História Fall of alliance - 5sos - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Candice Accola, Demi Lovato, Megan Fox, Zayn Malik
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Candice Accola, Dallas Lovato, Demi Lovato, Luke Hemmings, Megan Fox, Michael Clifford, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Queda, Romance, Sobrenatural, Vampiro
Visualizações 15
Palavras 2.706
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Eight


Fanfic / Fanfiction Fall of alliance - 5sos - Capítulo 9 - Eight


As coisas ultimamente andavam caóticas, a notícia que Vlad havia tido uma filha com uma humana havia sido vazada e a comunidade vampírica estava cada vez mais assustada. O que eles não sabiam era que essa criança hoje era uma mulher muito bem resolvida consigo mesmo e vampiro.

- Eu quero ela aqui! - o moreno bateu na mesa mais uma vez.

- Você sabe que não é assim, Zayn. - Lucien disse sendo sua consciência.

- Não estou falando de Elleanor, e sim da Kaya. - ele encostou suas costas na cadeira de couro preta e arqueou a sobrancelha pra mulher. - Dê seu jeito de contactá-la.

- Você sabe que o irmão dela é super protetor, Luke não deixa nada pisar naquela cidade sem que ele saiba. - a morena disse se levantando da cadeira a frente do seu chefe. - Vou tentar buscar o número dela de celular, é mais fácil do que ir em pessoa até Perth.

- Eu não quero saber como você vai fazer isso, Lucien, dê seu jeito. - vociferou batendo na mesa e se levantando também.

- Que seja, agora temos que resolver o que faremos com Mirus. - Lucien indicou. - Você vai em pessoa ou eu mesmo posso resolver?

- Acha mesmo que eu deixaria você fazer isso, minha cara? - ele disse andando até a frente de sua mesa. - Primeiro, encontre a Kaya e traga ela até aqui, e Luci, não toque nela.

O quarto destinado a torturas que Zayn mantinha naquele prédio ficava três andares abaixo da cobertura, o vampiro saiu de sua sala acompanhado por sua fiel escudeira. Lucien mexia freneticamente em seu celular tentando encontrar uma solução para realizar o desejo insano de seu mestre.

Eles chamaram o elevador enquanto Zayn pensava numa forma de fazer Mirus contar o que sabia. O vampiro preso, por sua vez, tentava estabelecer uma conexão de mentes com seu mestre, mas não estava tendo sucesso.

- Olá Nick, se é que eu ainda posso te chamar assim. - Zayn deu uma gargalhada ao fechar a porta, o que fez o vampiro acorrentado o encarar.

- Meu nome é Mirus, e Mirus é meu nome. - vociferou olhando diretamente nos olhos castanhos do Líder da Allience.

- Não estou aqui pra saber seu nome verdadeiro e muito menos para termos uma conversa casual, você já deve saber disso, o que busco são informações. E acho bom você me dizer tudo que quero saber. Se não... - Zayn não terminou a frase pois o vampiro interrompeu seu discurso primeiro com uma gargalhada alta e depois com seu próprio discurso.

- Ou o que? Vai me matar? Se fizer isso, você estará me fazendo um favor, meu querido! - ele vociferou. - Sou fiel a quem sirvo, de mim não saíra nada!

Dessa vez a gargalhada que se ouviu foi de Zayn, que não se deixou intimidar pelo vampiro a sua frente.

- Veremos, meu caro, veremos. - o moreno se virou, fechou os olhos tentando se recupera da forma com o vampiro o tratava, ele pegou seu celular e discou o número de Lucien.

- Preciso que pegue aquela maleta, que esta dentro do cofre. - A morena na sala de cima andou até o cofre colocou a senha e pegou a maleta de couro preta.

- Ok, já estou levando ela. - ela respondeu desligando a ligação.

A morena pegou a maleta que seu mestre indicou e correu até o elevador para entregar e voltar rapidamente a sua busca, ao que tudo indicava Kaya havia feito uma compra com débito em uma companhia aérea na Turquia alguns meses atras e havia feito um cadastro. A vampira aguardava a resposta da empresa para poder contacta-la. O corredor se revelou assim que a porta do elevador se abriu, ela caminhou rápido até parar na porta que ficava o quarto e deu três batidas.

