História Explosão de Poesias - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Oi pessoal,
Vou postar esse poema hoje também por eu estar me sentindo inspirada para fazê-los, principalmente aqueles que têm haver com meus sentimentos e acontecimentos atuais, talvez eu poste mais um ainda hoje, então fiquem atentos.

Esse poema pode parecer estranho por conta do título e o próprio poema em si, mas nas notas finais vou estar explicando tudo.

Capítulo 15 - Um prato novo


 

Um prato agora termino

Mas logo começo outro

Não sei o que esperar

Nem sei se estará gostoso

Só sei que devo aproveitar

Enquanto acabou de sair do forno.

 

 

Tenho medo do sabor

Se é bom ou ruim

E se depois da refeição 

Consequências vão surgir.

 

 

Posso até me arrepender 

Da escolha que eu fiz

Mas não aceitam devoluções 

Nessa loja que eu vim

Então tenho que aproveitar

Da refeição que escolhi

Guardar esse momento

Na minha memória pra sempre.

 

 

 


Notas Finais


Bom, mal sei onde começar, foi um poema curto mas com muitos significados.

Nesse poema, eu coloquei o "prato" representando o ano, e no título "Um prato novo" eu quis dizer que o poema fala sobre um ano novo. Sei que o tema tá um pouco atrasado, mas me deu essa ideia na cabeça, fui produzindo e saiu um poema bem melhor do que eu tava esperando por conta dos significados que ele traz. E eu o fiz estilo metáfora porque foi a primeira coisa que veio na minha mente.

Vamos falar logo do resto dos significados. Na primeira estrofe eu quis dizer que não sabemos o que esperar dos anos que começam, não temos a certeza de saber se teremos grandes conquistas ou não, mas mesmo assim devemos aproveitá-los, porque nunca se sabe se o próximo ano será melhor ou pior.

Na segunda estrofe, falei da incerteza e medo que temos em relação ao ano que começa, justamente por não saber se será um ano bom ou ruim e também das coisas que podem vir no ano seguinte como consequência dos acontecimentos do ano.

E finalmente na terceira estrofe, falo das escolhas e caminhos que decidimos seguir no ano, que muitas vezes nos arrependemos. Mas, mesmo assim, é melhor aproveitar, tentar dá a volta por cima, para futuramente lembrar desse ano como momentos ruins da vida, dar gargalhada e usar como exemplo para não cometer o mesmo erro.

Espero que vocês tenham gostado do poema e do significado. Até a próxima!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...