1. Spirit Fanfics >
  2. Fallen Angel >
  3. A luta

História Fallen Angel - Capítulo 6


Escrita por: e Alicia_cou


Notas do Autor


Alícia_cou - boa leitura amoras
Thay_ARMY_S2 - espero que gostem 💜💕

Capítulo 6 - A luta


- temos companhia - falou o anjo

Clara o olhou assustada, pois também havia sentido a presença maligna e se aproximou mais do anjo, Gael logo começou a observar o local cautelosamente para descobrir onde estava o demônio.

Por sua vez, o lobo possuído estava a espreita, esperando o momento certo de atacar... Alguns silenciosos segundos se passaram e o lobo atacou o anjo, que desviou do ataque, mas seu objetivo não era Gael e sim a Clara, pois não conseguiria machucar o anjo enquanto estivesse em um corpo fisico, com isso ele conseguiu afastar o anjo da garota e logo tentou ataca-la. Em um movimento rápido, o anjo conseguiu fazer aquele mesmo exorcismo que fez com a Clara no hospital. O anjo atravessou sua mão no corpo do lobo, sem deixar nenhum machucado físico e retirou o demônio do corpo do animal. O lobo caiu inconsciente no chão, antes que pudesse atacar a criança e o demônio foi jogado para longe.

- Clara, não fique muito longe de mim! Mantenha-se em um lugar que eu possa vê-la.

- entendi

O demônio logo se recompôs com a sua forma original, seu olhos eram vermelhos, seus dentes e garras pareciam lâminas, seu corpo era todo contorcido e seu rosto era deformado, a criatura tinha mais de dois metros de altura e pela energia densa que emanava, dava para perceber que esse demônio era mais forte do que os outros que tinha lutado.

- como dizem os humanos: mas que porra!

O demônio correu em direção ao anjo, deu um enorme salto e desferiu um soco, o anjo voou para trás, se esquivando do ataque e o demônio acertou o chão. Agora foi a vez do anjo atacar, Gael voou em direção a criatura dando-lhe vários socos na face, fazendo-o dar alguns passos para trás. Para se defender o demônio deu outro soco, que dessa vez, acertou o anjo em cheio, fazendo com que ele caísse no chão e a criatura ficou por cima dele.

- me entregue a garota! - falou o demônio

- nunca

Gael conseguiu mudar as posições e ele ficou por cima do demônio, dando-lhe vários golpes, mas logo aquele ser maligno pegou o anjo pelo pescoço e o arremessou para longe. Uma enorme foice com uma corrente se materializou na mão do demônio e ele logo se aproximou de Clara, fazendo com o que a garota apavorada desse alguns passos se afastando e jogou a foice em sua direção, então Gael, rapidamente voou na direção de ambos e se colocou na frente da garota, se ferindo com a foice no lugar dela.

O demônio puxou a corrente, fazendo com que a foice rasgasse ainda mais o peito do anjo, fazendo ele gritar de dor e se ajoelhar no chão.

- GAEL!!!! - gritou a garota apavorada

O demônio gargalhava como se aquilo fosse uma cena de filme de comédia. O anjo se levantou do chão com dificuldade e com uma mão no peito, em cima do ferimento e em sua outra mão, sua adaga prateada se materializou, então o anjo voou em direção ao demônio, numa tentativa de acerta-lo. O demônio tentou desviar, mas mesmo assim foi atingido pela adaga, no estômago. O ser maligno agiu como se isso não fosse nada e logo jogou a sua corrente que prendeu nos pés de Gael e o puxou fazendo o mesmo se colidir com o chão.

- vamos acabar com isso...

O demônio levantou sua foice no ar, planejando acertar o anjo e dar um fim a sua vida.

- NÃOOOOO!!!!

Clara gritou mais uma vez e dessa vez, seu corpo começou a emanar uma forte luz, junto a uma energia poderosa que fez com que o demônio se afastasse e Gael aproveitou para enfiar a sua adaga no coração do demônio, o matando e a garota caiu no chão inconsciente.

O anjo, ofegante, se aproximou da garota desacordada e sentou no chão ao seu lado.

- o você fez, garota? como conseguiu fazer isso e por quê você é diferente dos outros humanos? - perguntava o anjo, mesmo sabendo que não teria resposta alguma.

Alguns minutos se passaram e a garota finalmente estava acordando. Assim que Clara abriu os olhos e viu o anjo, ela sorriu e o abraçou.

- Gael! Você está vivo!!

