1. Spirit Fanfics >
  2. Fake girlfriend - Hwang HyunJin fanfic. >
  3. Devastada...

História Fake girlfriend - Hwang HyunJin fanfic. - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


hey, hey, hey, quem é vivo sempre aparece né? aaaaa.

Gente, desculpa pela demora imensa para atualizar, eu juro que tento meu máximo para atualizar logo, maaaas, nem tudo é como planejado hehe... Bem, agora eu tenho motivos mais sérios para demorar a atualizar, grrr.

Bem, meu celular queimou e... Eu atualizava por lá, yee, sou toda fodida pqp, não é possível >:C.

Agora eu estou atualizando pelo computador do meu irmão e kkkkkk, to meio desconfortável já que não escrevo minhas histórias pelo PC... Vou dar o meu melhor para não demorar para atualizar e não errar na escrita :DDD

Bem, no meu celular eu escrevia meus capítulos/idéias no bloco de notas e depois só passava para cá, mas gwaaa, eu odeio ficar sem celular T.T. Eu meio que esqueci o que anotei e só lembro algumas das idéias que tive, mesmo assim vou me esforçar.

Espero que ganhe um celular novo logo, mesmo que esteja com umas dificuldades financeiras... Enfim, o foco não são os meus problemas!

Boa leitura, espero não ter enchido o saco e eu espero que a foto do capítulo tenha ido.

Capítulo 17 - Devastada...


Fanfic / Fanfiction Fake girlfriend - Hwang HyunJin fanfic. - Capítulo 17 - Devastada...

P.O.V´s HyunJin.

   Eu travei. Estava apenas parado ali, sem saber o que falar ou fazer, estava literalmente sem reação.

   Por que isso agora? Por quê?! - Eu estava perplexo e a esse ponto do campeonato, meus olhos seguravam lágrimas pesadas.

- Por que isso do nada? É brincadeira, não é? - Pergunto ainda sem acreditar, sem querer aceitar.

- Não, não é. - Ela diz de um jeito frio, secando suas lágrimas. - Vamos terminar com isso... Essa coisa que nem deveria ter começado. 

- Até ontem você me amava, até algumas horas atrás você estava me beijando, até alguns minutos atrás você ouviu uma serenata vinda de mim e agora... Agora quer apenas me deixar?! - Grito o que eu estava sentindo, vejo que ela se assustou e que seu olhos brilhavam, não de admiração, mas sim de lágrimas.

- Isso vai ser o melhor para nós, apenas aceite. - Ela diz e desvia o olhar. - Não me procure mais, não vamos nos ver. - Dito isso a mesma sai rapidamente, me deixando sozinho naquele local.

   Meus joelhos fraquejam e eu vou de encontro ao chão, ficando ajoelhado e me permitindo soltar todas lágrimas que eu segurei. Meus soluços eram altos, eu não quero aceitar que tudo acabou, Não quero aceitar que Sohyun fez tudo por dinheiro.... Ela não é assim, tem algo errado...

- HyunJin! - Ouço a voz da minha mãe me chamando de longe, então logo as batidas de seu salto alto batendo no concreto vão se aproximando. - O que aconteceu?! - Ela se ajoelha ao meu lado, me abraçando.

- Ela me deixou mãe... Sohyun terminou comigo, terminou o contrato, ela terminou tudo... - Retribuo o abraço, soluçando por conta do choro.

- Como assim? Filho calma... - Seu celular toca, então ela atende, ficando por poucos minutos na ligação. Ela mexe no celular e logo me mostra a tela do mesmo. - Divulgaram tudo... - Ela diz se referindo ao contrato. - Vamos para casa.

   Nos levantamos e vamos rapidamente para o carro, sentando no banco de trás. O motorista dá partida, então meu celular vibra, me fazendo tirar o mesmo do bolso rapidamente e vendo uma mensagem.

   Sohyun... - Leio nome do contato, então abro rapidamente.

Sohyun: Me desculpa...

Mensagem do sistema: Não será possível que o destinatário receba suas mensagens, pois você foi bloqueado.

   Sinto um aperto no peito junto a uma aflição, como se algo estivesse errado...

P.O.V´s Sohyun:

   Após ter dito aquelas coisas para HyunJin eu sai rapidamente, praticamente correndo, como os covardes fazem... Será que fiz certo em ter seguido o que minha irmã disse ao invés de ter seguido meu coração? 

