1. Spirit Fanfics >
  2. Faking It - Lipsoul ver. >
  3. O Jogo

História Faking It - Lipsoul ver. - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Ai ai... olá gays!

Desculpem a demora super longa, me desculpem mesmo. Mas a volta às aulas fodeu tudo. O que importa é que eu voltei né não? E com mais um capítulo lalala

Aqui pra vcs saberem quem era quem na versão original da fic:

Chaeyoung - Jungeun
Mina - Jinsoul
Dahyun - Jiwoo
Momo - Yves
Yeri - Heejin
Tzuyu - Yerim
Nayeon - Haseul
Jeongyeon - Kahei
Sana - Hyejoo
Jihyo - Chaewon
Joy - Hyunjin
Seulgi - Ryujin
Irene - Lia

Então não se assustem se brotar um Mina, Chaeyoung ou qlqr coisa, belê? E agora vcs sabem de onde veio as idades e personalidades das meninas.

É isso e tenham uma boa leitura!!!

Capítulo 6 - O Jogo



¡¡¡LEIAM AS NOTAS INICIAS!!!


Jungeun terminou de fazer as tranças no cabelo e foi até a sala esperar Jinsoul. Acabara de responder a mensagem que a mais velha mandou confirmando a ida até o jogo.

Ela ainda estava receosa pelo o que aconteceu na noite anterior. Passou a noite pensando sobre isso até conseguir adormecer. Será que Jinsoul estava levando isso tudo muito a sério? Será que ela só queria que fosse mais convincente?

Jungeun resolveu acreditar na segunda opção.

– Tá tão linda. Vai aonde? – A mãe dela pergunta ao encontrar a filha sentada no sofá.

– A Jinsoul tá vindo me buscar, ela vai me levar num jogo na faculdade dela. – Jungeun explica checando o horário no celular.

– Uhm legal… posso te perguntar uma coisa? Ah, claro que eu posso, eu sou sua mãe. – ela disse respondendo a própria pergunta e sentou ao lado da filha. – Eu sei que seu pai nunca vai chegar a perguntar isso para você, mas seu que ele também imagina que isso possa ter acontecido…

– Mãe… – Jungeun disse em pânico ao perceber o rumo da conversa.

– Eu sei que isso é meio constrangedor pra você, mas lembra quando você era pequena e prometeu me contar tudo? – Jungeun negou. – Mas eu lembro, então você vai ter que cumprir. Por acaso você já… Você ainda é virgem Jungeun? – A mulher perguntou e observou a filha arregalar os olhos e ficar com as bochechas purpuras.

– Mãe E-Eu… – ela tentou dizer, mas foi interrompida.

– Me fala a verdade, Jungeun. Eu não vou ficar brava nem nada, só estou curiosa. Prometo não contar pro seu pai. – A mulher disse olhando nos olhos da filha.

– Eu sou virgem. – Jungeun disse rapidamente constrangida demais para prolongar a conversa.

– Sério? – A menina acenou confirmando e a mulher suspirou aliviada. – Ainda bem que a Jinsoul é uma menina boa, pensei que você não era mais meu bebê. – A mulher riu nervosamente. – Mas você sabe que uma hora ou outra… – Para o pânico de Jungeun ela começou a dizer, mas foi interrompida pela mensagem que chegava no celular da filha. Jungeun suspirou de alívio ao ler a mensagem e levantou do sofá em um pulo.

– A Jinsoul chegou, tenho que ir! – Ela beijou a bochecha da mãe indo em direção da porta.

– Juízo! – ela ouviu a mãe gritar antes que ela fechasse a porta.

Jungeun ainda com os olhos arregalados, andou rapidamente até o carro e entrou no banco do passageiro.

– O quê aconteceu? – Jinsoul ao perceber o quão estranha a garota estava.

– Graças a Deus que você chegou, eu tô traumatizada – a menor disse fazendo uma careta.

– Oi! – Sooyoung cumprimentou do banco de trás e Jungeun agradeceu mentalmente por não ter contado tudo assim que entrou.

– Oi, Sooyoung né? – A garota morena confirmou acenando. – Você é a que vai estar jogando hoje né? – Jungeun perguntou colocando o cinto de segurança e Jinsoul logo deu partida no carro.

