História Fallen - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 66
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Ficção, LGBT, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii, espero que gostem <3

Capítulo 2 - Blondies at The Beach


Fanfic / Fanfiction Fallen - Capítulo 2 - Blondies at The Beach

O terremoto durou uns quarenta minutos até que a menina acordou, pulando e caindo no chão, a enfermeira abandonou a expressão preocupante e correu para ajudar a paciente.

- A senhorita está bem ? 

- Com licença, mas... Onde estou ?

- Poderia me informar seu nome primeiro ? - A menina estava tão assustada que a enfermeira nem lembrou do susto que havia levado pelo estranho acontecido.

- Star...

- Ok, meu nome é Melissa, mas pode me chamar de Mel, está tudo bem, não se preocupe, antes que o hospital te libere precisamos encontrar seus pais.

- Eu não tenho pais...

- Certo, então espere um momento eu preciso chamar o chefe.

Melissa se dirigiu então ao seu Chefe.

“Mas onde estou ? Mel parece boa mas não posso ficar aqui por muito tempo... Preciso fazer alguma coisa...”

Star viu a janela que havia no banheiro, não pensou duas vezes, fechou a porta, subiu no vaso e tomou impulso para sair pela janelinha, se apertou toda para conseguir passar e, por ter dado um impulso muito forte, caiu na calçada tendo apenas as mãos como apoio.

“Para onde vou ? Para onde vou ?”

Ao ouvir gritos do lado de dentro, começou a correr, já que sabia que iam arrastá-la de volta para aquele estranho lugar.

Correu em alta velocidade até sentir seus pulmões suplicando por ar e suas pernas queimando por tanto esforço, sabia que seu rosto devia estar todo vermelho pois o sentia queimar também.

Parou em um lugar com grama, e algo como um tipo de cadeira que era pendurada por correntes e outros objetos estranhos, de repente percebeu que as pessoas a olhavam torto, como se ela fosse louca, já era tarde da noite então haviam poucas pessoas.

 “Ora... Por que esses humanos me olham como se eu fosse maluca ?”

Olhou para seu reflexo em uma vitrine que tinha escrito em letras brilhantes “Grill Place” e viu que suas roupas eram esquisitas, brancas, largas e amarradas atrás, concluiu então que esse era o motivo dos olhares tortos.

Começou a entrar em desespero, não se lembrava quem era, onde estava e não sabia para onde iria.

Decidiu correr mais um pouco para ver se reconheceria alguém...

Correu de novo e chegou a um lugar onde tinha uma plaquinha escrita "Mystic Beach", sentiu a areia macia e fria sob seus pés e adentrou a praia num intuito de curiosidade.

Por ser tarde o lugar estava quase deserto, Star parou na beira do mar sentindo a leve brisa e o mar quente indo e voltando sob seus pés descalços e cansados de tanto correr, decidiu se sentar e apenas observar aquele paraíso.

- Hey, loira, você está bem ? - olhou para o lado, um pouco a frente estava alguém segurando uma prancha, ela não conseguia ver nitidamente como era.

- Estou sim, e tu ? 

- Bem, estou ótimo, mas o que você faz aqui tarde da noite sozinha ?

- Bom, e por que você está aqui tarde da noite ? - O menino deu um sorriso mostrando seu sorriso perfeitamente alinhado e seus dentes tão brancos que poderiam servir de sol.

- Eu gosto de surfar a noite, é o melhor horário... Meu nome é Luke, e o seu ? 

- É tão estranho como vocês se importam tanto com o nome, como se fossem conhecer pela palavra... Mas é Star.

- Prazer Star, posso me sentar ao seu lado ? Juro que não sou um psicopata ou um assassino. - Falou colocando sua mão direita sobre seu peito como um juramento solene, encaixou sua prancha ao lado e se sentou.

- Então, você não respondeu o que está fazendo aqui a essa hora sozinha.

- Bem, digamos que eu cheguei aqui correndo, é só isso que importa.

