História Excitante - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Neji Hyuuga, Sakura Haruno
Tags Gaasaku, Itasaku, Kakasaku, Naruto, Nejisaku, Sakura, Sexo
Visualizações 486
Palavras 1.227
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


CHEGUEIIIIIIII
Gente, to tão feliz com o resultado dessa fic, mais de 20 favoritos com um cap só é 8 comentários, vocês não sabem o quanto estou sorrindo agora!

Enfim, caso não saibam, irei postar em todos os domingos, se eu não o fizer, é pq alguma coisa aconteceu.

Agora chega de enrolar e bora pro cap!

Capítulo 2 - Professor?


As garotas foram embora de manhã cedo, Temari precisava acolher o irmão - ainda não acredito que é igual ao Gaara do meu livro. 

Hinata foi visitar o Naruto que torceu o pé, aquele loiro desastrado.

A Ino foi porque o Sasuke ligou dizendo que estava com saudade e que teriam um almoço em família para poder oficializar o namoro.

 

Eu sou a única sozinha, que merda de vida. O que me resta é terminar esse livro logo.

 

“ - Você vai se casar comigo garota - sorriu abertamente, ele fazia isso raramente…

- Eu vou sim, Gaara-kun - puxei ele para um beijo calmo e apaixonado.

 

Estavamos na praia, vendo o por do sol. É tão lindo quanto ele, tão quente quanto ele, tão calmo como ele… Gaara é o sol que ilumina meus dias mais escuros. Esse ruivo é o amor da minha vida.”

 

E assim eu fechei o Notebook. É de tardezinha agora, dá tempo de entregar na editora ainda.

Coloquei no pendrive. Fui pro meu quarto e botei uma bermuda e um top, por cima um blusão fininho já que ia esfriar mais tarde. Peguei minha garrafa de água gelada e fui para o elevador.

 

Peguei meu capacete na recepção - tinha esquecido ele no estacionamento, então ficou ali - e fui até o estacionamento. Subi na minha moto e fui até a editora, fiquei quase uma hora lá. Novamente fiz meu caminho e parei na academia Might.

 

- Oi Gai - cumprimentei meu professor.

- Sakura, não esqueça da força da juventude - fez um sinal de positivo com a mão. Ri, ele sempre me cumprimenta assim.

- Qual vai ser o treino de hoje? - perguntei, largando minhas coisas num canto, olhei em volta e percebi que hoje tinha mais gente. É, esse lugar está ficando cheio.

- Queria te avisar que você vai ter um novo professor, vou ficar responsável pelos novatos. Acho que você aguenta o Kakashi, mesmo ele sendo barra pesada.

- K-Kakashi? - droga, isso não pode acontecer. Kami-sama, ele não pode ser platinado e nem ter uma pinta no canto esquerdo da boca, ou uma cicatriz, ele não pode!

- Algum problema com ele? - Gai perguntou preocupado.

- Nenhum - cocei a nuca - onde ele está?

- Estou aqui - ouvi uma voz grave que fez até os ossos do meu corpo tremerem e senti a presença de alguém grande atrás de mim. Me virei e puta merda, era o Kakashi que eu implorei para que não fosse - então você será minha primeira alunA? - perguntou divertido.

- S-Sou - gaguejei.

 

Eu nunca fiquei assim, meu Deus. Esse homem, exala perigo. É alto, musculoso, e é do jeitinho que eu imaginei. Isso não pode estar acontecendo.

 

- Quero ver do que você é capaz, vamos pro ringue - apenas concordei. Tudo bem Sakura, se você conseguiu derrubar ele nos livros, você consegue derrubar ele aqui. É só não ficar nervosa.

 

Gai se aproximou para olhar. Terminei de colocar as luvas e observei ele fazer o mesmo. Essa regata deixando seus músculos a mostra.. hm- Sakura, se recomponha, é o gostoso do Kakashi na sua frente, não é nada de mais.

 

Doce ilusão.

 

- Sei que você consegue lidar com ele, você me derrubou inúmeras vezes, ele quase fez isso - meu ex sensei me incentivou.

 

Espera, ele nunca derrubou o Gai? Tudo bem que ele é super habilidoso, mas esse Kakashi devia fazer isso facilmente.

Será que o Gai é o rival que meu personagem tanto queria derrotar? Deus, isso é loucura.

