1. Spirit Fanfics >
  2. Exchange Kiribaku; oneshot >
  3. Carta que nos ajudou

História Exchange Kiribaku; oneshot - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Ieii, primeiro onde shot, espero que gostem, as aulas vem ai, ent vou virar oneshotera ksksks, mas vou terminar minhas histórias.
Amo ocs

Capítulo 1 - Carta que nos ajudou


Fanfic / Fanfiction Exchange Kiribaku; oneshot - Capítulo 1 - Carta que nos ajudou

Depois de uma festa exagerada de bebida feita por Kaminare, não tinha uma pessoa que não estivesse bêbada lá, alguns do funcionários ajudou a colocar as pessoas em alguns quartos que o local fornecia. Bakugou ficou no mesmo quarto de Kirishima, como eles tinham que acorda mais cedo para se preparar para o trabalho, Eijiro foi o primeiro a acordar, como estava escuro e um pouco bêbado ainda pegou a jaqueta que estava perto de Katsuki, e saiu.

- Meu Deus eu nunca mais vou em uma festa do Kami, nunca! - murmurou Eijiro.

Ao sair prédio foi direto para seu apartamento, para se arrumar e ir para o treino de Fat gum. Enquanto isso Todoroki começou a acordar todos para irem para casa, ao chegar no quarto de Bakugou sabia que serio o seu primeiro problema do dia, ele dá dois toques na porta e abre.

- Bakugou levanta, você tem que ir pra sua casa para se prepara para o treino.

- Me deixa em paz meio a meio.

- Você não me ajuda em nada né? - ele vai ate o loiro e tira ele da cama. - vai logo, pega essa blusa e vai.

- Corajoso em..

Ele coloca a blusa de frio, e chama o uber, ao chegar lá em baixo entrou e foi para casa, ao entrar se viu no espelho com a blusa de Kirishima onde estava escrito " RED RIOT".

Pega seu celular e liga para ele.

- Cabelo de ouriço, você esta com algo que me pertence me devolva.

- Do que você esta falando?

- Se olha no espelho.

Ao procurar um espelho e se ver se viu com a jaqueta de Bakugou, que lembrava muito o seu traje.

- Aaah isso, quando der eu te devolvo, estou atrasado, e imagino que você também.

- Merda!.

Ao se arrumar na velocidade da luz, ele corre para a agência, onde encontra Shoto e Deku.

- Bom dia kacchan.

- Cala a boca!

Ao fazerem seus exercícios básicos, nada tirava de sua cabeça Eijiro com sua jaqueta, tinha algo que ninguém podia ver, estava no bolso direito um papel que tinha todos os seus sentimentos por Kirishima.

- Ei kacchan? Tudo bem? Você está vermelho.

- Ahm? Estou? Não te interessa.

Depois de concluírem seus objetivos, eles foram patrulhar pela cidade, o loiro aproveitou para tentar achar Kirishima patrulhando também, mas não teve sucesso, então quando estava voltando para a rota principal escutou uma explosão no centro da cidade, ele foi usando seu poder para chegar mais rápido.

- O que esta acontecendo!?!

- Alguns ladrões roubaram e colocaram uma bomba, o Kirishima está lá dentro tirando algumas pessoas, Shoto e eu estamos apagando o fogo.

- Kirishima?!

Ele entra na velocidade e acha Red Riot com algumas pessoas em seus braços e ombros. Ele pega as que estavam em seus ombros e o ajuda.

Já não tinha mais ninguém no local destruído, as ambulâncias já tinham chegado, depois de todo esse caus o herói das explosões estava indo embora, quando alguém o segura.

- Bakubro, sua jaqueta já ia esquecendo? - dá um sorriso.

- Olha Eijiro, sobre essa carta, você não parar de falar comigo ne? A gente ainda vai ser amigo certo?

- Bakugou, eu nunca pararia de falar com você, não importa o que aconteça. Aqui sua jaqueta.

Ao entregar cai um papel todo dobrado, ao ele abrir o papel estava escrito.

- Não! - grita Katsuki

- Que? - diz abrindo o papel.

" Bom eu não sou muito bom com isso então me perdoa.

Kirishima des da escola eu gosto de você, mas nunca soube como te dizer, sempre que eu criava coragem alguem chegava, e eu perdia tudo, mas nunca ia desistir de você. Então aqui vai...

Quer namorar comigo?

_

|_| sim

_

|_| claro "

- Claro - diz o ruivo secando as lágrimas - mas é claro!. Eu sempre senti o mesmo por você - dá um sorriso aonde mostra todos os dentes.

- Se-serio?

- Sim, você não tem ideia de como eu gostei de ficar com o seu cheiro hoje cedo.

- É, eu também gostei - tentado esconder o seu rosto vermelho.

- Bom tenho que ir, amanhã é sábado eu tenho uma pausa, você quer sair?

- Cla-claro!

Ao saber que iria ao encontro com Eijiro seu coração bateu mais rápido que o normal, o tempo começou a esfriar e decidiu colocar sua jaqueta. Colocando o cheiro de Kirishima veio a tona, parecia que ele estava em um campo cheio de rosas, e seu coração voltou a bater mais rápido. Seu celular vibra e ele olha. Era uma mensagem do ruivo.

" Vamos trocar mais vezes "


Notas Finais


Primeira de muitas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...