1. Spirit Fanfics >
  2. Fake Love (Imagine Kim Taehyung, V) >
  3. Fourteen

História Fake Love (Imagine Kim Taehyung, V) - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Hey hey hey

Desculpaaaaa eu ia postar ontem, mas acabou ficando tarde

Capítulo 14 - Fourteen


Fanfic / Fanfiction Fake Love (Imagine Kim Taehyung, V) - Capítulo 14 - Fourteen

TAEHYUNG POV 


    S/N sempre me chamou a atenção, mas eu nunca dei bola por ela ser irmã do meu melhor amigo, então eu a tratava como se fosse minha irmã, mas depois que a gente começou com esse negócio de namoro falso, e eu comecei a passar mais tempo com ela, isso mudou de certa forma. 

    No começo os carinhos eram tudo parte da atuação, mas depois, isso passou a ser natural, eu acabava fazendo sem pensar. E conforme o tempo passa, parece que ela fica cada dia mais bonita.

    Depois desse susto que ela deu em todos, eu achei que meu coração iria sair pela boca, fiquei desesperado, e a sensação de alívio quando ela voltou a respirar foi indescritível. Acho que isso foi um baque da realidade me mostrando o quanto essa garota faz parte de minha vida agora, o quanto ela é importante para mim.

    Ver ela desacordada e não fazer nada enquanto Jongin a salvava era angustiante, eu queria ajudar, fazer alguma coisa, mas não podia, eu fui descuidado o bastante a deixando sozinha no mar mesmo sabendo que ela não sabe nadar.

    Agora, ver ela ali com um óculos na cabeça com um olhar calmo para o mar, mesmo ela quase tendo morrido nele. Meus olhos se prenderam em seus olhos, depois passaram para seu nariz, e por último a boca, que me hipnotizou completamente.

    Sem nem perceber eu já estava com meus lábio grudados aos seus, em um beijo lento.

- Acho que o que eu mais temia aconteceu - falei para mim mesmo

- Do que você tá falando? - ela me olhou confusa

    Eu pensei que isso poderia acontecer quando cogitei a ideia de pedir a ela que fosse minha namorada de mentira apenas para que eu pudesse me safar de qualquer casamento arranjado pelo meu pai. Meus planos era continuar como eu era, curtindo a vida como se não houvesse o amanhã, mas eu não tive coragem ou me faltou vontade.

    Mesmo essa relação sendo uma farsa, eu fiz de tudo para tentar deixar minhas emoções de fora, para que isso não acontecesse, mas parece que os encantos dela me pegaram mesmo assim, quando eu menos percebi, minha atenção só voltava para ela, minha preocupação era ela, tudo se remete a ela.

    Mas o problema é: eu não sei se ela sente o mesmo por mim, e meu orgulho é muito grande para levar um “não”, então não me arrisco a perguntar.

- Taehyung? - ela estalou os dedos em frente aos meu olhos, me tirando dos pensamentos

- Eu - voltei ao mundo real

- Você tá meio estranho - seu olhar era duvidoso - está tudo bem? 

- Ahn? Estou sim - falei - Vou comprar uma água, quer alguma coisa? - do nada minha garganta ficou seca

- Uma água também


S/N POV


    Taehyung saiu para comprar as águas, da onde eu estava, eu conseguia ver todos na água se divertindo, nessas horas eu me praguejava por não ter ficado nas aulas de natação quando era pequena. Sempre odiei fazer aula de natação, eu gostava de ver os outros nadando, não eu nadar.

- Aqui - Taehyung me entregou uma garrafa de água


    Fora o imprevisto de antes, o dia se passou tranquilo, a gente foi embora umas cinco da tarde e por milagre dos céus, meus pais estavam em casa. Cada dia eu achava eles mais distantes, meu pai mal falava comigo e com o Jungkook, e também percebi ele um pouco distante da nossa mãe, mas isso deve ser o peso do trabalho.


(...)


    Mais uma semana se inicia, segunda-feira, o pior dia de todos. Hoje eu teria aula, depois teria que ir para a academia, eu já tinha faltado muito nos treinos nesses últimos dias.