 

O sino foi ouvido, me coloquei em posição de ataque e ele também. O platinado se aproximou e tentou me dar um soco de direita na barriga, mas eu defendi com o braço e chutei a coxa dele. Sua perna falhou mas não caiu. Ele fez uma sequência de direita, esquerda, direita, direita e baixo. No de baixo ele acertou minha barriga, gemi um pouco de dor, mas dei dois socos no peito dele e um chute na perna direita, ele tombou a perna e eu aproveitei para me aproximar.

 

Kakashi segurou meu corpo e me derrubou, eu enchia de socos sua costas, ele ficou por cima e segurou meus braços. Nos encaramos por um segundo, sedutor, mas logo percebo que iam contar o tempo caso não me mexesse, então chutei novamente sua perna direita - que já estava fraca por causa dos outros chutes - e ele tombou para o lado, mas não soltou meus braços. Porém consegui me virar e ficar por cima, ele afrouxou o aperto por causa da posição e eu consegui fazer uma chave de ombro, prendendo seu pescoço com minhas pernas e puxando seu braço esquerdo.

 

Ele tentou se levantar e se soltar, mas se deu por vencido dando três batidas no chão do ringue. Eu venci a batalha.

 

- Não é a toa que ela é sua aluna, Gai - falou fazendo massagem no pescoço.

- Sakura, ajuda ele com o pescoço, você faz uma massagem boa - disse se despedindo e rindo da expressão do outro.

- Vamos nos bancos - puxei o platinado até um canto afastado na academia - fiz essa massagem no Gai quando aconteceu com ele, então espero que ajude - falei envergonhada. Droga, a presença desse cara faz surgir minha timidez.

- Já derrubou ele? - perguntou impressionado, respondi com um sim e então toquei seu pescoço. Sua pele macia e lisinha, deixei minhas mãos aproveitarem do toque enquanto eu o massageava - Eu não consegui derrotar ele, ele é muito rápido. Quando eu era mais jovem eu tinha mais chance, mas agora… hum - deu uma gemidinha quando eu apertei mais.

- Demorei 4 anos para conseguir derrotar ele - falei e mordi o lábio, eu podia fazer massagem em outras partes do seu corpo.

- Quantos anos você tem? - perguntou curioso, tirando minhas mãos de si, hesitantemente, e se virou.

- 25, você deve ter 30 - respondi.

- Andou pesquisando sobre mim ou o que? - “não querido, mas eu praticamente criei você na minha cabeça”.

- Chutei - ri falso.

 

Descobri que seu nome todo é Kakashi Hatake, trocamos os números e eu fui para casa. Quem diria, um professor de boxe novo que por acaso é um dos personagens do meu livro. O maldito tem até aquela cicatriz que deixa seu olho avermelhado. Como vou lidar com isso? Tenho aula duas vezes por semana!

 

Meu celular vibrou um monte de vezes seguidas, deve ser mensagem da Ino.

 

“Testuda! Você não vai acreditar! Eu encontrei o Itachi, e meu Deus, ele é tão maravilhoso quanto eu imaginei quando li seu livro! - 17:30”

 

“Me responde sua vaca - 18:00”

 

“Fala sério Sakura, não me diz que tá dormindo - 20:03”

 

“Ah, desculpa, você tinha boxe hoje, sua monstra - 20:07”

 

“Como amanhã é sábado, eu marquei com o Sasuke de ir numa balada, e como o irmão dele está de férias, Itachi vai ir junto! - 22:13”

 

“Então amanhã de noite eu vou passar aí e você vai se arrumar toda piranha para conhecer o meu cunhado nadador. - 22:14”

 

“Quem sabe você não dá uns pega nele, né nom? - 22:14”


A Ino só pode estar brincando comigo, primeiro foi o Kakashi e agora o Itachi! Que macumba tem na minha vida?!


Notas Finais


Opa, Kakashi foi o primeiro até agora! Ansiosos para o próximo cap?
Aqui vai um spoiler:

"A gente se esfregava um no outro, Ino vai me fazer tantas perguntas depois. Ah, eu aguento. É o Itachi, quando que eu vou ver ele de novo? O melhor é aproveitar.

- Quer sair daqui? - pela primeira vez ouvi sua voz, meus pelos eriçaram.
- Seria um prazer - falei no seu ouvido com uma voz sedutora. Eu tinha meus truques."

Enfim, até a próxima pessoal!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...