1. Spirit Fanfics >
  2. Fake and True >
  3. Go crazy

História Fake and True - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Go crazy


Jungeun acordou de madrugada ao ouvir vozes. Até onde sabia, não estava louca nem coisa do tipo, então significava que Jinsoul estava acordada com alguém.

De maneira calma e sonolenta, Jungeun se levantou e automaticamente foi até o quarto de Yerim, havia criado o costume de verificar a pequena toda vez que passasse pelo corredor, a Jung dormia de um jeito estranho toda torta na cama, mas parecia estar tendo bons sonhos. Logo seguiu para a sala e encontrou Jinsoul sentada no sofá acompanhada de Seokjin, o garoto foi o primeiro a reparar na Kim, e se levantou assustado.

—Relaxa.—Disse dando de ombros, mas no fundo sentia vontade de dar um soco no cara, sem nem ter motivo.— Eu não sou mãe da Jinsoul. Só vim pegar água e pedir que façam silêncio.

Enquanto abria a geladeira, viu de canto de olho o garoto se sentar novamente ao lado de Jinsoul e ambos trocaram risos muito cúmplices, para logo ele se levantar de novo.

—Acho que eu já vou indo... Já está tarde e preciso acordar cedo. Até mais Soulie.— Beijou a bochecha de Jinsoul antes de sair e acenou para Jungeun que apenas bebia sua água. Em poucos segundos já não havia rastros do Kim.

—Até mais Soulie.— Jungeun veio da cozinha fazendo careta e repetindo a frase com uma voz irritante.

—O que foi?— Jinsoul se levantou abraçada em uma almofada e se aproximou da Kim que estava apoiada no balcão que dividia a cozinha da sala.

—Não fui com a cara dele.—Disse séria.

—Você nunca vai com a cara de ninguém, Eun.— Jinsoul sorriu e apertou de leve o nariz da Kim, sabia que isso a faria espirrar de um jeito que achava fofo.

—Eu vou com a sua.— Falou após se recuperar do espirro.

—Me preocuparia se você não fosse, Eun. Boa noite.— Jinsoul beijou demoradamente a bochecha de Jungeun e a deixou sozinha na sala enquanto seguia para seu quarto.

Talvez Jungeun estivesse errada sobre si mesma, em pensar que não estava louca ou coisa do tipo, pois podia jurar que sentiu um choque correr toda sua espinha com um beijo na bochecha. Tentou ignorar esses pensamentos e sentimentos, poderia acabar realmente encolquecendo se começasse a pensar demais em seus arrepios repentinos e ciúmes desnecessários.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...