1. Spirit Fanfics >
  2. Fairytale >
  3. Midnight Valley (And The Elf).

História Fairytale - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Midnight Valley (And The Elf).



─ Tem certeza que aqui é seguro?─ Amabelle sussurrou para um Nevra sorridente com uma caneca de conteúdo duvidoso nas mãos.

Fazia cerca de meia-hora que Nevra sugeriu que passassem a noite em um hotel bar que estava no caminho para a floresta das fadas,e desde que entraram ali,o vampiro se concentrou em beber todas as bebidas oferecidas por uma garota bonita que usava um vestido curto feito com um tecido transparente no busto que permitia todos de verem seus seios avantajados e causava uma ânsia em Amabelle pelos comentários nojentos feitos para tentar atrair a atenção da moça que aparentemente estava focada em servir Nevra com um belo sorriso malicioso nos lábios coloridos de um vermelho-sangue.

─ Vale da Meia-noite é o lugar mais seguro que tem nessa floresta e tem a melhor cerveja da região.─ Ele gritou a última parte fazendo alguns homens perto deles erguer suas canecas em uma mistura de gritos incompreensíveis e se virou completamente para a mulher que revirou os olhos quando viu as bochechas rosadas do vampiro e uma caneca com conteúdo duvidoso nas mãos.

Amabelle bufou irritada e cruzou os braços,desviando o olhar para uma mesa distante das demais que tinha um homem estava deitado de bruços com seus longos cabelos brancos como a neve cobrindo completamente seu rosto e a humana pode notar o cabo de uma espada presa no cinto do mesmo. Ela decidiu que aquele homem não era nenhuma ameaça,não quando parentava estar desmaiado por ter bebido além da conta e quando Amabelle voltou sua atenção para o que estava acontecendo no seu redor,reprimiu a vontade de socar a cara de um homem que ousou passar sua mão nojenta pela nádega da garota e se levantou rapidamente,caminhando até o homem sob o olhar atento de Nevra que ainda estava meio sóbrio.

─ Ei,seu idiota!─ Gritou atraindo atenção de todos no bar,principalmente do assediador e da garota que tinha os olhos marejados.

─ Toque nessa garota denovo e eu vou garantir que você perca isso que chama de pinto.─ Ameaçou sem temer o homem que tinha o dobro do seu tamanho. E sem ter nenhuma noção do perigo que corria,o homem bêbado riu como se tivesse ouvido uma boa piada.

─ E o que uma garota fraca como você poderia fazer contra mim,além de piar como uma maldita galinha? ─ Perguntou arracando risos pelo bar. Amabelle arqueou sua sobrancelha antes de erguer seu punho e o chocar contra o maxilar no homem hediondo que caiu aos seus pés em um baque surdo causando alguns olhos arregalados.

─ Toque na garota e na próxima,eu vou socar algo mais precioso.─ Deu suas últimas palavras para o homem antes de virar para encarar cada pessoa dentro daquele bar.─ E isso vale para todos vocês. 

Ela fixou os olhos oceânicos em Nevra que apenas balançou a cabeça com um sorriso brincando em seus lábios finos e então cruzou os braços,abandonando o bar em poucos minutos.


          ☽┈⛧┈┈



A humana andava pelas as ruas vazias da cidade do Vale da Meia-noite que eram iluminadas pela luz prateada da lua que se encontrava no seu ápice naquela hora da noite. Perdida nos seus próprios questionamentos sobre o que estava ela e Nevra na floresta,uma vez que nunca havia visto uma fada fora dos livros ilustrados que Ykhar utilizava para lhe explicar tudo sobre o mundo de Eldarya,e também sobre como iriam conseguir encontrar a espada em meio à escuridão causada pelo Grande Mal que Annella derrotou através do sacrifício de sua vida.

