1. Spirit Fanfics >
  2. Expresso ; sasunaru >
  3. Capítulo 2

História Expresso ; sasunaru - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Expresso ; sasunaru - Capítulo 2 - Capítulo 2

— Poxa cara, eu só queria conversar. - falou manhoso enquanto um biquinho se formava em seus lábios.


— Então tá. - deu de ombros.


— Você é grosso assim mesmo ou só finge?


— Eu vim aqui apenas para tomar a droga de um café. Não sou obrigado a conversar com você.


— Então tá. Se você não quer conversar eu vou embora... - falou em desistência e se dirigiu ao balcão.


O loiro realmente havia ficado um tanto quanto incomodado com a resposta do moreno e a que ele mesmo deu. Ele não tinha certeza do porquê.


☕༣⿻


— E aí? Como foi lá? - perguntou a ruiva toda animada. — Pelo amor de Kami-sama me diga que você não foi grosso com o coitado.


— Não fui. - respondeu dando de ombros.


— Puta merda Sasuke! Pelo amor de Kami-sama! Aprenda a controlar seus nervos! - pediu. — Sei que meu primo é irritante, mas podia ter causado uma primeira impressão melhor, não?


— Tanto faz! Você poderia ser menos irritante, não é, Karin?

— Talvez. - respondeu simples. — Talvez você também precisasse de uma aulinha de bons modos.

— Ele já fez isso por você, não precisa se preocupar com isso.

— Enfim, vamos falar sobre o que realmente interessa. Quem vai ser o ativo e quem vai ser o passivo?

— Sério isso? Aquieta a raba aí Karin! - reclamou.

— Como se eu fosse te obedecer! Mas falando sério agora, tente ao menos conversar com ele direito, mesmo que não o queira como um namorado ou algo do tipo, ele seria uma ótima amizade pra você.

— Tá, se isso for fazer você parar de me echer.

— Yey! - gritou enquanto davas pulinhos de alegria por conseguir o que queria.

— Tsk. - levantou do sofá em que estava sentado e foi para o quarto pensar na sugestão da melhor amiga.

☕༣⿻


E lá estava o loiro esperando que alguma outra alma viva adetrasse o local. Resolveu pegar o celular e se distrair com algum aplicativo aleatório. Não percebeu quando o sininho da porta balançou, indicando que alguém havia entrado.

— Deidara! - exclamou o loiro.

— Naruto! - gritou de volta enquanto ia na direção do mais novo para abraçá-lo.

— Quanto tempo, não pensei que estivesse vivo. - disse irônico.

— Achei que talvez estivesse internado porque pegou alguma DST. - falou no mesmo tom do mais novo.

— Vai a merda!

— Também te amo. - havia um sorriso amarelo estampado em sua face.

— O que veio fazer aqui? - perguntou

— Vim te ver ué, e também vim encher seu caixa e conversar também. Estava com saudades.

— Que bom que veio encher meu caixa e, também estava com saudades. - falou. — Vai querer o que?

— Aquele que eu sempre pedia, não lembro o nome.

— Tá. E aí? Alguma novidade ou algo do gênero? - perguntou.

— Falando em gênero, eu tô namorando um cara, o nome dele é Itachi.

— Hm, então finalmente admite que é gay? - perguntou em tom de provocação.

— Gay não. Bissexual. - corrigiu.

— Ainda é 50% gay.

— É, é. - disse na tentativa de encerrar aquele assunto. — E você? Tá namorando alguém?

— Infelizmente não.

— Sinto muito por você. - colocou as mãos no peito fingindo estar realmente sentido.

— Você não presta Deidara. - falou enquanto o entregava o pedido.

— Fala como se você prestasse, Naruto-kun. - disse em tom de provocação já que sabia que o mais novo odiava ser chamado assim.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...