1. Spirit Fanfics >
  2. Exchange - Fillie >
  3. Momentos

História Exchange - Fillie - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


I’m back!
como vocês estão quarentenando? Porque eu to num tédio que não se mede kkkkkkkk boa leitura

Capítulo 6 - Momentos


Millie

Fui tomar um banho gelado para tentar relaxar. Fiz um leve tratamento de pele, apenas por não ter nada melhor para fazer e coloquei a mesma roupa que eu estava usando hoje cedo.

 Liguei para a minha mãe, perguntando sobre como estão as coisas por lá, sobre como está sua relação com meu pai. Ela disse que tudo iria ficar bem, apesar de não ser algo que eu realmente acredite.

Pensei que não ficaria atrasada para meu passeio com Finn, mas me encontrei enganada quando vi o pouco tempo que eu tinha e considerando que eu tenho um sério problema de não conseguir terminar uma atividade se eu não estiver dançando.

- Tá pronta? - Ouvi Finn entrar enquanto terminava de passar um protetor labial em meus lábios.

- Que susto! Isso é jeito de entrar no quarto dos outros? - O encarei pelo espelho.

- Eu vou sempre fazer questão de te lembrar de que essa é a minha casa, portanto tenho direito de entrar em qualquer cômodo quando e como quiser. - Revirei os olhos.

- Não vou te responder porque não quero me estressar. - Suspirei, fechando os olhos. - E, sim, eu estou pronta.

Ele me analisou de cima para baixo e seus lábios se contorceram em um pequeno sorrisinho. Então seu olhar voltou ao meu, e lá permaneceu.

- Você está bonita. - Falou, simples.

O lancei um sorriso tímido em agradecimento e seguimos à caminho do carro; e então ele cantou pneu. Passamos no Starbucks para pegar um refresher de frutas vermelhas e ele voltou sua atenção na estrada.

- Para onde estamos indo? - Questionei, interessada.

- Se eu te contasse agora, perderia a graça. Você não acha? - Bufei por todo esse mistério.

Demorou em torno de vinte minutos para chegarmos no tão esperado lugar. Ainda estávamos no estacionamento, então não tinha como ver muito.

- Esse aqui é o Stanley Park. É um dos parques mais famosos de Vancouver, e é um dos meus lugares preferidos da cidade. - Finn explicou após sairmos do carro.

Conforme andávamos ao redor do parque, pude sentir meus olhos brilhando. O por-do-sol refletia no lago, dando uma tonalidade única à água.

Peguei meu celular do bolso e comecei a tirar fotos do ambiente. Finn estava de costas e sem querer tirei uma foto dele, que acabou ficando realmente bonita.

- Você tem Instagram? - O chamei enquanto abria o aplicativo.

- Tenho. - Ofereci meu telefone à ele, que logo digitou seu nome de usuário.

Postei no meu story a foto que tirei de Finn e o marquei, adicionando a localização em seguida.

- Uau.. - olhei ao redor. - Até que você tem um bom gosto para passeios. - O empurrei de leve, enquanto andávamos lado a lado.

- Eu sei que tenho. - Se gabou, me empurrando de volta.

Sentamos em um banco em frente ao lago, e começamos a conversar sobre coisas bobas. Nosso assunto começou a ficar mais sério quando ele me perguntou, dessa vez propriamente, do por quê eu estava aqui.

- Eu sei que já me disse isso, mas eu não entendi.. - mexeu em seus cachos. - você não queria estar aqui?

- É que.. - endireitei minha postura, soltando um longo suspiro. - Os meus pais estavam brigando muito. Mas eles acabam saindo do controle, e sabem que não é saudável para uma adolescente ouvir discussões de família. Então, eles concluíram que seria bom, não só por isso, mas também pelo meu aprendizado, que eu finalizasse o ensino médio aqui no Canadá.

- Mas por que você não queria vir?

- Na verdade, eu só não queria sair da zona de conforto. Eu não queria ter que acordar todo dia em uma casa que não é minha, e ter que passar por essa fase de adaptação. 

- Você está se saindo muito bem, na verdade! - Me encorajou. - Apesar de ser bem chata e estranha.

- Estranha? - Franzi o cenho.

- É.. pelo menos eu, não acho muito normal pessoas que se arrumam dançando loucamente no quarto. - Tirou sarro da minha cara.

- Eu tenho que começar a trancar a porta! - Disse séria, porém começamos a rir em seguida.

Demos mais uma volta, comemos em um food truck e quando estava tarde o suficiente, voltamos para casa. Estava quase me jogando no sofá quando Wolfhard me repreendeu.

- Ainda não acabou, não! - Me puxou de volta. - Vamos dar uma volta de bicicleta? 

- Claro! - Disse animada, voltando para a porta da casa. Finn trouxe duas bikes de sua garagem, me entregando uma. - Só tem um problema... eu não sei andar de bicicleta.

- Está me zoando, não é? - Riu fraco e eu apenas neguei com a cabeça, com uma expressão de cachorro abandonado. - Sobe aqui!

Sentei na garupa, e agarrei sua cintura. Ele começou a pedalar mais rápido do que eu imaginava que alguém era capaz. Apertei meus olhos e coloquei mais pressão em meus braços, o segurando mais forte.

- Não é uma ótima sensação de liberdade? - Sua voz era a única coisa audível além do som da brisa batendo contra nossos rostos.

- É demais.. - o respondi baixo, com uma certa emoção em meu peito. Apesar de eu levar uma vida de adolescente como todos os outros, eu estive me privando de viver por causa de todas essas desavenças familiares e problemas que acabam caindo em cima de mim.

Finn parou de pedalar, e sentamos no meio-fio. Ele estudou meu rosto por alguns segundos e então deu um sorriso.  Puxou seu celular do bolso e tirou uma foto minha. 

- Mas que.. - comecei a dizer.

- Eu falei sério quando disse que você está realmente muito bonita. - Ele direcionou a tela do celular para mim, me mostrando a foto que tirou. O lancei um sorriso acolhedor e o puxei para um abraço.

Nossas bocas se roçaram por um milésimo de segundo, mas foi suficiente para despertar uma forte adrenalina em meu corpo. E acho que ele sentiu o mesmo.

 


Notas Finais


capitulo curtinho mas com muito amor! Eles são tudo pra mim 😣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...