História Falling in Love with you (Kim Taehyung) - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V)
Tags Bangtan Boys (BTS), Drama, Jeon Jungkook, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Min Yoongi, Park Jimin, Romance
Visualizações 36
Palavras 1.430
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Noite!!

+1❤

Boa Leitura😉

Capítulo 13 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction Falling in Love with you (Kim Taehyung) - Capítulo 13 - Capítulo 12

S/N P.O.V

A quarta finalmente tinha chegado. Assim que acordei recebi uma mensagem da enfermeira dizendo que minha tia, por volta de umas 3:30 da manhã, tinha reagido positivamente à um medicamento. Por mais que fosse algo pequeno eu já consegui ficar mais feliz. Talvez Taehyung tenha razão, se eu continuar falando com ela, ela pode ter mais forças para se recuperar, por mim.

Estava na clínica, quase no meu horário de almoço, quando Jungkook pediu que eu o encontrasse no restaurante, pois o mesmo queria falar comigo.

S/N – Oi – Digo assim que chego na mesa que Jungkook estava me esperando

Jungkook – Oi, tudo bem? – Ele se levanta e dá um beijo na minha bochecha. Não é de costume da Coréia ser tão íntimo assim. Pelo menos não costumo ver as pessoas fazendo isso. Acho que Jungkook está agindo assim porque deve saber que na cultura brasileira isso é comum.

S/N – Estou melhor, recebi a notícia que minha tia reagiu positivamente a um medicamento. Estou com mais esperanças – Digo e ele abre um sorriso. Nunca tinha reparado, mas o sorriso de Jungkook é lindo, cabe perfeitamente no seu rosto, que também é muito lindo – E você, como está? Passou na atividade? – Pergunto entusiasmada

Jungkook – Estou bem e passei – Ele diz sorrindo e eu começo a bater palmas. Paro no momento que percebo o restaurante  inteiro olhando para mim. Jungkook começa a rir da minha cara, mas pouco depois para também – É sobre isso que eu vim falar com você.

S/N – Pode dizer! Já é um policial agora? – Pergunto curiosa

Jungkook – Calma mocinha, falta um pouco ainda – Ele diz e eu abaixo os ombros. Ele sorri do meu desânimo repentino – Mesmo que nos conhecemos há pouco tempo, acho que já posso considerar você uma amiga – Ele diz e eu solto um sorriso achando fofo sua fala – Eu queria poder ficar te acompanhando no hospital, e sair com você nos fins de semana, para você não ficar sozinha, mas vou ter que viajar para fazer um treinamento, então quero pedir desculpas por não poder ficar com você!! – Ele diz em tom triste

S/N – Tudo bem Jungkook, você pode me considerar sua amiga e pode ir para o seu treinamento sossegado! Eu quero que você consiga realizar seu sonho de ser policial. E como uma boa amiga, vou te apoiar, e não vou te atrapalhar dizendo que você vai me abandonar ou coisas do tipo!! Eu realmente espero que você consiga se tornar um policial, assim você vai me proteger do perigo – Digo e ele solta uma gargalhada gostosa, eu apenas o acompanho

Não sei se é pela forma que nos conhecemos ou pela maneira que ele me ajudou, mas parece que somos amigos há muito tempo. Com Taehyung parece a mesma coisa. Ficamos conversando durante todo meu horário de almoço e depois voltei para a clínica. Como prometido, depois do meu horário de serviço, Jungkook me levou em casa, eu me arrumei para ir para a faculdade, e Jungkook me levou até o hospital. Eu iria visitar minha tia antes de ir para a aula.

Fiquei apenas alguns minutos conversando com minha tia, e depois Jungkook me levou até a faculdade. Ele viajaria amanhã de manhã, então assim que chegamos na faculdade ele se despediu de mim com um abraço, e quase chorou. Jungkook me parece um tanto sentimental para ser policial.

Assim que entro na faculdade, vejo Taehyung encostado em um pilar. O mesmo solta um sorriso quando me vê. Eu finjo que não o vi, ainda estou com vergonha pelo que aconteceu no carro ontem, então desvio do meu caminho e vou rumo ao banheiro. Se Taehyung me seguiu eu não sei, mas escutei ele chamar pelo meu nome.

Fico um tempo no banheiro até me recuperar. O sorriso dele é tão lindo que tenho medo de no momento que eu o ver, me entregar aos desejos de novo. Não é que o beijo tenha sido ruim, e isso é exatamente o problema.

Saio do banheiro e sinto alguém me puxar e me prender na parede.

