1. Spirit Fanfics >
  2. Falha no sistema - imagine Kai , exo >
  3. 03

História Falha no sistema - imagine Kai , exo - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpe qualquer erro
Boa leitura!

Capítulo 3 - 03


Fanfic / Fanfiction Falha no sistema - imagine Kai , exo - Capítulo 3 - 03

Escuto várias vozes masculinas falando, minha cabeça doi essas pessoas não calam. Abro os olhos e grito fazendo todos me olharem  

- CALEM A BOCA! 

- calma Sn - Tae fala 

- como que eu vou ficar calma com dor de cabeça e um tanto de homem falando ! - reparo na sala, estão presentes o Jongin, Tae , kook , lay e mais cinco caras que eu não conheço - quem são vocês? 

- flor esses dois mais altos ali são os meus irmãos, Kim Namjoon e Kim Seokjin

- olá! - sorri - aí o que aconteceu? 

- você passou mal mas já está bem - kook responde 

- porque você está com roupas masculinas - um cara mais baixo do que os outros pergunta 

- não tenho roupas, então eu visto as do Lay , vocês não se apresentaram 

- sou o jimin - o cara baixo responde

- eu sou Yoongi 

- e eu sou Hoseok, mas pode me chamar de Jhope 

- ok - me levanto só que o universo me odeia , desequilibrei, já esperava minha cara toda emborrachada no chão, mas alguém segura minha cintura 

- peguei! - Jongin me vira pra si e nossos olhos se encontram por um momento, mas foi o suficiente pra mim sentir um panapama* em meu estômago - está tudo bem? 

- s - sim obrigada! - sinto meu rosto esquentar 

- Sa, temos que sair, te matricular na faculdade - Lay 

- faculdade? Mas eu deveria estar no segundo ano do ensino médio 

- sim, mas lá também tem ensino médio, todos nós estudamos lá , assim ficarei mais tranquilo 

- ok, podemos comprar roupas pra mim também? Isso aqui tá parecendo aquela roupas de hospital que eu usava nos testes 

- ugh! - Tae e Kook se arrepiam 

- bom flor, eu e o kook estamos indo morar com os meus irmãos, mas nós vivemos te visitar e nos veremos no colégio! - fala me abraçando 

- ok Tae Tae 

- espera, temos que ver se está tudo normal com ela Tae - kook interrompe - vai Sn testa

- aqui? - ele assentiu 

- Salto - Tae fala eu faço, pulo dando um mortal e parando no teto 

- eu consigo ficar parada aqui em cima agora 

- puts! - escuto Jimin 

- tenta andar - faço e ando normalmente - ok desce - faço - eletricidade 

- espera precisamos nos proteger? - Namjoon pergunta 

- não! - eu falo, logo solto os raios, ligo a TV e apago e acendo as luzes 

- ok - Tae fala - agora preciso de um revólver e uma faca 

- deixamos o nosso em casa !- Namjoon fala - mas pra que? 

- eu também quero saber - Jongin questiona 

- aqui! - Lay nos entrega. Tae os pega e logo me esfaqueia 

-SN! - Jongin grita, mas a lâmina do objeto estilhaça, logo Kook atira em mim, mas as cápsulas do revólver caem achatadas - o que? 

- tudo ok, ah , notei ontem que você tem indícios de telescinese e grito supersônico, isso é bom e ao mesmo tempo assustador! 

- cara, você é a versão da garota de aço,só que  chinesa! - Jhope fala 

- gente o que aconteceu aqui, fica aqui! - Lay fala e todos concordam. 

Por eu poder manipular e controlar a eletricidade, sinto eles por perto, quando sinto algo vibrar é porque um deles está danificado. No momento era isso que eu estava sentindo tem algo danificado aqui e é um rastreador 

- está tudo bem? - Yoongi pergunta 

- não!...Tae, tiramos todos os rastreadores? 

- sim, só tínhamos três, você detonou eles - começo a rodar na sala e o localizo 

- Jongin 

- que? 

- você poderia tirar a camisa? - pergunto nervosa 

- p - pra que? 

- preciso checar uma coisa - ele faz revelando um abs que MEU DEUS. Me aproximo e subo no sofá atrás de si já que ele é muito alto, passo meus dedos em suas costas e aperto os - doi ?

- não, mas incomoda! - tiro minha faca do bolso e a enterro em suas costas - PORRA SN O QUE TÁ FAZENDO? - não o respondo, apenas rasgo sua pele até o meio da coluna, todos me olhavam aterrorizados. Tiro da fenda que abri, havia um cabo preto, conectado a vários fios, ligados à uma placa que piscava, logo que tirei a pele de Jongin se curou rapidamente 

- você...se curou sozinho? 

- porque você me rasgou? - desci do sofá e mostro - isso é...

- um rastreador avançado, propício para locais ou coisas quente, isso está danificado, deve ser por isso que você perdeu a memória - antes que ele possa tocar eu explodo o objeto - sua identificação? 

- aish! Z7 - fico surpresa isso é familiar 

- você disse Z7? - onde eu ouvi isso? 

- sim! Porque 

- do que estão falando? - Jin pergunta 

- quem fica no laboratório tem uma identificação - kook explica - eu sou Z66 e o Tae Z95! - olho para o peitoral descoberto de Jongin e vejo um pingente 

- i - isso é meu, porque está com você? 

