História Fake Love (Seulrene) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Red Velvet
Personagens Irene, Seulgi
Tags Irene, Joy, Joyri, Menção A Wenrene, Red Velvet, Seulgi, Seulrene, Wendy, Yeri
Visualizações 265
Palavras 1.686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Socorro


Fanfic / Fanfiction Fake Love (Seulrene) - Capítulo 12 - Socorro

Irene- O-oque você está fazendo aqui na Coréia?- falo surpresa 

Wendy- Vai acontecer um desfile da Chanel aqui em Seul dentro de alguns dias, então meu produtor disse pra chegar antecipada, estava pensando em te procurar, mas não esperava a encontrar tão facilmente- fala olhando fixamente pra nossas mãos 

Irene- A-ah poisé que coincidência! Viemos comprar alguns pães pro café da manhã, quer comer com a gente?

Wendy- Claro! Eu tinha um compromisso agora, mas nada de especial, vou ligar cancelando e já venho ok?

Irene- Ok!- sorrio

Wendy vai pro lado de fora da padaria, para fazer a ligação e Seulgi me encara de braços cruzados, negando com a cabeça em forma de reprovação.

Irene- Porquê tá me olhando assim?

Seulgi- Que história é essa de chamar a Wendy, pra ir na NOSSA casa Bae Joohyun?!

Irene- Não vai ser nada de mais Kang, ela apenas vai tomar café da manhã conosco, será que dá pra você pelo menos fingir estar feliz?

Seulgi vira o rosto emburrada, e não me responde, apenas suspira fundo.

Wendy- Vamos?- fala guardando seu celular na bolsa

Irene- Claro! Só vou pagar pela comida primeiro

Pagamos, e voltamos caminhando pra casa, afinal não era tão longe. Eu e Wendy ficamos colocando as idéias em dia, pois já faz um tempo des da última vez que eu a vi, Seulgi se recusava a falar com a loira, não abriu a boca nem por um segundo

Irene- Vai ficar por quanto tempo aqu em Seul

Wendy- Não sei direito, talvez por alguns meses, se acontecer mais eventos...

Irene- Que bom!! Isso quer dizer que nos veremos mais vezes então!

Wendy- Sim! Estava morrendo de saudades!- envolve seus braços em meus ombros

Irene- Também!- sorrio

eu e Wendy ficamos muito íntimas na minha última viagem, como se nos conhecessemos a anos! E isso é incrível!  Pois não sou de fazer amizades tão facilmente, porém, Seulgi já deixou claro que não gosta nem um pouco de Wendy, eu só não consigo entender o porquê, um dia desses eu tiro essa história à limpo... Depois de uns minutos chegamos finalmente em casa.

Yeri- Até que enfim Unnie, tô morrendo de fome!- fala pegando a sacola de minhas mãos- E... quem é essa?

Irene- Bom, ela...

Joy- Wendy?- fala surpresa

Wendy- Oi Joy- sorri- Quanto tempo!

Yeri- Vocês já se conhecem?

Joy- suspira- Sim, a muito tempo...- fala séria

Irene- Então, que tal comermos logo esse café da manhã hun? Estou morrendo de fome!- falo tentando quebrar a tensão

Yeri- É, também acho uma boa idéia- fala notando o climão

Todas vão até a cozinha, e servimos a mesa, com aquele café da manhã tradicional de sempre, Seulgi senta ao meu lado direito, e Wendy no esquerdo, já Joy e Yeri, na nossa frente.

Yeri- Então... Não vão me contar como se conhecem?- fala quebrando o silêncio 

Seulgi- Fomos colegas de ensino médio, apenas isso- fala, logo dando uma mordida em sua torrada

Wendy- Que isso Kang, fomos melhores amigas naquela época não se lembra?- toma un gole de seu café 

Seulgi- Exatamente, fomos, não somos mais!- a encara

O clima ficava cada vez mais tenso, era óbvio as indiretas que ficavam se dando enquanto comiamos, e isso causava um silêncio constrangedor!

