1. Spirit Fanfics >
  2. Exilados >
  3. Nova Moradora, Novos Planos.

História Exilados - Capítulo 7


Escrita por: MeariLokis

Notas do Autor


Eu sei pessoal, eu vacilei feio, me perdoem.
Eu tive muitos, eu repito, MUITOS problemas! Incluindo, namoro, término de namoro, estresse com minha festa de XV, parentes que infelizmente se foram, enfim, muitos problemas.

Espero que possam me perdoar e aproveitem o capítulo que vocês, meus queridos leitores mereciam a muito tempo!
Qualquer erro, podem me avisar pelos comentários, pois estou sempre tentando melhorar minha escrita nesta fanfic!

Capítulo 7 - Nova Moradora, Novos Planos.


Fanfic / Fanfiction Exilados - Capítulo 7 - Nova Moradora, Novos Planos.

Pov's Autora

Terras do Reino - Um mês depois

 

Após meses andando por por diversos territórios, finalmente havia chegado as Terras do Reino, carregando sua filhote, que há poucos dias havia nascido, a leoa estava exausta, havia dado a luz não fazia muito tempo, e estava fugindo de seu antigo lar, depois que seu marido havia sido morto, decidiu fugir, ou seria morta junto de sua cria, que ainda estava em sua barriga na época.

- Chegamos....Finalmente...

De longe, Haiki observava as Terras de uma pedra, estava - Ainda por ordem de Rafiki - vigiando Khan, quando, de longe, avistou uma leoa escura, com algo na boca, andando lentamente, parecia cansada.

- Hm....acho melhor avisar Kion e a Guarda...- Sussurrou baixo. - Khan! Amigão! Eu ja volto! - Gritou para que o amigo escutasse.

- Pode ir Haiki, eu estou bem! - Gritou Khan de dentro da caverna.

Haiki se levantou e procurou pela Guarda do Leão. Após alguns minutos os achou resolvendo outra vez algum problema com os Babuínos.

- Kion! Kion! 

- Sim, Haiki?

- Avistei uma leoa, sozinha na divisa, parece que acabou de chegar às nossas terras, parecia cansada, poderia vir comigo para garantir que não haja algum inimigo, ou que seja uma armadilha? - Perguntou Haiki

- Irei com você Haiki. - Kion se vira para sua Guarda. - Conseguem dar conta dos babuínos?

- Claro! Pode ir Kion! Nós damos conta! - Respondeu Bunga, o pequeno ratel.

 

Minutos depois

Pov's Haiki


Kion e eu fomos correndo até a divisa das Terras do Reino, logo avistei a leoa, era escura, com algumas sardas nas bochechas, manchas nas pernas como Kion, e olhos verdes escuros, sua filhote, alaranjada, com marcas mais escuras, como ainda era tão filhotinha, seus olhos ainda não eram abertos, então não podíamos ver as cores.

- Oi! Bem, o que te traz as Terras do Reino? - Assim que cheguei perto da leoa junto de Kion.

- Sou Lyara, eu venho das Terras do Leste, vim procurar um lugar para morar nas Terras do Reino, eu soube que talvez seria bem-vinda aqui.... - Disse a tal "Lyara" de cabeça baixa, ela parecia bem abalada.

- Sou Kion, Líder da guarda do leão e cunhado do rei Kovu e irmão da rainha Kiara. - Disse Kion se apresentando para a leoa.

- Sou Haiki, apenas um simples leão das Terras do Reino, bem, como disse que veio procurar abrigo, não creio que seja perigosa, bem, podemos levá-la até o Rei. - Falei me apresentando.

- Eu ficaria grata se, pudessem me levar ao rei. - Lyara disse, ela ainda parecia bem cansada, com certeza ela estava com fome, pois estava bem magra, realmente, uma leoa que havia acabado de dar à luz à um filhote em tão pouco tempo, não estaria em condições boas para caçar.

- Então, vamos! - Disse Kion com certa animação em sua voz.

Andamos um pouco até chegarmos na Pedra do Rei, havíamos conversado um pouco antes de chamarmos o rei e depois, Lyara havia ficado para conversar com Kovu, ele disse que ela poderia ficar, realmente, ele havia aprendido bastante com Simba, estava se saindo bem comi rei.

- Bem, Lyara, você precisa de uma toca separada para criar sua filhote? Se não precisar pode dormir aqui mesmo na caverna. - Rainha Kiara havia chegado, mas ela havia escutado a conversa.

- Eu poderia ficar em uma caverna separada, pelo menos até minha filhote completar 1 mês, depois disso, eu poderia ficar aqui? - Lyara perguntou colocando sua filhote entre suas patas, então eu acabei vendo um pouco da cor de seus olhos, eram verdes, mas não como os de Lyara, eram bem mais vivos e fortes

- É claro! Veremos uma toca vazia para você Lyara, e mais uma vez, bem-vinda as Terras do Reino. - Kiara disse entrando na caverna.

- Ela pode ficar na minha. - Eu disse oferecendo minha toca, já que eu não tinha o costume de ficar por lá mesmo.

- Haiki, tem certeza? Eu não quero ser um incômodo para você. - Lyara disse.

- Não se preocupe, eu não estou mesmo usando-a, estou cuidando do meu amigo, e bem, eu não usarei mais aquela toca, ela é toda sua, use-a por quanto tempo precisar! - Falei já me distanciando. - Bem, se me derem licença, preciso caçar.

- Haiki, conhece as regras...certo? - Kovu me perguntou.

- É claro majestade, apenas 1 zebra é o bastante para mim e Khan. 

