História Fallin' all in you - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Visualizações 39
Palavras 1.593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa capítulo é especial já que o aniversário do nosso Shawn tá chegando, enfim muitas novidades vindo ai.
É isto, Boa leitura.

Capítulo 17 - Birthday surprise


Fanfic / Fanfiction Fallin' all in you - Capítulo 17 - Birthday surprise

P.o.v Gabi Brandt

Acordei com a claridade e o som das ondas quebrando na areia próxima dos meus pés, cocei os olhos e levantei minha cabeça olhando ao redor, estava na praia com o Shawn ao meu lado dormindo feito um anjo, cheio de areia, mas ainda sim um anjo, me lembrei da noite passada e isso fez com que meu sorriso se abrisse instantaneamente.

Sendo bem específica, hoje é dia 8 de agosto, aniversário do moreno deitado embaixo de mim, e ele não espera pelo que vai acontecer esta noite. Aprecio seu rosto anguloso, sua marquinha na bochecha e sua boca entreaberta por conta do sono, ele parecia dormir calmamente, minha dó em acorda-ló é enorme, mas eu tenho muitas coisas pra resolver hoje, aproveitei essa calmaria pra chamar um uber.

- Ei, amor. - Falei baixinho passando a mão pelas suas bochechas rosadas.

- Hm. - Ele fez manha me abraçando mais forte pela cintura e continuou com os olhos fechados.

- Babe, é sério, vou me atrasar pro meu compromisso. - Menti um pouco pra começar minha atuação.

- Amor, hoje é sabado. - Ele murmurou sonolento tentando voltar à dormir mas eu mordi sua bochecha fazendo ele abrir os olhos.

- Preciso ir mesmo, já até pedi um uber. - Falei vendo ele se sentar e me encarar esperando algo, eu sabia o que era, mas não podia estragar meu plano.

- Deixa que eu te levo. - Falou um pouco magoado por não ter recebido o que esperava.

- Não precisa mesmo, babe, olha, é realmente importante, vai pra casa descansar e de noite você pode ir lá pra casa, o que acha? - Falei sorrindo fofa e ele concordou com a cabeça, me levantei vestindo minha calcinha embaixo da sua blusa que eu vestia, coloquei meu shorts e dei um beijo nele vendo que meu uber chegou.

- Tudo bem, te vejo a noite. - Falou meio chateado e isso fez meu coração apertar e eu me senti horrível, mas isso é por um bem maior.

Entrei no carro e o motorista deu partida me dando a visão do moreno deixado na praia, encostei minha cabeça no vidro olhando os últimos detalhes da festa no meu celular, resolvi deixar uma mensagem pro moreno pra não magoa-ló tanto.

Eu: Baby, esqueci de falar, mas, te amo muito. Xoxo

Bloqueei meu celular novamente reforçando o endereço ao senhor que dirigia o carro, quando ele estacionou na frente do salão eu paguei e desci do carro agradecendo.

- Como estão indo as coisas? - Perguntei pra decoradora e ela fez um joia com a mão já que enchia um balão com a boca.

- Miga, essa festa vai ser um bafo. - Ryan, um dos organizadores disse chegando ao meu lado.

- Conseguiu organizar o vídeo que eu mandei? - Perguntei pronta pra roer uma unha de nervosismo.

- Tá tudo certinho, gata, você tem que relexar. - Ele disse tirando meu dedo da boca e me olhando feio.

- Vou fazer uma ligação, se precisarem de alguma coisa me chamem. - Disse saindo de perto da equipe que montava o local e ligando pro Nash que me atendeu no segundo toque.

- Fala, cunhadinha. - Ele atendeu animado me fazendo rir.

- Bom dia pra vocês também, Nash. - Falei ouvindo a voz da Sun ao fundo.

- Vocês? - Se fez de bobo.

- Você, Sun e a minha garotinha. - Disse ouvindo ele se engargar com o ar me fazendo rir.

- Como sabe? - Ele perguntou.

- Não sou idiota né, Nash. Mas, enfim, esse não é o assunto. - Disse querendo chegar ao ponto.

- Sobre a lista de convidados, né? - Perguntou e eu me sentei em um puff que tinha no canto sentindo o resto de areia que ainda havia no meu corpo me incomodar.

- É. - Concordei com a cabeça mesmo sem ele ver.

- Tá tudo certo, já falei pra todos estarem presentes as 7:00 p.m em ponto, nada de atrasos pra não estragar a surpresa. - Sorri empolgada.

- Muito obrigado, Nash, você é incrível. - Agradeci por ele estar me ajudando tanto a organizar isso.

- Show, agora tenho que almoçar e alimentar meus bebês, não esquece de fazer isso. - Ele brincou e eu ri desligando a chamada.

Voltei ao local que todos estavam e vi Aali e a senhora Mendes ajudando com algumas coisas, cheguei sem elas verem e abracei a mais nova por trás pegando ela de surpresa.

- Aí que susto, cunhada. - Ela disse me dando um abraço direito e eu ri sem graça abraçando a senhora Mendes, vulgo, Karen, depois.

- Que bom que vieram, quanto mais ajuda melhor. - Eu disse segurando a escada para que o eletricista conseguisse subir sem correr riscos e pendurar o globo.

