História Everything you are - Capítulo 1


Escrita por: e BaketPotato

Visualizações 161
Palavras 1.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Survival
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


EAEEE MEUS BOLINHOS <3
Essa é uma fic em parceria com a dlç da Baketpotato, como somos muito fãs de Boku no Hero e desse casal maravilhoso, trouxemos pra vocês essa obra prima de fanfic.
Não tenho muito o que falar ks, aproveitem esa delicia de bolinho... digo, fanfic.
espero que gostem xuxus <3

Capítulo 1 - Reunited


- Uraraka –

 

Despertei com o som repetitivo do meu despertador, sua melodia entrou pelos meus ouvidos de forma ensurdecedora, me obrigando a tatear minha escrivaninha em busca do objeto barulhento. Pressionei o botão de desligar e voltei a me espreguiçar no aconchego de minhas cobertas, ia fechando os olhos novamente até que tive o desprazer de olhar de relance para o meu despertado novamente.

-Puta merda! Eu to muito atrasada! –Gritei, enquanto jogava meus cobertores no chão e corria para o banheiro descalço, não ligando para o chão gélido que praticamente congelava meus pés quentinhos. Voei para o banheiro e enfiei meu rosto em baixo da torneira, esfregando o mesmo na tentativa desesperada de me despertar. Fui cambaleando até meu guarda roupa e depois de tirar quase todas as minhas roupas, encontrei o uniforme um tanto quanto amassado da U.A na minha última gaveta. Me vesti, penteei meus cabelos numa velocidade anormal e corri em direção à cozinha, pegando uma maçã e indo em direção a porta, pegando a minha mochila e indo em disparada para o colégio.

Durante minha corrida, não pude deixar de notar que as notificações estavam explodindo em meu celular, sem dúvida alguma eu poderia dizer que era Lida me pedindo alguma tarefa ou o Bakugo respondendo indevidamente alguma de minhas postagens no twitter, porém, eu nem sequer tirei o aparelho de meu bolso, afinal, cada minuto para mim era precioso.

Ao chegar na U.A, subi as escadas em total desespero. Adentrando na sala, todos os olhares se voltaram para mim, pude até mesmo ver um sorriso debochado surgir sobre a face de Bakugo, Lida, por sua vez, demonstrava uma certa negação e decepção, como sempre fazia com todos que se atrasavam.

-Atrasada de novo, senhorita Ochaco?

- Me desculpe Aizawa-sensei... Posso entrar? – Eu perguntei forçando um sorriso enquanto o mesmo me fitava indiferente. 

- Apenas sente-se. –Disse enquanto escrevia algo no quadro, eu me aprontei em entrar e me sentar o mais rápido possível, fui tirando meus cadernos da mochila até sentir uma pequena bolinha de papel voando em meu rosto, olhei para a direção de onde o projétil havia sido lançado e vi Deku sorrindo pra mim, eu retribui o sorriso.

- Atrasada de novo, Senhorita Ochaco? – Ele imitou a voz de Aizawa, dando ênfase a palavra ‘’Senhorita”, me fazendo rir baixinho. Deku sempre conseguia me fazer dar risada, independentemente do quão mal humorada eu estivesse. Mas para mim, a melhor parte das suas brincadeiras era ver ele sorrindo, ah... como eu amava aquele sorriso.

Ele voltou seu corpo para a frente, voltando a prestar atenção na aula, e eu, de vez em quando me pegava olhando de relance para ele. Ele era tão lindo concentrado.

- Sonhando com Deku de novo Uraraka? – meu coração saltou ao ouvir o comentário inoportuno de Tsuyu. Eu não precisei me virar, apenas a vi com o canto do olho, e lá estava ela, minha melhor amiga com uma cara de Idiota enquanto revezava seus olhares tanto para mim quanto para Deku, e em resposta, eu apenas sorria revirando os olhos, será que era tão óbvio o meu interesse no Midoriya? Contudo, o representante de classe se virou para a nossa direção e nos advertiu pondo o seu indicador em seus lábio, exigindo nosso silencio. Em contrapartida, arranquei uma folha de meu caderno, deformei-a até uma forma próxima a de uma esfera e a lancei contra ele. O mesmo acabou por fechar a cara completamente, expressando sua indignação e sua raiva pelo que eu havia feito.

- Senhor Tenya, o senhor conversando enquanto estou explicando as atividades e o calendário para os próximos dias? – Pelo visto, Aizawa-sensei não estava tão paciente para chegar ao ponto de chamar atenção do aluno ouro de nossa sala - ... Continuando a partir da interrupção do senhor Tenya, os senhores já devem possuir algum conhecimento sobre as próximas atividades estabelecidas pela Universidade, incluindo o treinamento de amanhã, o qual vocês deverão apresentar o conhecimento requerido para sua própria sobrevivência, e ainda serão obrigados a impedir que o grupo inimigo saia dos perímetros de batalha, que, neste caso, será em uma floresta próxima daqui...- Enquanto nosso sensei falava, eu percebi um certo incomodo vindo a algumas carteiras a frente da minha, a mesma a qual Bakugo estava completamente desleixado enquanto franzia o cenho.