Irene- E-então... Gostaram do café? Espero que não tenha ficado muito amargo

Wendy- Está ótimo Irene!-sorri- Tudo que você faz sempre é delicioso- fala fazendo Seulgi revirar os olhos

Irene- O-obrigada- falo envergonhada

Wendy- Aliás, a atuação de vocês em público está ficando cada vez mais boa! Até parece que são próximas

Seulgi- Nós somos próximas!

Wendy- Ah é? Pensei que fosse um casamento arranjado- sorri de lado

Seulgi- É sim; mas nos amamos!- fala colocando sua mão sobre a minha na mesa

Wendy- Não sabia que poderia existir amor, em um relacionamento forçado- ergue as sombrancelhas 

Seulgi bufa irritada, e em um ato rápido se aproxima mais de mim, assim juntando nossos lábios em um beijo roubado, fico surpresa de começo, mas retribuo, Kang da leves selinhos logo se afastando.

Seulgi- Pois é, também acho que não existe amor no nosso casamento... É algo muito maior que isso!- fala olhando pra mim, e em seguida pra Wendy com um sorriso no rosto

Wendy não a responde, apenas dá uma risada soprada e revira os olhos.

Yeri- E-Então Wendy, trabalha com o quê?- muda de assunto

Wendy- Sou modelo, vivi minha infância na Coréia do Norte, mas logo me mudei pro Canadá em busca de oportunidades melhores

Yeri- Ah legal, então veio pra cá também por causa do trabalho?

Wendy- Sim, aliás, hoje a noite vou praticipar do desfile de moda da Puma, se quiserem ir, serão minhas convidadas Vip

Yeri- Sério?! Sempre quis ir à um desfile!- fala animada

Joy- Não acho uma boa idéia...

Yeri- Porquê Joy?? Nunca teremos outra oportunidade de ouro como essa, vamos, por favor!

Irene- Também acho, vai ser uma chance única 

Joy- Aah, tudobém eu vou! Você vai Seulgi?

Seulgi- Se Irene for sim

Wendy- Ótimo- sorri 

Continuamos a comer, até que do nada, tudo fica escuro, num breu só, assim ninguém conseguindo enxergar nada, muito menos eu!

Yeri- O que é isso!?- fala assustada

Seulgi- Acho que acabou a luz, fiquem calmas, vou ver o que aconteceu- fala acendendo a luz do seu celular e saindo da cozinha

Yeri, assustada como é, já estava agarrada na cintura de Joy com medo, já eu e Wendy confusas, o quê aconteceu pra ter uma queda da luz agora tão cedo? Intrigada, resolvo ir atrás da Kang, pra ajuda-lá.

Irene- Bear, onde você tá?- falo levantando da cadeira, tentando me achar naquele escuro

Wendy- Irene, espera!!- agarra meu pulso me fazendo cair sobre seu colo

As luzes acendem, e só assim precebo a nossa aproximação, conseguindo até sentir a respiração de Wendy contra meu rosto, a loira apenas me encarava sem falar nada, me deixando corada de vergonha.

Seulgi- Resolvi o...- encara nós duas- O que é isso Irene?- fala séria 

Irene- E-eu só...

Wendy- Ela estava indo atrás de você, e no escuro, quase que bate o rosto contra parede, por isso a puxei pra que não acontecesse nada de ruim, e ela acabou no meu colo, só isso- fala simplista

Irene- De-desculpe Wendy- falo saindo de seu colo 

Wendy- Tudo bém- sorri

Seulgi- suspira- Foi só uma queda de energia rápida na rua inteira, mas já deve ter se resolvido

Wendy- Que bom... Mas, eu já vou indo, obrigada pelo café- sorri, pegando sua bolsa

Yeri- Já vai tão cedo?

Wendy- Tenho umas coisas pra resolver antes do desfile, espero vocês lá!

Irene- Pode deixar, até!