- Foi uma luta sair de casa com o Shawn carente de atenção estando lá. - Karen disse me fazendo prestar mais atenção.

- Ele só sabia reclamar que ninguém se importa com o aniversário dele, foi quase impossível ignorar. - Aali falou indicando às mulheres do buffet doce onde era pra colocar os docinhos.

- Mal sabe ele. - Falei sorrindo e dona Karen me deu um beijo na bochecha segurando a escada pra mim enquanto eu saía até a cozinha onde já estavam alguns chefes preparando as comidas.

- Bom dia, senhorita. - Chefe Rodrigo disse e eu sorri retribuindo.

- Bom dia, Rodrigo. Só passei aqui pra lembrar, nada de tomate nas comidas, o Shawn odeia. - Relembrei e ele concordou com a cabeça repassando a ordem para os outros chefes presentes na cozinha.

- Toma, come esse risoto aqui antes que você esqueça de comer e passe mal. - O cozinheiro mais velho dali disse me dando um prato e me fazendo sentar em uma das bancadas.

- Isso tá muito bom, vai estar no cardápio? - Perguntei comendo rapidamente pra não perder tempo.

- Sim, mas esse eu só fiz agora pra senhora almoçar. - Ele disse meigo e eu sorri deixando um beijo na sua bochecha enrugada.

- Muito obrigado, Zé, tava uma delícia, mas agora eu tenho que ir. - Me despedi deixando o prato com ele e voltando pra decoração.

[...]

Já tinha voltado pra casa á um tempo e estava quase pronta só faltava me vestir, coloquei a saia preta justa, o sutiã preto rendado e a jaqueta jeans, coloquei umas chockers e calcei uma bota cano longo. Soltei meu cabelo que estava ondulado e dei mais algumas espirradas de perfume, peguei meu celular vendo as milhares ligações do Shawn mas tinha que seguir o plano e ignorar todas elas.

Escrevi o bilhete dizendo onde ele deveria ir e menti dizendo que estava terminando o trabalho que era pro mesmo me buscar lá, saí de casa, deixei o bilhete com o porteiro para que entregasse a ele quando chegasse, ele viria até aqui como tinhamos combinado.

- Tá gata, mulher. - Sun disse assim que eu entrei no banco de trás do carro do Nash.

- Você tá radiante, bolota. - Dei um beijo na sua bochecha e um na do moreno dos olhos claros.

- Qual foi sua desculpa pra ignorar ele o dia inteiro? - Minha amiga perguntou sobre o Shawn.

- Trabalho, ele acha que está indo me buscar em um ensaio. - Eu disse sorrindo sapeca.

- Uou, esperta, eu disse que tinha uma reunião. - Nash disse fazendo Sun fazer uma expressão desacreditada.

- Você não sabe nem mentir, Nash, reunião em um sábado? - Bateu nele e eu ri.

- Pelo menos ele acreditou, e Karen me disse que ele tá quase ficando doido. - Falei vendo o meu amigo estacionar em uma vaga exclusiva pra nós.

- Vocês são horríveis, tadinho dele. - Sun disse acariciando a barriga enquanto nós chegávamos na festa, já haviam várias pessoas sendo recebidas pelos pais do meu namorado, deixei meus amigos, me juntei aos meus sogros e comecei a comprimentar as pessoas que chegavam.

Quando vi que a maioria das pessoas já chegaram e o porteiro me mandou mensagem avisando que Shawn já havia passado lá, subi no palco do Dj e peguei o microfone pra conseguir fazer que todos me ouvissem.

- Gente, o Shawn já tá chegando, vão se escondendo que a gente vai apagar as luzes. - Anunciei e todos fizeram o que eu mandei, usei a lanterna do celular pra descer do palco sem cair.

P.o.v Shawn Mendes

Não posso negar que eu estava chateado, porra, é o meu aniversário e ninguém se deu ao trabalho de passar um tempo comigo, pelo menos agora eu vou buscar a Gabi na seção e passar o resto do dia com ela. Parei o carro e tentei ligar pra loira, mas a mesma não me atendeu, o local tava todo escuro e isso me deixou confuso.

Saí do carro e fui ate a porta chamando por alguém, não obtive respostas então entrei não enchergando nada por conta do breu.

- Gabi? - Chamei e as luzes se acendetran todas de uma única vez.

- SURPRESA! - Todos presentes no ambiente gritaram, eu ainda estava em choque e só foi cair a ficha quando a loira chegou na minha frente segurando um bolo com as vela acessas, todos cantavam parabéns e eu só sabia sorrir feito um bobo.

- Parabéns, babe. - Gabi disse me abraçado depois de soltar o bolo.

- Eu jurava que você tinha esquecido. - Disse meio bobo com a mão na sua bochecha observado cade parte do seu rosto.

- Eu nunca esqueceria, amor, tava planejando isso à dias. - Falou e eu a puxei pra um beijo cheio de paixão, nossas línguas já conhecidas se acariciavam, e minhas mãos desceram para a sua bunda redondinha, nosso beijo rendeu uma grande algazarra para todos que estavam ao nosso redor.




Notas Finais


Continuação da festa no próximo capítulo.
Beijos de Luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...