Eu disse por fim, logo sai para a caça, mas ainda com certo pensamento na cabeça, eu estava preocupado com o fato de Khan querer sair das Terras do Reino, claro, eu sei que tudo o que ele quer é encontrar Alaika, mas, ainda que ele seja um leão forte, é perigoso. Após abater uma das zebras e com bastante esforço levá-la a toca de Khan, me deitei em frente e carcaça me banqueteando, Khan fazia o mesmo.

- Então, uns amigos passaram hoje aqui e me disseram que você vai dar sua toca para a leoa nova, é verdade? - Khan deu uma pequena pausa para falar.

- Sim, sabe, quando você for na busca pela Alaika, sua toca ficará vazia, eu ficarei aqui até que você volte. - Disse antes de morder mais um pedaço de carne.

- Obrigado amigo, bem, acho que amanhã eu já posso ir, me sinto melhor agora. - Khan respondeu enquanto terminava sua comida.

 

Dia seguinte, durante o Pôr do Sol

Faltavam poucos minutos para anoitecer, e Khan partiria assim que a lua começasse a brilhar, nós nos despediríamos perto do rio na divisa das Terras do Reino, mas agora estávamos saindo da toca de Khan, indo em direção ao rio para esperar o momento certo.

- Tem certeza que vai realmente fazer isso? - Eu perguntei a ele enquanto fitava o chão.

- Claro, bem, eu sei que o molenga ai vai sentir saudades não é? - Ele perguntou rindo.

- Vou sim, quem vai ser meu parceiro de caça quando você for embora? Quem é que vai lutar comigo por um pedaço de carne? - Eu perguntei forçando um pequeno sorriso.

- É, foram bons momentos, mas eu vou voltar, eu prometo, eu vou encontrar Alaika, e vamos voltar para as Terras do Reino juntos. - Ele me disse sorrindo.

Chegamos até a divisa em poucos minutos, e quando o brilho da Lua começou a ficar forte, e o céu extremamente estrelado, Khan virou-se para mim, infelizmente, havia chegado a hora.

- Adeus irmão, me deseje sorte.

- Adeus amigão, que a sorte esteja com você nessa jornada.

Nós batemos as patas e então Khan atravessou o rio, e logo estava fora das Terras do Reino, eu me virei e fui embora, voltando para sua toca, quando vejo Lyara andando perto dali, eu entrei em choque, pois ela estava me observando, droga! Ela com certeza viu!

- Errr....Lyara? - Eu perguntei meio sem graça.

- Olá Haiki, me desculpa, eu sei que não deveria, mas eu observei você e seu amigo. - Ela olhava para o chão, claramente estava envergonhada pela sua ação.

- Não tem problema, contando que você não conte nada a Kovu ou Kion, Khan partiu para encontrar Alaika, a leoa dele, que foi banida das Terras do Reino injustamente, por um golpe de sua própria irmã. - Eu expliquei, ela parecia surpresa. - Vamos voltar para as tocas, está bem tarde. - Eu disse por fim e ela concordou com a cabeça.

- Nossa, isso é algo bem complicado, mas se bem lembro, por alguns relatos, eles possuiam uma filhote, não? - Ela perguntou.

- A filha deles, está no exílio, quando a leoa de Khan foi banida, ela acabou escondendo a filha deles lá, enquanto fugia, pois ela não entregaria a filha dela para as leoas daqui, pois nem mesmo a filha poderia ficar com Khan, mas acabou que uma leoa exilada, encontrou a filhote e bem, Khan lutou com essa leoa pela guarda de sua filha, mas....ele perdeu, e era por isso que eu fiquei cuidando de Khan por um tempo. - Eu continuei a explicação, ela ouviu atentamente, e ficou quieta, eu queria lhe perguntar o porque dela ter vindo para cá, mas, ainda não era a hora.

Quando chegamos nas tocas, apenas dissemos "Boa Noite" e entramos nas tocas, bem, eu apenas queria que Khan ficasse bem, e espero que ele consiga encontrar Alaika.

 

Três meses depois....

 

Pov's Autora

Exílio


- Ande Takah! Vai ficar para trás! - Grita uma pequena e jovem filhote, correndo pelo exílio, outros três filhotes corriam atrás dela, estavam disputando uma corrida entre as enormes rochas.

- Saia da minha frente Mashira! Eu vou vencer a corrida! Vá comer poeira junto de seu irmão ali atrás! - Gritava outro filhote, um pequeno macho, estava logo atrás da leoa na liderança da corrida.

- Vocês podem ir mais.....devagar?! Eu estou morrendo aqui! - Disse o filhote em último lugar na corrida, estava exausto, correndo faziam minutos.

- Takah! Ande! Você vai chegar em quarto e último lugar! Se você e Mashira são irmãos, como que ela pode ser mais veloz que você? Vocês deveriam ter o mesmo porte fisíco, não deveriam? - Disse a filhote em terceiro lugar, enquanto corria para alcançar os dois filhotes na frente, disputando a liderança e o prêmio do primeiro lugar.

- Calem a boca! Falem menos e corram mais! - Gritou Mashira enquanto tentava empurrar o pequeno macho ao seu lado.

Os quatro filhotes estavam perto do final da corrida, com Mashira na liderança, seu maior rival, Kley estava ao seu lado, tentando tirá-la da liderança, seu irmão Takah, estava em último, não aguentava mais correr, enquanto sua colega Tany se mantinha em forma, mas não conseguia alcançar a ela e Kley.

 

Porém, o final dessa corrida, veremos no próximo capítulo


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado e me perdoem por isso, sério galera, me desculpem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...