História Fake God (AU de Dreaming-imagine hot BTS) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Dreaming, Mari-oneechan, Sweetiearmy
Visualizações 13
Palavras 666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Harem, Hentai, Magia, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa fanfic demorará mais para sair por eu tentar fazer maior e também para eu colocar alguns assuntos da fanfic Dreaming da SweetieArmy.
E mais uma vez eu digo não é plágio ela me permitiu e apoio minha idéia de uma AU dessa fanfic linda.
Bjs das trevas ghosts ^3^.

Capítulo 1 - Prólogo: Aparições


Fanfic / Fanfiction Fake God (AU de Dreaming-imagine hot BTS) - Capítulo 1 - Prólogo: Aparições

P.O.V. Alma

Olá, sou um espírito viajante de universos, tenho vários nomes mas por enquanto me chamem apenas de Alma, vocês não devem estar entendendo nada, mas vou lhes explicar.

Há muito tempo atrás, haviam apenas estrelas  e o grande criador Órion. Por se sentir sozinho o nosso grande deus decidiu criar vida, começando por Zatira, que foi nomeado planeta do deus Órion, animado com sua criação resolveu criar mais planetas.

Mas ao ver a dificuldade em cuidar de todos, plantou uma árvore em Zatira, onde nasceram os primeiros deuses, Vox e Zarit.

Sentindo se sós também, os mais novos deuses cultivaram suas árvores. Vox foi o primeiro tendo dois belos filhos, Seokjin e Namjoon, gêmeos com poderes totalmente opostos. Logo Zarit plantou sua árvore, mas ao contrário da história da "Autora" essa árvore teve quatro brotos.

Os brotos se dividiam em Zarau e Mark e Terra e Jaebum, deusas e servos. Cada casal ficaria com um planeta a qual nasceram assim que brotaram, cada um cuidando do outro.

Órion por ver seus filhos tendo filhos moldou as duas deusas filhas de Zarit para os dois deuses filhos de Vox. Mas ele não sabia qual era qual, ou seja, ele sabia qual era a prometida a Seokjin e qual era a prometida a Namjoon.

Em uma das visitas o pequeno Namjoon resolveu se aproximar do pequeno broto o que fez um deles se incendiar, eles não sabiam mas graças a isso a deusa Terra virou pó. E como um sopro a poeira viajou a galáxia até chegar em seu lugar prometido, a terra  naquele tempo uma bruxo viu a poeira e "puxou para si", fazendo um pequeno feitiço para que quando tudo melhorasse, ou não, a pequena deusa nascesse de verdade.

Quando os brotos floresceram viraram apenas três crianças, os deuses não entenderam. Já que era para ser quatro crianças, duas meninas e dois meninos, mas só veio uma menina. Com tristeza no coração Zarit colocou Zarau para cuidar dos dois planetas e deu sua mão a Seokjin, Deus da vida e criação, achando que seria mais fácil para cuidarem das coisas.

Com o passar dos anos destruições aconteceram, traições, brigas, mortes, guerras, etc. A deusa Zarau conseguiu superar tudo. Mas rosa história não é sobre ela, mas sim sobre os outros seres por assim dizer.

P.O.V. JB

Não aguento mais esses treinos para me tornar um dragão, mas não desistirei, mostrarei a eles que sou forte o suficiente para isso.

Me arrependo de tudo que fiz, e essa será minha chance de mudar tudo.

Enquanto isso não acontece vou aproveitar meu dia de folga, enquanto caminho pelo planeta Vulcanix percebo algo descendo dos céus, uma pessoa com asas de dragão.

De início pensei ser o Namjoon, mas não, as asas eram negra e como a noite, o corpo era menor que o dele e aparentava carregar algo em seus braços. Corri até a pessoa é vi uma garota totalmente diferente do havia visto em toda minha vida.

Sua ele era morena como achocolatado nos dias frios, seu cabelo que como as asas eram negros como a noite com cachos nas pontas que deveria chegar na cintura, curvas aparentes, coxas medianas, cintura não muito fina que demonstrava ter um abdômen definido ali, seios medianos, seu rosto com traços delicados e ao mesmo tempo demonstravam força a tornando mais linda ainda, uma beleza facilmente comparável a uma deusa com toda aquela aura de determinada mas no fundo gentil.

Ao perceber que eu me aproximava ela entrou em modo de defesa, suas asas ainda expostas cobriram seu corpo e seja lá o que carregava, seu olhar transmitia tristeza e pavor, seus olhos castanhos claros meio avermelhados e as bochechas molhadas por um possível choro recente.

A cada paço que eu dava era um paço que ela se distanciava, até o momento em que depois de cinco paços ela caiu, me aproximei e vi que ela desmaiou e vi em seus braços uma criança de uns oito anos em seus braços também desmaiada, em desespero peguei os dois no colo e levei até os outros dragões.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e obrigado por ler até aqui.
Bye ghosts.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...