Zayn só usava aquela maleta quando já estava muito vulnerável, ou precisava de respostas o mais rápido possível, Lucien entrou e a deixou em cima de uma mesa simples que havia ali, o moreno agradeceu com um aceno de cabeça, retirou uma chave do bolso e abriu a maleta, pegou o frasco de vidro e se virou para o Mirus.

- Voltemos meu amigo, para o que realmente me importa, onde está o Vlad? - Zayn perguntou enquanto abria o frasco com cuidado para não se queimar com o liquido.

- Já lhe disse, não irei falar nada para você. - Zayn se aproximou cuidado como sempre, ele tocou o rosto de Mirus com toda confiança que somente um líder poderia ter e fez o vampiro lhe encarou de olhos arregalados.

- Tem certeza que não falará nada? - Mirus balançou a cabeça negativamente fazendo o moreno derramar o liquido do frasco aos poucos, queimando seu olho esquerdo, o vampiro gritou de dor, era a pior dor que ele já tivera sentido em toda a vida dele.

Zayn não perguntou novamente, ele já estava totalmente sem paciência com aquela situação o jeito era torturar até o vampiro dizer algo, um objetivo difícil mas não impossível.

O moreno pegou mas dois fracos dentro do cofre, um dos fracos estava escrito, Água benta X, olhou firmemente para o rosto do vampiro a sua frente que ainda estava gritando de dor, e tentando se soltar das correntes que prendiam sua mão.

Mirus fizera muita força que seus pulsos já estavam mais brancos que sua própria pele pálida, o vampiro fiel tentava de todos os modos conversar com Vlad em seus subconsciente, mas era impossível, a dor que ele estivera sentindo era mais forte que sua concentração.

Era impossível não olhar para rosto de Mirus e não ter dó, do pobre rapaz que estava destinado a morrer se não falasse algo para Zayn que já estava queimando seu corpo inteiro com aqueles frascos com as água benzidas.

Para aquele vampiro, com certeza aquilo era pior do que ser queimado por inteiro no sol, a dor seria de uma vez só, mas com aqueles malditos frascos era de pouco em pouco.

- Irei perguntar mais uma vez, e espero que me diga onde está a porra do Vlad. - Zayn parou em sua frente e abaixou ficando do tamanho de Mirus, apoiando suas mãos em seus joelhos. - Me diga Nick, onde está Vlad?

- Não irei dizer nada para você, apenas uma coisa. Ela vira atras de você e não adianta correr. - Zayn se levantou acertando em cheio seu rosto com um soco, quebrando seu nariz.

Sua camisa branca já estava coberta pelo sangue, de seu nariz, e de sua carne expostas pelo liquido que ainda fazia questão de comer em cheio ela.

- Ela quem, me diga de uma vez por todas, quem virá atras de mim? - O vampiro ficou calado e fechos os olhos para não ver o que viria em breve, Zayn estava eufórico e Mirus não estava ajudando muito fingindo que não estava ouvindo.

Zayn não aguentou sua irritação e enfio sua mão no peito do vampiro que o encarava ainda com olhos arregalados, o moreno sentiu o coração do outro e não pensou duas vezes antes de arrancar do corpo dele.

- Eu irei fazer isso com você Vlad. - ele gritou erguendo o pedaço de carne morta em suas mãos.

Não era possível que isso estivesse mesmo acontecendo, tudo estava começando a fugir do controle do moreno. Zayn tentava manter a calma diante daquele disparate, Nick era fiel a Vlad, e se havia um infiltrado poderiam existir outros ali.

Lucien entrou novamente na sala com o telefone em mãos, sua expressão não era a melhor o que significava que algo havia dado errado.

- O que foi? - o moreno perguntou limpando as mãos.

- Dave está na linha, ele disse que é urgente. - ela entregou o celular nas mãos tatuadas do vampiro e se retirou rapidamente dali.

- Diga Dave, qual problema?

- Você não vai acreditar quem eu vi aqui em Paris esses dias.. - o vampiro tentou fazer um suspense, mas aquela não era noite para isso.

- Não estou com paciência para esses joguinhos hoje, Dave.

- Desse jeito as coisas perdem a graça, Malik. - o vampiro gargalhou, mas tornou a ficar sério. - Aquele pessoal de Perth, Luke e Ashton estavam visitando o tal Rutherford, amigo da Dahl e da Thompson.

