1. Spirit Fanfics >
  2. Fake Boyfriend (Imagine Keisuke Baji) EM REVISÃO! >
  3. Taiju é um baita filho da puta

História Fake Boyfriend (Imagine Keisuke Baji) EM REVISÃO! - Capítulo 19


Escrita por: Sama_Fox

Notas do Autor


OI POVOOOOOOO!

Eu vim avisar que é bem provável eu colocar essa fanfic em revisão, só para eu rever os capítulos e tirar todos os erros de português.

Eu não vou mudar a fic pq eu sei o quão chato é ficar mudando a fic, ela pode estar ruim? Sim, mas eu não vou mudar ela pq eu não gosto do resultado.

Mas enfim é só isso mesmo, espero que gostem do capítulo de hoje.

Capítulo 19 - Taiju é um baita filho da puta


Fanfic / Fanfiction Fake Boyfriend (Imagine Keisuke Baji) EM REVISÃO! - Capítulo 19 - Taiju é um baita filho da puta

Aviso!

Hakkai: Essa fic está em revisão pela autora então talvez tenha erros de escrita!

Yuzuha: MANINHO O TAIJU QUEBROU MINHA BONECA DE NOVO!

Hakkai: Nao se preocupe Yuzuha, eu lhe dou outra...



Pov's [Nome]

Eu caminhava ao lado de Baji com um sorriso no rosto, Chifuyu e Takemichi estavam ao nosso lado estranhamente silenciosos. Eu, Baji, Mitsuya, Hakkai, Takemichi e Chifuyu estamos indo falar com Taiju.

Hakkai: Taka-chan... - O azulado o chamou fazendo ele parar de caminhar e se virar na direção, dele - Depois de tudo, talvez não seja uma boa ideia ir encontrar com o Taiju, nada que dizer vai trazer coisa boa. Ele é um bosta completo!

Mitsuya: Da pra parar? Você sempre tenta lidar com tudo sozinho! Aliás... por que eles estão vindo junto? - Ele apontou para nós, parecia só ter notado a nossa presença agora.

- Quero ver no que isso vai dar, pelos poucos minutos que eu conheci o Taiju eu sei que isso vai dar uma merda enorme! - Olhei para Hakkai que parecia se incomodar só de eu ter falado o nome do seu irmão.

Takemichi: Que? Eu tava lá quando aconteceu! - O loiro se defendeu ainda incomodado por ter que explicar o motivo dele estar ali.

Chifuyu: E eu tô de olho nele, ele é um imbecil viu - O loiro apontou para Takemichi que o olhou indignado.

Takemichi: EI! Quem tá chamando de imbecil? Eu não esqueci aquele seu plano de merda! - O loiro estava quase pulando no pescoço do Chifuyu.

Chifuyu: Mas este não foi um bom resultado? - Ele se defendeu enquanto ria de Takemichi.

Baji: Eu vim supervisionar eles! Principalmente essa doida aqui! - Ele apontou para mim - Quem garante que ela não vai tentar tacar uma pedra no Taiju? 

- Se não calar a boca o próximo que vai levar pedrada vai ser você - O moreno levantou as mãos em forma de rendição.

Baji: Tá bom, tá bom! Eu já parei - Ele deu um sorriso provocativo enquanto eu murmurava xingamentos, não pode nem tacar pedra nos outros que você já vira piada.

Mitsuya começou a rir de nós enquanto Hakkai olhava para o chão sem dizer nenhuma palavra, estava claramente preocupado com o que irá acontecer nessa conversa entre Mitsuya e Taiju.

Nós continuamos andando por alguns minutos até finalmente chegarmos no lugar onde iríamos nos encontrar, e era a porra de um prédio.

Entramos no prédio e entramos no elevador, Hakkai clicou no andar e começamos a subir, enquanto estávamos naquele pequeno quadrado de metal a tensão de espalhava.