– Sim! Eu e Kahei, lembra dela? Aquela com aparência meio chinesa. – Perguntou com um sorriso simpático como sempre.

– Claro, aposto que vocês são ótimas. – Jungeun retribuiu o sorriso.

– Não pra me gabar, nem nada… na verdade, é sim… nós ganhamos o campeonato ano passado e somos favoritas para esse ano. – A mais alta responde com um sorriso orgulhoso no rosto e Jungeun dá uma risadinha.

– Então estou mais do que ansiosa para ver esse talento todo – Jungeun diz sincera e Jinsoul apenas observa a conversa das duas desenrolar com um sorriso no rosto.

Ao contrário do que pensavam, o trânsito livre possibilitou as três a chegarem ao campus com tempo de sobra, elas caminhavam até o vestiário onde Sooyoung colocaria o uniforme antes do aquecimento. Jinsoul segurava na mão de Jungeun e apontava para os prédios e apresentando as instalações.

– Sabe o que eu estranhei? – Sooyoung pergunta chamando a atenção das outras.

– O que? – Jinsoul pergunta estranhando a questão repentina.

– Desde que vocês nos contaram sobre o namoro eu ainda não vi vocês beijando. É vergonha de mim? Se for, eu posso virar de costas. – Sooyoung pergunta segurando o riso quando Jungeun arregala os olhos e olha nervosa para a amiga.

– Ahm... Explica aí pra ela, Soulie. – Jungeun pediu cutucando a cintura da mais velha que riu do nervosismo da mais nova e lançou um olhar mortal para Sooyoung.

– É que a Lip é tímida sobre essas coisas. – A loira respondeu e observou a falsa expressão de compreensão da mais velha.

– Ah sei. Olha Lip… posso te chamar de Lip? – A garota apenas confirmou. – não precisa ter vergonha. No nosso grupo de amigas, que você está agora incluída, não tem essa não. A Haseul e a Kahei faltam só se comer na nossa frente. Vergonha é uma palavra que não existe no nosso vocabulário, então fica a vontade para fazer o que tiver vontade. – Sooyoung explicou.

– Tudo bem. – Jungeun sorriu para a mais velha, feliz por ser incluída tão rapidamente no grupinho.

– Está entregue. – Jinsoul disse assim que as três pararam na frente dos vestiários.

– Obrigada por me acompanharem até aqui.

– De nada – Jungeun respondeu mostrando o seu lindo sorriso e entrelaçou os  braços aos de Jinsoul.

– Vocês já são o meu casal preferido, só não deixem a Haseul saber, ela me mata. – Sooyoung diz fazendo as garotas sorrirem antes de se afastar para encontrar as outras meninas – Lipsoul, Fighting!!! – elas ouvem Sooyoung gritar e gargalhar alto sem olhar pra trás.

– Eu ri, mas não entendi. O que é Lipsoul? – Jungeun pergunta pra mais velha.

– Depois te conto. – Jinsoul responde rindo do biquinho que a mais nova faz.

Após andarem mais um pouco, chegaram até as lanchonetes, que era o local que as amigas de Jinsoul esperariam as duas.

– Olha lá elas! – Jinsoul disse apertando os olhos para ver se eram mesmo as amigas, as duas se aproximavam rapidamente das garotas que já perceberam a chegada das duas.

– Espera! – Jungeun exclama antes das duas chegarem até as outras. – Me beija.

– O quê? – Jinsoul arregala os olhos com o pedido repentino.

– Sooyoung disse que elas estão acostumadas a agir assim e tenho certeza que ela desconfiou, não quero que isso aconteça com as outras.

– M-Mas assim do nada? – Jinsoul pergunta olhando rapidamebte para as amigas que olhavam para as duas estranhando.

– Vai beijar ou não? – Jungeun pergunta, mas a loira continua paralisada.

Sem paciência, Jungeun decide tomar iniciativa ela mesma e se aproxima da mais velha colocando as mãos nos bolsos de trás dos jeans que a jovem usava e ficando na ponta dos pés para poder alcançar a boca da mesma, o que não foi necessário já que assim que os lábios se tocaram, Jinsoul se curvou e segurou o pequeno rosto da garota entre as mãos, a beijando com vontade.