- Lefrance... Só estavam eles dois? Você não viu ninguém diferente... Uma ruiva talvez? - Zayn instigou o loiro a se lembrar.

- Agora que você mencionou... Havia uma morena com eles mesmo.- a voz de Dave saiu mais baixa que o comum. - E nossa, como eu pude esquecer, pude sentir algo diferente nela.

- Obrigado pelas informações, Dave... Mande lembranças ao July.- o moreno tentou parecer simpático, mas Dave sabia que o líder da Allience era tudo menos isso.

- Abraços Mestre! - Dave desligou a ligação e encarou Jesse entrando em sua loja de instrumentos, mesmo que Zayn não tivesse pedido, ele iria investigar isso mais afundo.

O líder da Allience andava de um lado para o outro até que parou para observar o corpo morto de Nick, e pôs sua cabeça para pensar. Se aquela morena estava na França, era provável que o menino Hood também estivesse e com certeza havia sido convocado por Freya.

E tudo que a loba alfa pensava era em descobri as coisas que rondavam a família Hood e seu novo alfa. Quando a notícia que Jacob Hood deixado de ser alfa chegou a França, ela sabia que o novo líder seria um dos gêmeos, pois aquele lobisomem velho só sabia falar dos netos em todas as reuniões do conselho.

A surpresa maior, além de ver como Calum Hood havia crescido e se tornado um jovem bonito e forte, veio ao saber que o novo alfa tinha vindo acompanhado por dois vampiros e uma bruxa Herbert, ainda por cima. Freya não conseguia entender como os gêmeos e toda alcatéia Hood aceitava conviver com vampiros e outros seres.

- Estou indo pra casa. - Typhon abriu a porta do quarto que sua alfa se encontrava.

- Tudo bem, diga para Francine vir me ver, estou com saudades dela. - a morena sorriu ao girar a cadeira na direção da porta.

- Ok, qualquer coisa me ligue. - ele disse ao fechar a porta do quarto e se dirigiu a saída do apartamento.

Freya voltou sua atenção para as fotos na mesa a sua frente, Andrew tinha feito um ótimo trabalho aquela noite, ao seguir a gêmea e Beta de Calum, outra pulga se instalava atrás da orelha da alfa.

"O que Luke Hemmings e Sage Hebert tinham a haver com os Hood's", o loiro servia a Vlad e o mundo inteiro sabia que Jacob e o vampiro viviam em pé de guerra. Já a família da bruxa odiava com todas as forças Luke e seu mestre.

Que Candice Hood mantinha um relacionamento com um vampiro, Freya sabia, e a confirmação estavam naquelas fotos, agora o alfa apenas disse que sua namorada era filha de Vlad, mas não chegou a dizer o nome da garota, só que a morena era muito mais esperta do que Calum imaginava.

Freya pegou o celular e discou i número do único vampiro que ela mantinha um relacionamento amigável, apenas porque ele não lhe dava problemas em Paris.

- O que você quer, Lefrance? - ele atendeu sem muito entusiasmo.

- Por que você acha que eu quero algo? - ela respondeu ríspida.

- Vamos, pergunte... - ele suspirou, mesmo que não precisasse. - Devon me disse que viu um de seus lobos por aqui semana passada.

- Odeio você, Jesse. - Freya revirou os olhos. - Só queria algumas informações.

- Hum... Você não merece a minha colaboração, não depois que seus lobos invadiram a minha área. - ele disse revoltado, mas sua expressão estava serena.

- Era por uma boa causa, Rutherford! - ela disse manhosa. - Vai me ajudar?

- Vou repetir a minha pergunta: O que você quer Lefrance? - Jesse perguntou sem paciência.

- Duas perguntas apenas. - ela sorriu vitoriosa.- Quem era o loiro que estava com a Candice Hood e por que eles estavam na sua loja?

- Ambas as perguntas serão respondidas com uma única frase. - Jesse sorriu, pois sabia que a loba iria ficar furiosa. - Um velho amigo me e trouxe sua namorada.

- Qual nome dele Jesse?

- Essa seria a terceira pergunta, Freya, você disse que eram somente duas... - a voz dele saiu sem muita empolgação. - E eu não vou te responder isso.

