1. Spirit Fanfics >
  2. Fairy Tale >
  3. Sunday

História Fairy Tale - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


oi gente, eh, eu sei, tava sumida né kkkkkk
talvez muitos aqui que liam essa fic devem ter abandonado pq eu mesma abandonei, faz oq 4 anos rs q vergonha
provavelmente eu to falando sozinha pq ninguem mais deve ser isso pq carai 4 anos eh muito
bom eu resolvi volta a escrever pq eu reli toda ela e me bateu uma sdd imensa de continuar essa historia linda e ca estou eu novamente
boa leitura

Capítulo 10 - Sunday


11:23

Meu celular tocava no criado mudo, e eu o atendi sem ler o nome do contato.

          CHAMADA ON

      — Alô? Quem fala?

      — Sou eu, Still.

      — Ah, oi, o que foi? Que horas são?

      — Pelo visto eu te acordei. – ouvi sua risada. – São onze da manhã.

      — E por que me ligou? – falei bocejando.

      — A... na verdade foi minha mãe quem pediu pra que eu ligasse. Ela convidou vocês pra almoçarem aqui hoje, e é pra trazer biquini.

      — Nós vamos, até porque eu duvido muito que alguém aqui faça o almoço. – ri.

      — Estou indo buscar vocês.

          CHAMADA OFF

Me levantei da cama e entrei direto no banho, coloquei um short jeans rasgado e um moletom por cima, penteei meus cabelos ainda molhados e fiz uma make simples, pra não aparecer na frente do Aaron com cara de morta viva apenas. Fui até o quarto de Alissa que por sinal já estava arrumada e pronta.

      — Já sabia que iriamos sair?

      — Sair pra onde? – perguntou confusa.

      — O Aaron, na verdade a mãe dele nos convidou pra almoçar lá hoje.

      — Eu não sabia, desculpa, marquei de sair com o Kian ontem.

      — Eu achei que o Kian já era passado pra você, depois de tudo o que aconteceu ontem com.. você sabe, o Ethan.

      — Eu vou sair com ele justamente pra pedir desculpas a ele, ele foi tão legal comigo ontem. Eu to me sentindo muito culpada pelo que eu fiz.

      — Você não deve desculpas, é solteira, livre, e desimpedida pra beijar quem quiser.

      — Eu sou mesmo, só não quero deixar as coisas mal resolvidas entre a gente. -(ouvimos o som de buzina de carro) – Seu namorado chegou. – riu maliciosa.

      — Ele não é meu namorado, somos só amigos! – bufei.

      — Tá bem. – riu. – Aproveite seu almoço com a sogra.

Eu apenas revirei os olhos e saí do quarto. Quando entrei no carro fui surpreendida com um selinho.

      — A Alissa não pôde vir, ela tinha outro compromisso, então sou só eu. – dei um dos meus melhores sorrisos.

      — Nada contra ela, mas eu até que prefiro assim. – ele sorriu e me deu outro selinho.

No caminho até a casa dele eu fiquei calada, apenas pensando no que aqueles dois selinhos significavam pra ele, e pra mim também.

Chegando na casa dele a sua mãe me recebeu com um longo abraço, o que me fez lembrar da minha mãe.

      — Que bom que veio. -sorriu.

      — Não tive como recusar um convite desses. – sorri de volta.

      — Sinta-se em casa.

Agradeci com um sorriso sem dentes e me dirigi até o sofá, Aaron se sentou do meu lado, e meu corpo arrepiou por inteiro quando ele tocou meu joelho.

      — Eu queria conversar contigo. – falou, e eu assenti com a cabeça. – Não sei se já deu uma olhada nas suas redes sociais, eu acredito que já, porque aquele silêncio todo no carro não deve ter sido sem motivo. – deu uma risada sem graça.

      — Eu vi sim. Mas quero que você saiba que eu não me importei com nada daquilo, eu só estava com sono lá no carro.

      — Fico aliviado em saber que não está zangada.

Quando ele colocou a mão no meu rosto pra me beijar, sua mãe gritou da cozinha.

