História Fake Girlfriend - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Supergirl
Personagens Alex Danvers, Eliza Danvers, James "Jimmy" Olsen, Lena Luthor, Lucy Lane, Maggie Sawyer, Winslow "Winn" Schott Jr.
Tags Alex Danvers, Kara Danvers, Lena Luthor, Maggie Sawyer, Sanvers, Supercorp
Visualizações 487
Palavras 3.704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OI MEUS AMORES!

Aqui estou eu com o capítulo do término, eu resolvi mostrar só o motivo do término nesse e nos próximos eu vou mostrando alguns flashbacks de como as coisas aconteceram nos seis anos que Kara e Lena estiveram separadas.

Para o capítulo de hoje tem duas músicas, que se vocês não quiserem escutar enquanto leem, por favor, olhem a tradução delas depois para vocês entenderem mais um pouco as coisas.

Boa leitura a todxs.

Capítulo 30 - Past


Enfim sábado, o dia da conversa entre Kara e Lena. Lena estava nervosa porque não sabia se Kara iria ou não a perdoar. Já Kara, estava ansiosa para saber o porque de Lena ter realmente saído de sua vida.

Depois que Winn buscou o afilhado na casa de Kara, a loira começou a andar de um lado para o outro esperando que Lena chegasse. Kara praticamente pulou no lugar quando escutou a campainha tocar e foi abrir a porta. E lá estava Lena usando uma camisa que uma vez havia pertencido a Kara, calça jeans e tênis.

- Oi. - Lena diz depois de um momento de silêncio entre as duas. - Eu posso entrar?

- Claro. - Kara fala e dá espaço para a morena entrar em seu apartamento. - Você quer conversar agora ou quer comer algo antes?

- Você ainda não comeu toda a comida do seu apartamento? - Lena pergunta divertida e Kara revira os olhos. - Pelo o que eu lembre você come muito quando fica nervosa.

- Ótimo, vamos para a cozinha então. - Kara fala e vai em direção a cozinha sendo seguida por Lena.

Enquanto Kara abria todos os armários com comida e a geladeira, Lena estava sentada em uma das cadeiras da mesa e sorriu vendo a loira. Ela ainda achava lindo como a loira ficava nervosa com algo e não parava de comer, na verdade, ela nunca deixou de admirar Kara.

- Me desculpe. - Lena solta e Kara a olha com um pedaço de chocolate entre os dentes. - Eu sei que não é o que você esperava que eu dissesse, mas me desculpa.

- Depois de seis anos você simplesmente me pede desculpa? - Kara pergunta irônica para a mulher a sua frente. - Olha Lena, do fundo do meu coração, enfia a suas desculpas no cu. - Fala já com raiva. - Sabe o quanto eu sofri quando você terminou tudo comigo?

- Eu sei Kara, esqueceu da ligação emocional idiota que nós temos? - Lena pergunta vendo Kara revirar os olhos. - Acha que eu também não sofri estando longe de você?

- Então porque não voltou para mim? - Kara pergunta já sentindo algumas lágrimas se formando.

- Porque eu não podia. - Lena fala suspirando.

Seis anos atrás (música: Unconditionally - Katy Perry)

Lena estava sentada em frente ao seu computador fazendo algumas pesquisas. Os resultados das faculdades haviam chegado alguns dias antes, tanto ela quanto Kara passaram em todas as faculdades que elas haviam se inscrito incluindo a Universidade de Nova York e a Universidade de National City. Jess entrou no quarto da morena a assuntando, Lena havia esquecido que as duas haviam marcado uma maratona de filmes para aquela tarde.

- Fazendo o que futura dona de uma das maiores empresas do mundo? - Jess pergunta se jogando na cama.

- Pesquisando sobre as faculdades. - Lena fala e se vira na cadeira para Jess que a encara. - Sabia que nos últimos anos a faculdade de National City ganhou reconhecimento ao redor do mundo? Eles vem formando ótimos profissionais em  várias áreas, principalmente nas áreas de mídia?

- Onde você quer chegar com isso Lena? - Jess pergunta se sentando na cama. - Sabe que a faculdade de Nova York é uma das melhores do mundo, fora que é o seu sonho.

- Eu sei disso, mas pensa comigo. - Lena fala se levantando da cama e começa a andar pelo quarto. - Seria uma oportunidade perfeita para Kara ser a jornalista que ela sempre quis ser, a universidade daqui é perfeita para ela.

- Mas ela quer ir para a mesma faculdade que você, que eu devo voltar a ressaltar, é uma das melhores do mundo. - Jess fala e Lena se aproxima dela. - Lena, você não fazer nenhuma merda não é?