Espero que Taiju não invente de fazer merda logo em um prédio, ele pode muito bem jogar um de nós pela janela.

Aquele pequeno sino do elevador tocou mostrando para nós que já estávamos no andar desejado, saímos do elevador e seguimos Hakkai que nos guiou até uma porta.

Quando ele abriu a porta conseguimos ver Taiju sentado em um sofá e apoiando os pés na mesa de centro, ele usava o uniforme da sua gang aberto mostrando todo o seu peitoral e tatuagens.

Atrás do sofá em que ele estava sentado havia dois membros da Black Dragons, se não me engano o nome deles é Inui e Kokonoi.

Mitsuya se sentou no sofá em frente ao Taiju enquanto nós ficamos atrás dele, Mitsuya se acomodou no enorme sofá e deu um sorriso para Taiju.

Mitsuya: Prazer em conhece-lo Taiju - O platinado parecia incrivelmente relaxado, as vezes eu acho que toda esse relaxamento dele é drogas, ele tem bastante cara de quem usa uma erva.

Taiju: Você é aquele fodido do Mitsuya que esteve manipulando o meu maninho? - Taiju um amor de pessoa como sempre.

Mitsuya: Que acusação feia - O platinado deu um pequeno sorriso que fez uma veia saltar no meio da testa de Taiju.

Taiju: Eu vou te arrombar - Eu ergui uma sobrancelha, em que momento chegamos a esse nível de conversa?

Taiju: Então o que quer me dizer? Melhor ser direto - Ele deu um suspiro querendo acabar com aquilo logo.

Mitsuya: Eu darei Hakkai a Black Dragons e não irei mais ve-lo - Eu me engasguei com o nada e Taiju deu um sorriso desacreditado.

Taiju iria falar alguma coisa mas ele me olhou esperando eu terminar de tossir, eu estava entalada! Depois de um belo tapa nas costas que o Baji me deu eu parei de tossir.

- Foi mal, continua aí - Eu me recompôs e Taiju pareceu ignorar tudo o que havia acontecido para voltar a falar.

Taiju: Agora tá divertido, você não veio aqui para impedir isso? - Nem o Taiju estava acreditando nas palavras do Mitsuya, na verdade tava todo mundo boiando.

Mitsuya: Em troca libere a Yuzuha - O sorriso de Taiju sumiu e Hakkai o olhou espantado.

Hakkai: Taka-chan por que você? - Ele foi interrompido por Mitsuya que voltou a falar com Taiju.

Mitsuya: Taiju, você está dando a Yuzuha algo para fazer não é? O Hakkai tem protegido a Yuzuha durante todo esse tempo. Dá sua violência doméstica.

Taiju: Que piada idiota! - O azulado mesmo estando com raiva ele tinha um sorriso no rosto.

Mitsuya: O Hakkai não ta deixando a Toman por medo de você, ele está fazendo isto para proteger a Yuzuha! 

Quando me dei conta, Taiju havia se apoiado na mesa e acertou um soco no rosto de Mitsuya, matou, depois dessa morreu.

Taiju: Ei... nada mal - Ele sorriu vendo Mitsuya se recuperar do soco, ele estava apenas com alguns arranhados no rosto.

Mitsuya: Vou repetir! Vou entregar Hakkai a Black Dragons, então deixe a Yuzuha sair! Se aceitar estes termos, a Toman vai deixar a Black Dragons em paz - O azulado o olhou sério.

Taiju: E se eu recusar? - Mitsuya o olhou com uma cara neutra mesmo estando irritado.

Mitsuya: Então teremos uma guerra - Ele falou simples, como se não fosse nada de mais! Só uma guerra entre gangs, nada de mais pô!

Taiju: Certo, então temos uma trégua - Ele deu um sorriso de lado e eles deram as mãos selando a trégua.

Taiju: Embora eu não cometa nenhuma violência doméstica... eu manterei minha palavra! Jamais tocarei na Yuzuha - Filho da puta duas caras, um cego poderia ver que ele está mentindo!

