

- Você está falando de Sasuke e o namorado dele?

- Óbvio, Sasuke sempre esteve com Itachi e se ele descobrir que Sasuke é um ponto fraco de Itachi, vai tentar usá-lo.

- Só quero cuidar de Itachi.

- Eu também Izuna... eu também.

- Então vocês podem começar me contando a  verdade!  - Interrompi a conversa,  farto de tantos segredos. - Por que tantos segredos? Por que ainda mentem pra mim? Eu me casei amando em vocês e acreditando em vocês! Será que dá pra vocês serem abertos uma vez na vida comigo?

- Itachi, estamos fazendo isso para te proteger - Madara respondeu sério.

- Meus pais falaram a mesma coisa, sabia? E hoje eles estão mortos, e eu nem se quer sei como eles morreram, eles levaram a mentira para sete palmos da terra e eu não vou aceitar isso mais uma vez! Ou vocês me contam o que está acontecendo ou eu saio dessa casa agora mesmo.

- Calma, vamos te explicar.

- Izuna, não, não vamos envolver Itachi nisso. Itachi, não seja egoísta por favor.

- Egosista? Sério, Madara, você dizendo isso pra mim?

- Dá pra vocês dois pararem! -  izuna gritou impaciente. - Calem as bocas de vocês! Itachi, você está certo, mentimos para você, mas entenda que é para te proteger. E Madara, você não é a pessoa certa para chamar a outra de egoísta, então fiquem quietos e vamos deixar isso de lado porque isso já está me dando dor de cabeça.

Izuna saiu da cozinha estressado, deixando apenas eu e Madara parados um olhando para a cara do outro.

- Me desculpa. - Madara quebrou o silêncio.

- Não precisa se desculpar, eu apenas queria menos mentiras, eu queria saber o que realmente está  acontecendo, saber do porquê um dos meus maridos está machucado e o outro nervoso e mentindo para me proteger.  Já parou para pensar que se eu soubesse das coisas talvez eu pudesse ajudar?

- Eu tenho medo de perder você e izuna também. Não estou mentindo, só não quero lhe contar a verdade, não quero que você acabe como metade da família, não quero você morto.- Pela primeira vez, eu vi os olhos de Madara lacrimejarem - Eu te amo, Itachi, eu te amo tanto que morreria no seu lugar apenas para não ver você morrer como já vi tantas outras pessoas, eu posso ter matado muitos, mas não é como se eu gostasse disso, entende?

- Eu quero ajudar, quero me proteger e proteger vocês também, me deixe fazer isso por favor.

Madara veio até mim e me abraçou, im abraço diferente; como se fosse o último.

- Eu te amo.

Eu não sabia dizer o porque, mas tais palavras doeram, doeram tanto que eu podia sentir cada batida do meu coração descompassado, meus pulmões me sufocarem, algo ruim estava por vim, eu podia sentir isso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...