Ela franziu o cenho quando notou que o contorno que sua sombra fazia contra o asfalto. Aquilo era asas? Se questionou confusa,antes de notar que sua sombra se dividiu em dois e assustada,Amabelle se virou para trás com rapidez empurrando alguém de leve para longe de si.

 A humana ficou confusa quando percebeu que era o homem que dormía no chão do bar. Seus cabelos brancos estavam  longos e bagunçados alcançavam sua cintura e lhe dava um ar de desleixo atraente enquanto suas roupas se resumiam em um casaco branco aberto que revelava seu abdômen malhado e uma calça negra mas o que chamou mais atenção para Amabelle foi seus olhos verdes como as folhas de uma árvore no verão e as orelhas pontudas que surgiam entre os fios brancos.

─ Sinto muito,se te assustei.─ Sua voz era rouca mas a mulher se perguntou se era naturalmente rouca ou era culpa do sono profundo em que estava.

─ Não,está tudo bem.─ Murmurou lançando um olhar confuso para sua própria sombra que estava normal,sem asas estranhas.

─ Sério?─ Ele sorriu de forma estranha.─ Eu vi o que você fez lá no bar e achei bem corajoso,não é sempre que uma garota soca a cara feia do Vinci.

─ E eu teria socado denovo.─ Ambos riram.─ Finalmente aprendi como se soca alguém e estou tentando ver quantos aguento dar. 

─ Eu devo me preocupar? ─ O elfo perguntou com um falso medo na voz e um belo sorriso que fez seus olhos cintilar.

─ Talvez,mas a Guarda de Eel protege pessoas então acho que não posso sair socando todo mundo. ─ Comentou humorada fitando suas botas,o que fez a mulher não perceber a feição do homem se escurecer.

─ Guarda de Eel,então? ─ O mesmo murmurou apenas para si mas Amabelle ouviu e estava prestes a falar algo quando a humana ouviu alguém chamando seu nome.

O elfo observou quando o vampiro se aproximou da mulher e agarrou sua mão.

─ Vamos,a madame Vee conseguiu um quarto para passamos a noite.─ Explicou com euforia causando uma risada na humana de olhos azuis.

─ Eu vou ter que ir,então...─ Ela deu uma pausa para que o mesmo pudesse falar seu nome.

─ Dorian,meu nome é Dorian.

─ Tchau,Dorian!─ Acenou antes de seguir o vampiro que lhe arrastou até o bar barulhento que se silenciou quando viram a mulher passar pela porta sendo arrastada por um rapaz vampiro,o que resultou em um sorriso brincando nos lábios de Belle.


             ☽┈⛧┈┈


Amabelle se sentou no colchão causado um rangido da cama e uma risada de Nevra. Ela arrancou suas bolsas em um único movimento,as deixando no lado da madeira envelhecida da escrivaninha entre as duas camas e se deitando enquanto movia o pescoço que estralou com a movimentação. Tudo sob o olhar atento de Nevra que se inclinou aos pés de sua cama para pegar algo.

─ Adaga nova?─ Perguntou curioso para a mulher que assentiu com seus olhos fechados.

─ O Valkyon que te deu?

─ Não,Heaven achou a adaga em uma das suas explorações e trouxe para mim.─ Amabelle se sentou na cama,observando a forma que Nevra analisava sua mais nova adaga.

─ Estranho...─ O vampiro murmurou antes de deixar a adaga perto da humana e se deitar na sua cama.─ A pedra da adaga se parece com essa do seu colar.

Belle franziu o cenho e tocou no colar que tinha achado no seu último dia na terra enquanto pegava a adaga. Comparando as pedras,ela percebeu que Nevra estava certo mas deu ombros. Era apenas uma coincidência.

─ Deixa isso pra lá. Vamos dormir,precisamos estar acordamos quando o sol raiar.─ Ela disse antes de se deitar de costas para o vampiro e fechar os olhos. 

E então,Nevra assentiu em concordância antes de cruzar os braços atrás de sua cabeça e adentrar no mundo dos sonhos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...