História Fairy Tale - O terceiro filho de Naruto. - Capítulo 9


Escrita por: e loveforlife

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Rikudou Sennin, Sasuke Uchiha
Tags Crossover, Darkfic, Drama, Genocídio, Guerra, Incesto, Morte, Música De Qualidade, Naruto
Visualizações 47
Palavras 2.562
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 9 - Formatura.


Fairy Tale - O terceiro filho de Naruto




~ Por Otsutsuki_Otto e LoveforLife




Capítulo 9

       




No quarto de Minato.





        Himawari estava sentada na cama de Minato, enquanto que o rapaz estava em uma poltrona sendo cuidado por Naomi. A garota, que era bastante interessada por medicina ninja, conhecendo diversas maneiras de lidar com ferimentos, estava tratando o seu precioso amigo.


> Naomi-chan, como o nii-san está? - Himawari pergunta ainda aflita pela situação.


> Himawari, eu estou fazendo o possível. A minha mãe me ensinou como passar remédio e enfaixar ferimentos assim, estou fazendo meu melhor. - Naomi responde carinhosamente para a menina.


> Maninha, a Naomi está cuidando muito bem de mim. -  Minato fala sorrindo, confortando sua imouto.


> Eu tô com medo do Boruto-nii, posso ficar aqui com vocês? - Himawari pede temerosa.


> Pode sim, mas preste atenção: Não tem porquê ter medo do Boruto, ele é seu irmão e te ama, ele nunca vai te fazer mal, ouviu bem, Himawari? - Minato responde com os seus olhos vermelhos fixos na garota, que concorda.


> Como vamos dormir? A sua cama é grande, mas só dá para duas pessoas. - Naomi diz com o rosto levemente vermelho.


> Como você é engraçada Naomi. Não se preocupe, vocês duas dormem na minha cama e eu fico aqui mesmo na poltrona. - Minato avisa.


> Eu vou dormir com ela? Prefiro ir para a cadeira! - Himawari responde nervosa.


> Perfeito! Dessa forma, eu e o Minato-kun podemos dormir na cama, juntos! - Naomi fica, de repente, alegre.


> O quarto é meu, eu dito as regras! - Minato responde seriamente, com o Sharingan fixo nos olhos delas.


> T-T-T-Tudo bem, v-v-você quem manda! - As garotas concordam rapidamente, seguidas de risadas de Minato.


        Enquanto isso, Hinata passa pelo corredor e ouve as risadas provenientes do quarto de Minato e sorri. Pelo menos ele estava tentando superar.

        Hinata estava muito preocupada com Boruto. Bateu à porta do quarto dele e ela estava aberta, logo entrou silenciosamente. Boruto estava deitado e chorava quieto. Hinata, sem falar nada, se dirige até à cama e se deita, abraçando seu filho, que retribui. Com o ato, a mulher percebe que, ao abraçá-lo, ele sente dor por conta da pancadaria com Minato.

        Minato por sua influência, acabara por dominar seu estilo de luta, o punho suave, marca dos Hyuuga; onde ele era, de fato, um prodígio. Minato soube retribuir  com tantos pontos fechados.


> Filho, por favor se levante e tire a camisa, preciso cuidar desses ferimentos. - Hinata ordena suavemente.


        Quando Boruto retira a camisa que vestia, Hinata começa a tocar diversas partes do abdômen do garoto com a ponta dos dedos. Estava reabrindo os pontos outrora fechados. Ao mesmo tempo, a mãe do garoto pressionava os músculos com chakra, para uma melhor resposta da recuperação.


> Obrigado mãe, me sinto muito melhor. - Boruto agradece sua mãe.


> Tudo bem filho. Agora vamos dormir? - Hinata pergunta já se deitando.


> Você vai dormir comigo? - Boruto pergunta, sendo respondido por um aceno.


>  Tudo bem. - Boruto termina, deitando-se também.




No prédio do fogo.    




        No escritório do Hokage, Naruto estava em sua cadeira com uma garrafa de saquê aberta e um copo pela metade, que hora ou outra bebericava goles grandes. Naruto estava acabado. Sua mente rondava e rondava na situação de poucos momentos antes.


> Você está acabado cara. - Sasuke diz entrando na sala.