- Ai amiga - Hee se pendurou em meu braço - ontem foi tão legal, mas nunca mais me dê um susto daqueles - falou a última parte em tom de repreensão

- Prometo - levantei os braços em rendição

-  S/N, Min Hee - uma voz masculina nos chama, nós viramos em direção a ela vendo Yoonoh acenando para nós

- Yoon - acenei e fomos até ele

- Aula vaga? - ele perguntou, nós deveríamos estar tendo aula, mas nosso professor faltou

- Professor faltou - Hee falou dando de ombro, afinal, isso não era tão ruim na minha perspectiva

- Sorte a de vocês - ele falou - tenho que pegar um material no laboratória, até mais - saiu andando

- Nossa amiga, ele é um gato - ri da mesma

- Isso não posso negar - Jung Yoonho era bem bonito - parece um príncipe da Disney, mas se for perceber, muitos que a gente conhece são bonitos

- Verdade - ela concordo - Jimin é a gostosura em pessoa, Hoseok tem um sorriso que encanta até o sexo oposto, seu irmão, eu ainda não sei como você não cometeu um incesto - gargalhei alto - Taehyung é elegante e charmoso, Yoongi, só de conhecer nesses dois dias, já deu para ver seu charme, ele é aquele do tipo “foda-se”, é calmo e está foda-se para tudo - nós duas rimos iguais hienas

- Nossa lembra do surfista? - ela assentiu animada - ele tem um amigo surfista, você tinha que ver

- Gostoso igual ele? - assenti - nossa, esse é outro que pelo amor de deus - fez uma cena dramática

    Nós ficamos caminhando pelos arredores, não tínhamos nada para fazer e ainda tinha tempo para acabar a aula vaga.

- Calouras - revirei os olhos ao ver Min Jee caminhando em nossa direção

- Era só o que me faltava - suspirei

- Ei você - apontou para mim

- Eu tenho nome - trinquei o maxilar

- Mas isso não me importa, só quero dizer que eu vi você se esfregando no Yoon naquela reuniãozinha que teve na casa do seu irmão - revirei os olhos, essa menina não pára, preciso ser o Buda pra conseguir conversar com essa aí

- Vulgo minha casa, né querida

- Tanto faz - fez cara de deboche e voltou a mascar seu chiclete, parecia mais uma vaca mastigando grama - você é muito cara de pau, está namorando o Taehyung, mas fica se esfregando com o Yoonoh - Ai Buda, dai-me paciência

- Olha - suspirei reunindo toda a paciência, que era pouca - primeiro que minha relação com o Taehyung não te diz respeito, segundo que eu não te devo satisfação do que eu faço ou deixo de fazer - ela me olhou irritada - terceiro que você deve estar com zero problemas para vir cuidar da minha vida, né?

- Escuta aqui garota - ela levantou o braço para me bater, e logo uma ardência se fez presente na minha bochecha

- Eu só não bato de volta, porque sou civilizada e bater em animais é crime - virei as costas puxando Hee junto comigo

- Amiga o que foi isso? - Hee estava de boca aberta

- Ela era uma ficante do Taehyung, e agora fica querendo implicar comigo

- Caraca, que cobra, e isso ainda é um elogio

    Depois desse horário tivemos mais duas sequências de aula.

- Quero férias - Hoseok falou choroso

- Faltam três semanas, você aguente - arregalei os olhos com o que Taehyung tinha falado

- Só três semana? - o encarei confusa - sério? - ele assentiu

- Caraca, como o tempo voa - Jungkook falou abismado

    Bateu uma preocupação agora, isso era um problema e ela tem nome, Jeon Jiwon, minha irmã mais velha, ela tem quatro anos a mais do que eu e três a mais que Jungkook. 

    Ela nunca gostou de mim, sempre arrumava um jeito de me deixar triste e abalada e eventualmente me batia, minha pré adolescência foi um caos por causa dela, essa garota sempre me fazia sentir a pior pessoa do mundo, colocando a culpa de tudo nas minhas costas. Mas como uma pessoa muito ingênua, eu nunca falei nada para ninguém, sempre mantive minha boca fechada.

    Jiwon me ameaçava para eu não falar nada, então sempre mantive quieta.

    Quando ela entrou no ensino médio, meus pais a mandaram para Londres, e lá ela terminou a escola e já ingressou em uma faculdade de lá mesmo, e todo meio de ano ela passa as férias aqui.

    Faz quatro anos seguidos que eu passo as férias de meio de ano na casa dos meus avós em Busan, motivo: evitar Jiwon, mas acontece que esse anos eles estão em uma viagem pelo mundo, e eu vou ter que enfrentar a fera cara a cara.

- O quê? Quer dizer o quê? - Hee perguntou confusa olhando para mim

- Que minha irmã vai passar as férias na Coréia - soltei um suspiro triste no final

- VOCÊ TEM UMA IRMÃ!? - Ela perguntou chocada - Você nunca me disse isso antes

    Eu nunca tinha dito a real personalidade da minha irmã mais velha, Jimin, Hoseok e Taehyung apenas conhecem o lado bom dela. Eu sentia vergonha de falar que a mais vlha fazia tais coisas comigo, as pessoas saberem que eu fui tão fraca a ponto de deixar minha própria irmã me bulinar, e eu não queria ser taxada de fraca.

