1. Spirit Fanfics >
  2. My boyfriend-Noah Urrea(Now united) >
  3. Chapter One...

História My boyfriend-Noah Urrea(Now united) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Chapter One...


Fanfic / Fanfiction My boyfriend-Noah Urrea(Now united) - Capítulo 1 - Chapter One...

~flashback da minha briga com Noah~

Era noite, eu havia acabado de chegar em sua casa, na esperança de fazer uma surpresa para o meu namorado. Tirei meus sapatos deixando-os próximos à porta e larguei minha bolsa em cima do sofá. Em passos leves e cautelosos, caminhei até o seu quarto, abrindo a porta com calma, rezando para que fizesse o mínimo de barulho possível, e torcendo ao mesmo tempo para que Noah já estivesse dormindo. Mas ele não estava.

— Oi — Sorri fraca, mordendo o lábio inferior, encontrando Noah acordado vendo alguma coisa em seu notebook. Sua atenção desviou-se da tela do computador por um instante e me observou parada na frente da cama. Sua expressão era séria, o cenho franzido e a mandíbula fechada. Sinal de que algo não estava indo bem. — Tá tudo bem Noah? — Perguntei preocupada indo em sua direção, mas logo parando quando o vi se movimentar ainda calado, deixando o notebook de lado na cama e se levantando e andando em direção ao banheiro com a cara fechada.

Fiquei ali parada no batente da porta do banheiro, tentando entender qual seria o motivo do seu mau-humor. Noah estava de costas para mim, mas ainda assim eu conseguia ver o seu reflexo pelo espelho à sua frente. Ele escovava os dentes, seu olhar era baixo, evitando qualquer tipo de contato visual comigo. Uma de suas mãos estava apoiada na borda da pia, e seus dedos estavam flexionados de tal forma que davam a entender que ele se controlava e estava com raiva de alguma coisa, mas que provavelmente eu demoraria a descobrir o que seria.

Noah tinha o hábito de ficar calado por dias sempre que estava com raiva de alguma com alguém. Por mais que você insistisse, Noah se mantinha firme, sério e calado, de modo que você se torturasse até que conseguisse tirar alguma coisa dele e descobrisse o motivo que o deixou daquele jeito. Por inúmeras vezes já tive que lidar com Noah e esse seu jeito de ser, e ele sempre conseguia me deixar frustrada até que eu descobrir o motivo daquela sua atitude.

Suspirei fundo tentando encontrar forças dentro de mim e muita paciência para lidar com Noah nesta noite. Por um breve momento olhei em volta do seu quarto, pensando em qualquer coisa que eu havia feito que podia ter o deixado assim, até que meus olhos se se chocaram com a tela que ainda estava aberta do seu computador, e que me fez lembrar de um motivo para Noah estar bravo comigo.

— Sério, Noah? — Perguntei me virando olhando incrédula em sua direção, apontando em direção ao seu notebook. A tela estava aberta em um site de uma revista online, o qual eu tinha sido fotografada com um short curto que realçou minha bunda. O site perguntou se poderiam colocar essa foto no site deles e eu concordei só que eu tive uma discussão com Noah. Desde o início, quando  descobriu que eu tinha aceito o convite do site , noah tinha reprovado a ideia e tentava de todas as formas me convencer a não aceitar , mas por sinal, não deu muito certo, e desde então ele ficava puto comigo sempre que o assunto era mencionado. — Já não discutimos sobre isso?

— Discutimos que você não concordassese com  essas fotos. — Noah disse com os braços cruzados.

— Você que não queria que eu concordasse com as fotos Noah! — Gritei já perdendo a paciência, sentindo meus olhos se encherem de lágrimas e eu fechei-os com força. Não queria chorar na sua frente, ainda mais agora que estávamos brigando. Levei então minhas mãos ao meu rosto, secando rapidamente meus olhos, e me sentei na cama continuando a falar — Você sabe que eu só aceitei eles postarem porque a minha ideia de ser confiante é estar confortável em sua própria pele. Posar sei la feia, sem maquiagem, sem retoques…

— Mas e à mim Liza?! Sabe como eu tô me sentindo vendo os comentários dos meus amigos sobre você?! Eu estou tendo de aturar eles falarem sobre o que fariam se tivesse você na cama deles, o quão gostosa a minha namorada é, como e onde transariam com você.. — Noah começou a dizer e eu não pude deixar  de negar com a cabeça rindo levemente.

— Sabe a verdade Noah? — Indaguei sorrindo torto e com o olhar baixo. — É que você justamente tá sendo como eu era alguns anos atrás. Você tá se importando muito com o que os outros dizem para você, mas não tá se enxergando de verdade. — Voltei a encarar ele na minha frente e pude perceber a sua feição de arrependimento. Noah ia abrir a boca para falar algo, mas eu pedi para que ele se sentasse ao meu lado e eu continuei a dizer — Noah eu não me importo com o que seus amigos tão falando de mim, ou que a outra metade do mundo tá pensando sobre essa foto. Você tá tão preocupado com o que as pessoas tão dizendo sobre a sua namorada que nem quis saber como eu tô me sentindo. Eu jamais pensei que chegaria a um momento em minha vida em que me sentiria confortável fazendo isso. — Confessei.

