História Fake Smile - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Tags Angts, Desabafo, Drama, Outros, Sorrisos Falsos
Visualizações 32
Palavras 443
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs, Drama (Tragédia)
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eu tô muito triste, desculpa

Capítulo 1 - Sorrisos são as melhores máscaras


Fanfic / Fanfiction Fake Smile - Capítulo 1 - Sorrisos são as melhores máscaras

Cansado, é assim que eu me sinto. Totalmente esgotado, sem um pingo de ânimo para levantar e encarar o mundo lá fora. Já não aguentando mais ter que usar a mesma máscara, o mesmo sorriso falso que todos julgam como sendo um sincero, a mesma faceta alegre. Cansado de usar essa disfarce fajuto, de erguer barreiras cada vez mais sólidas e altas, mas que sempre se quebram. Cansado de olhar no espelho pela manhã e repetir sempre o mesmo mantra:

Você está acabado, mas as pessoas não tem nada haver com os seus problemas; então sorria!”

Acontece que, depois de tanto tempo sustentando esses sorrisos, as minhas bochechas já estão doloridas, não aguento mais segura-los em meus lábios quando na verdade eu queria estar chorando. Não aguento escutar as palavras de ódio que o mundo me lança e não poder derramar uma lágrima sequer, tendo que procurar forças inexistentes para não deixar que as mesmas escorram pelo meu rosto.

Talvez a pressão que a humanidade impõe sobre mim esteja pesando demais, porque eu sinto que posso cair de joelhos a qualquer momento. Sinto que a hora em que eu vou tacar o foda-se e falar tudo o que está me afligindo, que está me sufocando está cada vez mais próxima, ao mesmo tempo que sei que ela ainda está muito longe de chegar.

Porque eu sou um fraco, e pessoas fracas são assim: covardes, injustas com elas mesmas e com todos ao seu redor.

Mas eu sou um fraco diferente, eu tento não machucar os que estão ao meu redor, eu deixo com que a dor seja sentida apenas por mim. Não quero que as pessoas me olhem com pena, sei que esse seria o único olhar que eu iria receber caso contasse o que se passa dentro de mim. Mas eles nunca notaram, nem mesmo quando eu chorava pelos cantos, baixinho e silencioso. Nunca perceberam meus olhos vermelhos, as olheiras que adornavam meus olhos, minha pele pálida de mais para um humano saudável — o que eles acreditavam que eu era.

Caso contasse sobre os monstros, sobre os demônios que se escondem no mais profundo dessa minha mente conturbada, eles também não iriam se importar, diriam que é drama; mais uma besteira inventada para chamar a atenção.

Eles não iriam saber lidar com os meus problemas, acabariam mais atrapalhando do que ajudando. O que adianta eu contar, se no final tudo vai continuar do mesmo jeito?

Não importa a ajuda que eu receba, os conselhos que possam me dar, os remédios que me receitem; eu vou continuar sendo burro e me autodestruindo, porque eu sou fraco.

E por ser fraco, eu já estou cansado demais para prosseguir com todo esse sofrimento.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...