- sim, eu estou vivo... Mas você está se sujando com o meu sangue! - falou separando o abraço

- não importa, as outras pessoas não podem ver mesmo - falou voltando a abraça-lo e o anjo sorriu

- ou, como você fez aquilo?

- aquilo o que?

- o brilho... 

Clara o olhava confusa e o anjo entendeu que ela não se lembrava do que havia feito.

- deixa pra lá... Precisamos de um lugar seguro - falou o anjo como se estivesse pensando em algo.

- e onde seria isso?

- tenho um lugar em mente, mas é muito longe para irmos andando... Se você não tivesse um corpo físico, poderíamos ir voando...

- e por quê não me carrega?

- eu já disse que eu não tenho um corpo físico... Eu iria acabar atravessando o seu corpo

- ué, mas eu te abracei e não aconteceu nada.

Gael olhou para Clara com uma expressão confusa e logo desviou sua atenção para um lugar qualquer.

- Mas... Mas... Garota, tem certeza que você é uma humana ou se pelo menos está viva?

- ah, sim? - Clara respondeu sem entender muito bem a pergunta do anjo

- vamos fazer um teste! - o anjo se levantou no chão, ficando em pé e pegou a garota nos braços - é... Funciona...

O anjo imediatamente voou com a criança em seus braços, que se divertia.

- Gael, mas se alguem lá em baixo me ver?

- ninguém vai ter ver a essa altura... Não está com medo?

- não, porquê?

- sei lá, vocês humanos tendem a ser bem medrosos...

Enquando voavam, ambos novamente sentiram a chegada de um outro demônio.

- Gael...

- está nos seguindo, não é? - falou com uma expressão cansada

Clara balançou a cabeça em confirmação.

- droga, não estou em condições de lutar de novo... Não com você aqui... Vou tentar despista-lo

O anjo começou a voar com mais velocidade e o demônio começou a seguir o seu ritmo, se aproximando cada vez mais e conseguiu pegar o anjo pela perna.

- me solta, ô coisa feia - falou dando vários chutes até que o demônio soltou a sua perna.

Gael voou para dentro de uma grande nuvem, para despistar o seu perseguidor, ficaram se escondendo lá, por alguns minutos e finalmente saíram da nunvem, seguindo o seu caminho.

- acho que ele não tá mais atrás da gente... - falou Clara - para onde estamos indo?

- já ouviu falar do Éden?

- jardim do Éden? O paraíso?

- sim, vamos para lá...

- ainda existe? - perguntou surpresa

- digamos que é o que restou dele...

Passou-se algum tempo e o anjo finalmente pousou em uma área de mata, colocou a garota no chão e caminharam por alguns minutos, até que chegaram em uma região em que tinha um enorme campo com algumas árvores carregadas de frutos, havia também vários animais, alguns selvagens, mas que não eram agressivos. Ao redor do campo havia dois rios com águas transparentes de tão limpa, fazendo o campo parecer uma ilha e no centro, havia uma enorme árvore, a mais alta de todas as outras.

Clara olhava o local atentamente, maravilhada com a paisagem.

- esse lugar era maior e mais bonito da última vez em que vim aqui...

- mais bonito?! - perguntou a criança, boquiaberta 

- aquela é a árvore do fruto proibido... - apontou para a enorme árvore no centro do campo, o anjo iria continuar a falar quando foi enterrompido pela garota

- prometo que não vou comer nenhuma frutinha sequer que venha dessa árvore!

- não era isso que eu iria falar - falou rindo - essa árvore não dá mais frutos desde que Adão e Eva comeram.

- ah

- continuando... Não vamos poder ficar por muito tempo aqui...  Só algumas semanas, no máximo...

- por que?

- esta terra não é mais sagrada... Os humanos estão a corrompendo com sua maldade e pecados, sem falar que não muito longe daqui, há um grupo de possoas adoradoras de satanás, não sei como os humanos ainda não acharam esse lugar... Mas enfim, esse lugar não vai demorar muito para desaparecer... - o anjo olhou para a garota que o escutava atentamente - se quiser ir brincar com os animais ou comer alguma fruta, fique a vontade.

A garota balançou a cabeça em confirmação. O anjo se afastou e se sentou no chão, se encostando em uma árvore para descansar e se recuperar de seus ferimentos.




Notas Finais


Esperamos que tenham gostado 😄💜
Nos perdoem por quaisquer erros na escrita 🙇😅
Até o próximo capítulo, tchauzinhu 👋💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...