História Fairy college - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Cana Alberona, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Igneel, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Makarov Dreyar, Minerva Orland, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Ur, Zeref
Tags Gratsu
Visualizações 117
Palavras 1.938
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vamos dar uma terceira rodada de Gratsu!
Espero que gostem
Boa leitura!😘

Capítulo 1 - O Recomeço de uma História !


Fanfic / Fanfiction Fairy college - Capítulo 1 - O Recomeço de uma História !

Igneel- Natsu levanta, já estou saindo, o Macao está terminando de arrumar o seu café da manhã, você não quer se atrasar no primeiro dia, não é? 

Natsu- já estou acordado, só vou terminar de vestir minha roupa e já desço, bom serviço 

Igneel- obrigado e tenha uma boa aula - disse saindo e deixando a casa 

Natsu (pensamento)- nem acredito que eu voltei pro Japão depois de tantos anos, senti tanta falta daqui e só de pensar que vou estudar na melhor escola de Magnólia, eu queira ter ido para Tóquio, mas meu pai achou melhor continuarmos na nossa cidade natal e que escola começam as aulas na última semana de janeiro? Em pleno inverno...

Batidas na porta ... - 

Macao- senhor Natsu o café está servido e o Ichiya está o aguardando na garagem 

Natsu- estou saindo 

Termino de me aprontar rapidamente e desço as escadas para tomar o meu café, logo me apreço pois já estava na hora de eu sair. Ichiya resolve me levar de limusine para a escola, achei muito chamativo mas ele nem deu ouvidos, assim que a limusine adentra os portões da escola noto diversos alunos olhando, assim que Ichiya abre a porta, desço todo sem jeito querendo não chamar atenção o que era quase impossível pois o meu cabelo rosa dava para de ver de longe, coloco meus fones e resolvo procurar a minha sala, o que foi sem sucesso. Resolvi perguntar a uma moça de cabelos dourados e longo que estava conversando com algumas meninas 

Natsu- com licença, será que você poderia me ajudar? 

Menina- oi, sim, o que você...  - ela fica parada me encarando 

Natsu- ei você está bem? 

Menina- Natsu? É você? Eu não acredito 

Natsu- como você sabe ... espera aí, Lucy?

Lucy- sim, você está mais alto que eu e olha como você está lindo - disse me abraçando 

Natsu- obrigado, digo o mesmo de você - disse retribuindo o abraço 

Lucy- quando você voltou? E por que não me procurou 

Natsu- meu pai já está aqui tem um mês, mas eu só cheguei anteontem, ainda estou me acostumando com o horário, também não me lembro de muita coisa daqui 

Lucy- você pega o jeito fácil e então o que você precisa? 

Natsu- estou procurando essa sala - disse montrando-lhe o papel 

Lucy- olha que sorte a sua, é a mesma sala que a minha, fica no segundo piso

Natsu- acho que vou subir então

Lucy- ah não, agora que a gente se reencontrou não vou desgrudar de você e também você vai esperar comigo 

Natsu- tá bom, mas quem você está esperando? 

Lucy- advinha? A Erza e o Gray!

Natsu- eles também estudam aqui, espero sim, que nostalgia hein 

Lucy- olha eles ali - disse apontando para a dupla que vinha andando 

Lucy sai em direção dos dois e acaba pulando encima deles fazendo com que caiam, eu apenas fico rindo da situação 

Lucy- ei olhem quem está aqui 

Erza- quem? 

Gray- ele? Disse apontando pro rosado 

Erza- cabelo rosa, olhos puxados, hum... Natsu? Natsu Dragneel? 

Natsu- sou eu mesmo 

Erza pula na direção do rosado o abraçando 

Erza- não acredito que você voltou, por que não avisou que havia voltado - disse dando um peteleco na cabeça do rosado 

Natsu- aii, eu cheguei tem dois dias, você não mudou nada 

Gray- tks - olhou dos pés a cabeça de Natsu - seu palerma, eu disse que era para você se comunicar com a gente depois que você mudasse 

Natsu- me desculpa, eu acabei perdendo as minhas anotações e aconteceu muita coisa depois que eu saí daqui e ...

Gray o abraçou 

Gray- não se preocupe, estou feliz que você tenha voltado, mas você ainda me deve uma partida de damas 

Natsu- Gray isso foi há oito anos  

O sinal sooa ...

