História Exit - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Horror, Survivor, Suspense, Violencia
Visualizações 1
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura.
Edit: Foi trocado o nome de alguns pecados para o nome oficial ( segundo Wikipedia) pois alguns estavam repetidos (Ex: ganância e avareza são de significados iguais).
Edit2: Alterado os pecados do N°100.

Capítulo 2 - O jogo começa


Enquanto eu estava perdido em minha mente graças à nova cor de meu quarto, a porta se abriu e dois guardas entraram, nessa hora eu quase senti como se estivesse infartando, pois, esperava eu que entrassem dois seres humanos com vestimentas militares e grandes fuzis, mas foi como se eu tivesse um de já vu quando ví aquelas duas enormes faces de javali entrando pela minha porta, dois javalis enormes e que andavam de pé, vestindo roupas de couro marrom e jeans, e empunhando espingardas menores que seus braços, curiosamente todas as coisas que eu via era como se eu já soubesse o que era, por mais apagada que minha memoria estava. Eles me pegaram pelo braço e me botaram de pé como se estivessem segurando uma árvore pequena, e me empurraram para frente, me tirando do quarto branco para um amplo corredor branco, enquanto eu passava pelo corredor, comecei a notar que eu estava em uma espécie de labirinto, a cada esquina tinha uma saída e duas portas, certamente dentro delas tinha mais pessoas. 

Após um tempo andando eu e os guardas chegamos á um complexo de portas e escadarias que somente iam para cima, mas uma coisa que chamava bastante atenção era as portas pintadas de pretas, que totalizavam 10, e foi em frente a uma dessas portas que paramos, enquanto eu olhava mais um pouco o local, ví que outras pessoas estavam chegando, todos de branco, talvez fossem os outros participantes, ou então os responsáveis pelo jogo, mas então a porta abriu e eu fui jogado dentro dela.

Ao entrar na sala, notei que estava cheia de espelhos, e foi quando eu me ví pela primeira vez, e sinceramente, eu estava parecendo uma folha de desenhar com apenas duas partes coloridas, mas pela mesma cor, eu estava usando uma bermuda branca junto a uma regata branca e uma touca branca enorme, meu físico era mediano, mas minha cor de pele era como a neve, e apenas meus olhos e meus cabelos eram de cores diferentes, eram como uma mistura de caramelo, chocolate e leite.-pensamento que me deu fome mesmo depois de ter comido um prato de comida- Fiquei alí alguns minutos me contemplando, até que uma tela foi ligada e novamente o homem mascarado apareceu. Ficou um tempo em silêncio e finalmente disse:

- Vejo que se acostumou ao claro, isso é bom, já que eu apostei minhas fichas em você, agora que seus adversários chegaram vou lhe explicar sobre o desafio de hoje, mas antes quero que olhe no espelho e puxe sua pálpebra esquerda para baixo.

Com um pouco de medo do que eu podia ver, fiz o que ele mandou, e quando eu puxei minha pálpebra para baixo, consegui ver clara mente a numeração '001' na parte de baixo do meu olho, aquilo me deixou tenso, mas curioso.

- Isto é a sua numeração e identificação, será assim que sera chamado aqui, então 001, vou lhe explicar o desafio de hoje, você e seu adversário irão participar de uma corrida, e será bastante eletrizante- disse em tom de sarcasmo- já que vocês irão correr por um circuito com diversos eletrecutadores e fios desemcapados com energia o suficiente para desnotea-los, já aviso que pode haver risco de morte, o que dá vitória de imediato ao que se manter vivo, mas aquele que conseguir passar pela porta preta primeiro irá vencer. 

Agora irei dizer quem são seus adversários hoje, e quais seus pecados.

N°006, seus pecados são luxúria, ganância, inveja e soberba.

N°079, seus pecados são gula, ganância e ira.

N°043, seus pecados são luxúria e soberba.

N°002, seus pecados são ira, ganância e inveja.

N°022, seus pecados são ganância e inveja.

N°031, seus pecados são ganância, inveja e soberba.

N°007, seu pecado é a ganância.

N°100, seu pecado é a ira, ganância e soberba.

N°099, seu pecado é a preguiça.

Sobre quem você irá enfrentar será totalmente aleatório, mas caso vença, lembre-se das regras e dicas que eu lhe dei, boa sorte.

Após isso a tela desligou, e uma porta se abriu diante de mim, o medo percorria meu corpo e perfurava minha mente, mas derrepente me lembrei que ao ganhar os desafios podia ganhar fragmentos de minha memória, e isso aumentou minha vontade de vencer, pois somente assim poderia saber como fui parar em algo tão insano.



Notas Finais


Obrigado por lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...