1. Spirit Fanfics >
  2. Fallen >
  3. Lucy vs

História Fallen - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Leiam as notas finais.

Capítulo 19 - Lucy vs


O homem que apareceu emitia uma energia estranha, sem dúvida alguma ele era poderoso, a magia saia de seu corpo em ondas, ele tinha cabelos pretos que caiam até o meio de suas costas, olhos vermelhos como sangue, e pedaços de ferro, presos ao rosto, em cima dos olhos e dos dois lados do nariz, apesar de serem de qualidade as roupas que vestia estavam com as barras desgastada e rasgadas.

-Nem todos estavam dispostos a seguir cegamente as ordens dos arcanjos.-A voz dele causava calafrios por sua espinha.-Aqueles malditos velhos mofados, estavam satisfeito em continuar a lutinha infinita deles contra o inimigo, todo o poder do paraíso ao dispor deles, e ninguém disposto a usá lo.-A imagem projetada no céu chamou a atenção dele, um sorriso de orelha a orelha começou a se formar em seu rosto.-Agora chega de histórias do passado, se me acompanhar quietinha, prometo não te machucar muito.-Ele sorria de uma forma completamente louca.-Por favor, resista ao máximo.

- Quem é você? O que quer comigo?- Ela soltou duas chaves do anel, elas estavam quentes ao toque, seus espíritos tinham reconhecido esse inimigo como alguém poderoso.-Para quem você trabalha?

- O nome dele e Gajeel, ex comandante da legião de ferro.- Como se tivesse entrando na brincadeira, o homem liberou um par de imensas asas negras, mas diferentes das do Natsu, as dele pareciam que cada pena era feita de ferro.-Ele foi expulso do paraíso, a mais de cinquenta anos, ele era o pior de todos os comandantes.

- Você sabe bastante exceed.-Ele começou a rir.-Então também sabe que é inútil resistir, apesar de que apreciaria o exercício, eu tenho que voltar para a guilda, as coisa parecem que vão ficar interessantes por lá.

Ele não estava olhando para eles, como se não tivesse o menor interesse nos dois, todo o seu foco estava na imagem que estava sendo projetada no céu

Uma luz vermelha surgiu em cima da sede da Phantom, chamando a atenção dos três, no céu logo acima do prédio, um círculo mágico colossal tinha aparecido, no centro dele tinham um emblema na forma da cabeça de um dragão.

-Já era, estamos todos ferrados.-O anjo inimigo começou a rir, olhando para o céu, os três estavam fora do alcance do círculo.-Quem iria imaginar que eu veria esse ataque depois de tantos anos, Mestre Jose, parece que nós escolhemos mal nosso inimigo.

Sem nenhum tipo de aviso, uma viga de ferro voou em direção a Lucy, por sorte Happy foi rápido o suficiente para tirá la do caminho, no meio do ataque a viga começou a se dividir em pedaços menores que iam para todos os lados, Happy mordeu a gola da camisa da loira, decolando o mais rápido possível tentando criar uma distância, mas o anjo era rápido demais, sem realmente tentar ele os ultrapassa.

-Isso é falta de educação sábia?Ir embora sem se despedir.-Ele esticou o braço. as pontas dos dedo formam uma ponta.-Lanças do dragão de ferro.-Incontáveis projéteis foram disparados contra os dois, Happy tentou desviar, mas alguma acertar suas asas.

    Assim que tocarão o chão, Lucy invocou os espíritos câncer e escorpião, um era um homem negro, alto que vestia uma armadura de couro, duas espadas que pareciam às metade de uma tesoura, o outro uma mistura perturbadora de homem com escorpião, a parte de baixo dele era do aracnídeo, enquanto seu torso era humano com exceção das mãos que eram pinças.

    Os dois partiram para cima do anjo enquanto Lucy tentava tirar as mini lanças que estavam presas nas asas do exceed, ela olhou para trás e como imaginara seus espíritos estavam tendo dificuldade em lidar com o anjo.

    - Happy, você está bem? Consegue se levantar?-O exceed se pôs de pé, os cortes nas asas já estavam cicatrizando.-Eu preciso de um favor seu.

    - O que você precisar.

    - Me proteja, preciso de três minutos.-Ela olhou para o amigo que estava com dificuldade para andar, mas ainda sorria destemido, já tinha sua resposta, ela voltou para a luta.-Feche o portão do escorpião.-Com um último golpe inofensivo de seu ferrão, o espírito desapareceu, Lucy se sentou no chão com as pernas cruzadas, o exceed parou em sua frente com as asas abertas para cobrir o seu corpo.

    -O que você está aprontando, loirinha?-Gajeel estava ficando curioso, a quantidade de poder que estava se reunindo no corpo dela, era digno de respeito.-Vai me ignorar?

    O espírito de câncer tentou acerta lo com uma das espadas, mas Gajeel usou uma de suas asas de ferro para se defender, ele transformou um dos punhos em uma barra de ferro, e socou o espírito, ele se virou para a mulher o exceed, apesar de estar curioso com o que ela estava prestes a fazer, tinha que acabar logo, ou poderia acabar perdendo sua luta contra o Natsu.

