1. Spirit Fanfics >
  2. Everything has a fluke. >
  3. JIKOOK -- You deserve the world.

História Everything has a fluke. - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - JIKOOK -- You deserve the world.


Fanfic / Fanfiction Everything has a fluke. - Capítulo 1 - JIKOOK -- You deserve the world.

Obrigado, Brasil! ─ Ao final de "Mikrokosmos", todos os membros se despedem e agradecem pelo show maravilhoso que haviam feito e presenciado. Já no camarim, todos os garotos tiram a típica foto de fim de show. A que sempre tiram para postar no Twitter como um agradecimento.

Desde o início do concerto, Park Jimin já planejava fazer uma livestream pela madrugada, para agradecer melhor aos ARMYS do Brasil e comentar sobre algumas coisas sobre o próximo álbum. Ele não daria muito "spoiler", mas queria deixar os ARMYS com um gostinho de quero mais. 

Um bom tempo depois, todos já estavam no hotel. Os staffs e os membros já haviam se distribuído em seus respectivos quartos, e Jimin, já estava em frente ao computador ligado, já iniciando a livestream. Quando iniciou, abriu um sorriso pela imensa quantidade de pessoas que entraram no mesmo momento. Era surreal a quantidade de fãs que todo o grupo junto adquiria.

Park começa a falar, respondendo alguns dos ARMYS, e até canta o trecho de algumas músicas que vinham em sua cabeça, mas nada muito ajeitado. Cantava como uma pessoa normal. Ele é uma pessoa normal, porém, famosa, o que fazia os fãs pensarem que ele apenas cantava bonito 

O tempo foi passando. Meia hora após o início da live, Jimin começa a prestar mais atenção no chat. Ele sorria de modo imenso lendo os comentários dos ARMYS, dizendo que o amavam muito e coisas assim, mas um pequeno tempo depois, ele lê comentários nada agradáveis... Três "user's" do aplicativos faziam comentários ofensivos ao garoto, o chamando de baixinho, gordo, e até dizendo que sua voz estava desafinada no show que havia ocorrido há horas atrás. No mesmo instante, houveram comentários o defendendo. Dizendo que aquilo que os sasaengs tinham dito, era pura barbaridade e mentira. Jimin admitia sim que havia errado algumas notas em "The truth untold", e se desculpava à todo momento, mas, os sasaengs continuaram falando aquelas coisas, e conforme falavam, a quantidade dessas pessoas más só aumentava. Jimin estava tentando ignorar, mas a todo momento mordia seu lábio e passava sua língua no local, de modo involuntário. Fingia não ligar, mas aqueles comentários estavam o destruindo por dentro, seus olhos até lacrimejavam de vez enquando. 

Ficou nítido que Park estava abalado. Ele gaguejava em algumas falas, e desviava o olhar quando os comentários ruins apareciam. Coçava os olhos as vezes e bocejava sem parar, para disfarçar os olhos cheios de água. 

Ele olha o tempo da live e o horário. Já havia uma hora que ele estava ao vivo, e já eram três da manhã. 

Bom... Eu irei indo. Estou bem cansado pelo show de hoje. Foi quente. ─ Ele dá um sorriso forçado. ─ Já estava decidido a fazer essa live desde hoje cedo. Achei que seria uma boa oportunidade de me distrair depois de um momento de extrema tensão. Meu sincero obrigado e meu sincero perdão. Tenham uma boa madrugada, e se alimentem. ─ Ele sorri novamente e acena ─ Não irei sumir, eu prometo. ─ Jimin se despede melhor e desliga o computador, cancelando a live.

O garoto, ainda sentado, encarava fixamente o computador desligado e abraça suas pernas. Um mínimo tempo depois, sente ambas suas bochechas úmidas. Ele chorava silenciosamente. Não era bem um choro, apenas escorriam as lágrimas de seus olhos sem parar. Ele não esboçava reação alguma.