      — O almoço está servido.

Dei uma risada tímida pra ele e nos levantamos nos dirigindo a mesa.

     >> Point of View Alissa <<

Depois que Violet saiu, Kian demorou mais uma meia hora pra chegar, e eu aproveitei esse tempo pra ver as redes sociais do Ethan, só que sem querer, acabei curtindo uma foto antiga dele e na hora meu coração parou, mas ai eu lembrei que ele era famoso e que deveria receber umas mil curtidas por segundo, então não dei importância. Ouvi a buzina de Kian e fui até o carro.

Quando chegamos no local de encontro, era uma churrascaria brasileira que tinha em L.A e eu tinha amado, logico.

Depois do almoço eu pedi desculpas a ele por ter beijado outro na festa, e por ter deixado ele sozinho no final da noite, e decidimos que seríamos só amigos por enquanto. Depois que ele pagou a conta, saímos da churrascaria, e eu queria ser cega, mas a primeira pessoa que eu vi foi o Ethan, encostado em uma moto.

      — Eu te trouxe até aqui e você veio, não me importo se quiser voltar pra casa com ele. – disse Kian olhando pra Ethan do outro lado da rua.

      — Você não se importa mesmo?

Ele riu e depositou um beijo em minha testa. – Se cuida.

Depois que ele saiu com o carro, eu atravessei a rua em direção a Ethan.

      — Está me seguindo? – falei intimidadora.

      — Por que seu namorado foi embora? – perguntou ignorando completamente minha pergunta.

      — Ele não é meu namorado, cala boca. – revirei os olhos.

      — Sei... Bom eu não estou te seguido, quero dizer.. talvez esteja, eu queria falar com você.

      — E como sabia onde eu estava?

      — Eu tinha chamado o kian perguntando o seu endereço, e ele falou que estava com você, e aqui estou eu.

      — Hum... E quem disse que eu quero ver você? – cruzei meu braços como se estivesse brava.

      — Alissa, a quem quer enganar? Eu e você somos iguais, nos odiamos e nos queremos ao mesmo tempo. – riu convencido.

      — Fale por você. – rolei os olhos.

      — Ok. Vamos mudar de assunto. Você quer tomar um sorvete comigo?

Ele deu um sorrido de canto e eu assenti com a cabeça sorrindo também. Que homem!

     >> Point of View Violet <<

Depois do almoço a mãe de Aaron foi pra sala assistir tv e ele me puxou para o seu quarto no segundo andar. Eu nunca tinha entrado ali, era tudo tão organizado, era tudo tão Aaron.

      — Quer assistir alguma coisa? – falou se sentando na cama e ligando a tv.

      — Pode ser algum filme, e eu deixo tu escolher. – falei deitando na cama.

Ele tinha colocado um filme romântico que eu nem sabia o nome, até porque nem estava olhando o filme, e sim beijando.

      — Quer ir pra piscina? – perguntou arqueando uma sobrancelha.

      — Claro, vou colocar meu biquini.

Coloquei meu biquini no banheiro e quando sai do mesmo vi Aaron sentado na cama apenas de calção, e ele era simplesmente perfeito. Ele ficou olhando meu corpo por um tempo me deixando muito envergonhada, até que saímos do quarto e vimos sua mãe dormindo no sofá da sala, rimos e seguimos pra piscina em silencio pra não acordar ela.

Entrei na piscina e ele entrou depois de mim, dando um biquinho e nadando direto na minha direção, ele saiu de baixo d´agua bem na minha frente, segurou minha cintura e me deu um beijo quente, coloquei minhas pernas em volta da sua cintura fazendo com que desse pra mim sentir a sua intimidade já ereta.

Dei um sorriso no meio nosso beijo e depois finalizei com um selinho. Mergulhei pra longe dele, que o mesmo fez beiço e foi atrás de mim.


Notas Finais


desculpem se a forma de escrever não eh mais a mesma ou se ta mais detalhado tudo, eu cresci ne gente ante eu tinha 14 anos agr to com 18 kkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...