- A Jiwon unnie vai passar as férias aqui? - Taehyung perguntou 

    Ela e Taehyung sempre se deram muito bem apesar dele só a ver nas férias de verão. Os três passavam bons momentos juntos, eu ficava de fora, é claro, já que todos os anos eu viajava para Busan.

- Vai - Jungkook falou com um sorriso 

- E você S/N? Vai para Busan esse ano também? - Tae perguntou e eu neguei

    Passamos mais um tempo conversando sobre assuntos aleatórios e depois fomos para a sala, para terminar o dia. 

    Ao terminar as aulas, fui para a academia, Jungkook não foi pois ainda não está apto para voltar aos treinos, o médico recomendou pelo menos duas semanas de suspensão. 

    Treinei até o tempo mínimo, não estava com vontade de ficar mais algumas horas igual fazia em tempos de competições, com metade da minha tarde livre, decidi assistir o treinos de natação, fazia um tempo que não passava lá.

- S/N - Namjoon acenou quando me viu - faz tempo que não te vejo por aqui - ele sorriu mostrando suas covinhas

- Pois é, por isso decidi vir hoje, fazia tempo que não via um dos treinos - caminhei junto do mesmo até a arquibancada

- E aí, como tá o Jungkook? - Perguntou, até porque, meu irmão é um dos “ace” do time

- O médico falou que ele volta daqui duas semanas

- Que bom, antes das competições - Nam falou aliviado - talvez ele consiga participar? 

- Com certeza ele vai querer

- Verdade - sorriu - bom, vou para o meu treino

    Fiquei sentada olhando o pessoal nadando, o treino ainda não tinha começado, era apenas um aquecimento.

- S/N? - olhei para o lado vendo Taehyung vindo em minha direção, pelo caminho que fazia, ele tinha acabado de sair do vestiário, trajava uma roupa de banho e a touca e o óculos em suas mãos.

    Eu já falei que ele fica lindo assim? Porque ele fica, seus ombros largos, com alguns músculos definidos, o cabelo meio bagunçado, tudo dava um charme a mais.

- Eu mesma - ele se sentou ao meu lado - não vai se aquecer? - todos os outros já estavam dentro da água, menos ele

- Preguiça - abriu um sorriso ladinho - Vamos sair depois daqui?

- Onde vamos? - questionei mas o mesmo deu de ombros e foi para seu treino

    Acabei cochilando uma parte do treino, esses dias eu ando com muito sono, acho que não estou dormindo direito.

- Vamos? - Taehyung parou ao meu lado. Cocei os olhos e levantei seguindo o mesmo até seu carro.

- Para onde vamos? - eu estava curiosa, o moreno não me falou em nenhum momento para onde iríamos

- Quero te mostrar um lugar - ligou o som

    O caminho foi um pouco longo, o sol já estava se pondo, tornando o céu lindo. Taehyung parou o carro e desceu, nós estávamos no topo de um morro. Fiquei maravilhada com a vista, o céu em um misto de azul amarelo e laranja, digno de uma pintura.

- Uau, que lindo - um vento refrescante batia, fazendo alguns fios do meu cabelo voarem

- Demais - nos apoiamos na cerca de proteção

    Taehyung com o olhar sereno, olhando para a vista com os cabelos esvoaçando ao vento, estava uma coisa linda, sua beleza ornava completamente com a linda vista, isso daria uma ótima foto. Não me  segurei e tirei uma foto, e como esperado, ficou linda.

- O que foi? - me olhou - sou tão bonito que não consegue para de me encarar?

- Idiota - revirei os olhos - nem é pra tanto - quem eu tô querendo enganar, Kim Taehyung é um dos favoritos de deus, é bonito, inteligente e talentoso em todas as coisas que faz.

- Pois eu digo que você está linda - senti minhas bochechas esquentarem

    A paisagem agora tinha apenas um risco em laranja, e todo o resto já estava escurecendo, não deu nem dez minutos e o céu era um imenso mar negro.


(...)


- Vamos, vai S/N, por favor - Hee tentava me convencer - vai ser legal

- Sei lá, não estou muito no clima - tentei dar uma desculpa

- Por favorzinho - fez uma carinha de cachorro abandonado

- Ah Hee - fiz careta, eu realmente não estava a fim de ir nessa balada

- Por mim, vai - balançou meu braço

- Aish, tá bom 

- Então vai se arrumar - me empurrou fazendo eu me levantar do sofá

- Mas é hoje!? Achei que a gente iria semana que vem - falei incrédula

- Mas hoje é a inauguração, então levanta essa bunda daí e vai se arrumar

    Com muita preguiça e relutância eu me levantei e fui me arrumar, tomei um banho e depois fiquei sentada no sofá que tinha no closet tentando pensar em algo para usar, mas nada me vinha na mente, apenas um moletom e meu cobertor.

