História Fairy Tail the Universe. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Angel, Anna Heartfilia, Bisca Connell, Cana Alberona, Carla (Charle), Elfman Strauss, Erik (Cobra), Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kinana, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Leon, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Michelle Lobster, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Mystogan, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Ophiuchus, Pantherlily, Pisces, Ren Akatsuki, Risley Law, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Ruby Strum, Rufus Lore, Sayla, Scorpio, Sherry Blendy, Silver Fullbuster, Skiadrum, Sting Eucliffe, Tauros, Taurus, Ultear Milkovich, Ur, Virgo, Wanaba, Warren (Edolas), Warren Rocko, Weisslogia, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Lucy×levy, Nalu
Visualizações 18
Palavras 962
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Harem, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - 02.


Havia se passado seis meses desde aquele incidente, que mudou muitas coisas na vida da loira, e para surpresa de muitos, até mesmo da azulada. Lucy e Levy se consideravam carne e unha, em tão pouco tempo as duas ficaram próximas. Próximas o suficiente para que Lucy ficasse confusa com os próprios sentimentos. Levy ajudou Lucy na nova história, que, em pouco tempo ficou brm falada pela região, que logo ficou famosa.

 Lucy não queria admitir, mas o amor dela por desenhar é maior que seu "dom", a fazendo transmitir amor, carinho, felicidade, pelo o que fazia. E sem perceber, o público começou amar aquilo. Após um tempo, Lucy se demitiu, ganhando um tanto de dinheiro bom para investir naquilo que no começo apenas sua amiga e ela começaram. A loira e a azulada pensaram com carinho em cada personagem.

 Natsu, o personagem principal. Lucy decidiu criar Natsu com aquilo que tudo o que ela considerava, que não era. Determinada, confiante, exagerada, alegre e despreocupada. -E pelo o mesmo ser um pouco esquentadinho, resolveu dar o poder do fogo para o mesmo- Mas ao mesmo tempo, Lucy descreveu o tipo de cara que ela queria conhecer, se não fosse pela baixinha que a mesma estava começando ter uma queda. 

 Gray, um cara estranho, que tirava as roupas sem perceber, semblante sério, pior que o iceberg? Talvez, mas tinha um romance entre ele e a azulada Juvia, que é uma stalker linda, fofa e totalmente apaixonada por Gray.

Erza, a ruiva apaixonada por bolos. Enfim.

-Lu-chan! Não esqueça de criar o Gajeel…- a azulada corou, fazendo Lucy resmungar baixinho, enquanto desenhava o esboço do cara que era baseado no livro de Levy. 

-Você por acaso tem fetiches por ferros? -perguntou emburrada.

-Não, eu só…gosto…-falou dando de ombros, fazendo a loira revirar os olhos.

"Runf! A Le-chan ficou toda estranha quando apresentei o novo personagem. Eu vou matar esse Gajeel quando puder…"Pensou chateada.

-Lu-chan. Você está bem? -perguntou enquanto olhava para a loira que rabiscava com raiva o papel.

-Estou…-sorriu - ótima!

 -Ah, então 'tá bom…-falou, voltando a ler o livro de antes. 

" É isso! Vou criar uma batalha entre Natsu e Gajeel, e como o Natsu é o personagem principal, é óbvio que vai viver! "

-Nee, Levy…-a chamou - o que você acha de eu apresentar o Gajeel nesse novo capítulo. 

-Sério?! - os olhos da azulada brilharam - Você vai mesmo o criar?!  Estou tão feliz, que eu poderia até te beijar!

"Por que, não? Eu não reclamaria…" Pensou a loira.

-Sim, eu vou o criar. Você ficou tão…- juntou os dentes na tentativa de não transparecer a raiva - animada. Que eu decidi o criar, já que antes era apenas um. - a interrompeu.

-Ah! Estou muito feliz, obrigada Lu-chan. 

-Eh…nada. - respondeu sorrindo. A azulada estava tão feliz, que havia até mesmo esquecido o motivo da felicidade de Levy e a raiva de Lucy. 

 Um pouco embriagada, Lucy começou a desenhar o capítulo de quando Natsu conhece o Gajeel, e no final do capítulo, a briga entre eles. 

 A loira estava transbordando imaginação, algo que no comum, era raro para a mesma. Se passou duas, três, quatro horas e nada de ficar pronto. A loira suspirou e olhou para o lado, notando que Levy havia dormindo só se perguntou quando. 

-Le-chan…- a chamou.

"Ela não vai acordar. " Suspirou. 

Desistindo de chamar a amiga, Lucy levanta e procura algo que pudesse esquentar Levy. Sem achar nada, a mesma tirou o casaco e pôs em cima da azulada, logo voltando para a mesma cadeira.

-Eu amo esse meu novo emprego mas…- suspirou - quando vou poder acabar?

  A loira não demorou muito para voltar a desenhar, e sem reparar já haviam se passado 7 horas. Lucy finalmente terminou, se espreguiçou, e olhou o relógio na parede que marcava 21:09. Deixando a garota assustada, pois se surpreendeu ao ficar tanto tempo naquilo e sem perceber.

-Café? -Levy perguntou esticando um copo com café preto, fazendo a loira mais uma vez se perguntar quanto tempo havia passado - Eu acordei a pouco tempo.

-Ah, entendo. - pegou o copo da mão de Levy, agradecendo - Eu terminei. 

-Já? Posso ver? - perguntou animada, fazendo Lucy se levantar da cadeira, deixando a azulada olhar o tablet. Mas ante de chegar a parte do Gajeel, Lucy chamou atenção de Levy.

-Nee, Levy. Você já terminou seu café? -olhou para o copo da garota, a vendo assentir - Quer mais café? - novamente a azulada assentiu.

Lucy pegou o copo da garota e caminhou até uma cozinha, preparou tudo e quando foi colocar o café no copo escutou um grito, a fazendo derrubar o copo no chão, e correu para a sala assustada.

-Levy?! - a chamou, caminhou até a cadeira e notou a faicha da azulada jogada em cima da mesa. Lucy se desesperou e olhou ao redor, se perguntando de Levy havia sido sequestrada.

-Mas…está tudo normal, tirando o fato de minha mesa digitalizadora estar desligada. - a ligou e notou algo estranho em seu desenho - Natsu?! - ele estava a olhando, e no próximo capítulo, estava sério - Vo-você?! Como?! - para provar que não estava louca, Lucy rodou os desenhos para o lado, mas todas as cenas que desenhou estavam mudadas.

Até que uma delas, estava escrito no balão de fala do Natsu "Quem é você?!".

 Aquilo deixou a loira assustada, que ao tentar criar um novo desenho para o matar, acabou caindo para dentro daquel lugar. Apenas segurando a caneta da mesa com a faicha da azulada.

-Kyaa! - gritou desesperada mas ao cair e não sentir o impacto, abriu os olhos que se perguntou quando havia os fechado. E olhou ao redor - Ahn? Onde estou?!

Um local estranho, com montanhas, rua de barro, ar mais puro. Então algo resmungou debaixo de Lucy, a fazendo olhar curiosa.

-Eh?! Natsu?! 





Notas Finais


Continua?!
Povo, vocês estão gostando? Estou ficando desmotivada…


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...