História Replay - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lu Han, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Exokids!, Jikook, Namjin, Taegi, Yoonseok
Visualizações 75
Palavras 1.027
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Troisième


 Min Yoongi

Hoseok está de mudança para nossa casa depois de uma longa conversa com o alfa e com meu irmão Jimin. A presença constante do Hobi é muito importante para mim. No início eu me negava a uma aproximação maior de alfas com medo dos meus filhotes se apegarem com alguém que certamente nos abandonaria mas conforme o tempo passou percebi que Hobi jamais sairia de perto. Ele tomou a responsabilidade e amor para si e age muitas vezes como appa, embora meus bebês tenham sempre o chamado de tio. Eu me importei muito com o modo que Hobi seria chamado, mas hoje não faz diferença e eu mesmo já deixei claro que eles tem essa opção sempre que quiserem.

Terminei de passar o creme e fui para o quarto. Hobi ressonava baixo, sorri e apaguei a luz me deitando ao seu lado sentindo os braços dele ao meu redor em alguns segundos. A volta de Jin pode me trazer muitos problemas por agora. Sempre soube que um dia teria que enfrentá-lo mas não que isso tudo podia acontecer em menos tempo do que me preparei física e mentalmente para passar.

-Está tudo bem? Você ficou muito incomodado desde que falei aquilo.

-E teria como eu não ficar?

-Não, mas eu já te falei sobre isso. Eles não podem se aproximar de você se isso for te deixar mal. Ele escolheu abandonar o que vocês tinham e os bebês e também, nenhum juiz tiraria as crianças de você. Eles nem se importam com a existência do appa, não perguntam sobre, talvez até entendam o quanto isso te magoa. Eles são meninos muito espertos.

-Eu sei que sim. Meus filhos são o tesouro que cuido com tanto cuidado, quero que eles sejam felizes. Tenho medo de estar os privando de alguma coisa.

-Só os priva de se decepcionarem. Eles tem um ótimo omma e sabem disso. Os dois vão entender que você só quer protegê-los daquilo que acha ruim. A sua experiência foi triste no passado e precisa superar. Está tudo correndo bem então não fique se martirizando e voltando para trás quando não deve fazê-lo.

-Obrigado. Vamos dormir, acho que preciso descansar um pouco e tentar esquecer esse assunto por enquanto. -Seok concordou e ficou fazendo carinho em meu cabelo até que eu acabasse apagando de vez.

***

Ainda acordei algumas vezes pela madrugada mas consegui não pensar no assunto e dormi muito bem. Levantei cedo e Baek estava dormindo todo esparramado na cama. Meu bebê tinha puxado muito a mim nisso. Sehun vive reclamando do quanto somos espaçosos, como se ele também não fosse. Fiquei vendo meus filhotes dormirem e sorri quando Baek riu dormindo. Deve estar sonhando com algo muito bom. Fiz um carinho de leve em seu cabelo e ele prontamente se aproximou todo manhoso.

-Dia omma...

-Bom dia meu bebê, dormiu bem?

-Sim. Tio já foi?

-Ainda está bem cedo, ele dorme como uma pedra.

-Posso dormir com ele?

-Claro amor. Está muito frio e você ainda está um pouco resfriado por isso não vou te levar para aula hoje. -Ele sorriu alegre e se levantou. O ajudei a levar seu travesseiro e colcha para a cama e Hobi sonolento deu espaço. Iria sair do quarto mas o alfa me puxou, acabei ficando deitado ali. Baek logo dormiu.

-Bom dia.

-Bom dia.

-Levantou tão cedo por quê?

-Eu fui verificar o tempo e os meninos. Não gosto que eles fiquem faltando ao colégio mas está bem frio do lado de fora então acho melhor que eles fiquem por hoje.

-Eu também acho. Quando Baek fica doente acaba ficando bem ruim. Não é muito saudável que ele seja exposto à friagem, mas eu tenho que ir trabalhar nesse frio. Ninguém merece uma coisa dessas.

-Infelizmente é a vida hyung. Queria fazer uma pergunta mas acho muita indiscrição da minha parte. -Cocei a nuca envergonhado. Ele acabou rindo já que me ver dessa forma é um tanto esquisito.

-Fale. Sabe que não tem essas coisas de vergonha aqui. Nós somos amigos à anos então não precisa ficar todo com medo de fazer alguma pergunta.

-Seu rut, ele virá quando? Sei que não tem muito tempo que veio mas quero previnir sabe. Eu sou um ômega e você morando aqui agora, acho meio necessário saber para não acontecer situações de risco e nem assustar os meninos.

-Ainda faltam dois meses para vir mas quanto a isso fique tranquilo que eu aviso, e se por um acaso acontecer, não se martirize. Nós somos amigos e eu prezo muito por você, confio.

-Obrigado pelo voto de carinho. -Mexi em seu cabelo e ri baixo. -Está na hora de você levantar. Quer que eu faça o café?

-Não precisa. Eu não costumo tomar em casa. Sempre passo na cafeteria do Minnie. Eu posso comer de graça.

-Credo, vai falir o coitado desse jeito. -Hobi deixou um beijo na testa do Baek e se levantou indo ao banheiro. Hoseok se torna aos poucos um grande porto seguro embora mais novo que eu. Ele é alguém com muita sabedoria e gentileza na hora se resolver problemas e quase nunca se mete em encrenca, só era bem manhoso mas isso é um mal de muitos alfas. Sehun mesmo, se deixar parece um ômega. Meu filhote alfa sempre foi muito frágil e doce, é uma característica que amo nele pois sei que no futuro quando encontrar seu ômega saberá o modo certo de tratá-lo. Já Baek me preocupa um pouco por ser expansivo e meio mandão. Me sentei na cama para esperar Seok e assim que ele saiu já estava parcialmente arrumado.

-Que foi?

-Acha que no futuro Sehun vai ser um bom alfa e Baek um bom ômega?

-Por quê isso agora? Já está com medo deles sairem de casa? Eles são só crianças e vocês tem muito o que aproveitar juntos.

-Eu sei disso. Só quero ter certeza de que estou ensinando as coisas para eles no caminho certo. Eu sou um ômega e se torna mais complicado ainda educar alguém de classificação oposta. Eu não entendo sobre instintos de alfas e como eles devem agir.

-O que você não pode ensinar, saiba que estou aqui. Você tem formado um alfa excelente, tenho orgulho deles e você também deve ter sem preocupações.

-Sinto que nunca poderei pagar esse apoio seu.

-E quem está pedindo aqui.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...