Com isso nós começamos a nos retirar da sala, olhei pela última vez para todos e sai de lá, bom pelo menos não vamos ter uma guerra, pelo menos eu acho.

Saímos do enorme prédio e vi Takemichi e Chifuyu sussurrando entre si, eles estão escondendo alguma coisa.

Hakkai: Taka-chan... obrigado eu- Mitsuya o interrompeu novamente.

Mitsuya: Hakkai, não importa quão as coisas fiquem difíceis... somente use sua força para proteger - O azulado arregalou os olhos.

Hakkai: Taka-chan... - Ele sussurrou com lágrimas nos olhos, ele pareceu viajar por alguns instantes mas logo voltou quando Mitsuya continuou a falar.

Mitsuya: Não odeie a situação em que nasceu, Hakkai - Mesmo aquelas palavras sendo para o azulado eu não consegui deixar de lembrar dos meus pais, do que eu fiz com meu pai.

Eu odiei a situação em que nasci e isso resultou na morte do meu pai, ele não só morreu... ele morreu pelas mãos da própria filha.

Por eu ter o odiado, eu sujei minhas mãos com seu sangue.


Quebra de tempo 


Já havia se passado um tempo e Mitsuya e Hakaki já haviam ido embora, Takemichi e Chifuyu continuavam a conversar entre si enquanto eu e Baji andávamos de mãos dadas pela rua.

Baji: Que bom que tudo acabou bem, mas confesso que me surpreendi quando Mitsuya levou aquele soco - Ele deu uma leve risada, Baji parecia não notar, mas ainda não havia acabado.

- Ainda não acabou, sei que Taiju não irá cumprir sua promessa, conheço muito bem esse tipo de gente - O sorriso do moreno sumiu, ele me olhou preocupado.

Baji: Acha que vai acontecer algo ruim? Tipo, pior do que já está? - Eu concordei com a cabeça, antes que ele falasse novamente seu celular tocou.

O garoto pegou o celular no bolso e atendeu a ligação, ele falou com a pessoa que o ligou por alguns minutos e logo depois desligou.

Baji: Era a minha mãe, eu tenho que ir - Ele colocou o celular no bolso novamente - Promete que se algo acontecer você vai me ligar? 

Eu concordei com a cabeça e ele me deu um sorriso, ele colocou sua mão na minha bochecha e juntou nossos lábios em um beijo demorado.

Sua língua explorava minha boca, não era um beijo com segundas intenções, ele começou a acariciar minha bochecha e eu levei minha mão até sua nuca, puxei seu cabelo levemente fazendo ele arfar durante o beijo.

Chifuyu: Vocês são nojentos - Separei nossos lábios e olhei para o loiro que nos olhava enojado.

- E você é invejoso! - Ele revirou os olhos antes de voltar a falar com Takemichi.

O moreno me deu um selinho rápido, se despediu dos meninos e foi embora, olhei para Chifuyu que tinha uma conversa aleatória com Takemichi.

Chifuyu: Você viu como aqueles gatinhos eram fofos? - O loiro parecia meio nervoso, Takemichi o olhou estranho.

Takemichi: Gatos? Que ga- Chifuyu deu um leve chute na canela do outro - AHHH sim, aqueles gatos! Realmente eram muito fofos.

Obviamente era uma conversa falsa, eles não sabem disfarçar! Eu revirei os olhos enquanto eles continuavam com aquela falsa conversa.

- Chifuyu, eu já vou indo para casa ok? Você vai continuar a conversar com o Takemichi? - Ele concordou com a cabeça.

Chifuyu: Toma cuidado e tenta não arranjar briga! - Eu dei um sorriso e dei meia volta onde era o caminho para a casa de Chifuyu.

Que ir para casa que nada! Eu vou ouvir a conversa desses dois porque eu sei que eles estão escondendo alguma coisa! Sem que os meninos percebessem eu me escondi atrás de uma enorme árvore enquanto eles paravam para conversar.