- Já está pronta? - Hee entrou escancarando a porta - Ainda? - me olhou, eu estava enrolada na toalha sentada no sofá olhando para meu armário

- Não sei o que usar - Hee estava deslumbrante, com um vestido tubinho preto, esse estilo cai muito bem nela

- Deixa eu ver - ela começou a olhar minhas roupas - esse aqui - tirou do armário um vestido preto com detalhes em dourado 

   Essa roupa ainda estava com a etiqueta, minha mãe acabou comprando uma vez, mas eu não usei por ser decotado demais.

- É muito decotado - neguei com a cabeça

- Não é não, você vai com esse e pronto - jogou o vestido em mim

- Você tá parecendo uma mãe - revirei os olhos e fui para o banheiro 

    Coloquei o vestido, até que não ficou tão ruim, a última vez que eu tinha provado foi no ano passado, e acho que para a ocasião, ele ficou bom. 

    Fiz uma maquiagem e deixei o cabelo solto, assim minhas costas não ficavam completamente expostas. Fui no closet novamente e peguei um sapato de salto preto.

- Tá linda! - Hee disse ao me ver - Agora vamos

- A gente vai de táxi? - ela negou

- Jimin vai levar a gente

- Ele vai também? - questionei, a mesma não tinha me contado que o mesmo iria

- Claro, ele não perde uma - é, realmente, não é de se ficar surpresa

    Fomos para a sala encontrando Jungkook também todo produzido, camiseta branca, jaqueta de couro preta e uma calça da mesma cor, um estilo bem Jeon Jungkook mesmo.

- Oxi - falei encarando o mesmo - vai aonde assim?

- Pro mesmo lugar que vocês - me olhou como se fosse óbvio

- Nossa, tô por fora de tudo mesmo - falei olhando para a Hee - quem mais vai?

- Com a gente, Jimin, Kook, Tae e Hobi, pessoas que eu sei que vão estar lá, Yoonoh, Min Jee...

- Opa opa opa - cortei a mesma - aquela loira de farmácia vai estar lá? - ela assentiu - agora sim eu não vou

- Ah S/N, deixa de ser chata - Hee se sentou ao meu lado, nós estávamos esperando Jimin chegar

- Não gosto daquela garota - protestei, e logo uma buzina foi ouvida do lado de fora

- Jimin chegou, vamos - me puxou para a porta

    O carro estava um pouco cheio, mas nada que uma apertadinha não resolvesse o problema. 

- E aí gatas - Jimin falou nos arrancando risadas - assim meus hormônios não aguentam - revirei os olhos rindo, 

    O caminho foi bem animado, Jimin colocou o som do carro no talo e fomos cantando as músicas que passavam, a animação deles me contagiou e toda aquela preguiça foi embora.

    Cheguei na balado com uma animação total, e o primeiro lugar que eu fui, claro que o bar. Tomei alguns shots de vodka pura, para dar uma animada a mais, o líquido desceu pela minha garganta rasgando, mas depois de dois copos, parecia até água.

    Andei um pouco pelo lugar até achar a mesa onde todos estavam Yoonoh estava lá, e pela minha infelicidade, aquela oxigenada também, mais algumas pessoa que eu não reconheci

    Fui para o lado da Hee a chacoalhando, ela me olhou confusa e depois sorriu.

- Para quem não queria vir, você já está bem alegre

- Vamos dançar - puxei a mesma para a pista

    Hoseok e Jimin vieram com a gente, Jungkook, Taehyung ficaram na mesa bebendo com os outros.

