História Falsa namorada - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Tzuyu
Tags Chaeyoung, Michaeng, Mina, Twice
Visualizações 65
Palavras 1.626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii =^.^= Vocês estão bem? Espero que sim. Obrigada pelos favoritos♥
Espero que gostem do capítulo!

Minhas aulas começam hoje e eu tô muito nervosa aaaaaaaaaaaa

Boa leitura!

Capítulo 2 - Devolve, Chaeyoung!


No dia seguinte, Mina e Chaeyoung haviam concordado em se encontrarem na frente do portão da escola. Mina já havia chegado e resolveu esperar Chaeyoung em baixo de uma árvore. Ela olhou para o seu relógio e suspirou ao ver que Chaeyoung estava atrasada. Quando Mina estava desistindo de esperar por Chaeyoung, ela avistou a baixinha correndo desesperadamente no meio da rua. Chaeyoung estava correndo com os livros nas mãos, a mochila estava quase caindo do ombro, os cadarços estavam soltos e pra piorar a situação, Chaeyoung estava com uma torrada na boca. 

Quando se aproximou de Mina, Chaeyoung largou os livros no chão e terminou de comer a sua torrada. Ela viu Mina olhando pra ela com um olhar de reprovação e se sentiu envergonhada. 

- Acordou atrasada, Chaeyoung? - Mina brincou, vendo Chaeyoung rolar os olhos. 

- Não enche o saco! - A baixinha pediu, colocando os livros na mochila.

- Eu já estava desistindo de esperar por você. - Mina comentou, vendo Chaeyoung amarrando os cadarços. 

- Desculpa, o celular não despertou. - Chaeyoung explicou, arrumando o cabelo com as mãos.

- De novo? Você disse isso na semana passada. - Mina falou, vendo Chaeyoung arregalar os olhos. 

- É que o celular não funciona muito bem, sabe? - Chaeyoung mentiu. Na verdade, a baixinha passou a madrugada toda assistindo animes e acabou dormindo sem colocar o celular para despertar. 

- Certo...Você me convenceu. - Mina respondeu, mas ela sabia que Chaeyoung estava mentindo.

- E então, você quer entrar agora? - Chaeyoung perguntou, olhando para o portão do colégio. 

- Sim. Você se lembra do plano, né? - Mina perguntou, enquanto também encarava o portão. 

- Sim, senhora! - Chaeyoung confirmou.

- Então vamos. - Mina falou, estendendo a mão para a Chaeyoung. 

- Vamos! - Chaeyoung respondeu, segurando firme na mão de Mina. 

As duas entraram de mãos dadas na escola, recebendo olhares curiosos. Chegaram na sala de aula e se sentaram perto da JeongYeon, Dahyun e Momo. JeongYeon e Momo estavam sentadas atrás de Chaeyoung, e Dahyun estava sentada atrás de Mina. Chaeyoung e Mina começaram a ouvir os alunos cochichando, e elas sabiam muito bem sobre o que estavam falando. JeongYeon chamou a atenção de Chaeyoung e a baixinha se virou para trás. 

- O que é? - Chaeyoung perguntou. 

- Por que todo mundo está falando sobre vocês duas? - JeongYeon perguntou, confusa.

- Depois eu te conto. - Chaeyoung respondeu e virou pra frente. 

O professor entrou na sala e começou a passar as lições. Mina e Chaeyoung trocavam alguns olhares e sorrisos no meio da aula. JeongYeon, Dahyun e Momo estavam confusas sobre o que estava rolando entre Chaeyoung e Mina. Depois de algumas aulas, o sinal tocou, sinalizando que a hora do intervalo havia chegado. As meninas guardaram os materiais na mochila e saíram da sala. Todas foram pro seus armários e guardaram a mochila lá dentro. Elas seguiram para a lanchonete e pegaram seus lanches, sentando em uma mesa vazia logo em seguida. Obviamente, Chaeyoung e Mina se sentaram uma ao lado da outra. 