Wendy- Até!- fala fechando a porta

Yeri- Podemos passar a tarde aqui Unnie? Aproveitamos e vamos todas juntas pro desfile 

Irene- Claro, não tinhamos nada marcado pra hoje mesmo

Seulgi- Eu tinha! Mas é só pra quando estivermos à sós mesmo- faz um biquinho

Joy- Aham, to sacando esses seus "planos" Kang- ri maliciosa

Rimos do comentário de Joy e logo decidimos assistir à algum filme ou série pra passar o tempo, e como sempre, teve briga pra escolher o tipo de filme, mas resolvemos tudo pelo Jokenpo, sim eu sei, uma forma bem madura de lidar com as coisas!

Quem acabou vencendo foi Seulgi, que optou por uma série de suspense e mistério, ficamos praticamente a tarde inteira comentando e assistindo a série, parando só pra fazer a pipoca! Já são 8:30, as meninas decidiram começar a se arrumar, emprestamos as nossas maquiagens pra Yeri e Joy, e algumas roupas que talvez podem servir nelas, afinal vamos pro evento da puma, temos que passar uma boa impressão!

Irene- espirro- Seulgi onde você colocou aquele meu batom vermelho?- pergunto

Seulgi- A Joy ta usando... Você tá bem Bae?- fala preocupada

Irene- Tô sim porquê?

Seulgi- Não parece, ficou espirrando a tarde inteira, e reclamando que tá frio, sendo que estamos no verão!

Irene- Eu tô bem Bear, só deve ser o efeito da chuva de ontem- rio, espirrando logo em seguida

Seulgi- coloca a mão sobre minha testa- Você tá fervendo de febre! Acho que não vai poder ir no desfile

Yeri- O que tá acont... Unnie!! Você tá pálida! Está se sentindo bem?

Irene- Tô sim, é só uma gripezinha

Seulgi- Não é só uma gripe Irene! Você ta mal de verdade, vai ter que fucar de cama pra se recuperar

Irene- Aish, tá bom!!

Joy- Quer que a gente fique pra ajudar?

Seulgi- Não, poden ir meninas eu cuido da Bae sozinha

Irene- Você também pode ir Seulgi! Eu não sou mais criança! Sei muito bem me cuidar sozinha, vou tomar um comprimido e logo estarei melhor! Vai e aproveite o desfile, você não vai ter outra chance!

Seulgi- Tem certeza?

Irene- Tenho!- sorrio

Seulgi- Ok então, qualquer coisa me liga que eu venho correndo!

Irene- Pode deixar!

Yeri- Tchau Unnie, se cuida, logo estaremos de volta- me abraça 

Irene- Tchau, aproveitem!

As meninas colocam seus casacos e saem, fiquei triste por não poder ir no desfile, mas a Seulgi tem razão, preciso cuidar da minha saúde se não a situação pode piorar! Vou até cozinha, pego um comprimido pra abaixar a febre e egulo com um pouco d'água, logo, indo pro meu quarto tentar descansar.

~Quebra tempo~

Acordo com um cheiro forte, abro meus olhos com um pouco de dificuldade devido ao sono, e me levanto pra ver de onde vinha tal cheiro, caminho pelo corredor cambaleando um pouco, estava tonta, esse aroma ficava cada vez pior, logo vejo uma fumaça preta saindo da cozinha, vou até a mesma, mas não enxergo nada além de fogo e fumaça, o chão já estava sendo dominado pelas chamas, bloqueando a saída, comesso a tossir e sentir dificuldade de respirar devido a fumaça, tento caminhar até meu quarto novamente porém caio, não tinha mais equilíbrio nas pernas, estava tonta e fervendo de febre, ainda no chão, apenas pego meu celular e tento pedir ajuda pra Seulgi, sem forças e com a vista embaçada a única palavra que sou capaz de digitar é um simples...

Socorro!

 

Logo depois desmaiando no chão inconsciente...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


💖 Não seja um leitor fantasma comente o que achou! 💖
Desculpe pela demora amores :')
Sei que gostam muito da fic, por isso tento postar sempre que posso, esses dias andam bem corrido pra mim
Porém esse capítulo rendeu bastante, espero que tenham gostado 💘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...