História Fake Love (Seulrene) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Red Velvet
Personagens Irene, Seulgi
Tags Hyuna, Irene, Joy, Joyri, Menção A Wenrene, Red Velvet, Seulgi, Seulrene, Wendy, Yeri
Visualizações 604
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Eu te amo Bear


Fanfic / Fanfiction Fake Love (Seulrene) - Capítulo 10 - Eu te amo Bear

"Devo sorrir porque somos amigas ou chorar porque nunca passaremos disso?"

P.O.V Irene

No nosso passeio no parque acabamos encontrando com Dahyun, uma antiga amiga e colega de classe minha, e ela acabou nos pegando numa situação bem constrangedora,  sim, estávamos prestes a nos beijar!! Se dissesse que não queria aquilo estaria mentindo, não consigo esquecer o sabor de seu beijo des daquela entrevista de imprensa! E quando vi a nossa aproximidade naquele banco, foi meio que automático! Estava desejando os lábios da menor a muito tempo, e não iria perder aquela chance, se não fosse por Kim Dahyun que acabou nos interrompendo! Mas enfim, conversa vai, conversa vem, acabei a convidando pra ir até em casa tomar um café, afinal, não via a loira a anos! Tinhamos muito assunto pra botar em dia. Nesse exato momento Seulgi está na cozinha preparando o  nosso café enquanto converso com Dahyun

Dahyun- Então quer dizer que Bae Joohyun está casada!- fala fazendo uma cara  de surpresa

Irene- Sim... Mas, na verdade, nosso casamento foi arranjado, só não conta pra ninguém!

Dahyun- Arranjado! Nossa, sabia que tinha alguma coisa errada, mas vocês parecem se amar!!

Irene- Eu e Seulgi? Claro que não de onde você tirou isso?!- falo corada

Dahyun- Só falei o que vi!

Irene- Eu não gosto dela! Nós; apenas moramos na mesma casa... comemos juntas, cuidamos uma da outra, saímos juntas e as vezes dormimos na mesma cama

Dahyun- Ou seja; vocês se gostam!! Fala sério Irene, se isso é um casamento arranjado podiam simplesmente ficar cada uma na sua, mas não! Ficam agindo como namoradas até fora das câmeras!!- fala como se fosse óbvio 

Irene- Não é isso! Quer dizer... Não sei- falo confusa

Dahyun- EU PEGUEI VOCÊS QUASE SE BEIJANDO NO FUCKING BANCO DA PRAÇA CARAMBA!- fala sem paciência 

Irene- Tá, tá, você venceu! Eu gosto dela! Só que... Não acho que a mesma sinta algo por mim, por isso prefiro esconder os meus sentimentos, assim não estrago as coisas- falo cabis baixa 

Dahyun- Então você prefere ficar do lado do amor da sua vida, sem falar que gosta dela, por medo de estragar a relação das duas!?

Irene- Sim...

Dahyun- Você é muito trouxa Irene!- fala de braços cruzados

Irene- Aish, já entendi! Agora para de falar, que ela vai ouvir!

Logo que termino de falar, vejo Seulgi  passando as pressas do nosso lado, indo em direção à porta, sem ao menos dar um "oi",

Irene- Seulgi...-seguro seu pulso- Onde vai à essa hora?

Ela tira minha mão de seu braço bruscamente, assim se virando com os olhos cheios de lágrimas 

Seulgi- Eu não quero te ver nunca mais Bae Joohyun!!- fala assim saindo de casa e fechando a porta com força na minha cara

Irene- Mas o que...- falo ainda olhando fixamente pra porta que a morena saiu à alguns segundos atrás 

Dahyun- Porquê ela ficou assim?

Irene- Não fasso a mínima idéia, mas vou atrás dela!!- falo pegando meu casado que estava pendurado no cabide perto a porta

Dahyun- Pode ir, nos vemos outro dia, mas vai rápido!! Não acho que ela tenha a intenção de voltar!