- apagaram a memória que você tinha de mim, você me deu e eu dei esse a você - ele retira o Saturno de dentro de minha camiseta, do nada eu tenho um de javu e todos eles Jongin estava comigo, desde pequeno dos meus 6 anos aos quatorze, a última vez que o vi 

- Kai? 

- sim 

- o - que fizeram com você, porque sumiu? 

- Renan tentou me matar, eu tentei ataca lo! 

- porque? 

- vamos deixa los sozinhos - Lay fala e todos sai 

- e - eu estava lá - ele começou a chorar - nós havíamos ido fazer mais um teste...eu tinha notado o jeito que o Chug olhava para você...eles nos deram calmante e nós dormimos...quando eu acordei, ele estava lá, abusando de você - comecei a chorar junto com ele, me contar isso é como se eu estivesse revivendo aquilo de novo - eu fiquei desesperado...comecei a gritar, você ainda não estava acordada...ele começou a falar que tinha apagado as suas memórias, as que a gente viveu lá dentro, e eu perguntei como ele iria fazer isso comigo ali dentro com você...ele disse que eu não estaria...nesse momento eu consegui queimar os cintos que me prendiam, mas ele atirou em mim 

- Kai...

- me desculpe por não poder ter te ajudado...eu me sinto tão culpado! 

- Kai, você não precisa pedir desculpas, você tentou ok, agora eu estou bem, estou aqui na sua frente - abraço ele e afago os seus cabelos - vai ficar tudo bem! 

☆☆☆☆☆☆

Segunda feira 06:00 

Sábado depois que os meninos foram embora, eu e o Lay saímos. Fomos no colégio fizemos minha matricula, depois saímos e eu pude conhecer Seul, fomos ao shopping e entramos em uma loja de roupas. Lay achou que eu iria gostar de roupas coloridas, mas se surpreendeu com o meu gosto, disse que eu sou gótica, o estilo da gangue dele, foi aí que eu reparei no estilo dos meninos, eles se vestem com roupas escuras e jaquetas, todos eles tem motos, uma mais linda que a outra . Compramos meu material e um celular pra mim. 

Confesso que estou um pouco nervosa, mas vamos lá. Me levanto faço minhas necessidades, tomo banho, e vou para o quarto. Vou até o guarda roupa, e pego uma calça jeans preta rasgada no joelho e duas correntes na cintura. Visto uma regata branca e uma blusa de mangas cumpridas de flanela preta. Nos pés calço um par de botas preta estilo militar. Passo lápis nos olhos para ficar bem marcado e solto os cabelos, pego minha mochila e o celular e vou tomar café. 

- bom dia! - falo para os meninos sentados a mesa 

- bom dia - eles falaram juntos 

- tá bonita em Sn! - Chany me elogiou e logo sinto minhas bochechas esquentarem - olha que fofa corou - riu 

- o - obrigada - me sentei ao lado de Kai e comecei a comer. 

Todos estavam na garagem, Lay me deu o capacete eu o peguei colocando em minha cabeça. Os outros já haviam subido em suas motos e logo partimos. 

Autora on 

O exo era uma gangue conhecida em Seul como uma gangue de motoqueiros, como qualquer outra, ninguém nunca imaginou que eles traficam drogas e armas, por mais que esse seja o negócio deles, os caras são pessoas boas e gentis. São góticos e barra pesada quando querem meter medo e também populares em toda a faculdade, rodeados de belas garotas de todos os tipos, de oferecidas a interesseiras. 

As motos são estacionadas em seus devidos lugares, e todos descem da mesma. Sn entrelaça seus dedos nos do irmão, que logo entende que ela está nervosa, e a puxa para dentro. 

A atenção de todos foram para a nova aluna e integrante da gangue. Além de ser bonita, chamava atenção, pessoas falavam da chinesa, coisas boas e obscenas dos demais garotos e raiva das garotas acostumadas a ficarem com eles, nunca nenhuma havia entrado na escola com eles ainda mais de mãos dadas com o líder deles. 

- hey Joy, o Lay te trocou por uma do estilo dele - Lara zombou da amiga - quem será que é? Ela é bonita!

- aish! - bateu o pé - cala a boca Lara, eu vou descobrir quem é essa puta que roubou o meu Lay e quando eu souber ela vai se arrepender! - sai andando e rebolando o quadril magro até o grupo. 

- Lay eu tô nervosa! 

- vai ficar tudo bem pequena! 

- eh...Lay lá vem problema! - D.O avisa se referindo a Joy sua ex 

- quem é ela? - Sn pergunta 

- minha ex! 

- Lay eu posso saber quem é essa vadia que está com você? - ao ouvir aquilo o sangue do loiro ferve 

- você a chamou de que? - ele esbravejou, chamando a atenção de todos ali 

- vadia 

- OLHA EU VOU FALAR A PRIMEIRA E A  ÚLTIMA VEZ , PROCURE SABER QUEM SÃO AS PESSOAS PRIMEIRO PRA DEPOIS VIM JULGAR, NUNCA MAIS NA SUA VIDA, CHAME A MINHA IRMÃ DE VADIA!!!

- irmã???





Notas Finais


*Panapama = nome dado ao conjunto de borboletas
Obrigada por lerem, bjs 💋💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...