História Falling for U - Kiribaku - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Hanta Sero, Izuku Midoriya (Deku), Katsuki Bakugou, Kyoka Jiro, Mina Ashido, Momo Yaoyorozu, Ochako Uraraka (Uravity), Shouta Aizawa (Eraserhead), Shouto Todoroki, Tenya Iida, Tsuyu Asui, Yuga Aoyama, Yuuga Aoyama
Tags Bakushima, Bnha, Kiribaku, Yaoi
Visualizações 60
Palavras 1.183
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hoii!
Bem vinde a mais um capítulo!
Hoje eu vo mostra pra vocês os detetives homossexuais maravilhosos.
Sim, eu shippo Kaminari x Sero :V
Aproveitem, viades!

Desenho feito por: MIM!!!! LUQUINHA VIADINHO DA PORRA!!!

agora sim
APROVEITEM!!!

Capítulo 5 - Banho?


Fanfic / Fanfiction Falling for U - Kiribaku - Capítulo 5 - Banho?

Pov Kirishima

17:54 - depois dos treinos

Denki: Kirishimaa, a gente tinha mesmo que treinar? Sério, foi muito cansativo

Denki estava quase morrendo de cansaço, eu também estava. Combinamos de treinar depois do almoço, mas eu não imaginei que o "treinar" seria "lutar um contra o outro". Eu lutei com Sero e Denki lutou com o Bakubro. 

Denki: 10.000 volts!

Todos já sabiam o que iria acontecer depois dos 10.000 volts. E foi como pensamos.

Denki parou de funcionar.

Ri lembrando de Denki sendo retardado depois de usar demais sua quirk. 

Minha luta com Sero não foi tão fácil, muitas vezes eu ficava grudado na sua fita. Eu perdi quando fiquei sem ar.

Kirishima: Não dá mais, eu vou morrer..

Me deitei no chão de barriga pra baixo e fiquei ali por mais ou menos dez minutos.

Sero: Ele parou de funcionar.

Denki: Ué

Eu lembrava da raiva de Bakugou. 

Bakugou: SHINEE PORRA

Denki: AAAAAAAAAAAAAA

Comecei a rir lembrando de Denki correndo e tentando atingir Bakugou com pequenas descargas de eletricidade.

Bakugou: Oy, para com essa merda.

Ele disse colocando a mão no meu ombro. Limpei uma lágrima do meu olho.

Kirishima: Para com o que?

Sorri mais. Bakugou colocou as mãos nos olhos e se virou de costas.

Bakugou: Eu fui cegado.

Fiquei sem entender nada, apenas ri dele. De repente ouvi um ronco vindo da minha barriga.

Kirishima: Eu tô com fome

Denki: Eu também.

Sero: Que tal a gente ir praquela pizzaria?

Denki: Aquela bem boa?

Sero: Yep

Kirishima: Mas é longe aaaaaa... 

Bakugou: Oy, pare de reclamar.

Kirishima: A gente vai como?

Bakugou: Você é burro ou o que? Existe uma coisa chamada táxi, ônibus...

Kirishima: Eu não tenho dinheiro.

Bakugou: Tem sim.

Kirishima: Como você sabe?

Bakugou: Vi você escondendo um pote cheio de notas.

Kirishima: Merda...

Bakugou: Você vai ajudar a pagar a pizza, ou você não vai.

Kirishima: OY, CLARO QUE EU VOU

Bakugou revirou os olhos e me encarou com um sorriso.

Kirishima: V-VOCÊ TA SORRINDO?!

Bakugou desfez o sorriso e pareceu nervoso, olhando prós lados, observando se mais alguém havia visto.

Bakugou: EU NÃO SORRI, SEU BOSTA.

Ele disse me dando um tapa no pescoço.

Kirishima: Oy, meu pescoço!

Ouvimos risadinhas atrás de nós. Olhei pra trás confuso, até que vi Denki e Sero rindo com caras safadas.

Kirishima: O que?

Sero: Parece que estamos atrapalhando o "casalzinho" aí...

Bakugou: O-OY, QUER MORRER?!

Kirishima: Kats-- BAKUGOU! PARA COM ESSA PORRA!

Falei dando um soco fraco em sua cabeça. 

Bakugou: Quer morrer também, cabelo de merda.

Kirishima: Você não tem coragem.

Bakugou: TENHO SIM, QUER TESTAR?

Kirishima: Sim.

Bakugou travou e ficou me olhando com uma cara indignada e confusa. Denki e Sero me olhavam com preocupação. Enquanto eu, fiquei neutro com a situação.

Bakugou me mostrou o dedo do meio e me deu outro tapa.

Kirishima: Kiri 1. Bakugou 0.

Sero deu uma risada ao ver que Bakugou se estressou mais, mas não disse nada.

Denki: Enfim, fiquem de conversinha fiada, finjam que não estamos aqui e se beijem logo. 

Bakugou: Você eu tenho coragem de matar, Pikachu.

Denki: Ain, não me chama assim... Kacchan.

Bakugou: Se você falar isso mais uma vez, você nunca mais vai conseguir criar uma faísca.

Kaminari correu pra trás de mim, com medo.

Denki: Você nunca vai conseguir me pegar se eu estiver atrás desta grande e linda muralha.