- Agora podem falar sobre o que está acontecendo? - Dahyun perguntou, se sentando ao lado de Momo. 

- Por que todo mundo estava cochichando sobre vocês? - JeongYeon perguntou, enquanto abria a caixinha de suco. 

- Calma, vamos explicar. - Chaeyoung disse e todas concordaram.

Mina segurou a mão de Chaeyoung por cima da mesa e encarou suas amigas. 

- Estamos namorando. - Mina disse, vendo as meninas surpresas. 

JeongYeon até mesmo se engasgou com o suco. 

- Você e Chaeyoung estão namorando? - Momo perguntou, surpresa. 

- Sim. - Mina afirmou, sorrindo para Chaeyoung. 

- Ok, ok! Explica isso direito. - JeongYeon pediu. 

- Não estamos namorando de verdade, bobas! - Chaeyoung explicou, enquanto mordia um pedaço da maçã. 

- Agora eu estou mais confusa ainda. - Momo disse, fazendo uma cara engraçada. 

- Estamos fingindo ser namoradas, pois assim os garotos irão me deixar em paz. - Mina explicou, tomando um pouco do seu suco. 

- Agora eu entendi! - Dahyun falou, sorrindo.

- Até que vocês combinam. - Momo comentou, vendo Dahyun concordar. 

Todas estavam alegres com o plano, menos a JeongYeon.

- O que foi, Jeong? - Mina perguntou, segurando a mão de JeongYeon. 

- Não acham isso arriscado? - JeongYeon perguntou, apreensiva. 

- Não se preocupe. - Chaeyoung acalmou a amiga. 

- E se os seus pais descobrirem, Mina? - JeongYeon perguntou, comendo um pedaço do seu hambúrguer. 

- Eles não vão descobrir, não se preocupe. - Mina respondeu, lançando um sorriso para JeongYeon. 

- Tudo bem... - JeongYeon disse, mas ainda não estava convencida. 

As garotas terminaram de comer seus lanches e voltaram pra sala novamente. Quando as aulas acabaram, elas pegaram suas mochilas e foram para a saída da escola. Chaeyoung e Mina se despediram das outras meninas, combinando de se encontrarem amanhã em uma sorveteira. Mina e Chaeyoung começaram a caminhar em direção à casa da japonesa. Mina pegou um livro de sua mochila e começou a ler, já que Chaeyoung não tinha um livro, ela apenas ficou observando a amiga ler.

- Posso ficar na sua casa? - Chaeyoung perguntou, observando Mina.

- Sim. Meus pais estão viajando, então você pode ir lá quantas vezes quiser. - Mina respondeu, sem tirar os olhos do livro. 

- Que livro é esse? - Chaeyoung perguntou, mas não obteve resposta. Mina parecia estar concentrada no livro, então Chaeyoung resolveu ficar calada. 

O caminho continuou em silêncio, e Chaeyoung não gostou disso. Mina continuou lendo o livro e não notou que Chaeyoung estava incomodada com o silêncio. 

- Certeza de que os seus pais não estão em casa? - Chaeyoung perguntou, enquanto colocava o cabelo para trás. 

- Eu já disse que eles estão viajando, relaxa. - Mina respondeu, enquanto lia o livro. 

- Você pode dar atenção pra mim?- Chaeyoung perguntou, com raiva do maldito livro receber mais atenção do que ela. 

- Chaeyoung, eu estou tentando ler! - Mina respondeu, ainda olhando para o livro. 

Com raiva, Chaeyoung puxou o livro da mão de Mina. A japonesa lançou um olhar de reprovação para a Chaeyoung, mas a baixinha nem ligou. 

- Devolve, Chaeyoung! - Mina gritou, tentando pegar o livro. 

- Você está dando mais atenção pra ele do que pra mim. - Chaeyoung respondeu, escondendo o livro atrás de si. 

- Eu estou falando sério, devolve! - Mina pediu, estendendo a mão para Chaeyoung. 