- Não Jess, quer dizer, eu não sei. - Lena fala e se joga na cama cobrindo os olhos com as duas mãos. - Kara sempre vai ser a maior prioridade na minha vida, você sabe disso. Eu só quero o que é melhor para ela.

- Não acha que tem que deixar ela decidir isso por ela mesma? - Jess pergunta e deixa a amiga com os próprios pensamentos.

Naquela mesma semana, Lena e Kara estavam deitadas caladas no quarto da loira. Kara sabia que a namorada pensava em alguma coisa que a incomodava, mas desde que começaram a namorar ela resolveu não se intrometer tanto na vida de Lena.

- Kara. - Lena finalmente a chama. - Você já pesquisou sobre as faculdades que você passou?

- Para que? - Kara pergunta confusa. - Eu já disse que vou para qualquer faculdade que você for.

- Você não pode ir para uma faculdade só porque vai me ter ao seu lado amor. - Lena fala sentando e Kara repete o ato ficando de frente para a namorada. - Você tem que escolher o que é melhor para você.

- Lena, por que estamos tendo essa conversa? - Kara pergunta segurando na mão da namorada.

- Só me faça um favor. Pesquise sobre todas as faculdades que você passou e decida a qual você quer ir porque a faculdade é boa e não porque você vai estar comigo. - Pede para Kara que assente.

  I will love you unconditionally  

 

Atualmente

- Você lembra que depois ficou em dúvida sobre a Universidade de Nova York e a Universidade de National City? - Lena pergunta.

- Sim, eu lembro que depois que te falei isso você ficou meio estranha comigo. - Kara fala se lembrando do dia. - E duas semanas antes das inscrições na faculdade começarem você terminou comigo.

- Uns três dias antes de eu terminar com você eu mandei um e-mail para uma pessoa que tinha grande influência na mídia. - Lena fala e começa a bater com os dedos na mesa claramente nervosa. - O e-mail que eu mandei foi para Cat Grant, eu pedi a ela uma opinião honesta sobre o que ela achava sobre as duas faculdades.

- Espera. - Kara fala realmente confusa. - Você falou com a minha chefe anos atrás perguntando sobre que faculdade ela achava que eu deveria ir e depois terminou comigo? - Pergunta e olha para Lena que se controlava para não chorar. - Por que Lena?

- Por que eu te amo Kara. - Lena diz finalmente deixando as lágrimas caírem.

 

6 anos atrás (música: Last Kiss - Taylor Swift)

- Oi amor. - Kara fala e cumprimenta Lena com um selinho. - Achei que teria que mandar outra mensagem falando que eu estava sozinha em casa para ver se você vinha mais rápido.

- Eu te amo tanto. - Lena fala e dá um abraço em Kara, que estranha mas não fala nada. - Nunca esqueça disso certo?

- Está tudo bem Lena? - Kara pergunta preocupada e coloca o rosto da namorada entre as mãos. - Por que está me dizendo isso?

- Nada, só vamos assistir o filme, certo? - Lena fala e puxa Kara para que ela fique entre suas pernas enquanto assistiam o filme.

As duas assistiram a dois filmes e estavam indo para o terceiro quando Alex apareceu no quarto de Kara.

- Qual o milagre que vocês não estão transando? - Alex pergunta e Kara pausa o filme. - Aconteceu alguma coisa?

- Não que eu saiba. - Kara fala olhando para Lena que sorri para ela. - Por que está aqui Alex?

- Mamãe já fez o jantar e mandou eu chamar vocês duas. - Alex responde e Lena abraça mais ainda Kara. - Olha, vocês duas podem ficar ai abraçadas ou podem ir comer a lasanha que mamãe fez antes que Maggie coma tudo. - Diz e Lena prontamente larga Kara e sai correndo do quarto.

Durante o jantar, Kara ainda sabia que tinha algo incomodando Lena, mesmo que a namorada estivesse implicando com Maggie como sempre fazia. A loira decidiu deixar de lado, seja lá o que fosse, Lena iria falar para ela, ela sempre contava.

Assim que entraram no quarto de Kara depois de comerem, a loira começou a encher o rosto de Lena de beijos. Ela só parou quando a morena se afastou e tinha um brilho triste no olhar.

- Lena, o que está acontecendo? - Kara pergunta vendo a namorada sentar em sua cama. - Eu tentei não mencionar nada porque eu achei que você iria me contar logo. Eu fiz alguma coisa que você não gostou?