Gray- mas quero minha revanche

Lucy- vamos pra sala que é antes que vocês dois saiam no soco como antigamente 

Natsu- eu ganharia, aproveitei que não conhecia a cidade onde eu morava e fiz vários tipos de luta todos esse anos 

Erza- nossa, então você deve estar bem forte, digo pela sua fisionomia, está bem em forma - disse fazendo os demais repararem 

Natsu- sim, sim tenho que manter a forma, se não a Cana me mata 

Gray- Cana? Ela é a sua namorada? 

Natsu- não, ela é minha prima, está vindo morar comigo, deve chegar aqui em uns três dias 

Lucy- ficou com ciúmes Gray? Hahaha 

Gray- lucy não seja tosca, só foi uma pergunta 

As aulas primeiras aulas passaram rápido quando dei por mim já estava no intervalo, não queria sair da sala, mas pelo visto não tinha muita escolha 

Lucy- vamos, você tem que experimentar os lanches daqui

Natsu- está bem, mas preciso ir no banheiro antes 

Erza- vamos te esperar lá em baixo, não demore 

Natsu- está bem, em até cinco minutos eu estou lá em baixo 

Eles se separam Gray, Erza e Lucy aguadam Natsu no refeitório 

Lucy- parece que você ainda gosta do Natsu

Gray- Lucy esquece isso

Erza- mas que é a verdade é 

Gray- Erza até você? 

Erza- Gray você tem que dar chance aos seus sentimentos 

Gray- Erza eu era uma criança, não entendia o que era amor ainda, foi uma promessa boba e tem mais ele foi embora 

Lucy- mas ele perdeu a mãe, você sabe que por isso o senhor Igneel quis ir embora, ele estava sofrendo muito aqui 

Gray- está certo, cadê o Natsu hein já falta cinco minutos para acabar o intervalo e ele não aparece  

Erza- vou olhar na sala 

Lucy- ele pode ter se perdido 

Gray- vou olhar no banheiro 

Eles saem a procura de Natsu que não havia dado sinal, quando Gray entra no banheiro se depara com Natsu caído do chão segurando seu abdômen estava saindo sangue da sua boca, enquanto uns meninos riam a sua volta 

Gray- o que vocês estão fazendo? Natsu!, Laxus seu filha da puta, o que você fez com ele 

Laxus- foi só um presente de boas vindas hahaha, vamos galera deixem ele agora 

Gray- se eu ver vocês chegando perto dele denovo eu acabo com vocês

Laxus- ui ui ui, parece que essa é a presa do macho alfa, fica tranquilo não chegaremos mais perto dele, a não ser que ele queira 

Gray o fuzila com o olhar e volta a ajudar Natsu 

Gray- deixa eu te ajudar a levantar - disse erguendo Natsu e o levando até a pia 

Natsu- muito obrigado, obrigado mesmo, se você não tivesse chego ia acontecer coisas horríveis comigo 

Gray- ele tentou abusar de você? 

Natsu- não, mas estavam planejando quando você entrou no banheiro, aí, me ajuda a sentar meu abdômen está doendo muito 

Gray- não, vamos para a enfermaria, de lá aproveito para avisar sobre você 

Eles vão até a enfermaria, Natsu toma uns remédios e fica sem camisa de repouso por uns minutos 

Natsu- eu já posso ir embora? 

Enfermeira- só aguarde mais um pouco, estou esperando o diretor vir falar com você 

Natsu- comigo? 

Enfermeira- sim, você foi agredido na escola, alguém tem que ser responsabilizado 

Gray entra na sala onde Natsu estava deitado 

Natsu- Gray não era para você estar na sala? 

Gray- não podia te deixar aqui sozinho, você está melhor?

Natsu- sim, só estou esperando o diretor vir falar comigo e vou ser liberado 

Gray- que ótimo, toma adicionei meu número no seu celular e fica tranquilo não mexi em nada

Natsu- muito obrigado, nem percebi que estava sem ele, não se preocupe não tem nada demais no meu celular 

O sinal sooa anunciando a última aula 

Natsu- vai assistir essa aula, quando eu sair daqui eu irei buscar o meu material 

Gray- tudo bem, depois nós conversamos mais 

Natsu- está bem 

Natsu aguardou até a chegada do diretor Makarov, deu seu depoimento, soou o sinal para ir embora, Natsu retorna para a sala para buscar o seu material, Erza, Lucy e Gray o aguardavam 

Natsu- obrigado por guardarem o meu material, hoje foi uma manhã realmente emocionante 

Erza- eles não vão mais te incomodar pode ter certeza 

Lucy- Erza, você não está pensando em fazer alguma coisa, está? 