Novamente, Jinsoul se empolgou demais e tentou aprofundar o beijo, mas para a sua enorme felicidade, isso foi concedido pela menor que tirou as mãos dos bolsos da mais velha e posicionou na cintura da mesma, dando um leve aperto assim que as línguas se tocaram.

– Wow! – Jinsoul jura que ouviu a menina sussurrar assim que as duas se separaram.

Jungeun limpo a garganta e abaixou a cabeça escondendo o quanto estava corada. Jinsoul riu da atitude da garota e segurou no queixo da mesma a fazendo olhá-la nos olhos, as duas trocaram um sorriso e a loira depositou um selinho rápido nos lábios da outra.

– Ei, casalzinho fogoso! A gente não vai ficar plantada o dia todo aqui não – Haseul gritou para que as duas ouvissem chamando a atenção das pessoas ao redor. Jinsoul riu negando com a cabeça e segurou na mão de Jungeun a levando até onde as meninas esperavam.

– Finalmente! Pensei que as duas iriam continuar e ficar ali no meio protagonizando uma cena de drama. – Hyejoo disse  provocando as duas.

– Eu achei lindo. Vocês fazem um casal lindo. Já disse que são lindas? – Chaewon disse com um grande sorriso, feliz por ver sua amiga mais quieta e reservada está tão alegre. – Essas duas são umas mal educadas, mas eu não, então… Oi Jungeun, tudo bem?

– Tudo bem. – Jungeun responde timidamente

– Aí Jinsoul, ela é tão fofa. Dá vontade de apertar. – Hyejoo diz olhando pra garota.

– É mesmo. Como você tem coragem de tirar a inocência de um ser tão ingênuo? – Haseul pergunta e recebe um empurrão de Jinsoul.

– Cala a boca! – a loira diz em tom de brincadeira e coloca os braços ao redor dos ombros da "namorada". – A Kahei já foi pro aquecimento?

– Sim, aliás, já deve ter começado. – Haseul responde conferindo o horário no celular.

– Vocês vão comprar alguma coisa antes da gente ir pra arquibancada? – Chaewon pergunta para as duas.

– Você quer alguma coisa?  – Jinsoul pergunta para Jungeun – Eles têm bubble tea.

– Eu quero isso então – Jungeun disse com um grande sorriso. Jinsoul deu uma pequena risada e foi até o balcão pedir a bebida para a garota.

– Deixando as brincadeiras de lado, eu fiquei feliz que a Jinsoul tenha te chamado para vir hoje. É uma chance para nos conhecermos melhor. – Haseul disse com um sorrios simpático. – Além disso, Vivi e eu ficamos felizes por não sermos o único casal do grupinho… Agora temos outro casal para incentivar a Hyejoo e a Chaewon a darem uns pegas. – Disse maliciosa ao olhar para as outras duas.

– Não ouve a Haseul não, okay? Eu sou hétero. – Chaewon disse causando uma risada conjunta entre Haseul e Hyejoo, enquanto Jungeun ria da interação delas. – Eu tô falando sério.

– Aham, e eu também. – Hyejoo diz ainda rindo.

– Tá tá, agora calem a boca que pra começar a conversa era com a Jungeun. – Chaewon disse irritada e voltou a atenção a garota que apenas observava. – E como vão as coisas do namoro? – pergunta interessada.

– Pelo visto muito bem, não viu o beijão dela aí no meio do pátio? – Hyejoo perguntou se intromentendo.

– Cala a boca Hyejoo, a pergunta foi pra Jungeun não pra você. – Chaewon diz revirando os olhos e Hyejoo coloca as mãos pra cima como se estivesse se rendendo.

– Aham, vão muito bem, na noite passada contamos pros nossos pais. – a morena responde e as garotas abrem a boca surpresas.

– Por que aquela peixe do caralho não contou pra gente? – Haseul diz.

– Gente o negócio tá sério mesmo! – Hyejoo exclama ainda boquiaberta.

— O que eles falaram? – Chaewon pergunta curiosa.