Corei um pouco com o comentário de Denki sobre mim, mesmo sabendo que era zueira. Pra não estragar a brincadeira, usei meu hardening.

Kirishima: Nunca vai passar, Bakubro.

Denki: É, KACCHAN! SEU NAMORADO TA ME PROTEGENDO!

Me virei e dei um soco de leve na cabeça de Denki.

Denki: AAAAAAAAA

Percebi que esqueci de "desativar" minha quirk e bati nele.

Kirishima: DESCULPA! 

Bakugou e Sero riam de fundo. Enquanto eu abracei e comecei a fazer carinho na cabeça de Denki. Ele imitava um choro e eu estava acreditando.

Kirishima: DESCULPA DESCULPA DESCULPA AAAAAAA

Sero: Ok, ok, já deu. 

Denki: Ah ok

Kirishima: Tu tava fingindo?

Denki: Bro, era óbvio.

Kirishima: Não gostei, achei ofensivo.

Cruzei os braços e fui pra um cantinho da sala, fingi um choro. Pelo visto foi real demais.

Denki: DESCULPA, MEU DEUS, NÃO CHORA

Bakugou: Ele não tá chorando

Comecei a chorar mais alto e fazer com que ficasse mais real.

Bakugou: OY, PARA DE CHORA, CARALHO

Olhei pra Bakugou sorrindo e rindo de sua preocupação. Sero também ria, ele foi o único que não se enganou. Bakugou começou a me dar tapinhas no rosto e no pescoço.

Kirishima: Ok, ok, chega

Bakugou: Nunca mais faz isso, ou eu te explodo. 

Depois de alguns minutos conversando, ouvimos um ronco enorme vindo dali do grupinho. Olhamos pra Denki e ele deu de ombros, Sero também não sabia de nada. Olhei pra Bakugou e ele estava de cabeça baixa, olhando pra sua barriga e a cobrindo com os braços.

Bakugou: Quié? Tô com fome, vocês ficam enrolando ou invés de irem se arrumar pra porra do restaurante.

Denki: Tá bom, tá bom, agora eu também quero ir logo. Vamo, Sero, vou te ajudar a escolher uma roupa ao menos bonita pra ir lá.

Sero: E todas as minhas roupas já não são bonitas?

Denki: Ah não.

Sero: Ah qual é...

Denki pegou Sero pelo uniforme e o levou pro quarto do mesmo. Sorri vendo os dois. Bakugou me deu um peteleco no ouvido, tentando chamar minha atenção.

Kirishima: OUH, QUE FOI?

Falei esfregando minha orelha. Ele sorriu e pegou minha mão, me levando até seu quarto.

Kirishima: Que foi?

Bakugou: Toma.

Ele me estendeu uma sacola preta.

Kirishima: O que tem dentro?

Falei pegando a sacola e o encarando, com certa desconfiança no olhar. Ele poderia me dar qualquer coisa, uma bomba por exemplo? 

Bakugou: Abre e descobre.

Abri a sacola e peguei alguma coisa. Estava escuro no quarto e eu não conseguia ver direito. 

Kirishima: Uma camisa?

Bakugou: Não sei, o que parece?

Kirishima: Hm, acende a luz, faz favor?

Bakugou obedeceu e ligou a luz.  Fechei os olhos com força por causa da luz forte, quando os abri, olhei pra camisa. Era igual a que o Bakugou sempre está usando. 

Kirishima: Awwwn, Bakubro!

Vi que Katsuki corava enquanto tentava conter um sorriso. Ele está sorrindo mais ultimamente ou é impressão minha?

Katsuki: T-Tu gostou?

Kirishima: Não...

Ele ficou quieto e parecia nervoso.

Kirishima: ...Eu amei, Bakugou

Fui até ele e o abracei fortemente. Ele me empurrou um pouco tentando se soltar do abraço, sem sucesso. 

Kirishima: Oy, Bakugou...

Bakugou: H-hm?

Kirishima: Posso te chamar pelo seu primeiro nome? Quando estivermos sozinhos?

Bakugou: Q-que pergunta estúpida, Kirishima...

Kirishima: Não desse jeito! Daquele jeito.

Bakugou: O-oh... Acho que sim...

Kirishima: BRIGADO, KATSUKI!

Bakugou fez um barulho estranho, como um gemido preocupado, e olhou pro outro lado fechando os olhos com firmeza. Me afastei dele vendo ele daquele jeito.

Kirishima: Katsuki?

Bakugou: Eijirou...

Kirishima: A-ahn? 

Bakugou: Eijirou... Posso te chamar assim? Quando estivermos sozinhos?

Kirishima: C-claro

Katsuki me abraçou e se afastou de mim fazendo uma cara engraçada de nojo. 

Bakugou: Você tá fedendo, ugh...

Kirishima: Digo o mesmo de você.

Disse dando uma risada. 

Bakugou: Ei, Eijirou...

Kirishima: Hm?

Bakugou: Quer tomar banho?

Kirishima: Aham, eu vou primeiro e você depois? Ou você quer ir primeiro--

Bakugou: Eu não falei isso, cabelo de merda, perguntei se tu quer tomar banho comigo.

Kirishima: Ah, claro....


continua~~







Notas Finais


Esse foi mais um capítulo, viades!!
Espero que vocês tenham gostado!!!
Até o próximo cap!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...