> Me deixa em paz Sasuke! Se veio me amolar com besteiras, sugiro que saia! - Naruto diz totalmente nervoso.


> Acalme-se! Eu vim aqui te fazer companhia. Eu não entendo a sua situação, mas não acha que já está demais? - O moreno pergunta enquanto toma um gole do copo de Naruto.


> Me sinto perdido, Sasuke! - Naruto levanta os olhos em direção ao amigo.


> O que eu fiz?! Olha o que eu fiz com meus filhos, Sasuke! Agora eles se odeiam! - Naruto berra soluçando.


> Naruto, eu não sei como te ajudar, mas se tem algo que nós todos aprendemos durante a vida, é dar tempo ao tempo. - Sasuke suspira, reflexivo.


> Você deve ter razão, mas eu estou preocupado. Hinata deve estar me odiando, assim como o Boruto e o Minato. Eu não vou aguentar isso, eles são tudo para mim! - Naruto fala ao amigo enquanto passa a mão pelo rosto.


> Naruto, espere abaixar um pouco a poeira e depois conversa com ela, diálogo é a base de tudo. - Sasuke sugere.


> Tudo bem então, agora vai para casa ficar com a sua família, eu preciso ficar sozinho. - Naruto pede mais calmo.


> Vou sim, mas antes quero te pedir algo: Em dezembro será a formatura da turma de Minato e Hayato e quero ser o sensei deles. Sugiro pôr a amiga de Minato no time, ela tem aptidões médicas que serão bem úteis. - Sasuke repassa seu pedido e análise.


> Você de instrutor? Me perdoe, mas é engraçado! - Naruto começa a gargalhar, irritando Sasuke.


> Tudo bem Sasuke, eu estava preocupado sobre quem eu ia escolher para ser o sensei deles. Konoha não deve ter ninguém mais apto do que você. Pode ter certeza de que será feito! - Naruto confirma.


> Ótimo. Até breve. Não exagere em nada e, por favor, não faça nenhuma besteira! - Sasuke fala se levantando.


        Dessa forma, Sasuke sai da torre Hokage e vai para sua casa. Naruto continua ali bebendo seu saquê, afogando as suas mágoas.




Dia seguinte.




        Minato estava acordando, com um leve incômodo nas suas costas, resultado de dormir numa poltrona. Abrindo os olhos, encontra Naomi e Himawari dormindo em sua cama, ambas estavam com feições serenas, como dois anjos. Percebendo que Naomi estava acordando, o garoto logo a chama, enquanto que ela se sentava.

> Bom dia Naomi, dormiu bem? - Minato pergunta sorridente para a amiga.


> Bom dia Minato! Dormi muito bem na sua cama! - Naomi diz totalmente contente, o cheiro do seu amado rondava o local.


> Sei, vamos sair para comer? Acho que não vai ter nada em casa hoje. - Minato fala com um sorrisinho triste.


> Vamos sim! Mas, penso que vamos acordar a Himawari, não acha melhor deixá-la dormir? - Naomi pergunta preocupada.


> Concordo com você, ela precisa descansar. Além disso, prefiro ir sozinho com você. - Minato concorda com a amiga.


> Pre-Prefere? Ó-Ótimo! - Naomi fica contente.


> Cof Cof. Eu espero você se ajeitar. Acho que não viu como o seu cabelo está! - Minato estava quase rindo.


> Não olhe para mim! Eu esqueço que isso acontece toda vez! - A pequena ruiva de cabelos lisos sai correndo para o banheiro.


> Pode usar a minha escova de cabelos! - Minato fala um pouco mais alto para ela ouvir.


        Dessa forma, Minato espera Naomi sair do banheiro já arrumada. Eles descem as escadas e saem de casa. Aparentemente Hinata não tinha acordado, pois estava tudo silencioso e abafado, sinal de que a casa não fora aberta. Saindo de casa, os dois vão tomar café em uma lanchonete próxima e durante o restante do dia ficaram estudando e praticando para as provas finais.




Duas semanas depois.




        Duas semanas se passaram e, com isso, algumas coisas permaneceram do mesmo jeito: Naruto ainda abalado com tudo, não estava indo muito em casa; Hinata fazendo as coisas em casa mecanicamente, e se via chorando pelos cantos; Himawari andava um pouco triste por causa dos seus irmãos e o tempo que tinha estava estudando, as provas finais estavam chegando; Boruto estava fazendo missões com seu time e mal parava em casa; Minato estava sempre com Naomi, estudando e brincando. A relação da família Uzumaki estava decaindo mais e mais. Minato também não estava falando direito com Hinata e Naruto, o que entristecia a sua mãe e deixava seu pai se sentindo mais desesperado.

