1. Spirit Fanfics >
  2. Fake Boyfriend (Jung Hoseok) >
  3. Eu sei

História Fake Boyfriend (Jung Hoseok) - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Antes de tudo, peço imensas desculpas pela demora e por voltar com um capítulo um tanto pequeno, eu entrei em bloqueio com essa fanfic e estou fazendo de tudo para conseguir atualizar com frequência, então desde já, peço desculpa.

Vocês estão se cuidando? Todo mundo está bem? Lavando as mãos?

Capítulo 14 - Eu sei


Fanfic / Fanfiction Fake Boyfriend (Jung Hoseok) - Capítulo 14 - Eu sei

Quando Hoseok abriu os olhos, ele observou a escuridão do quarto, a cortina cobria a janela evitando a entrada da luz do sol no comodo. Ele passou os olhos ao redor, notando que estava tudo uma bagunça, as roupas que usavam na noite passada estavam espalhadas pelo chão do quarto, o que lhe trouxe uma breve lembrança da noite anterior.

Anny e ele haviam tido uma noite bem agitada naquele quarto, Hoseok havia a tocado da forma mais intensa que conhecia, ele ainda podia sentir a sensação da pele quente da garota contra suas mãos e se lembrava perfeitamente o caminho de cada curva ali.

Seu olhar caiu em Anny, que estava ao seu lado, os fios de cabelo estavam espalhados pelo travasseiro e suas costas estavam bem expostas, seu corpo estava coberto pelo lençol apenas da cintura para baixo, o que fez Hoseok dar um pequeno sorriso.

O garoto se levantou, evitando fazer qualquer barulho que fosse e então seguiu até o banheiro, na intenção de fazer todas as suas higienes matinais, quando voltou ao quarto, Anny já estava acordada e vestia o moletom que ele usava no dia anterior, talvez por ser a roupa que achou por perto.

― Bom dia! ― Hoseok sorriu.

― Bom dia, Hobi. ― Sorriu de volta. ― O quarto está uma bagunça. ― Resmungou, olhando em volta.

― Se quiser se apressar e tomar um banho, eu arrumo aqui, já passou da hora do almoço. ― Falou, abrindo a mala para pegar uma peça de roupa.

― Tudo bem então, o pessoal deve estar achando que nós morremos aqui dentro. ― Gargalhou, se levantando.

Hoseok riu, a olhando de relance e descendo os olhos pelas pernas descobertas, lembrando-se de que na noite passada suas mãos haviam percorrido por todo aquele corpo. Com um pequeno sorriso, ele se trocou, vendo Anny seguir até o banheiro e trancar a porta e então se apressou para juntar todas as roupas espalhadas pelo chão, colocando tudo em seu devido lugar.

Durante o banho, Anny se questionou sobre o quão estranha a situação era.

Hoseok era seu namorado, deveria ser normal, correto?

Correto!

Mas só seria normal se ele não fosse seu namorado falso.

Correto também!

A situação era estranha, havia feito sexo com alguém que estava pagando para fingir ser seu namorado, a situação já era estranha o suficiente e agora parecia ainda mais.

Começava a se acostumar e a se apegar à Hoseok, talvez até de uma forma amorosa, no entanto, sabia que isso jamais deveria acontecer.

Quando saiu do banho, Hoseok a esperava ali, sentado de forma confortável na cama enquanto mexia no celular, com um sorriso leve, Anny o observou, notando - não pela primeira vez - o quanto o garoto ficava bonito pela manhã.

― Vamos descer? ― Questionou, o vendo assentir.

Hoseok se levantou, guardando o celular no bolso da bermuda e a seguindo para fora do quarto. Quando os dois pisaram na sala, onde boa parte estava presente, a atenção caiu toda sobre eles o que os deixou um tanto envergonhados.

― Boa tarde ao casal, perderam a hora? ― O pai de Anny brincou.

― Sim, estávamos cansados demais. ― Anny respondeu, rindo baixo.

― Depois de ontem, acredito que estavam mesmo. ― Jin falou, soando de uma forma um tanto maliciosa.

Hoseok revirou os olhos, dando uma risada fraca e apenas o olhando, optando por manter o silêncio.

― O almoço de vocês está na cozinha, é melhor comerem antes que esfrie.

― Anny! ― Eun seguiu atrás dos dois. ― Eu vou buscar meu vestido mais tarde, você quer ir comigo?

Anny franziu o cenho, Eun jamais a chamaria para fazer qualquer coisa que fosse, mas desde que havia chegado, ela parecia querer se aproximar um pouco mais.

― Claro, é longe? ― Murmurou, pegando o prato de comida e se sentando.

― Não, é na cidade ao lado. ― Sorriu. ― Hoseok pode fazer companhia a Jin, ele disse que queria pescar.

― Pescar? ― Hoseok indagou, fazendo uma careta.

Hoseok não queria, de forma alguma, ter que tirar um peixe do anzol, era legal quando o peixe estava em seu habitat, bem longe dele, ou então quando já vinha pronto em seu prato, pescar não era sua atividade favorita.

― Sim, vai ser legal, Anny e eu vamos passar a tarde inteira fora.


***


― Hoseok é bem legal, onde o conheceu?

― Tínhamos amigos em comum e acabamos nos dando muito bem. ― Respondeu rapidamente.

― Então... O relacionamento de vocês está dando certo?

― Claro, estamos indo bem... ― Respondeu, olhando pela janela do carro. ― E você e Jin? Estão ansiosos? O casamento é esse fim de semana.

― Estamos, sinto um friozinho na barriga só de pensar nisso. ― Deu uma risada. ― An... Você... Você e Hoseok se protegeram ontem? E importante.

― Claro que sim, Eun. ― Riu fraco. ― Que tipo de pergunta é essa?

― Só estou perguntando, é bom se proteger.

Anny a encarou confusa, notando a mudança no tom de voz e franziu o cenho, a olhando ppr alguns segundos.

― Você quer me dizer alguma coisa? ― Questionou. ― Já foi um pouco estranho ter me chamado, porque eu sei que você não gosta de mim, e você está o tempo falando sobre Hoseok.

― Yah! Não é verdade, eu gosto de você sim! ― Afirmou, fazendo uma careta e girando o volante para fazer a curva. ― É só que... Você o conhece bem? Tem certeza que o conheceu entre amigos?

Anny pressionou os lábios, sentindo um friozinho subir por sua barriga, sua boca secou e por um momento ela perdeu as palavras, encarando Eun.

― Claro que sim. ― Riu de forma nervosa. ― O que quer dizer com isso?

Eun suspirou, estacionando o carro em frente a casa e virando-se para Anny, que mantinha o olhar fixo nela.

― No inicio, eu fiquei um pouco confusa, pensei que pudesse estar errada, mas isso ficou martelando na minha cabeça por um bom tempo, eu não vou te julgar, sei que podemos ser um saco as vezes e eu só pegava no seu pé porque era divertido. ― Riu fraco, umedecendo os lábios. ― Eu nunca tive nada contra você An, sinto muito se aparentei isso em algum momento.

― Ainda não entendi onde quer chegar.

― Eu sei sobre Hoseok e também sei sobre o site, Anny.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...