    -Já chega.-Ele bateu suas asas se arremessando para frente.-Espada do dragão de ferro.-Seu punho se transformou em uma imensa espada serrilhada, que girava a uma velocidade impressionante, ele cortaria o exceed no meio, depois lidaria com a mulher.-Tchauzinho, pixano

    -Velocidade Máxima.-A pantera azul desapareceu sem deixar vestígios, Gajeel parou seu ataque olhando para os lado procurando o inimigo, ele sentiu uma dor na perna, e quando olhou para baixo sangue escorria de cinco rasgos em sua coxa, um momento depois, outra ferida surgir no seu abdômen.-Qual o problema, Não consegue me ver.

    -Um ótimo truque, mas será que funciona, agora? Escamas do dragão de ferro.-Um círculo mágico apareceu sob os seu pés, transformando toda a sua pele em escamas de ferro.-Tente agora, gatinho.

    Happy reapareceu em frente a Lucy, as garras em sua pata direita estavam quebradas, mas suas asas continuavam a brilhar, continuaria lutando, até que não houvesse mais nada em seu corpo para quebrar.

    -Está tudo bem, Happy.-Lucy se levantou, câncer ao seu lado, a quantidade de poder que emanava dela era impressionante até para o exceed.-Vamos acabar logo com isso.-Cancer parou em frente a sua mestra juntado as duas espada para forma uma, lucy fechou os olhos.-   

                     

Todo o poder que Lucy tinha acumulado se reuniu na espada do espírito, a lâmina começou a emitir um pálida luz azul, era possível ver pequenos pontos dourados, prateados, brancos e vermelhos, fluindo pela lâmina, como se ela tivesse se tornado, o centro de uma galáxia.

    -Acabe com isso, Cancer.-O espírito disparou em uma velocidade divina, nem mesmo Happy que estava acostumado com velocidade absurdas  conseguiu acompanhar, no último segundo Gajeel usou os braços transformados em cilindros de ferro, para se defender, a lâmina do espírito as atravessou como se não fossem nada, as pontas caíram no chão se desfazendo em partículas de luz.-De novo câncer.-Lucy estava começando a respirar com dificuldade.

    -Impressionante, realmente impressionante.-As asas dele se fecharam protegendo seu corpo, as penas começaram a endurecer até  que tinham perdido o formato, pareciam infinitas lâminas de ferro se sobrepujando umas às outras.-O que fará agora?

    Lucy começou a dar ainda mais poder para o espírito, ele segurou a espada com a ponta para o céu, logo acima deles um rasgo apareceu, e se expandiu, revelando um pedaço do céu estrelado, a luz da espada começou a crescer até encostar nas estrelas.

    -Experimente a fúria das oitenta e oito constelações, Lâmina meteoro.-Cancer brandiu sua espada, um aura azul a acompanhou, centenas de estrelas começaram a cair do céu, acertando o anjo primeiro, quando por fim a lâmina o tocou, ela cortou suas penas de ferro e as escamas que estava debaixo, deixando um corte profundo no peito do anjo.-Você ainda está vivo?

    - Incrível, te dou meus parabéns, há muito tempo que não recebo um ferimento desse.-Ele tocou o corte em completo êxtase.-Mas agora chega.-Ele fez um gesto com um dos braços,  um homem com o gorro da Phantom surgiu do meio da floresta, ele segurava uma mulher por cima do ombro.-Ou você vem comigo, ou eu mato essa mulher.-Ele a jogou no chão, era uma mulher pequena, de cabelos azuis.-Você a conhece certo? eu me diverti um pouco com ela ontem.

    -Levy.- Lucy tentou se aproximar da amiga, mas uma espada de ferro encostou no pescoço dela.-Seu filho da puta, deixa ela em paz.-Lucy estava praticamente rosnando de raiva, Happy e câncer a imitavam.-Como você a tirou da guilda?- O prédio estava cheio de gente, seria impossível tê-la tirado de lá,sem uma boa  briga, ainda mais que os cabeças dura da Fairy Tail iriam escolher a morte antes de deixar alguém levar um de seus amigos, e Natsu estava próximo o suficiente para voltar caso fosse necessário. 

-Há muitas coisas que vocês não sabem-Ele usou a ponta da espada, para levantar a fina camisola que Levy vestia, revelando o abdômen dela, onde no dia anterior,uma marca da guilda Phantom Lord tinha sido desenhada, agora tinha uma pequena marca na forma de um par de asas negras com as penas lembrando lâminas.-Essa é uma marca de ancoragem, com ela ,esse idiota aqui.-Ele acertou o punho, no estômago do homem com o gorro da phantom.- Consegue se teletransportar independente da distância, um truque bem útil, o mestre Jose tem um monte deles na manga.-Apesar de chamar o Jose de mestre, Gajeel não parecia ter nenhum respeito pelo homem, tudo que Lucy conseguia perceber era desdém e desprezo.-Já chega de conversa.-Pela primeira vez desde que apareceu, o anjo ficou sério-Venha comigo, que ela estará livre.-Apesar de parecer completamente louco era possível perceber a inteligência por trás daqueles olhos cor de sangue, que tinham se transformado em fendas-O que vai ser?

