História Fallin' For You (Jungkook) - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Jungkook, Kpop
Visualizações 90
Palavras 1.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi anjinhos, como vão? Espero que bem!
Eu to meio sumida, né? Por favor, leiam as notas finais pra saber o motivo!!

Capítulo 17 - Assistir? Que nada!


Fanfic / Fanfiction Fallin' For You (Jungkook) - Capítulo 17 - Assistir? Que nada!

Anteriormente...

“KakaoTalk

Mari: Oi Kookie. Quando puder, me liga okay?”

 

Eu fiquei muito mal. Sabia que se abrisse mão desse emprego, provavelmente teria de voltar ao Brasil. Precisava começar a deixar meu currículo em outras empresas. Se não conseguisse ser contratada, o jeito seria voltar ao Brasil mesmo. Meus pais não teriam condição para me sustentar aqui. Eu é que pagava todas as minhas contas. O que eu menos queria, no momento, era voltar ao Brasil.

            Eu não podia desistir do emprego, mas também não iria terminar com Jungkook. De forma alguma. Ele me fazia muito feliz e eu não iria deixar que nada estragasse o nosso relacionamento. Como ele mesmo disse, a gente dá um jeito.

 

[...]

 

            Eram dez da noite e meu celular começou a tocar. O nome de Jungkook apareceu na tela. Hum, se em Seul eram dez da noite, lá era onze da manhã.

 

– Oi amor.

– Oi Kookie...

– O que foi? Aconteceu alguma coisa, né?

– Eu fui na reunião... e sim, era sobre nós. Segundo o coordenador de publicidade, eu vou ser demitida.

 

Depois de mais de vinte minutos na ligação, após explicar a maior parte resumidamente, decidimos ir falar com o coordenador de publicidade quando ele voltasse a Coreia. Tinha de ter um jeito. Mesmo se eu continuasse na empresa, todos já sabiam mesmo. Para eles, não ia fazer diferença continuar ou não com Jungkook... eu acho. Mas para nós, fazia diferença sim, e muita.

Vi que Yeri estava online e então, fizemos ligação de vídeo. Contei tudo a ela, assim como ela me contou de várias coisas que haviam acontecido nos últimos dias. Ela havia começado a sair com um garoto chamado Eunwoo. Cha Eunwoo, se não me engano. Segundo ela, de um boy group chamado Astro. Fiquei super feliz por ela, já que ela me contou o quanto ele estava sendo prestativo e isso lhe fazia muito bem.

 

[...]

 

            Alguns dias tinham se passado. Minha ansiedade me assustava cada vez mais. Eu queria saber o que iria acontecer no final das contas. E me assustava cada vez mais a ideia de que as coisas podiam dar errado, mas, como dizem, eu seguia firme.

            Jungkook já estava em Seul e eu o esperava em minha casa. Eu estava perdida em meus pensamentos, quando ouvi a porta bater. Olhei na direção da entrada e lá estava Jungkook, vindo até o sofá em que eu estava, com um sorriso no rosto e os braços abertos. Levantei-me e o abracei apertado. A ideia de o perder me deixava com medo.

– Eu te amo muito. – Jeon disse baixinho, em meu ouvido.

– Eu também te amo demais, meu anjo. – Sorri e dei um selinho rápido, em seguida sentei-me novamente, ele fez o mesmo.

            Ele me abraçou de lado e aquilo me passou segurança. Ele puxou um cobertor que estava ali e nos cobriu. O dia estava frio e ficou aconchegante daquela forma.

            Depois de um tempo em silencio, eu prestava atenção no que passava na televisão e percebi que Jungkook me olhava. O olhei fixamente.

– Você sabe que não vou deixar que aconteça nada com a gente, né?

            Continuei em silencio.

– Mari, se eles não quiserem permitir nosso relacionamento, eles que se fodam. Você não precisa continuar lá.

– Claro que preciso. Pelo menos até achar outro lugar, senão eu volto para o Bra...

– Tem nada, acho que com o dinheiro que eu ganho eu podia te manter aqui.