  Foi o certo a se fazer... Eu ja estava prejudicando muito HyunJin, esse foi o melhor para ele...

   Eu ainda estava andando, até que parei em uma praça que havia encontrado. Me sento em um banco dentre os vários que havia ali, pego meu celular e abro no contato de HyunJin.

Sohyun: Me desculpa...

Você deseja mesmo bloquear esse número?
(X) Sim     (  ) Não.

   Logo eu desligo o celular, guardando em minha bolsa e me entregando novamente as lágrimas.

- Me desculpa HyunJin... Me desculpa por ter sido tão fraca e por ter te deixado... Eu apenas não quero te machucar. - Falo entre soluços, olhando para as estrelas e para as nuvens que passavam rapidamente em  frente a elas.

   1 hora depois.

   Abro a porta de casa com desânimo, passando pela sala e encontrando minhas irmãs, minha mãe e minha tia sentadas no sofá. 

- Você fez a coisa certa... Entenda, é melhor assim... - Minha mãe diz, tentando fingir empatia.

- Cala sua boca! - Grito com ela, o que fez todas se assustarem. - Acha mesmo que é melhor assim?! Melhor para quem? Para sua mente egoísta?! Me poupe! - Minha irmã mais velha ia intervir, porém antes que ela fale, corto a mesma. - Nem abra sua boca, você é tão cinica que me dá nojo!

   Subo as escadas, entrando no meu quarto e batendo a porta, me jogando na cama e afundando o rosto no travesseiro, despencando em lágrimas novamente.

   Foi assim a noite toda...

   1 semana depois.

   Eu não havia saído do quarto nenhuma vez desde meu término, eu não me alimentava direito, só comia porquê minha tia trazia. Eu estava devastada, eu realmente estava sentindo a dor de um primeiro amor.

   Vou para o banheiro, tiro minhas roupas pensando se HyunJin estava bem e pensando se ele tinha tentado me contatar durante essa semana. Entro embaixo do chuveiro, sentindo a água escorrendo pelo meu corpo e sendo acompanhada por lágrimas teimosas.

 25 minutos depois.

   Eu estava usando mais um dos meus pijamas, enquanto estava na cama sem nenhum ânimo.

    Droga, eu ainda não liguei o celular! - Me lembro, então pego o mesmo, ligando em seguida.

   O aparelho vibra por longos minutos, então assim que para vejo o ecrã aceso, mostrando mais de 48 ligações perdidas e 239 mensagens não lidas. Todas mandadas pelo Jisung.

   Apenas entro seu chat e ligo, sendo atendida quase no mesmo instante.

- Oi...

- Onde é que você se meteu?! Você some assim do nada é? - Han parecia alterado - Não diga que você passou a semana inteira com HyunJin...

- Não é nada disso! Eu... Terminei com ele... - Digo.

- QUÊ?! - Ele grita, o que me faz afastar o telefone do ouvido por um tempo. - Destranca a porta do seu quarto aqui! - Ele diz e desliga.

   Estranho um pouco, mas enfim me levanto e destranco, abrindo em seguida. Me deparo com Jisung me olhando sério, então ele entra e eu fecho a porta, trancando em seguida.

   Pelo visto vai ser longa essa conversa...  - Penso e suspiro desmotivada.

30 minutos depois

   Eu havia explicado tudo com os mínimos detalhes para Jisung, eu voltei a chorar, porém dessa vez foi mais leve porquê Han estava comigo.

- Se você ama ele de verdade, por quê não corre atrás dele? - Han pergunta,

- Han, se eu tivesse te dito o que disse para HyunJin e do jeito que disse, como você ficaria em relação a mim?

- Eu ficaria magoado e devastado, sem querer te ver por um bom tempo... - Ele diz pensando, porém logo tapa a boca, me vendo voltar a chorar. - Sohyun... Você tem que entender que nem todos caras são assim...

- Que cara você conhece que é diferente? - Pergunto.

- Nenhum. - Ele diz e eu logo afundo o rosto no travesseiro. - Aish, eu preciso calar a boca!

 

 


Notas Finais


Bem, me desculpem pelo capitulo horrivel e provavelmente curto, eu apenas não queria deixar vocês sem capitulo e sem noticias... Esse capitulo por mais que seja triste, eu quis descontrair um pouquinho...

capitulo que vem é mais triste e... Vamos ter perdas (lancei o spolier e sai correndo)

Desculpa por qualquer erro, vou corrigir mais tarde... Espero que não desistam de mim... Obrigada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...