Ele parou para fitá - la e percebeu a roupa que estava usando, será que havia vindo de um manicômio ?

Star percebeu sua curiosidade, virou seu rosto para ele e o encarou.

- Não sou louca se é o que pensa, a probabilidade é de que seja mais sã que todos vocês.

Os dois se olharam por pouco tempo e Star conseguiu vê - lo desta vez, seus cabelos eram loiros, seus olhos eram de um azul profundo e intenso, mais claros que os dela, possuía um tipo de argola em seus lábios.

Luke:

"Eu não sei o porquê estou conversando com esta garota, normalmente não sou muito de conversas aleatórias assim, mas algo me atraiu, era como se alguma coisa nela fosse de outro mundo, até mesmo sua aparência apesar de parecer superficialmente normal não era, seus olhos eram azuis como os meus, seus cabelos eram compridos e muito louro, estava curioso para sua explicação sobre as roupas..." 

- O que é isto ? - apontou para os lábios de Luke, atrapalhando os pensamentos do rapaz, ele demorou um pouco para perceber ao que ela estava se referindo até que ele tocou os próprios lábios e lembrou.

- Ah, é um piercing, por que ? Não gostou ?

- É... diferente, gostei, é interessante. - Ela esticou o braço para ver como era aquela tal coisa chamada piercing, mas parou quando viu que o rapaz havia ficado tod vermelho.

- Você está bem ?

- Estou, é que você...

- Eu o que ?

- É tão diferente...

- Isso é ruim ?

- Não exatamente... Onde você mora ? Posso te acompanhar até la - Star voltou os olhos para o mar e apenas ficou quieta.

- O que foi ?

- Se eu te contar, promete ficar calmo ? Posso confiar em você ? - Ele levantou a sobrancelha em dúvida, mas sentia que podia confiar e seguiu seus instintos, balançou a cabeça positivamente para que ela confessasse.

- Bem, eu não me lembro de onde vim, se tenho alguém, tudo que sei é que meu nome é Star e que eu acordei em um lugar muito estranho, acho que se chamava... Hosp... como era ? 

- Hospital ?

- ISSO !

- Star, se você estava lá é porque aconteceu alguma coisa, não deveria ter fugido. - Presumiu pelas roupas que a loira usava.

- Por favor, não me leve de volta, eu não estou atrapalhando ninguém, se quiser eu sumo daqui. - Falou se levantando, pronta para correr novamente. 

Luke agarrou seu braço antes que pudesse dar qualquer passo.

- Não, prometo que não vou te entregar, mas o que vai fazer ? Não se lembra de nada, não tem dinheiro...

- Não sei, acho que posso dar um jeito. - Ele riu.

- Não não, é o seguinte, vamos para minha casa, eu divido a casa com meus amigos já que nossos pais morreram em uma viagem juntos, temos um quarto extra, você dorme lá hoje, amanhã te apresento e daí a gente vê o que vamos fazer.

"Mas o que merdas eu estava fazendo ? Ela era uma estranha total e eu estava a levando para dormir na minha casa ? No que eu estava pensando ? Meu coração e meus instintos discordavam do meu cérebro, que dizia que minha atitude era um indício de desequilíbrio mental total, e mesmo assim, decidi seguir o que meu coração dizia: que eu podia confiar nela, e que era uma boa pessoa."

- Sinto muito por seus pais, creio que estão no lado ensolarado do Paraíso. - Luke riu e agradeceu com os olhos, não percebeu no entanto, que Star falava seriamente como se havia visto de fato seus pais depois de morrerem.

Luke foi na frente mostrando o caminho e Star o seguiu.


Notas Finais


Oi gente, esse é o capítulo de hoje, espero postar mais, e espero que gostem desse... Quem será o Luke ? Vocês tem algum palpite ? (É FÁCIL HEIN), eu sei que é chato, mas preciso que vocês comentem o que acharam, o que acham que pode melhorar... Prometo que tem muita coisa vindo por aí, como sempre, prometo tentar melhorar !!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...