– Eles nos parabenizaram e disseram que já suspeitavam. Meu pai tinha até apostado com o dela. – ela respondeu rindo ao se lembrar da cena.

– Meu sonho de princesa pais assim. –Haseul diz.

– Sim, Jinsoul deu sorte, além da namorada mais linda arrumou os melhores sogros. – Hyejoo diz fazendo biquinho.

– Do que estão falando? – Jinsoul pergunta se aproximando.

– Estamos falando de como foi que vocês se assumiram o namoro pros seus pais, aí a Hyejoo começou a dar em cima da sua namorada. – Haseul disse apontando para a garota que negava com a cabeça, mas acabou levando um olhar mortal da outra.

– Vamos logo pra arquibancada. – Chaewon interferiu as chamando.

As três foram mais a frente andando rapidamente e conversando enquanto o casal ficava mais atrás andando de mãos dadas enquanto Jungeun tomava seu chá e Jinsoul tomava seu suco.

Os lugares na arquibancada eram escolhidos estrategicamente. Teria que ser um lugar onde elas tivessem uma bela visão do campo e que as jogadoras também conseguissem vê-las. Elas se acomodaram observando o aquecimento do time rival, já que o time principal já havia saído de campo.

Elas contavam histórias constrangedoras de Jinsoul para Jungeun que ria descontroladamente e se enturmava cada vez mais.

– Jungeun? – Alguém pergunta fazendo a garota virar e dá de cara com suas amigas.

– O que vocês estão fazendo aqui? – ela pergunta franzindo o cenho.

– Esqueceu que a Hyunjin estuda aqui? Ela chamou a gente para assistir o jogo daquela amiga dela que você tinha uma queda, a Ryujin. – Heejin diz despreocupada enquanto comia suas pipocas. – Tentamos te chamar, mas você não respondeu nenhuma mensagem. – Deu de ombros.

– Você tinha uma queda pela Ryujin? – Jinsoul pergunta semi serrando os olhos.

– Eu não julgo ela, quem nunca teve uma queda por Shin Ryujin? – Hyejoo dá de ombros.

– E o que você está fazendo aqui ao invés de tá em casa estudando como você disse que ia estar fazendo o final de semana todo? – Yerim pergunta cruzando os braços.

– É que a Jinsoul me convidou e eu não estava no mood sabe. – Deu uma desculpa tentando fugir dos famosos interrogatórios de Yerim.

– Nós vamos sentar ali, vem com a gente? – Jiwoo, que estava calada até agora, pergunta apontando para um canto da arquibancada onde Hyunjin acenava para elas.

– Ahm… – Jungeun passou os olhos pela cara confusa das outras meninas até o olhar cauteloso de Jinsoul. – Melhor não. Acho que aqui dá pra ver melhor o jogo. A Sooyoung disse que era para eu torcer para ela.

– E pra Vivi também – Haseul diz.

– É, e pra Vivi também, mas gente se vê depois do jogo? – Jungeun completa com um sorriso forçado.

– Tudo bem então, você é quem sabe... Vamos? – Jiwoo pergunta para as meninas que concordam e dão um tchauzinho para a garota.

– Aquela é sua ex? – Hyejoo pergunta assim que as garotas de afastaram.

– Não! – Jungeun e Jinsoul dizem ao mesmo tempo.

– Eita toda ciumenta. – Chaewon cantarola segurando a risada.

– Mais tarde nós vamos sair e eu só descanso quando aquelas meninas vierem conosco. – Haseul responde com um sorriso maldoso e Jinsoul apenas olha para ela e ignora.

O jogo logo começou e a cada jogada as meninas zombavam Jinsoul por estar a cada vez mais perto do final.

Jungeun estava ficando preocupada, mesmo que estivesse levando tudo na brincadeira, Jinsoul parecia tensa a cada comentário e a menor pode jurar que a viu com os punhos cerrados. Ela só esperava que aquele jogo se passasse o mais lentamente possível.




Notas Finais


Eu não atualizo a tanto tempo que o comeback até lançou. ¡¡¡SO WHAT É SIMPLESMENTE INCRÍVEL, VIEWS EM SO WHAT!!!

É isto, até a próxima bbs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...