- Caraca Hobi - gritei ao ver o mesmo dançando no ritmo da música, ele tinha a maior malemolência e engajamento. Acho que eu já estou um pouco alterada

- Já volto - saí andando por aí, eu já estava um pouco tonta, mas nada para se preocupar, por enquanto - Opa! - falei ao esbarrar em alguém - desculpa - olhei um pouco para cima vendo o rosto da pessoa - Oh! Eu acho que conheço você - esse rosto me era familiar. Pensei um pouco, até lembrar - O cara gato da praia! - falei alto

- Você! - ele exclamou - esqueci seu nome

- S/N, você é… - tentei lembrar, mas não veio na mente

- Sehun - sorriu, verdade, ele é o amigo surfista do Jongin - Jongin está aqui - pegou meu pulso me puxando até uma mesa onde tinha uma bando de homens, e um mais bonito que o outro - Kai, olha quem eu encontrei - dei um aceno para o moreno que estava o próprio pecado

- S/N! - ele me abraçou - nunca imaginei te encontrar aqui

- Digo o mesmo - nós rimos - achei que você era mais vibes tranquila

- Eu tenho várias vibes - sorriu ladino - ah, esses são meus amigo, gente, essa é a S/N, a garota que eu conheci na praia - todos acenaram

- Prazer, príncipe da sua vida - um dos presentes pegou minha mão e depositou um selar, ele parecia ter saído de um mangá - Byun Baekhyun - sorriu - vem dançar princesa - acompanhei o mesmo

    Depois de um tempo na muvuca dançando com Baekhyun, fui para o bar, encontrando quem eu menos queria, a cobra oxigenada.

- S/N - ela se aproximou ficando ao meu lado

- O que você quer? - falei sem saco

- Calma cãozinho raivoso - falou debochada - que tal uma aposta? Quem aguentar mais bebida ganha - arqueei uma sobrancelha

- E o que tá valendo? - a encarei sínica

- Não sei, depois a gente decide - Tsc, isso é fácil

- Aceito - ela chamou o barman pedindo meia dúzia de shots de vodka

    Tomei todos os copo, meu corpo estava começando a ficar mole, mas eu não iria deixar essa cobra vencer. Min Jee tomou todas também como se fosse água.

- Outra rodada! - falou para o barman que encheu os copinhos mais uma vez

    Olhei ao redor vendo um tanto de pessoas nos olhando, entre eles estavam o pessoal da nossa mesa e da mesa do Jongin, o resto eu não conhecia.

- Eu não perder para você - falei confiante, a garota abriu um sorrisinho e me olhou com deboche

    Tomamos mais uma rodada, no último copo percebi as pernas de Min Jee cederem um pouco, mas a mesma logo recuperou a postura, eu permaneci firme, meu corpo queria ceder, minha vista já não estava lá a melhor. 

    Mais uma rodada foi posta, e no meio, Min Jee acabou apagando, fazendo eu comemorar.

- AÊ PORRA! - dei alguns pulinhos, mas me arrependi profundamente

    Minha visão ficou turva e eu acabei apagando.


HEE POV


    S/N estava a todo fervor competindo com a Min Jee, a loira acabou apagando ao virar um dos copos, fazendo com que S/N comemorasse, mas não deu nem cinco segundo de comemoração a garota apagou. Ela só não caiu para trás porque Taehyung a segurou a tempo.

    Ele também não estava lá muito sóbrio, tinha tomado uma penca de drinks, fiquei de olho nos dois para ver se o maior não iria apagar também. Vi os dois subindo para o andar de cima, lá tinham quartos, capaz deles ficarem em um.

    Voltei para a mesa encontrando Jungkook sentado bebendo seu drink devagar. Ele estava o próprio pecado com essa jaqueta de couro.

- Posso fazer um negócio? - sentei ao lado do mesmo

- Pode - ele deu um sorrisinho de lado, acho que ele já entendeu onde eu queria chegar

    Sem falar mais nada, ataquei os lábios do moreno, nós nos beijamos com fervor e luxúria, era um beijo intenso e cheio de desejo. Mas infelizmente o ar teve que faltar, cessando o beijo.

- Caralho, além de gato beija bem - murmurei, mas acho que ele ouviu, pois abriu um sorriso

    Ele me puxou fazendo eu sentar em seu colo e me beijou novamente, cara, que beijo, parecia que eu estava em um sonho.

- Vem cá - ele me puxou para um corredor que eu nem tinha percebido que tinha 

    Me prensou na parede deixou beijos no meu pescoço, me causando arrepio e um arfar ao sentir ele deixar um chupão. Suas mãos foram descendo da minha cintura até meu quadril, e nisso ele colou nossos corpo.

- Nossa - soltei ao sentir ele colado em mim. Ele me virou de costas e continuou grudado

- Empina pra mim, vai - obedeci

- Ah - soltei um arfar ao sentir ele esfregar sua ereção ainda coberta pela calça na minha intimidade coberta pela calcinha

- Me fode - pedi, esse garoto acendeu um fogo que estava me consumindo




Notas Finais


https://pin.it/cW52Ahg (vestido)
https://pin.it/4yj6y20 (roupa do JK)

Gente, desculpa se eu não foco muito no Taehyung, vou tentar focar mais nele

Bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...