        Assim, o intervalo de duas semanas termina e, enfim, chegou o dia tão aguardado, o dia da prova de graduação da academia, onde os alunos terão a oportunidade de se tornarem Gennins, o nível de ninjas iniciantes.


        No dia da prova, para a alegria de muitos, a prova não seria escrita, seriam avaliados por jutsus efetuados. Sasuke a pedido de Hayato e Minato os ensinou técnicas de fogo, que mesmo os garotos não tendo muito domínio elementar, conseguiram efetuar com muito esforço. Quanto a Naomi, a ruiva aprendera com sua mãe alguns jutsus básicos de água.



Na Academia Ninja.    



        Já na sala de aula, onde todos estavam esperando o restante dos alunos chegarem, estavam Himawari, Minato, Hayato e Naomi sentados um próximo do outro. Himawari estava bem corada e hora ou outra ficava secando Hayato, que na sua opinião era lindo e fofo, enquanto que Minato só revirava os olhos. Assim que todos chegaram, Iruka chamou os alunos para uma sala maior, onde poderiam ser efetuados jutsus que fossem de maior escala, sem causar  prejuízos.

        Aluno por aluno, cada um era chamado para adentrar àquela sala. A maioria dos alunos estava fazendo jutsus como Henge no Jutsu e Kawarimi no Jutsu, coisa que era bem fácil. poucos alunos estavam se destacando. Porém, era chegada a hora dos quatro alunos mais esforçados da turma.


> Minato Uzumaki, apresentar-se por favor. - Iruka chama o albino, que vai para a sala consigo.


> Quero que realize o Henge no Jutsu e algum Ninjutsu que você tenha treinado. Dependendo do do nível, a sua nota pode ser influenciada. - Iruka avisa.


> Certo, sensei! Henge no jutsu! - Assim, Minato executa os selos de mão transformando-se em Iruka.


> Ótimo. A transformação ficou excelente. Agora realize outro jutsu. - Ordena Iruka.


> Tome cuidado sensei! Katon: Gouryuuka no jutsu! - Minato lança um dragão de fogo de 3m de comprimento em direção à janela.


> Muito bem Minato! está aprovado! Mas, tome cuidado com suas técnicas, não exija tanto de si. - Iruka aconselha, Minato parecia cansado.


> Entendido. Obrigado pelo conselho! - Minato se retira da sala, ficando próximo da porta torcendo por seus amigos.


> Agora você, Hayato; Execute um Henge no Jutsu e uma técnica que você tenha treinado. - Iruka chama a atenção do garoto.


> Aqui vou eu, sensei! Henge no jutsu! - Hayato realiza os selos de mão transformando-se em Sasuke.


> Muito bem, agora faça o outro Jutsu. - Incentiva Iruka.


> Katon: Goukakyuu no Jutsu!  - Hayato lança uma bola de fogo na área determinada.


> Perfeito, você está aprovado Hayato, aguarde na sala ao lado. - Iruka ordena e Hayato sai da sala.


> Agora Naomi Amagiri. Faça o jutsu de transformação e o Jutsu que você preparou pra hoje. - Iruka avisa para a ruiva.


> Certo sensei! Henge no jutsu! - Naomi executa a técnica, transformando-se em sua mãe.


> Muito bem, agora execute o próximo. - Iruka disse enquanto anotava em sua prancheta.


> Suiton: Suijinheki! - Naomi cospe água, formando uma pequena circunferência ao redor da garota.


> Muito bem, muito bem executado, você está aprovada, aguarde na sala ao lado. - Iruka abre a porta para a garota.


> Certo, até logo. - Naomi fala sorrindo.


> Consegui! Uhu! - Naomi comemora ao ver Minato.


> Parabéns Naomi! - Minato comemora junto.


> Himawari é a sua vez. Faça como ordenado antes, Henge no jutsu e o que você preparou para a prova. - Iruka pede calmamente.


> Certo, aqui vou eu! Henge no jutsu! - Himawari se transformou em Hinata.