Taehyung – Por que fugiu de mim? – Ele diz com um sorriso sacana no rosto

S/N – E-eu, eu nem te vi – Tento afastá-lo de mim. Tentativa falha já que o mesmo é o dobro da minha altura e mais forte que eu

Taehyung – Eu vi que você me viu! Não está fugindo pelo que aconteceu ontem, não é? – Ele pergunta penetrando seu olhar no meu e afrouxando a força de suas mãos que me seguravam

S/N – O que você está fazendo aqui? – Pergunto, aproveitando e me soltando dele, assim continuo a andar e o mesmo me segue até chegar ao meu lado – Que eu saiba você não estuda à noite, e eu pensei que suas aulas na parte da tarde fossem só na segunda e na quinta, já que só te vi essas duas vezes aqui – Digo, e rapidamente paro e coloco a mão na minha boca percebendo o que tinha falado

Taehyung – Hmm, então quer dizer que você reparou, e ainda lembra os dias que tenho aula à tarde, mesmo sem eu ter falado – Ele diz dando um sorriso meio que quadrado. Era estranho, mas bonito. Na verdade era lindo, nunca tinha o visto sorrir assim. Acho que agora eu apaixonei de vez – É bom saber que a senhorita repara tanto em mim

S/N – Aish – Comecei a andar rapidamente, então o mesmo segurou meu pulso

Taehyung – Agora falando sério - ele diz me puxando para si e fazendo nossos corpos se encontrarem – Como você está? – Sua expressão brincalhona muda para preocupado

S/N – Sobre o que você quer saber? – Digo o encarando – Veio para falar do beijo, que nunca mais vai acontecer, ou da minha tia?

Taehyung – Pode ser sobre os dois – Ele diz voltando a sorrir sacana – E quanto ao beijo, se eu fosse você, não diria que nunca mais vai acontecer, nunca se sabe, né?!

S/N – Eu estou bem, e nunca mais vou deixar você me beijar idiota – Digo e solto meu pulso me afastando dele.

Taehyung – Vejo que está bem mesmo, parece que voltou ao estado normal – Ele diz gritando – Estou feliz que esteja bem baixinha – Ele grita mais alto. Eu apenas olho para traz com a cara fechada e o vejo dar um sorriso, então continuo andando para minha sala. Como ele consegue me irritar e fazer eu me sentir bem ao mesmo tempo?! Por alguns momentos eu esqueci tudo de ruim que estava acontecendo, e apenas queria ver ele, mas ao mesmo tempo queria fugir. Ahh que confusão!!

Parece que a aula estava passando mais devagar hoje. Acho que é porque estava cansada e com muito sono. Quando a aula acaba, saio da faculdade indo em direção ao ponto de ônibus. Tempo depois eu chego em casa. E me jogo no sofá, dormindo ali mesmo.

No outro dia, a rotina foi a mesma, a diferença é que Jungkook não falava comigo, porque provavelmente ele não podia ter acesso ao celular o tempo todo. Ele apenas me avisou que tinha chegado bem no lugar que ele iria. Ele também não pôde me falar onde era.

Já estava quase acabando o dia de trabalho quando recebo a mensagem de um número desconhecido.

Mensagem On

?? – Eai baixinha!

S/N – Ah, não é possível! Taehyung?

?? – Como sabe que sou eu

S/N – Ninguém nunca me chamou de baixinha. SÓ VOCÊ, HOJE

Taehyung – Por que parece que está gritando😞? Eu só falei uma coisa que é real

S/N – O que você quer, seu irritante?

Taehyung – Realmente hoje você está bem! Quero avisar que daqui a pouco chego aí para te levar para casa, e depois te levar ao hospital

S/N – O que?? Quem disse que é para você me levar? E quem te passou meu número?? Ahh, deve ter sido o Jungkook

Taehyung – Foi o Jungkook para as duas perguntas. MEU amigo realmente se preocupa com você!

S/N – Você não tinha aula até a hora de eu chegar na faculdade?

Taehyung – Eu dei meu jeito. Não adianta reclamar. Daqui a pouco chego aí.

Mensagem Off

Eu me senti mal, por estar tirando Taehyung da aula. Assim com outros cursos, Medicina deve ser difícil, e se ele perder aula, fica mais difícil ainda. Não quero ser um encosto e atrapalhar a vida das pessoas. Jungkook não deveria ter falado com ele de novo! E outra, quem sabe o que pode acontecer? E se ele tentar alguma coisa de novo e eu não resistir? Não, Aish, eu não posso permitir. Ele é muito irritante e provavelmente é daqueles que só querem brincar com os outros!!


Notas Finais


Por hoje é só😊

Até o próximo😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...