Irene- Ok, Tchau!

Saio de casa, estava noite e chovendo, resolvo ir sem guarda-chuva mesmo, não podia perder nem mais um minuto!! Vou correndo na chuva, pelo bairro inteiro à procura da Bear, deixando minha roupa e cabelos completamente enxarcados! Não sabia o porquê do ato repentino da menor, mas sem dúvida nenhuma, estava chateada comigo, me pergunto, o que fiz de errado pra deixá-la assim? Paro de correr apoiando as mãos sobre os joelhos pra descansar, estava ofegante, corri sem parar na chuva por mais de 15 minutos, e até agora não a encontrei, onde mais a Bear pode ter ido... Claro!! A praça! Ela não conhece muito bem Seul, e esse foi o único lugar que a apresentei, espero que realmente esteja lá, é minha última opção, recupero o fôlego, e corro com todas as minhas forças em direção à praça da cidade, procuro, com um pouco de dificuldade, por todos os cantos da praça, até que há vejo, atravessando a rua

Irene- SEULGI!- Grito indo correndo em sua direção 

A morena, com os cabelos molhados caindo sobre seu rosto, olha pra trás, parando no meio da faixa de pedestre, e no seu lado direito, um carro preto em alta velocidade vinha na sua direção, sem pensar duas vezes, me jogo em cima dela, a tirando do meio da rua, fazendo nós duas cairmos sobre a calçada, Kang abria os olhos lentamente, e não demonstra nenhuma reação ao me ver, quando percebo que estava praticamente em cima dela, me levanto, alcançando a mão para ajuda-lá porém a mesma ignora, se levantando sozinha

Irene- Você está bem? Podia ter morrido!- falo preocupada colocando as mãos em seus ombros

Seulgi- Não encosta em mim!- fala irritada fazendo eu tirar minhas mãos um pouco envergonhada

Irene- Porquê mudou tão derrepente?

Seulgi- Eu que te pergunto Irene! Porquê mudou tão de repente? Porquê me salvou?! PORQUÊ FINGE SE IMPORTAR COMIGO?!-fala aumentando o tom de voz enquanto deixa algumas lágrimas solitárias cairem sobre seu rosto junto a chuva

Irene- Eu não estou te enten...- me interrompe 

Seulgi- VOCÊ NUNCA ENTENDE! AFINAL "NOS APENAS MORAMOS NA MESMA CASA" NÃO É?!

Depois que a Bear repete a frase que tinha falado mais tarde eu entendo a situação, ela ouviu minha conversa com Dahyun, mas pelo geito, só uma parte dela...

Seulgi- EU NUNCA DEVO TER PASSADO DE UMA ESTRANHA QUE FOI OBRIGADA A SE CASAR E MORAR COM VOCÊ PELO RESTO DA SUA VIDA!! MAS PRA MIM, ÉRAMOS MAIS DO QUE "COLEGAS DE CASA" , MAS ACHO QUE VOCÊ NUNCA VAI ENTENDER ISSO NÉ?! EU...- 

interrompo a fala da morena selando nossos lábios enquanto entrelaço meus braços no pescoço de Seulgi, um beijo calmo e molhado, que logo é retribuído pela menor, pude sentir o gosto dos lábios que tanto me viciaram da última vez, me fazendo ter mais certeza ainda dos meus sentimento por ela, logo a falta de ar se faz presente, assim tendo que nos afastar

Seulgi- O que voc...- a interrompo

Irene- Eu gosto de você Seulgi, ou melhor, Eu te amo Bear!








Notas Finais


💖Não seja um leitor fantasma comente o que achou! 💖
Primeiramente, desculpe a demora 😂😶
Segundamente, vocês realmente acharam que eu ia fazer nossa Bear sofrer tanto ao ponto de ficar em uma total friendzone com a Bae?? Não mesmoooo kakakakak


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...