– Não... isso não é justo.

– Eu só quero você perto de mim, amor. Não importa o que tenha que ser feito.

            Sorri e aproximei meu rosto do seu. Ele me beijava calma e lentamente. Voltei a minha atenção ao filme, até que colocou uma das mãos entre as minhas pernas. Meu coração acelerou e eu suspirei. Ele provavelmente havia percebido, mas continuou olhando para a tela. Após uns instantes, a mesma mão que se encontrava lá apertou minha coxa. Eu o olhei e ele sorriu malicioso, descendo o olhar em direção aos meus seios. Eu usava uma regata decotada.

AVISO: HOT, quem não gosta, não leia a partir daqui!

            Subi em seu colo enquanto encostava nossos lábios. Ao sentar, já pude sentir um leve volume em sua calça. Ele começou a beijar meu pescoço, onde desceu até meus ombros e ali, deu leves mordidas. Respirei fundo em seu ouvido.

            Jungkook tirou minha blusa e em seguida meu sutiã. Ele me deitou no sofá e tirou sua blusa e a calça. Eu o olhava sem desviar. Ele tirou meu shorts e tocou na minha intimidade, ainda sobre a calcinha. O que me fez morder meu lábio.

            Após uma trilha de beijos pela minha barriga, deu leves beijos em minha virilha e em seguida na minha intimidade. Sem aviso prévio, começou a estimular meu clitóris com a língua, o que me fez soltar um gemido arrastado. Continuou assim, cada vez com mais vontade e mais intenso. Fechei meus olhos com força, em meio a gemidos e senti que já estava entregue.

            Respirei fundo e o olhei, me recompondo. Ele me olhava sentado, com um sorriso malicioso. Seu membro se encontrava ereto e eu não me contive. Sentei lentamente em seu colo, o que me tirou um gemido alto, assim como dele. Comecei a me movimentar cada vez mais rápido e ele colocou suas mãos na minha cintura, me ajudando com os movimentos.

            Cada vez mais eu sentia um prazer imenso e o jeito que ele me segurava e gemia no meu ouvido me deixava cada vez mais louca. Eu não ia aguentar muito tempo. Mesmo sem perceber, eu arranhava a parte superior das suas costas.

– A-ah... Kookie... – eu gemi alto e mordi meu lábio, na tentativa de tentar me conter.

– Isso amor, geme pra mim.

– Eu... ah... – senti minhas pernas enfraquecerem e toda a força que eu fazia pra me movimentar cessou. Me apoiei em seus ombros e ele continuou segurando na minha cintura, com a respiração descompassada. A minha estava descontrolada, e eu tentava normaliza-la.

– Você é incrível, sabia?

– Eu te amo, Jeon Jungkook. – Eu disse e o beijei.

 

            Subimos até meu quarto e tomamos um banho. Deitamos em minha cama para dormir. Após uns minutos, eu quase pegava no sono, mas uma coisa veio a minha cabeça. Eu estava de costas, então me virei pra ele.

– Kookie...

– Hm...? – Ele abriu os olhos, me olhando com cara de sono.

– A gente não... não usou camisinha dessa vez.

– Relaxa amor... – Ele sorriu e me puxou mais pra perto, mas eu pude sentir o nervosismo na sua voz também.

 

            Eu tinha parado de tomar o anti concepcional que eu costumava usar fazia um tempo, devido a alguns efeitos colaterais. Fui dormir torcendo pra que não acontecesse nada.

 

Continua....


Notas Finais


E aí amores, gostaram? Espero que sim!
Então, ando meio sumida por: to tendo vários trabalhos no colégio e dia 28 tenho um vestibular, então to estudando bastante e to sem tempo... :( Espero que entendam, prometo que vou tentar escrever um pouco a cada dia e depois que o vestibular passar, volto a postar normalmente... se tiver retorno de vocês, claro...
Se vocês não estiverem gostando de algo, me avisem. Críticas construtivas são sempre bem vindas!
Não esqueçam do favorito e do comentário <3 beijão!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...