Isso é invasão de privacidade? É obvio que sim, mas a esse ponto quem liga para isso?!

Takemichi: Estou pensando em voltar para o futuro - Perai... que?! Ou esse garoto é muito louco ou ele usa alguma coisa.

Chifuyu: Que? Por que? - Não é possível que o Chifuyu tenha acreditado nisso, Chifuyu você já foi melhor.

Chifuyu: O Hakkai se juntou a Black Dragons, então você não conquistou nada, certo? - Eu me acomodei melhor na árvore para conseguir enxergar eles.

Takemichi: Para proteger a Yuzuha da violência do Taiju, o Hakkai vai matar o Taiju - O que... Matar?! Puta merda eu sabia que isso não tava dando certo.

Chifuyu: Sim, isto é o que imaginamos - Não é possível que esse lance do futuro seja verdade.

Takemichi: Mas desde que o Mitsuya libertou a Yuzuha do Taiju não tem mais motivos para o Hakkai mata-lo. Isto deveria mudar o futuro?

Chifuyu: Sim talvez... - Takemichi se empolgou - Mas e se nada tiver mudado?

Takemichi: Então voltarei... - Sua empolgação de segundos atrás foi embora.

Chifuyu: Como supostamente você apertara a mão do Naoto se estiver preso? - Naoto? ATÉ O IRMÃO DA HINATA TA ENVOLVIDO NISSO?!

Chifuyu: Se for ao futuro agora, talvez não possa voltar. É bem arriscado! Além do mais, foi o Mitsuya que libertou a Yuzuha, não você, se você não mudou nada... então o futuro também não mudou, não é? 

Takemichi: Faz sentido... - Finalmente o Chifuyu disse alguma coisa inteligente.

Chifuyu: Você é um cuzão Takemichi! Sério que tem 26 anos? - Tá porra! 26 anos? Eu sabia que ser calvo aos 16 anos não era normal! Ele é bem mais velho, por isso a calvície!

Takemichi: Estou envergonhado, teria sido o fim se eu voltasse para o futuro - Ele coçou a nuca um pouco sem graça.

Hakkai: Takemichi! Finalmente te encontrei - Do nada o Hakkai apareceu, mas ele não tinha ido embora? 

Hakkai se sentou em um banco, Takemichi se sentou no chão mesmo e Chifuyu em um escorregador de brinquedo que tinha ali.

Hakkai: Vocês poderiam dizer ao Taka-chan, que eu agradeci? - Mas ele já não tinha agradecido antes? 

Takemichi: Hã? Hum... tá, mas por que? - Nem o Takemichi tava entendendo.

Hakkai: Minha vida é complicada... não temos uma mãe na nossa família e desde pequenos nosso pai dificilmente está em casa. Então quem manda... é o Taiju, o mais velho.

Hakkai: Ele vem sendo um "rei" desde criança, embora ele fosse maior e simplesmente mais forte que as outras crianças... mais que tudo, ele era ótimo em capturar os corações das pessoas. Todos os seus seguidores o amam - Difícil de acreditar nessa última parte.

Hakkai: Ele é um especialista em usar a violência. Ele não dá um soco, se ele bate em alguém ele acaba com essa pessoa... mesmo que sejam seus irmãos.


Flashbak on.

O pequeno garoto tossia com o rosto coberto de sangue seco, ele olhava para seu irmão em pé na sua frente com a visão turva.

Taiju: Levante-se Hakkai, não é como se eu quisesse te bater - O mais velho se sentou ao lado do seu irmão que estava deitado no chão, ele colocou a mão na cabeça do garoto e fez um leve carinho.

Taiju: Eu me importo com você mais que qualquer um e eu me abro com você mais que qualquer um. Então me dói de mais quando você cai nas minhas expectativas.