- Tá, que seja, tchau Jesse!

A alfa socou a mesa com tanta raiva, que um buraco apareceu onde ela havia batido. Rutherford iria pagar caro, se ele achava que podia falar com a líder dos lobos daquela forma, ele estava redondamente enganado.

"Eu vou decifra todo esse quebra cabeça e quando abril chegar, vocês terão muitas surpresas"

Enquanto Freya tentava desvendar os mistérios por trás da alcateia de lobisomens, Jesse saía do seu escritório na loja de instrumentos para avisar sua filha mais nova quem havia entrado em contato.

Hannah atendia algum cliente aleatório, o vampiro ficou observando toda a desenvoltura de sua filha. Felizmente, ela já estava finalizando então o tatuado se escorou em uma das paredes e cruzou os braços.

- Muito Obrigado e Volte Sempre! - a voz de Hannah fez seu pai despertar dos pensamentos que rondavam sua mente antiga.

A vampira se aproximou dele e sorriu vendo que ele olhava para a entrada da loja.

- Você quer que eu feche?

- Não, vamos no escritório rápido. - Jesse a puxou pela mão.

O escritório dele era quase uma cópia fiel a loja, alguns quadros de bandas importantes enfeitavam as paredes brancas junto com os prêmios que Rutherford ganhou durante dos anos. Hannah amava aquela sala, a mesa de mogno escuro dava o contraste perfeito, sua ajuda fora essencial na montagem do lugar, pois seu pai era um desastre nisso.

- Qual problema pai? - a garota de cabelos loiros perguntou sentando na cadeira de couro e ligou a tela do computador para ver as câmeras da loja.

- Acabei de fala com a Freya... - ele disse seco e garota encarou os olhos pretos do vampiro a sua frente.

- O que essa loba nojenta queria?

- Informações sobre o Ashton...- Jesse disse cruzando os braços. - Fique tranquila, eu não disse nada, outra coisa, Devon disse que aquele lobo ainda esta por essas áreas, então tome cuidado!

- Por que não disse pra ela falar comigo? - a vampira revirou os olhos. - Pai, faz quanto tempo que eu não saio?

- Hannah, não quero você se metendo nesse assunto. - ele descruzou os braços e caminhou ate onde a vampira estava sentada. - Vou ligar pra Dahl ou para a Aurora. - ele pegou o telefone e começou a discar o numero - Ashton precisa saber disso!

- Se não é pra eu me meter, por que você esta me contando essas coisas? - dessa vez quem cruzou os braços foi a garota de olhos verdes.

O vampiro fez um movimento com o dedo indicador pedindo um tempo, Hannah apenas revirou os olhos e tornou a olhar as câmeras.

"- Dahl? - a voz dele saiu quase como um sussurro. - Sei que Aurora está aí também, preciso que vocês fiquem de olho no Ashton.

silêncio...

- Freya me ligou a alguns minutos atrás querendo saber dele e do pessoal daí de Perth. - o pai de Hannah bateu na mesa com pouca força, apenas para mostrar o quanto estava irritado com a situação. - Quero que fique de olho, se aproxime deles caso seja necessário e tente esquecer seu problema com ele... Iana, eu não quero saber como você fará isso, só quero que o faça, simples!

Em todos os anos que Hannah conhecia seu pai, ela nunca o tinha visto com tanto ódio nos olhos, mas dessa vez era diferente Freya havia mexido com um vampiro próximo a ele e a todos que ele amava.

- Você sabe que pode resolver isso num piscar de olhos né? - a garota falou olhando para o vampiro que já havia desligado a ligação e sentia seus olhos fumegarem de tanta raiva.

- Você também sabe que eu não posso alterar as coisas desse jeito. - Jesse pos o celular na mesa e encarou sua filha.


- Pai... - a vampira se levantou e ficou da mesma altura que o home de cabelos tingidos. - Calma que tudo vai se resolver, deixe que os filhos de Abel se entendam.


Notas Finais


Oi loves!

Se esse não é o capitulo do ódio eu já sei qual é! rsrs

brincadeiras a parte... teorias?

Alguém tem alguma ideia para os planos de Zayn e Freya? E quem chuta qual papel do Jesse nisso tudo?

love all ♥
Drica xx.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...