    -Você jura? Por suas asas?-Gajeel ficou surpreso com o pedido, mas ainda assim acenou confirmando.-Diga, com seu verdadeiro nome.

    -Você sabe umas coisas interessantes, Eu Gajeel Redfox הלהב של אלוהים החותך את המציאות, juro por minhas asas que não farei mal a essa mulher.-Ele apontou para Levy, e arrancou uma de suas penas, jogando ao lado dela, a pena ficou azul.-Feliz?

O membro da Phantom gritou de dor, quando Gajeel e Lucy, olharam para ele, o homem estava pendurado pelo pescoço, nas mandíbulas do exceed, o sangue escória manchando os pelos da pantera, Happy abriu a boca e a fechou rapidamente, a cabeça do homem caiu no chão com um barulho molhado, rolando até parar nos pés do anjo.

O exceed não desviou o olhar da marca no abdômen da fada, até que ela desapareceu por completo, vagarosamente ele se aproximou da loira, medindo a reação dela com cada passo que dava, mas a princesa não se deixou abalar, quando ele parou ao seu lado, ela colocou a mão entre as orelhas dele.

-Obrigada Happy, desse jeito eles  não tem como se aproximarem da Levy de novo.-Apesar dela achar a morte de qualquer ser vivo uma coisa terrível, ela não iria julgar o exceed, desde o começo ele deixou claro, que era um guerreiro, que já tinha matado antes e que não iria hesitar em matar de novo, essas eram pessoa cruéis ao ponto de brutalizar, uma mulher inocente, simplesmente pelo prazer, Lucy não iria perder um segundo de sono por eles.

-Você realmente é surpreendente, exceed.-Gajeel não parecia nem um pouco incomodado com a morte do parceiro, a única coisa que demonstrava era a mesma loucura de antes, mas agora também tinha um novo respeito pelo exceed.-Eu não imaginava que você fosse atacá lo assim que firmamos o acordo, isso não é coisa de quem luta justo.

-Quem disse que luto de forma justa? Posso não estar no mesmo nível, que você, mas nós dois somos guerreiros, e sabemos que na guerra não há luta justa.-Não havia vergonha nas palavras do exceed, só a resignação de quem já tinha aceitado que o mundo não era feito de ideais.-Nós dois sabemos que ele iria atrás da pequena fada assim que a Lucy tivesse saído de vista, você prometeu, nenhum dos outros compartilham desse juramento.

-E verdade, no final iremos destruir todos os membros da sua guilda.

    -Happy, eu preciso que você a leve para o Natsu.-Ela viu a negação nos olhos do exceed, por isso o interrompeu,-Por favor Happy, eu preciso que você faça isso por mim.-Discretamente ela tocou o pingente que carregava, ela passou a mão no pescoço dele.

    Sem outra escolha, com a ajuda da loira, ele colocou a fada em suas costas, partindo na maior velocidade que conseguia, tomando o máximo de cuidado para não derrubar a fada.

    -Eu achei que ele nunca iria embora.-Lucy sentiu uma pancada em suas pernas, seu mundo girou por um momento, depois o gosto de terra e sangue dominou sua boca.-Agora nós podemos nos divertir, você será um aperitivo,  aquele bastardo flamejante será o prato principal.-Outro golpe a atingiu, ela ouviu o som de uma de sua costelas se quebrando.-GRITE PARA MIM.-Outro golpe, dessa vez na perna, por sorte nada quebrou.-Você tem sorte de eu não poder te matar.

    Gajeel ia dar outro golpe quando algo chamou sua atenção. uma voz furiosa que vinha da sede da guilda.

    -Arte secreta dos dragões de fogo:Queda das estrelas.-O círculo que estava em cima da guilda começou a brilhar, e a se transformar, no fim um imenso dragão feito de chamas tomou forma, rugiu e caiu no chão. incinerando tudo em seu caminho, por um momento um pilar de fogo conectou céu e terra, e no momento seguinte só cinzas restavam.

    -É disso que estou falando, esse poder inacreditável-Gajeel não conseguia se controlar, estava gargalhando tanto que seu estômago doía.-Quanto tempo eu esperei por isso, finalmente eu vou poder me vingar.

    -Mestre Jose Porla da Guilda Phantom Lord, estamos em guerra, prepare se para sua aniquilação.-Gajeel sentiu falta de ar, estava tão animado que estava ficando tonto.

    -Isso, e para isso que fomos criados, para isso que existimos, para Guerra, para o sangue, para a destruição, vamos Natsu, reviver aquela emoção, mostrar para esse mortais o que é um campo de batalha puramente imortal.

 


Notas Finais


Postei uma nova Fic, Nalu tambem, quem estiver interesado da uma olhada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...