> Agora por favor, faça o próximo. - Iruka anota em sua prancheta.


> É para já! Shuriken Kage Bunshin no jutsu! - Himawari arremessa três shurikens que são clonadas em mais ou menos quinze que acertam de forma retilínea a parede.


> Excelente, você também está aprovada, se dirija para a sala ao lado. - Pede Iruka.


> Até logo sensei! - Himawari sai aliviada.



Na sala de aulas.



        Iruka mantém uma expressão pensativa enquanto rapidamente analisava a prancheta de seus alunos. Todos foram muito bem colocados. Além disso, o time que o próprio Hokage montou era surreal. Provavelmente era o time mais forte da geração de gennins atual. Iruka estava pensando em toda a cobrança que seus pequenos alunos irão sofrer.

        Ao chegar na frente da sala, Iruka se dirige à mesa do professor e se prepara para falar:


> Meus queridos. O que posso dizer para vocês é: Estou orgulhoso do desempenho de todos. Os resultados de vocês são os mais satisfatórios em anos e todos vocês estarão muito bem encaminhados como Gennins. No mais, quero que todos venham aqui comigo receber suas bandanas. - Iruka discursa e se senta.


        Assim que todos já estavam com suas bandanas e diplomas da academia, Iruka disse que bastava esperar por seus senseis, que iam buscá-los hoje ainda. Após proferir essas palavras, Iruka se retira da sala. Minutos depois, os jounnins estavam recolhendo seus times. Depois de boa parte dos times saírem, Sasuke, o sensei do time 1 adentra na sala.


> Uzumaki Minato, Uchiha Hayato e Amagiri Naomi. - Sasuke chama imponente, chamando a atenção de todos.


>  Venham comigo, eu serei seu líder. - Sasuke proclama enquanto todos pensam: O melhor com os melhores.


> Sim senhor. - Os três respondem e vão em direção ao sensei.


        Ao sair Minato olha para Himawari sorrindo, transmitindo, através do olhar, confiança. Himawari sorriu com isso, ela entendeu o sentimento que ele lhe passou; apesar do Sharingan em seus olhos lhe dar medo. Assim que sua sensei, Mirai, chegou, ela anunciou o time: Himawari; Yato, um rapaz de olhos azuis e cabelos curtos e negros, muito preguiçoso e ao mesmo tempo esforçado; Elizabeth, uma garota de cabelos loiros longos, muito bonita e muito esforçada.



No terraço da academia.



        Sasuke estava caminhando até o terraço com seu time. Nesse momento, ele teve a nostálgica lembrança de quando ele esteve ali, com Kakashi, Naruto e Sakura.


> Todos aqui se conhecem, mas temos que fazer isso para começarmos. Me digam seus nomes, seus sonhos para o futuro, seus objetivos como ninjas, essas coisas. Comece Hayato. - Sasuke pede entediado.


> Certo pap… Sasuke-sensei! Meu objetivo para o futuro é ser um anbu e proteger Konoha sem precisar aparecer muito; Quero ser muito forte e aprender várias técnicas;  Como ninguém aqui sabe meu nome, eu me chamo Hayato Uchiha. - Hayato diz divertido.


> Certo, certo. Agora você garota. - Sasuke aponta para Naomi.


> Me chamo Amagiri Naomi; Meu sonho para o futuro é me tornar uma grande Kunoichi, que será reconhecida por todos; Também desejo me tornar muito forte e… - Naomi olha para Minato e cora, fazendo Sasuke revirar os olhos, em lembrança.


> Agora você Minato. - Sasuke aponta para o garoto.


> Meu nome é Minato Uzumaki; Eu quero me tornar muito forte; Meu sonho para o  futuro é me tornar o Hokage, ser respeitado por todos e sempre estar perto das pessoas que eu amo, sem nunca desprezar ninguém ou magoar essas pessoas. - Minato começa falando convicto.


> Parece que a Sarada tem concorrência, não é? - Sasuke pergunta com um sorriso quase reto, fazendo Minato rir.


> Pois bem, está tudo muito bom, mas, a menos que vocês passem no meu teste eu não vou permitir vocês se tornarem ninjas. - Sasuke avisa sorrindo diabolicamente.


Todos arregalaram os olhos em surpresa.


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...