Natsu- pessoal, não quero brigas, por favor

Erza- você está bem? Como assim? Eles te agrediram 

Natsu- mas nem por isso eu devo retribuir da mesmo forma, caso eles entrem no meu caminho denovo eu tomarei providências e não hesitarei em dar um sumiço neles 

Lucy- hahaha você mudou muito, estou adorando 

Natsu- tem coisas que nunca mudam, vocês vão querer carona para casa? 

Gray- eu aceito 

Lucy- meu motorista vem me buscar 

Erza- eu já tenho compromisso, mas obrigado pela oferta Natsu 

Eles saem juntos e Ichiya o aguardava na limusine 

Erza- Natsu você veio de limusine? O que aconteceu com vocês nesse sete anos? 

Natsu- meu pai é dono de várias empresas e tem uma rede de restaurantes de luxo 

Gray- olha só, parece que alguém vai superar a Heartfilia em humildade 

Lucy- hahaha vai fica falando de mim 

Natsu- hahaha vamos 

Eles se direcionam para o carro, ichiya estava levando Gray até a sua casa 

Natsu- Gray posso te fazer uma pergunta?

Gray- claro! O que foi?

Natsu- aquele menino o Laxus, ele falou de presa se referindo a mim e macho alfa a você, não entendi 

Gray- ah sobre isso, então é ... Eu costumava andar com o Laxus, mas ele fazia umas brincadeiras ridículas, um dia ele tentou algo amais comigo e eu tive que dar um jeito nele, é aquilo bati mais doque apanhei, agora todos eles me respeitam e me chamam de alfa 

Natsu- hum... entendi

Gray- não entenda mal, mas eles acham que você e eu somos ...

Natsu- é ... Não ... claro que não ... - disse engolindo seco 

Gray- chegamos na minha casa, foi muito bom te reencontrar Natsu, até amanhã 

Natsu- Gray espera

Gray- fala

Natsu- só queria que você soubesse que que guardei isso - disse tirando uma corrente com um anel de dentro do cachecol - até amanhã 

Gray sorriu ao ver o anel- até amanhã, olhos puxados 

Depois disso, Natsu seguiu para casa estava feliz por reencontrar seus amigos, mais feliz ainda pois agora tinha certeza que a promessa que ele e gray fizeram quando crianças nunca foi esquecida. Ao chegar em casa Natsu vai direto para o seu quarto e deita na cama 

Macao- senhor Natsu, você quer que eu sirva o seu almoço? 

Natsu- não, eu vou dormir um pouco estou sem fome, se meu pai ligar diga que eu estou dormindo 

Macao- o seu pai está na sala de jantar, na verdade ele está te aguardando, parece que você se envolveu em uma briga na escola?

Natsu- então já ligaram, não foi bem uma briga mas sim, já vou descer 

Igneel- não vai ser preciso, meu filho, o que aconteceu hoje?

Natsu- uns rapazes me deram uma recepção de boas vindas, mas não estava preparado e acabei saindo na pior, mas o Gray sabe, aquele que eu brincava antes de nos mudarmos me ajudou 

Igneel- você está bem? Quer que eu te mude de escola? 

Natsu- não pai, está tudo bem, não precisa se preocupar eles não vão mais se meter comigo 

Igneel- tudo bem, mas se precisar de ajuda que estarei sempre aqui, você falou do Gray não foi?

Natsu- sim, o Gray, a Erza e a Lucy estudam comigo na mesma sala, como antigamente, estou muito feliz, obrigado pai por ter voltado para essa cidade 

Igneel- de nada meu filho só de ver você sorrindo assim é uma felicidade imensa, agora vou deixar você descansar, vou para a empresa e amanhã o seu tio e a Cana chegam 

Natsu- aí que bom, obrigado, qualquer coisa me avisa 

Igneel- bom descanso 



Notas Finais


Obrigado por lerem até aqui!
Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...