- Ok! Agora, essa merda vai ser individual ou vai ter aquela putaria de ser em grupo? – O loiro esquentadinho não mede nem as palavras para Aizawa sensei, que mostra um certo desgosto ao ouvir a voz daquele idiota. Uma coisa que eu ainda almejo é o dia em que o professor vai dar um pé na bunda daquele infeliz.

- Melhore o seu linguajar, senhor Katsuki... Mas, obrigado por me lembrar sobre isto – ele suspira enquanto se dirige a toda turma – Senhores, esta atividade será em dupla, e, não se preocupem em procurar a sua, pois, All Might já designou os pares com base em suas individualidades. Agora fiquem atentos, vou dizer quais são e não irei repetir.

E assim, começou uma grande discussão, pois a maioria estava insatisfeita com suas duplas, e eu, felizmente não quis fazer parte daquela euforia. Estava aguardando ansiosamente pelo minha dupla, ficando um pouco cabisbaixa ao ver que a Tsuyu e minhas outras amigas já possuíam pares. O professor continuava falando.

- ... Yaoyorozu e Todoroki, Bakugo e Kirishima e por fim, Uraraka e Midoriya. Esses serão seus parceiros durante o treinamento de amanhã, não esqueçam de verificar a lista de itens que serão permitidos para esse treinamento e por favor, sejam pontuais.

Com isso, o som do alarme anunciando o intervalo soou, indicando que eu finalmente poderia comer alguma coisa, afinal, meu estômago estava roncando desde o início da aula. Abri o bolso de minha blusa e contei o dinheiro, era o meu dia de sorte, poderia comprar algo que não fosse pequeno o suficiente para acabar em apenas uma mordida.

Levantei da minha carteira e senti alguém puxando o cós de minha camisa, olhei para trás e vi Midoriya fazendo cara de ‘’bravo’’.

- Se minha própria dupla não me espera pra ir almoçar, quem irá me assegurar que você vai me esperar amanhã? – Ele disse em tom de brincadeira, dando mais um de seus lindos sorrisos, mostrando suas covinhas.

Caminhamos juntos até o refeitório, estávamos conversando sobre as últimas notas de nosso testes, e como sempre, ele adorava falar sobre suas notas A nos testes físicos, o que não me incomodava, sendo sincera, eu adorava ouvir sobre as suas conquistas, pois me alegrava ver o sucesso dele. Ao chegar na cafeteria da U.A, procuramos uma mesa e nos sentamos, enquanto Deku retirava algum alimento de sua mochila.

A única coisa que me incomodava naquele momento, eram os cochichos e as baixas risadas atrás de nós, vindas de Tsuyu e Momo, que estava de mãos dadas com Todoroki, entretido com as conversas de Kirishima e Mineta. Mal podia acreditar que ambos já estavam juntos a um ano, até porque Todoroki não aparentava levar jeito com este tipo de coisa. 

Dei risada ao lembrar do dia em que Momo anunciou que ela e Todoroki estavam namorando, todos ficaram tão surpresos. Sai de meus devaneios ao olhar para frente e ver Deku com o rosto todo cheio de chocolate, parecia uma criança comendo um bolinho. Estendi algumas folhas de guardanapo para o mesmo, que por acaso, estava com um pouco de chocolate até mesmo no nariz. Adorável.

- Vai com calma nesse bolinho, vai acabar sujando o refeitório inteiro de chocolate.

-Ah, é mesmo? – Ele disse com uma voz sarcástica, e quando eu menos percebi, ele já havia passado chocolate com o seu dedo na minha bochecha.

Eu dei risada e me limpei com um dos guardanapos, adorava essas brincadeiras, mesmo que no final desta, eu tenha saído cheirando a bolinho.

Depois de mais tediosas horas de aula, finalmente o sinal tocava trazendo-nos liberdade, era perceptível que todos estávamos de saco cheio de tantas oratórias.

 Enquanto muitos se concentravam nos portões para conversarem sobre o treinamento, eu e Midoriya nos despedimos de nossos colegas e partimos até o ponto de ônibus mais próximo, pois a casa de Midoriya ficava a quilômetros da universidade, praticamente no centro da cidade.

Conversávamos enquanto o transporte demorava para chegar. Por mais estranho que parecesse, não estávamos conversando sobre o treinamento e nem ao menos sobre a universidade, conversávamos sobre nós. Ele dizia sobre a vergonha que sentiu quando nos encontramos pela primeira vez, o que me rendeu uma leve sensação nostálgica ao relembrar daquele garoto tão animado que me cativou já no primeiro teste de admissão. 

As nossas lembranças e risadas foram interrompidas pelo som do automóvel que parava e abria as portas, uma para alguns saírem e a outra para tirar o Deku de minha presença. Ele hesitou um pouco, mas sabia, que se não pegasse aquele ônibus, chegaria muito tarde em casa. Fixou seus olhos em mim, e antes que eu pudesse lhe dizer tchau, ele se aproximou e depositou um beijo em minha bochecha.

- Nos vemos amanhã, Ochaco-chan.

- Até amanhã então, Deku-kun – sorri para ele mesmo sentindo as minhas bochechas queimarem.  

E então, parti em direção a minha casa. Estava otimista sobre o dia de amanhã.


Notas Finais


Até o próximo capitulo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...