- Eu não posso continuar em um namoro com você. - Lena fala baixo e Kara a encara incrédula.

- O que? - Kara pergunta se segurando para não chorar. - Lena, o que deu em você?

- Eu recebi um e-mail de uma faculdade na Irlanda, a mesma que meu pai se formou. Eles me querem lá e eu decidi que eu vou. - Lena fala e olha para Kara chorando.

- Eu não vejo a parte que não podemos continuar juntas. - Kara fala e se aproxima de Lena. - Podemos manter um relacionamento a distância.

- Kara, por favor. Não faz isso mais difícil do que já está sendo. - Lena fala e vira para segurar o rosto de Kara com as duas mãos. - Escuta, eu te amo e sempre vou te amar. Mesmo que você me odeie por anos porque eu estou terminando com você hoje, eu sempre vou te amar, porque Kara Danvers, meu coração é e sempre será seu.

- Lena, não faz isso com a gente, por favor. - Kara diz em meio as lágrimas. - Nós nos amamos e já passamos por tanta coisa, até aquele plano idiota, não termina comigo.

- Eu preciso meu amor. - Lena fala e dá um beijo na testa de Kara que fecha os olhos com o ato. - Eu te amo. - sussurra antes de sair do quarto.

Enquanto Lena descia a escada chorando, Alex, Maggie, Eliza e John estavam na sala assistindo um filme. Assim que viram que Lena chorava pausaram o filme e todos se entreolharam sem saber o que fazer.

- Alex, pode me levar para casa? - Lena pergunta tentando não chorar mais forte.

- Cuida de Kara, certo? - Alex pede para Maggie, ela sabia que Lena iria terminar com Kara, só não sabia quando. - Vamos Lena. - Fala e abraça a morena de lado que se rende de vez as lágrimas.

Enquanto as duas andavam até o carro de Lena, Alex tentava não chorar também. Ela sabia que o amor entre Kara e Lena era grande e esperava que as duas se reencontrassem em algum momento para voltarem de onde pararam.

- Lena espera! - Uma Kara desesperada aparece na entrada da casa quando Lena estava para entrar no carro no lado do passageiro. - Lena, não! - Grita mais uma vez e a última coisa que ela vê antes de Maggie a arrastar para dentro de casa novamente é Lena olhando para ela e movendo os lábios dizendo "eu te amo".  

I never thought we'd have a last kiss

I never imagined we'd end like this  

Atualmente

Agora, tanto Kara quanto Lena estavam chorando. A loira não queria acreditar que Alex sabia de tudo e nunca a havia dito nada.

- Por favor, não fica brava com Alex. - Lena pede e Kara ri sem acreditar. - Ela só soube porque ouviu eu conversando com Lex uma vez que ela foi ver ele.

- Nunca houve uma carta de uma faculdade da Irlanda, certo? - Kara pergunta, os outros amigos haviam decidido para o bem dela que ela não iria saber de nada relacionado a Lena por um bom tempo.

- Na verdade sim. Eu não sabia que meu pai já havia mantido uma vaga para mim e Lex lá, a vaga seria nossa se quiséssemos, mas Lex preferiu a faculdade de National City. - Lena explica. - Eu não pensei em mim quando aceitei a oferta da faculdade, eu pensei em você Kara, você sempre será minha prioridade.

- Deixa ver se eu entendi. Você estava pensando o melhor para mim quando terminou tudo comigo? - Kara pergunta irônica. - Me diz em que parte você pensou em mim Lena, porque eu não estou conseguindo enxergar isso.

- Me diz Kara, mesmo você sabendo que a faculdade daqui seria a melhor para você, você iria ficar aqui se eu dissesse que iria para Nova York? - Lena pergunta e Kara demora um pouco para responder que não.

- Você não tinha direito nenhum de decidir o que era ou não melhor para mim! - Kara grita com raiva. - Eu passei meses sofrendo por causa do término, tinha dia que eu nem saia da minha cama, tudo porque você achou que seria melhor para mim terminar nosso namoro para que eu pudesse ir para uma faculdade!

- Eu sei! Eu me arrependo disso, ter terminado com você foi a coisa mais difícil e idiota que eu já fiz na minha vida. - Lena fala e Kara se levanta para se apoiar na parede.

As duas ficaram em silêncio por um bom tempo. Lena encarava Kara a todo momento, mesmo depois de anos ela ainda sabia ler as expressões da mulher a sua frente. Kara então voltou a se sentar na mesa, dessa vez do lado de Lena que virou para que elas ficassem frente a frente.