Jimin se sentia frustrado em todos os shows que fazia, e dava seu máximo. Ao invés de darem valor pelo seu esforço, o xingavam, o criticavam... O garoto já havia pensado algumas vezes em desistir de tudo, mas seus hyungs sempre o consolavam. 

Ele se levanta devagar, ajeita a cadeira por baixo da mesa e caminha até sua cama. Quando estava prestes a se sentar, batem na porta. O garoto suspira fundo, seca seu rosto, vai até a porta e a abre.

Oi, hyung. ─ Jungkook sorri para Jimin e já vai entrando no quarto do mais velho.

Não está dormindo ainda por que? ─ Jimin fecha a porta e acompanha Jungkook,  que se joga na cama de hotel do outro.

Eu queria ver sua live. Queria ver se não falava algo à mais sobre nosso álbum. ─ Jimin nega e arruma sua mesa, em que estava o computador. ─ Você estava bem lindo. Essa iluminação o deixou fofo.

Éh... ─ Jungkook vai até Jimin, o puxa para a cama, o deita e se deita ao seu lado.

Você fez um ótimo trabalho hoje. 

Jungkookie, eu acho que não quero falar sobre o que aconteceu no show de hoje ou em qualquer momento da live. Jimin fecha os seus olhos, aparentemente destruído. 

Eu... Eu li os comentários, e só tenho uma coisa para te dizer: Você é lindo do seu jeitinho. ─ Jimin abre seus olhos e olha para Jeon. 

Eles falam tão sérios... Parece que se um dia me encontrarem na rua, vão me matar. Eu não gosto disso... 

Você devia parar de ligar para esses comentários. 

Se eu parar de ligar, vão me julgar mais ainda... Jimin tenta evitar, mas as lágrimas voltam a escorrer de seus olhos.

E se você continuar ligando, vão te julgar o dobro. Não se lembra da repercussão que criou quando fez aquela dieta louca? As pessoas comentam isso até hoje! ─ Jeon seca o rosto de Jimin. ─ Você não é gordo, é gostoso! Você não é feio, é a nona maravilha do mundo! E você... É baixinho! Mas não um baixinho rabugento, é um baixinho ideal.

Jimin ouve Jungkook falar, como se fosse sua mãe. Na época da dieta, foi sua mãe quem o tirou de lá. Ele aprendeu a se amar, mas sempre tinham comentários que o atordoavam. Sempre.

Tente botar nessa sua cabecinha...  Jeon deixa um selar na testa de Jimin. ─ Você é perfeito. Não importa o que dizem. Quem define o que você é ou deixa de ser, é você mesmo.

Logo o choro de Jimin foi se cessando. Quando se deu conta, já estava abraçado à Jungkook, sentindo o carinho que o mais novo o dava, ouvindo suas palavras marcantes.

Amanhã, chegue na cara desses sasaengs e cuspa o quão gostoso você é. Amanhã bem cedinho, quero uma selca sua, mostrando bem seu lindo rostinho. ─ Jimin sorri mínimo e apoia sua cabeça sobre o peito de Jungkook ─ Sambe na cara dos inimigos.

Eu não sei sambar, só você, Yoon, Hobi e Jin aprenderam Jimin diz sorrindo e fecha seus olhos, dando um bocejo real.

Faça do seu jeito, e crie seus próprios padrões de gostosura. ─ Pouco tempo depois, Jimin já havia adormecido sobre o peito de Jungkook. O mais novo sorria feito um bobo, de tanta felicidade. ─ Eu te amo do jeito que você é, Jimin-ssi... Você merece o mundo.

Jungkook continua com os carinhos, até cair no sono junto com Jimin. Os dois realmente formam um belo casal, de melhores amigos, e até mesmo amigos coloridos.


Notas Finais


Gostaram?
Espero que sim! 🌸
Fiz isso para tentar aliviar o tempo que eu escrevo as outras fanfics.

Para ajudar, deixem o tema que vocês querem, e o shipp, que eu tento improvisar.

Beijinhos! 🌸
Lavem bem as mãos e usem máscara!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...