-- Liza depois a gente conversa,eu tô muito nervoso-disse o Americano abrindo a porta de seu quarto e fazendo sinal com o que eu fosse embora.

~flashback off~

Dias atuais casa dos Urreas.

Eu tinha acabado de brigar com o Noah, o meu namorado, o motivo foi que uma das milhares de primas dele estava se oferecendo descaradamente para ele na minha frente e o Noah não fez nada para impedir, e depois da nossa briga ele vem dizer na minha cara que isso era coisa da minha cabeça. Por isso estou aqui, na minha casa totalmente puta da cara.

Escuto o meu celular tocar e vejo que é a minha melhor amiga Kate.

- Oi, amiga, marquei de sair hoje com um amigo quer vir junto? – Ela pergunta.

- Para onde? – Pergunto.

- Para uma balada maravilhosa que inaugurou ontem – Kate diz e eu respiro fundo.

- Eu nem estou na animação, você nem sabe que o Zayn fez. – Conto tudo para ela e Kate fica indignada.

- Mais um motivo para você vir comigo, vamos lá, mostra pra ele que você não depende de homem nenhum – Kate diz e eu dou um sorriso maligno.

- Tem razão, eu vou, ligo quando estiver pronta – Falo e desligo.

***

Depois de me arrumar, Kate chega e juntas saímos do prédio

— Agora vamos ficar bêbedas - Kate diz destravando o carro e eu dou um sorriso.

Chegando lá, nos duas entramos na área VIP, já que o namoradinho da Kate é amigo do dono e descobri que ele é um dos amigos de Noah, fiquei meio desconfiada, mas tudo bem, eu e ela subimos umas escadas de neon e ficamos em um espaço que não tem muitas pessoas e lá de cima dá para ver todo mundo dançando, bebendo e se pegando. Tem dois brutamontes na porta de saída e de entrada local, pelo menos o lugar parece seguro.

Começamos a beber alguns drinks.

— Liza, VAMOS DANÇAR? – Kate grita por causa da música.

— CLARO – Respondo gritando também.

Descemos as escadas e vamos para a pista de dança, começa a tocar uma música com uma batida sensual e eu começo a rebola de acordo com a batida levando alguns homens a me olhar assim como alguns olham pra Kate também. Ficamos um tempo dançando e bebendo muito, eu já estava ficando muito bêbada, até que eu sinto uma mão segurar meu quadril. Me viro e vejo um homem de cabelos extremamente ruivos e olhos verdes incrivelmente lindos. Dou um sorriso para ele e retiro delicadamente a mão dele da minha cintura.

- Desculpa, tenho namorado – Digo e o homem sorri.

- É uma pena, ia adorar passar o resto da noite com você – Ele diz.

- Se eu fosse solteira, quem sabe – Digo sorrindo e dando um gole no meu drink.

- Bom, meu nome é Jackson – Ele diz se aproximando para um cumprimento, mas antes que eu possa sequer falar meu nome me vejo sendo puxada para longe da pista por um homem completamente fora de si. Fico assustada de inicio até perceber que é Noah Jacob Urrea me puxando.

— Noah? – Pergunto meio grogue.

Ele não responde apenas me guia para fora do local. Nós saímos pelas portas dos fundos e finalmente Noah me solta.

— O que faz aqui? – Pergunto respirando fundo para ver se para a minha tontura.

— Como assim o que eu faço aqui? Meu amigo me ligou dizendo que você estava tomando todas e estava sendo comida pelos olhares de outros homens, Liza você sabe que eu não me importo em deixar você se divertir mas saber que tem outros homens te cobiçando e pensando coisas imorais com você, isso me deixa louco – Noah diz controlando o tom de voz.

- Agora pelo menos você sabe como eu me senti quando aquela nojenta da sua prima ficava dando em cima de você na minha frente, ela, com certeza, também pensava em coisas imorais com você – Digo com raiva.

- Me desculpe, eu não queria que você ficasse com raiva – Noah diz e eu apenas cruzo os braços.

- Se me dá licença, irei voltar para a festa – Digo e saio cambaleando.

- Não, você não vai, olha seu estado, está totalmente bêbada, nós vamos para casa – Ele diz e me puxa delicadamente.

Noah me guia em direção ao R8 que está parado naquele lugar e abre a porta para mim.

— Entre – Noah diz e eu, derrotada, entro.

Ele dá a volta no carro e entra no lugar do motorista.

Pego o meu celular e mando uma mensagem para Kate avisando que já fui embora.

Noah dirige calado até minha casa,estacionando o seu carro enfrente a mesma quando chegamos,ia saindo daquele banco desconfortável de seu carro até noah segurar meus braços suavemente.

- Olha me desculpa,é que eu não me aguento sabendo que tem caras te comendo com os olhos - suspirou fundo e entrelaçou minhas mãos a sua - é por quê eu te amo Liza.

- Tá bom agora deixa eu ir por quê eu acho que bebi de mais -abri a porta do  carro e sai - tchau Noah.

- ei amor volta aqui,me da um beijo - abaixou a cabeça pra pode me olhar.

Sentei no banco novamente e dei um selinho em Noah,logo depois sai e entrei em casa,em seguida subi para meu quarto,tomei um banho,me joguei na cama logo depois dormindo.

Ps: se gostaram favoritem e comentem ok?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...