- Por que você voltou? - Kara pergunta depois de respirar fundo. - Por que depois de tanto tempo você voltou?

- Porque eu não iria conseguir ficar longe de você por mais tempo. - Lena fala e hesita antes de segurar as mãos de Kara. - Olha, eu não estou pedindo para você me perdoar, mas eu preciso de você de volta na minha vida, nem que seja só para você me falar bom dia.

- Eu não prometo nada. Quer dizer, agora que eu sei o real motivo do término possa ser que minha mágoa diminua um pouco. - Kara fala e desvia o olhar das mãos delas juntas para o rosto de Lena.

- Eu posso ganhar ao menos um abraço? - Lena pergunta sorrindo de lado, ela iria fazer de tudo para ter ao menos a amizade de Kara de volta.

- Não vai mais ser uma idiota comigo? - Kara pergunta hesitante.

- Olha, eu sou uma idiota com todo mundo então não posso prometer nada. - Lena responde recebendo uma risada fraca de Kara.

E então Kara abraçou Lena colocando o rosto entre o pescoço da morena. Lena devolveu o abraço com um aperto forte, que não incomodou Kara nem um pouco. As duas só saíram do abraço quando a barriga de Lena começou a roncar.

- Parece que eu não sou mais a esfomeada. - Kara fala rindo.

- Eu não como nada desde o almoço de ontem. - Lena diz recebendo um olhar bravo de Kara, talvez a loira tenha aprimorado esse olhar por conta de Chris. - Você quer pedir alguma coisa para comer?

- Para a sua sorte, depois que eu me tornei mãe eu virei uma ótima cozinheira. - Kara fala fazendo Lena a encarar desconfiada. - Tudo bem, não uma ótima cozinheira, mas Chris nunca reclamou da minha comida, mesmo ele preferindo quando Alex ou minha mãe aparecem aqui para cozinhar. - Diz e se levanta. - Você vai me ajudar a guardar isso tudo que eu tirei do lugar e então vai me ajudar a fazer alguma coisa para comer.

Kara não precisou falar duas vezes, Lena logo estava de pé pegando o máximo de coisas que ela conseguiu fazendo a loira rir. Elas guardaram tudo e Kara fez uma nota mental para comprar mais frutas para a casa, por algum motivo Chris adorava frutas e reclamava quando passava mais de cinco horas sem comer uma.

As duas estava cozinhando em silêncio perdidas em seus próprios pensamentos. Kara pensava em como as coisas mudariam agora que ela aceitou Lena de volta na vida dela. Enquanto isso, Lena pensava em vários jeitos de conquistar a amizade de Kara de volta e talvez ela fosse precisar da ajuda de Chris para isso. 

Lena estava terminando de colocar a mesa quando a campainha tocou e Kara pediu para ela abrir a porta. Assim que abriu a porta uma Maggie raivosa a segurou pela blusa que ela usava fazendo com que Lena ficasse aterrorizada.

- Kara! Maggie vai me matar. - Lena grita com medo enquanto Alex fechava a porta com calma e Maggie a prensava contra a parede.

- Eu não posso passar muita raiva por conta da criança que eu estou carregando, então fica quieta e me escuta. - Maggie fala e Lena confirma com a cabeça várias vezes. - É o seguinte, se eu souber que Kara derramou uma lágrima sequer porque você pisou na bola de novo eu vou até o inferno atrás de você, mas você vai pagar por tudo que fez Kara passar, estamos entendidas? - Pergunta e Lena diz que sim olhando pelo ombro de Maggie vendo Alex e Kara se divertindo com a cena. - Ótimo pequena Luthor, é um prazer te ter de volta no grupo. - Diz soltando Lena e abrindo um grande sorriso antes de abraças a morena.

- A gente deveria ajudar Lena? - Alex pergunta baixo para Kara que nega com a cabeça. - Me desculpa por ter escondido tudo de você por tanto tempo?

- Eu só te perdoo porque você é minha irmã e sei que ama Lena e a mim. - Kara fala e puxa a irmã para um abraço.

- Ô pequena Danvers, não vai servir o almoço não? - Maggie pergunta fazendo Alex quebrar o abraço. - Eu estou carregando o seu afilhado, tenho que me alimentar por dois. Vamos Lutessa, vamos comer. - Fala e puxa Lena pela mão que ainda estava assustada com Maggie.

- Eu era insuportável assim quando estava grávida de Chris? - Kara pergunta para a irmã que ri dela.

- Você era pior. - Alex fala e passa um braço pelo ombro de Kara a levando até a cozinha.

