História Fake Love - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Courtney Love, Kurt Cobain
Personagens Courtney Love, Kurt Cobain, Personagens Originais
Tags Courtney Love, Kurt Cobain
Visualizações 7
Palavras 248
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Mistério, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vou ficar uns 2 dias sem postar, vou ficar sem internet.
Boa leitura! ❤️

Capítulo 2 - New School


              Kurt. P.O.V 

Fico pensando em qual esquina meu pai arrumou essa prostituta. Desde ontem não durmo, já é 05:37 e ainda estou acordado, pensando em tudo que está acontecendo na minha vida... 

               Flashback ON 

Kurt: - Vai mamãe, me empurra, quero ir até o céu. - Minha mãe me empurra no balanço enquanto dava gargalhadas. 

Hillary: - Vamos Kurt, vamos comer.  

Entrei e vi a imagem da minha mãe morta no chão, brutalmente assassinada, e o assassino fugindo pela janela. 

Kurt: - Mãe, não, mamãe, acorda! Por que você está sangrando? Mamãe?

                 Flashback OF 

Acordei chorando, eram 07:30, estou atrasado para o "Primeiro dia de aula". 

Coloquei uma calça preta, e uma camisa do AC/DC, e botas marrons, peguei minha bolsa e comecei a descer as escadas. 

Connor: - Kurt, você vai se atr...  

Kurt: - Eu sei Connor! 

Connor: - Não me chame assim! 

Kurt: - Não enche! 

                  Courtney. P.O.V 

Hoje é finalmente minha primeira vez numa escola, sim, eu estudava em casa... 

Bom, sou Courtney, tenho 16 anos. 

Nossa, quem é ele? Tão lindo, loiro, olhos azuis, eu nunca teria chances... aí meu Deus, ele está se aproximando. 

Kurt: - Oi, você sabe onde é a sala A? - Não acredito, ele está mesmo falando comigo. 

Courtney: - Não sei, mas podemos encontrar juntos. 

Kurt: - Então, tá bom kkkk. Vamos lá. Prazer, meu nome é Kurt. 

Courtney: - O meu é Courtney, e o prazer é todo meu - Acho que tenho alguém pra brincar. 


Notas Finais


Tem um suspense por vir.
Lembre-se: Nada é como você pensa!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...