Taiju: Eu te amo, Hakkai - O pequeno garoto viu seu irmão o olhar com aquela mesmo cara séria de sempre, não entendo o porquê do amor ser tão dolorido.

Flashback off.


Hakkai: Eu pensei... que o amor fosse algo supostamente dolorido, porque foi assim que eu fui criado, aquilo era o meu normal... o Taka-chan virou meu mundo de ponta cabeça, aquilo foi um choque e tanto... - Ele deu um sorriso curto.

Hakkai: Mesmo que ele pudesse estar brincando, ele tinha que cuidar daquelas duas crianças depois, sua vida caseira parecia bem dura... mas depois ele sorria sobre isto.

Hakkai: Quando eu comi a comida que ele fez, por algum motivo eu comecei a chorar feito um bebê. Era como "Esta sopa de miso está muito salgada" - Ele riu nostálgico, Hakkai era alguém muito gentil para alguém que sofreu tanto, até que nós temos algo em comum.

Hakkai: Ele me disse algo... "Use a violência para proteger"... lá atrás, eu jurei proteger minha família.


Flashback on.

Taiju: Então é isto que você vai fazer, é? De agora em diante você vai apanhar por dois - O pequeno garoto mordeu o lábio inferior - Tudo bem para você? 

Antes que o garoto pudesse responder  Taiju já levantou seu punho. "E lá vamos nós mais uma vez" pensou o pequeno garoto começando a sentir seu irmão mais velho começar a o agredir.

Flashback off.


Hakkai: Desde então eu venho apanhando no lugar dela, eu a protegi por todo este tempo. Mas ele... quebrou sua promessa. Ele bateu nela como sempre.


Flashback on.

O pequeno garoto apertou o punho com raiva ao ver sua irmã mais nova sentada no chão com lágrimas nos olhos e o rosto todo machucado.

Hakkai: NÃO FOI ISSO QUE VOCE PROMETEU! - Seu irmão virou o rosto para si com uma cara de desgosto.

Taiju: Prometi? Você tentou defende-la de sua própria família, eu estou ensinando uma lição a ela! 

Flashback off.


Takemichi: Que arrombado de merda! - O loiro se levantou com raiva mas logo depois se sentou novamente.

Chifuyu: Um total cuzão - Eles não estavam errados, Taiju era tudo de ruim, parece que juntaram todas as coisas ruins do mundo e isso virou o Taiju!

Hakkai: Viram? Ele estava pouco se fudendo para o que concordou com... o Taka-chan. Ele nunca libertará a Yuzuha.

Takemichi: Então como podemos ajuda-la? - Ele falou extremamente preocupado.

Hakkai: Estou envergonhado em admitir... mas agora, só de ficar em frente a ele me deixa tremendo eu não posso fazer uma maldita coisa - Ele se levantou.

Takemichi: Hakkai...

Hakkai: Se o Taiju não estiver em volta... isto foi o que eu decidi.

Takemichi: Hã?

Hakkai: Por isto sai da Toman, não quero deixar uma má reputação. Para proteger a minha família, irei... usar a violência. Eu matarei o Taiju.

Takemichi: QUE?! - O loiro se levantou.

Hakkai: Então não se preocupe comigo mais! - O azulado deu um sorriso, se virou e foi embora.

O Hakkai não pode matar o Taiju! Estou sentindo que algo vai dar ruim, mais do que ele matar o próprio irmão!

Mas o Taiju bem que merece... mas o Hakkai não pode! Pelo menos não ele! 

"O Taiju machucou eles, ele merece bem mais que a morte"

"Merece algo tão doloroso! Tão doloroso, igual ele fez com o Hakkai"

"O Hakkai não merecia isso, vingue-o"

"MATE O TAIJU"

"MATE O TAIJU!"

"MATE O TAIJU!"


Continua?!?!


Notas Finais


O que vocês acharam da volta das vozes? Vai deixar a [Nome] mais perturbada do que já é🥰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...