As quatro almoçaram enquanto Alex contava histórias sobre Kara enquanto estava grávida de Chris e como ela enlouqueceu todo o grupo com os desejos que ela tinha. Durante a tarde elas ficaram assistindo alguns filmes da escolha de Maggie, nenhuma seria louca de contrariar as escolhas da menor.

Em determinado momento, Kara mandou uma mensagem no grupo dos super amigos convidando a todos para irem até o seu apartamento durante a noite, claro que nenhum recusou. Aos poucos todos foram chegando e ficaram aliviados ao saberem que Kara daria uma chance para a amizade dela e de Lena. O último a chegar havia sido Winn com Chris, que pulou no colo da mãe assim que a viu.

- Foi tudo bem com Winn? Ele não fez todas as suas vontades não é? - Kara pergunta enquanto caminha com o filho no colo para o círculo onde os amigos estavam, menos Lena que havia ido no banheiro.

- Eu sei cuidar do meu afilhado Kara. - Winn diz se jogando no sofá antes mesmo que a loira pudesse sentar, o que fez com que Kara sentasse no chão.

- Tia Tessa! - Chris grita assim que vê Lena e corre para ela que o pega no colo.

Lena mal se importou de ser chamada de Tessa por Chris. Mesmo que ela odiasse o primeiro nome, tinha que admitir que acha fofo quando Chris a chama de Tessa.

- Então Chris pode te chamar de alguma coisa que não seja Lena e nenhum de nós pode, mesmo te conhecendo a anos? - James pergunta vendo Lena sentar no chão ao lado de Jess.

- É que de Chris eu gosto. - Fala fazendo Lucy rir da cara do namorado. - Winn, quero você na Luthor Corp as sete da manhã em ponto para conhecer onde vai trabalhar e Jess, esteja lá para mostrar a Winn o lugar porque eu só pretendo chegar na empresa as oito.

- Claro chefinha. - Jess fala irônica. - Então Winn, o que te deu na cabeça de aceitar trabalhar para Lena? Eu só estou lá porque não tenho outra opção.

- Tia Tessa. - Chris chama Lena baixo atraindo a atenção da morena. - A senhora vai virar namorada da minha mãe? - Pergunta um pouco mais alto fazendo Lena engasgar com a própria saliva e Kara ficar vermelha.

Maggie foi a primeira a explodir em gargalhadas, sendo acompanhada depois por todos do grupo menos Kara e Lena. Chris ficou um pouco envergonhado de ter perguntado aquilo mais alto do que deveria.

- Chris, vai com tia Lana pedir pizza. - Kara fala quando as risadas cessaram. O garoto saiu do colo de Lena e foi até Lana a puxando pela mão até a cozinha. - Meu próprio filho me fazendo passar vergonha. Desculpa Lena.

- Ah está tudo bem. - Lena diz dando um sorriso de lado fazendo Kara sorrir também. - Ele é igualzinho a você quando criança, lembra daquela vez que a gente estava na escola perto do intervalo e você gritou que não aguentava mais a aula?

- Lena, aproveita a oportunidade que eu estou te dando e não me irrita. - Kara fala fzendo Lena parar de sorrir. - E se eu bem me lembro teve uma vez que você saiu para beber água no primeiro horário e só voltou para a sala quando o sinal para ir embora tocou.

As duas começaram uma guerra de pequenas provocações e nenhum dos amigos interferiu. Elas só pararam quando Chris apareceu dizendo que toda a pizza de chocolate era dele só para provocar a mãe. Lena sem nem perceber, sorria como uma idiota para Kara e o filho.

Todos os outros repararam na interação de Kara e Chris que logo envolveu Lena. Maggie mesmo contrariada pela aproximação das duas sorriu vendo elas com o pequeno, e não pode deixar de ter um pensamento "esse garoto vai juntar essas duas de novo e dessa vez vai dar tudo certo"


Notas Finais


É isso meus amores.

Como eu disse antes, ainda vou falar de mais coisas que aconteceram no passado, incluindo o dia do nascimento e Chris (que na minha cabeça está hilário).

Eu estou me organizando mais e pretendo atualizar cada fanfic minha a cada semana. Por exemplo, em uma semana é Fake Girlfriend, na outra semana Famous e na próxima The Girl From The Future. Eu espero que desse jeito dê certo, porque eu estava ficando louca tentando escrever as três de vez e como vocês percebiam, eu quase nunca atualizava.

Até o próximo e espero que vocês tenham gostado. Ah, Chris e Lena vai ser a coisa mais fofa dessa segunda fase da fanfic.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...