1. Spirit Fanfics >
  2. Expectations >
  3. Tract

História Expectations - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Vortei

Capítulo 2 - Tract


Peter sentira o ar faltar em seu pumão e sua mão tremer de ansiedade.

- s-senhor...- o alcançou - espere...como posso agradecer?- ainda trêmulo perguntou.

- você nunca aceitará...- sorriu malicioso - vá para casa e cuide de sua tia...ela parece precisar disso - Quanto ao monte de merda...bem...e melhor deixa-lo ai - suspirou.

Ele se deu por conta e foi ate sua mochila tirando dois dólares de dentro indo ate o maior e o oferecendo.

- p-por me proteger - abaixou a cabeça.

- isso é seu dinheiro...pelo jeito lutou por ele - olhou de sima a baixo.

Peter nao estava em um estado ruim, mas se percebia que ele estava com grandes olheiras, suas roupas eram desgastadas e nao tinha tomado banho a pouco. 

- e como eu posso agradecer...eu só tenho leite, carne e arroz...- suspirou ainda triste por seu estado deplorável.

O maior pegou a nota e mexeu em sua carteira tirando de la uma nota de cinquenta dolares. 

- isso é o suficiente pra comprar sabão, pão, café, açúcar e algumas frutas...use com sabedoria ok?- entregou ao menino sorrindo.

- você é um anjo- falou e depois envergonho-se.

- nao - olhou o menor de perto - nunca fui - Acariciou a bochecha do menor - quanto ganha por dia?.

- dez dólares por dia - desviará o olhar.

- eu tenho uma proposta Peter - olhou nos olhos do menino - e lhe dou duzentos dólares por dia.

- oque o senhor quiser - ele corou de ansiedade.

- e sexo...Peter...nao me entenda mau...mas - olhou para o corpo do menor - eu seleciono as melhores pessoas que vejo para isso.

Ele corou e se afastou.

- I-isso é contra as leis de Deus...- juntou suas coisas - nao posso virar sua prostituta.

- você nao vai ser ...você vai ser meu concubino lindo- sorriu diabólico.

- o-obrigada pela proposta...- se levantou - mas nao posso - saiu andando - Deus te abençoe.

- Deus nao olha pra mim faz tempo...

Ele ignorou e agarrou os vinte e dois dólares que tinha, nao avia coragem em si para dar a volta. 

Indo para casa reparou, sua casa era um quarto e um banheiro, morava sua ria e ele, a luz quase sempre acabava por ter gatos demais, a agua era fria e nao confiável, moveis velhos e nojentos. Essa era a vida.

Ele parou por um instante....ele seria tolo ao aceitar?.

Como um sopro de esperança correu para o lado oposto torcendo para que o homem ainda estivesse ali. E teve a sorte de velo um pouco longe.

Logo quando chegou perto nao tinha mais folego.

- senhor stark...- arfou sem folego algum - eu aceito...aceito sua proposta.

O maior sorriu e tirou da carteira duzentos reais entregando ao menor.

- isso é por hoje...mas amanha - segurou a cintura do menor com certo respeito - vamos começar ok?

- o-ok - corou.

- com certeza nao vou me arrepender disto.


"Você nao se arrependerá disso, mas Peter...nosso puro Peter agora nas mãos do diabo...Deus tenha piedade de seu ser tão límpido"





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...