História Extremily Forbidden - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Imagine, Incesto, Jimin, Violencia
Visualizações 5
Palavras 373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, espero q gostem da fic
N tenho mais nada a dizer
Boa leitura
Beijos da Juuh <3

Capítulo 1 - Prólogo


Eu tinha 4 anos na época...

 Chim e eu éramos muito unidos, faziamos praticamente tudo juntos, estávamos no meu aniversário de 5 anos, quando de repente, um homem com uma máscara preta, pegou a mamãe pelo braço e saiu com ela a força, papai tinha chamado a polícia e ido atrás do homem, eu Chim como não estávamos entendendo nada, nós fomos seguindo o homem, o papai e a mamãe, até eles chegarem em um beco escuro, que quase não dava pra ver nada, só escutamos um barulho de lâmina cortando a carne e um grito de dor

Papai: PARE, FAÇA O QUE QUISER COMIGO, MAS DEIXE MINHAFAMÍLIA EM PAZ!

Xx: Cretino...Foi você! Você fez meu pai ficar desempregado e virar um traficante! Você vai pagar com a vida da sua esposa, dos seus filhos e a sua

Só ouvimos barulhos de tiro, Chim pegou na minha mão e saímos em direção a porta da mansão, meu pai era um dos empresários mais ricos de Seul, então nós tinhamos tudo que queríamos,  Chim era 2 anos mais velho que eu, não consigo acreditar que somos irmãos,  somos muito diferentes em aparência! Voltando ao tiro, nós corremos, chegamos na porta, pulamos a porta e corremos em direção ao restaurante de lamen, perto da esquina.

Kyuu: S/n! Jimin! O que aconteceu, por que estão com essa cara?

Jimin: Tem um ladrão lá em casa...

Kyuu: Esperem um pouco...eu vou ligar para a polícia

Son-Kyuu era o vendedor de lamen, que sempre vinha com lamen pra gente, porque meu pai sempre emprestava dinheiro à ele, então era uma forma de agradecimento, às vezes nós até dormiamos ali, um quartinho reservado só para nós,  Kyuu era mesmo um segundo pai pra gente

Kyuu: À polícia já está chegando

A polícia reconheceu o assassino e disse que ele queria se vingar de meu pai a muito tempo, ele vinha armando várias coisas e dessa vez ele conseguiu, eles nos deram a pior notícia da vida, nossos pais estavam mortos o velório deles foi noite passada

11/04/2005 ( 22h PM)

O velório havia acabado e eu não parava de chorar, Chim me consolava e ouvia meus lamentos, era um irmão de ouro, estando com ele eu me sentia segura e confortável,  em uma sensação que não consigo descreever em palavras






Notas Finais


Bom espero que tenham gostado
Um mel pra cada um
E bye bye~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...