- Você quer o livro? - Chaeyoung perguntou, com um sorriso sacana nos lábios. 

- Quero! - Mina respondeu, cruzando os braços. 

- Então vem pegar! - Chaeyoung disse, antes de sair correndo no meio da rua. 

- Eu vou te matar, Son Chaeyoung! - Mina gritou, antes de correr atrás da baixinha. 

Quando viu que estava sendo perseguida, Chaeyoung aumentou a velocidade dos passos, deixando Mina para trás. A japonesa tentou alcançar a baixinha, mas foi impossível. As duas só pararam quando estavam em frente à mansão de Mina.

- Era isso que você queria? Agora devolve meu livro! - Mina falou, quando parou em frente à sua mansão. 

- Chata... - Chaeyoung murmurou, devolvendo o livro para Mina. 

- Vamos entrar logo. - Mina falou, dando um leve soco no ombro de Chaeyoung. 

As duas entraram na mansão e foram direto para o quarto da japonesa. Ao entrar no quarto, a primeira coisa que Chaeyoung fez foi jogar o mochila no chão. Jogar a mochila no chão já se tornou um hábito para Chaeyoung. 

- Você me fez correr e agora eu estou toda suada! - Mina reclamou, abrindo a janela do quarto.

- Da próxima vez, vê se me dá atenção. - Chaeyoung pediu, tirando o seu tênis e colocando em baixo da cama de Mina. 

- Você amassou o livro todo! - Mina falou, segurando o livro e mostrando para Chaeyoung.

- Depois eu te dou outro. - Chaeyoung respondeu, enquanto se deitava na cama. 

- Você quer tomar um banho? - Mina perguntou, guardando o livro na escrivaninha. 

- Sim. Aquelas minhas roupas ainda estão aqui, certo? - Chaeyoung perguntou, tirando seu relógio de pulso. 

- Sim. Vou pegar pra você. - Mina, respondeu, indo em direção ao guarda-roupa e pegando as roupas de Chaeyoung. 

- Obrigada. - Chaeyoung agradeceu, sorrindo para a Mina. 

A japonesa colocou as roupas em cima do criado-mudo e depois trancou a porta do quarto. 

- Feche os olhos. - Mina pediu, vendo Chaeyoung fazer uma cara confusa. 

- Por que? - Chaeyoung perguntou, enquanto sentava na cama corretamente. 

- Vou tirar a roupa para tomar banho, burra. - Mina respondeu, já começando a desabotoar os botões da calça jeans. 

- Pode se trocar na minha frente, não tem problema. - Chaeyoung respondeu e Mina negou.

- Feche os olhos. - Mina pediu novamente.

- Tá bom, chata! - Chaeyoung reclamou, já tampado os olhos com as mãos.

Chaeyoung continuou com as mãos nos olhos, mas um momento de curiosidade fez ela vacilar. Disfarçadamente, Chaeyoung observou Mina tirando a roupa. Ao ver a nudez de Mina, Chaeyoung sentiu as bochechas esquentarem e rapidamente fechou os olhos. 

- Pode abrir. - Mina autorizou. 

Chaeyoung viu Mina enrolada em uma toalha e se sentiu quente ao ver as pernas expostas de Mina. 

- Estou indo pro banheiro, ok? - Mina perguntou, já destrancando a porta do quarto. 

- Ok... - Chaeyoung murmurou, enquanto encarava os próprio pés. 

- Chaeyoung! - Mina chamou a baixinha. 

- Sim? - Chaeyoung respondeu, passando a observar a japonesa. 

- Eu vi que você olhou. - Mina respondeu, saindo do quarto rapidamente. 


Chaeyoung se deitou na cama e lembrou do corpo de Mina. Naquele momento, Chaeyoung torceu para Mina terminar de tomar banho logo, porque ela estava sentindo seu corpo quente e só um banho gelado poderia acalmar isso. 




Continua. 



Notas Finais


Desculpa pelos erros, eu não revisei.

Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...