1. Spirit Fanfics >
  2. EXCUSE ME >
  3. CAP 4

História EXCUSE ME - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


🍁🍁🍁...

...Olá pessoinhas maravilhosas, como estão? Espero que bem... voltei com mais uma atualização e dessa vez com um personagem novo que espero que vocês dêem todo o amor que ele merece... Boa leitura...

...🍁🍁🍁

Capítulo 5 - CAP 4


Fanfic / Fanfiction EXCUSE ME - Capítulo 5 - CAP 4

"Ache belo tudo o que puder. A maioria das pessoas não acha belo o suficiente."

                            — Vincent van Gogh


(As cores se tornam mais belas quando se tem a quem mostrá-las)


🍁Yoongi🍁

Em meio a tantas turbulências que aconteceram nos últimos dias e as provocações do Jungkook, eu finalmente pude respirar aliviado quando finalmente encontrei alguém pra me ajudar e devo dizer que fora a melhor coisa que já fiz em minha vida, era realmente bom finalmente ter um assistente.

Kim taehyung era primo do namjoon e estava tentando uma vaga ali a tempos, então depois que o Nam me disse sobre eu pedi pra que o contratasse como meu assistente e confesso que fiquei feliz ao ver o sorriso e animação do namjoon pelo fato de ter conseguido ajudar o primo, eles realmente tinham uma amizade muito bonita e devo dizer que a beleza não estava apenas na amizade, ambos eram totalmente lindos e chamavam a atenção por onde passavam, mas pra mim oque mais chamava a atenção em ambos era o jeito de ser e de agir, eram realmente especiais... Literalmente o tipo de pessoa que eu certamente levaria para toda a vida.

— precisa de alguma coisa senhor?

O Kim falou após terminar a tarefa que eu havia pedido e ir buscar um café para mim.

— não, obrigada — falei e sorri agradecido — o café já está bom e está tarde então se quiser ir... pode.

Ele sorriu agradecido e quando terminou de arrumar suas coisas me olhou curioso.

— vai ficar até tarde?

— não, já estou indo também.

Disse fechando meu notebook e começando a arrumar minhas coisas.

— hm... Tem algum compromisso agora?

Falou um pouco nervoso e então apenas neguei com a cabeça.

— quer jantar? Ou beber alguma coisa? deve estar com fome e eu queria agradecer por ter me dado a oportunidade de trabalhar aqui.

— não precisa agradecer, fico feliz por ter feito essa escolha, seu trabalho tem me agradado muito — sorri para ele que pareceu um pouco decepcionado — mas se realmente quiser, estou sem nada pra fazer.

Falei por fim e recebi um sorriso todo animando do kim, oque me deixou feliz e me fez lembrar de jimin... ele costumava ser animado assim e taehyung era tão igual a ele que as vezes eu sentia necessidade de tê-lo por perto mas as vezes era totalmente dolorido, oque me fazia pensar em como eles conseguiam ser tão iguais? Mesmo jeito de falar, de agir, pensar, mesmo gosto pra comida, músicas e tudo o mais e o jeitinho fofo... Aquele jeitinho que eu só vira em park e sempre achei que jamais o veria novamente, mas ali estava alguém que era exatamente como ele... mas taehyung tinha algo em especial... algo que nem mesmo jimin tinha... o jeito tímido e inocente e aquilo com certeza era oque mais me agradava.

— não acredito que ele realmente fez isso.

Ele disse após me ouvir contar o motivo do hoseok ter dado um soco em Jungkook a alguns dias atrás, oque estava divertindo o Kim mas quando eu disse o motivo ele ficou um pouco sério.

— fez sim e eu arrisco a dizer que vai fazer mais vezes e cada vez pior.

Falei deixando o Kim um pouco pasmo, estávamos a algumas horas ali naquele bar calmo e com uma vibe totalmente boa que ele havia prometido que iria me fazer relaxar e ele estava certo, o lugar era maravilhoso e eu me senti tão bem, de um jeito que não me sentia a dias.

— pq não para de trabalhar pra ele?

— pq assinei um contrato infelizmente e também pq agora tenho você na minha sala então meus dias não são tão chatos.

Falei e ele sorriu um pouco envergonhado.

— não é verdade, como pode não ser chato com ele te perturbando?

— vocês deixam o lugar divertido, então me distraiu com vocês ao invés de ligar pra tudo que ele faz.

era realmente verdade que eles me distraiam de tudo mas as coisas que Jungkook fazia realmente me deixavam mal, fico com ódio só de lembrar da vez que ele fingiu tropeçar só pra derrubar todo o café quente que havia acabado de pegar em cima de mim e eu precisei ficar com a roupa toda suja até o fim do expediente, ou a vez que me pediu pra ir a uma reunião com um falso cliente e eu fiquei horas e horas sentado sozinho naquele restaurante com todos me olhando e sem contar da vez que ele pegou um trabalho que nem precisava somente pra eu ficar outra noite acordado fazendo tudo, pra no fim o cliente desistir e Jungkook simplesmente jogar minha música fora como se não fosse absolutamente nada.

...estava realmente ficando completamente desgastante trabalhar com Jungkook...

— pelo menos você tem amigos lá, assim te ajuda a não enlouquecer com tudo que ele faz.

— sim, tem razão — falei tomando um último gole da bebida — mas e você? Pq realmente quis trabalhar lá?

— pq lá tem os melhores funcionários, todos ali são sempre bem vistos em todo lugar... é uma empresa totalmente maravilhosa.

Falou e pude sentir em sua voz que havia coisas ali escondidas, a verdadeira razão por ele estar ali estava sendo ocultada.

— tem certeza de que é só isso? Pode me dizer, não precisa ter vergonha ou medo.

Ele ficou um pouco sem graça e tímido mas logo me olhou e pude ver aquilo que sempre vi em mim... um sonho... aquele olhar que mostrava que ainda tinha muito a ser conquistado.

— cantar — falou um pouco baixo mas pude entender — meu sonho é ser cantor e estando ali dentro sinto que pode ser mais fácil.

— pq não tenta uma audição?

— acho que tenho medo da rejeição.

Falou rindo um pouco nervoso.

— entendo, também me senti assim muitas vezes, mas aprendi que não devemos ter medo e ir atrás, afinal o não já temos mas precisamos ir atrás do sim — falei tendo os olhares atentos do Kim sobre mim — mas você tem razão, vai ser mais fácil estando ali e eu vou te ajudar com isso.

— s-sério? — falou totalmente animado — como vai fazer isso?

— eu conheço o pessoal que comanda as audições e vou tentar uma pra você sem que esteja ninguém, vai ser mais fácil... Mas — falei e ele ficou um pouco confuso — quero te ouvir cantar.

Ele riu negando com a cabeça e pude ver novamente aquela animação... aquela que me fazia lembrar de outra pessoa.

— tenho gravações aqui no meu celular, vou te mostrar.

Falou e colocou as gravações para que eu pudesse ouvir e juro que meu corpo todo se arrepiou ao ouvir a voz grossa e arrastada do Kim, tinha um vocal completamente perfeito e aquilo precisava ser mostrado para o mundo, ele merecia ser mostrado ao mundo.

Kim taehyung sem dúvidas seria o cantor que tanto sonhava em ser e eu o ajudaria com aquilo.


Notas Finais


🍁🍁🍁...

....Espero que tenham gostado ... Me digam oque acharam do tae... Obrigadinha e até a próxima atualização...

... 🍁 🍁🍁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...